Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Os actores de João Garcia Miguel abraçam a Tempestade em várias cidades de Portugal

Almadatemp_1_BR3.JPG

 

Companhia João Garcia Miguel (Cia JGM) já trabalha a rentrée. 
Depois de ter estreado em Aveiro e ter subido ao palco do Festival de Teatro de Almada, a Tempestade estende-se a outras cidades do país. Esta história de vingança e de amor, uma metáfora emocional reinventada a partir do texto clássico de Shakespeare (A Tempestade), sobe a outros palcos, já a partir de Outubro: Matosinhos, Torres Vedras e Lisboa são as cidades eleitas.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.