Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

ORIENTE-SE recebe peça vencedora do Grande Prémio INATEL - Teatro Novos Textos

ORIENTE-SE – Festival de Teatro | 6 de Outubro a 3 de Novembro | Lisboa

 

Morrer Devagar_Teatro Vitrine.JPG

 

 

No terceiro sábado do ORIENTE-SE – Festival de Teatro Amador, sobe ao palco do Auditório Fernando Pessa, em Lisboa, o Teatro Vitrine. O grupo de Fafe apresenta a peça “Blacklight MC” no dia 20 de Outubro às 21h30. O texto, de autoria de Paulo Castro de Oliveira e Rui Damas, venceu o Grande Prémio INATEL - Teatro Novos Textos. Esta peça aborda o universo da toxicodependência.

 

O ORIENTE-SE prolonga-se até 3 de Novembro, acolhendo cinco grupos oriundos de várias zonas do País. O anfitrião deste Festival é o Teatro Contra-Senso, grupo de teatro amador, sediado em Marvila.

 

O actor Marcantonio del Carlo é o Padrinho da segunda edição do ORIENTE-SE.

 

 

MORRER DEVAGAR

 

Blacklight MC é uma sombra do promissor e bem sucedido rapper de outrora. Actualmente, toxicodependente e homicida, vive as problemáticas inerentes à sua condição de dependente químico, por um lado, e de um jovem amargurado pelas diversas armadilhas que a vida insiste em colocar no seu caminho, por outro. No seu pensamento, Alice, a eterna amada com quem Blacklight sonha. Na sua vivência diária, Big B, o inseparável amigo, moribundo, com quem compartilha dúvidas e certezas, alegrias e tristezas. Um texto premiado com o Grande Prémio INATEL - Teatro Novos Textos, Blacklight MC é um drama que visa alertar consciências para as diversas consequências que a utilização das drogas pode trazer para a vida dos jovens em geral.

 

60 min. | M/16

 

 

Historial do Teatro Vitrine

 

O Teatro Vitrine nasceu em Fafe, em 1998, e desde muito cedo, teve como missão a procura de itinerâncias teatrais, levando os espectáculos a terras do interior norte de Portugal, onde a maioria das grandes produções nacionais não chega. Ao longo de toda a sua história, o Teatro Vitrine apresentou diversos géneros teatrais desde comédias, musicais, sátiras, farsas, dramas, revistas, sketches, pequenas performances, apresentação de obras literárias, leitura de poemas, para público adulto e infantil, em espectáculos de palco e de rua, um pouco por todo o País, em festivais, concursos e mostras. O Teatro Vitrine acredita que os sonhos são para serem transformados em realidades vividas e o seu lema é, por isso, “Em representação de um sonho”.

 

Ficha técnica e artística

 

Autoria: Paulo Castro de Oliveira, Rui Damas | Encenação: Orlando Alves | Interpretação: Rui Rodri­gues, Elisa Freitas | Caracterização: Maria José Leite | Cenografia: Orlando Alves | Guarda-roupa: Teatro Vitrine | Operação de luz: Gilberto Magalhães | Sonoplastia: Filipe Alves

 

 

ORIENTE-SE – Festival de Teatro Amador

Sábados | 6 de Outubro a 3 de Novembro

Auditório Fernando Pessa

Rua Ferreira de Castro

1900-697 Lisboa

 

Metro: Bela Vista

Autocarros: 755, 794

Coordenadas GPS: N 38.7504466 W -9.1202096

 

Bilhetes: 3€ | Grátis até aos 3 anos

Não é permitida a entrada após o início do espectáculo.

 

Reservas

E-mail: reservas@contrasenso.com

SMS: 96 245 11 19 - 91 521 80 02

 

 

PROGRAMA

ORIENTE-SE – Festival de Teatro Amador

 

6 de Outubro | 21h30

Lusíadas?

TAP – Teatro Amador de Pombal

Pombal

 

13 de Outubro | 21h30

A Mansão

TACCO – Teatro Amador do Círculo Católico de Operários

Vila do Conde

 

20 de Outubro | 21h30

Morrer Devagar

Teatro Vitrine

Fafe

 

27 de Outubro | 21h30

A Repartição

Teatro Coelima

Guimarães

 

3 de Novembro | 21h30

OPUS

Ajidanha

Idanha-a-Nova

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.