Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Os Artistas Unidos em Janeiro e Fevereiro

Os Artistas Unidos e Os Possessos estão quase a estrear a co-produção VICTOR OU AS CRIANÇAS NO PODER de Roger Vitrac. De 8 a 24 de Fevereiro no Teatro da Politécnica.

 

VICTOR OU AS CRIANÇAS NO PODER de Roger Vitrac -

Na 2ª 29 de Janeiro às 19h00 lemos em conjunto O FRIGORÍFICO de Copi, n'UM CLUBE DE LEITURA DE PEÇAS DE TEATRO com o Teatro da Cidade.

 

De 31 de Janeiro a 2 de Fevereiro, estaremos nas Caldas da Rainha, com LUA AMARELA de David Greig, de 4ª a 6ª às 21h30 no Teatro da Rainha.

 

LUA AMARELA de David Greig_fotografia de Jorge Gon

Na 3ª 13 de Fevereiro, poderá ouvir na Antena 2 - Teatro Sem FiosITÁLIA-BRASIL 3 a 2 de Davide Enia.

 

Também em Fevereiro, terão novos Livrinhos na colecção de Livrinhos de Teatro, disponíveis no Teatro da Politécnica e na livraria online e ainda estão disponíeveis as Assinaturas dos Livrinhos de Teatro 2024.

 

 

VICTOR OU AS CRIANÇAS NO PODER de Roger Vitrac Tradução Jorge Silva Melo Com Ana Amaral, André Pardal, António Simão, Catarina Rôlo Salgueiro, Henrique Gil, Inês Reis, Isabel Costa, Leonardo Garibaldi, Leonor Buescu, Mia Tomé e Rafael Gomes Cenografia Bruno Bogarim Assistência de cenografia Joana Oliveira Figurinos Sara Loureiro Luz Diana dos Santos Som Tiago Raposinho Coordenação Ténica Diana dos Santos Assistência de encenação Leonor Buescu Produção executiva Joana Silva Co-Produção Os Possessos, Artistas Unidos Encenação João Pedro Mamede A Classificar pela CCE

 

No Teatro da Politécnica de 8 a 24 de Fevereiro
3ª a 5ª às 19h00 | 6ª às 21h00 | Sáb às 16h00 e às 21h00

 

VICTOR   Mas digo-te hoje, 12 de Setembro, Dia de São Leôncio, que não espero mais um ano para ser adulto. Estou decidido a ser alguém e é já.
LILI   Ouve só, Victor…
VICTOR   Sim, alguém! Um homem diferente.

Roger Vitrac, Victor ou as Crianças no Poder

 

Victor, uma criança “terrivelmente inteligente”, insurge-se contra o conformismo da sociedade que o rodeia – a de 1909 – neste divertimento dadaísta de 1928, explodindo com convenções sociais e familiares, reclamando liberdade.

João Pedro Mamede

 

Fotografia © Alípio Padilha

 

 

UM CLUBE DE LEITURA DE PEÇAS DE TEATRO - Teatro da Cidade  
 

2ª 29 Janeiro – FRIGORÍFICO de Copi 

 

Neste texto, uma patroa, uma criada, uma porteira, um mordomo, um polícia e outras tantas fantasias saem de um frigorífico, numa vertiginosa e absurda peça do dramaturgo argentino. 

Pode inscrever-se como leitor/a ou assistente aqui: https://bit.ly/umclubedeleitura

 

Sempre na última 2ª do mês, das 19h às 21h, o encontro está marcado no Teatro da Politécnica.   


E se pudéssemos, em conjunto, descobrir peças de teatro?   

Este clube de leitura é um encontro promovido pelo Teatro da Cidade em parceria com os Artistas Unidos, onde, em conjunto com o público se lêem e se descobrem textos da dramaturgia universal. Um lugar de encontro para que possamos imaginar outros lugares, outras ficções, para que possamos dialogar com e a partir da palavra de outros autores, fazendo da leitura e da interpretação destes textos um lugar partilhado.   

 

Ilustração © Samuel Jarimba

 

LUA AMARELA de David Greig Tradução Pedro Marques Com Gonçalo NortonRita Rocha SilvaPaulo Pinto e Inês Pereira Cenografia e Figurinos Rita Lopes Alves Luz Pedro Domingos Música Rui Rebelo Assistente Pedro Cruzeiro Encenação Pedro Carraca M16

 

Nas Caldas da Rainha, no Teatro da Rainha de 31 de Janeiro a 2 de Fevereiro
4ª a 6ª às 21h30

 

A polícia conhece-o, a segurança social, as crianças, o professor dos ATL da escola, o pessoal auxiliar, o médico, o conselho comunitário e os jovens trabalhadores do clube juvenil da Igreja, toda a gente conhece o Macho Lee.
David Greig, Lua Amarela

 

São dois adolescentes em fuga. Ela, Leila, é uma garota introvertida apaixonada por revistas de celebridades, ele o mais morto dos rapazes, sem  qualquer saída, numa cidade sem saída. E é uma balada, a balada de Lee e Leila.

 

Fotografia @ Jorge Gonçalves

 

 

ITÁLIA-BRASIL 3 a 2 de Davide Enia

Tradução Alessandra Balsamo

Com Simon Frankel

Direcção Andreia Bento

 

Na Antena 2, a 13 de Fevereiro às 19h00

 

Uma crónica “epi-cómica” e pessoal do desafio da Selecção Italiana no Mundial de 1982. Uma evocação delirante das personagens e factos, feita de acordo com a tradição do “cuntu” siciliano. O “cuntu” narrava um acontecimento importante, um acto heróico que assim era transmitido às gerações futuras. Paolo Rossi, Zoff, Conti, Pelé, Falcão, não ficam atrás de Rolando ou Rinaldo, a sua gesta pertence à memória colectiva. E eles merecem um seu Olimpo menor, mítico e moderno.moderno.

 

Na minha casa, precisamente por ocasião do Mundial, a minha mãe conseguiu comprar a nossa primeira televisão poupando os trocos. Uma Sony Trinitron. Linda. Grande. Pesada. A cores.

Davide Enia, Itália-Brasil 3 a 2

 

Fotografia @ Jorge Gonçalves

 

 

Novos Livrinhos de Teatro em Fevereiro:

Nº 175 – Paul Claudel – Anúncio feito a Maria / A Morte de Judas  
Nº 176 – Ruby Thomas – O Reino Animal  
Nº 177 – Os Possessos – II – A mentira / Marcha invencível / O Novo Mundo / A bolha 

 

 

Assinaturas de Livrinhos de Teatro 2024 

Vamos publicar mais 10 volumes em 2024. Não quer assinar? São 55 euros. 
Enviamos cinco remessas durante o ano. Mas, se preferir, pode levantar os seus livros no Teatro da Politécnica, oferecemos-lhe 1 bilhete para qualquer espectáculo dos Artistas Unidos no Teatro da Politécnica  desse ano. 

A Sair Em 2024  

FEVEREIRO  
Nº 175 – Paul Claudel – Anúncio feito a Maria / A Morte de Judas  
Nº 176 – Ruby Thomas – O Reino Animal  
Nº 177 – Os Possessos – II – A mentira / Marcha invencível / O Novo Mundo / A bolha  


MAIO
Nº 178 e Nº 179 – 2 volumes de Peças galardoadas com o Prémio Riccione  
 
SETEMBRO 
Nº 180 – Sara Inês Gigante – POPULAR / MASSA MÃE / YOLO  

Nº 181 – Sofia Santos Silva – Another Rose (Bolsa Amélia Rey Colaço)
Nº 182 – Frederik Brattberg – Farra / Break of Day 

 

NOVEMBRO  
Nº 183 – Arthur Miller – Todos os meus Filhos  

Nº 184 – Robert Icke e Duncan Macmillan – 1984 de George Orwell, uma nova adaptação