Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

"Os Combatentes" apresenta - Mariema, a vida e as canções

image002.jpg

 

Esta peça conta-nos a história da vida e da carreira de Mariema. Nascida no bairro de Campo de Ourique, Mariema foi aluna da escola Os Combatentes. Anos passaram e é n’Os Combatentes que queremos homenagear a atriz que recebeu o Prémio Bordalo na categoria “Teatro de Revista”. 

 

Se foi por brincadeira que começou a cantar fado, mais tarde, foi Deolinda Rodrigues que propôs que fosse para o teatro de revista. Estreou-se no teatro Parque Mayer como atração na revista É Regar e Pôr ao Luar e foi já no Teatro Maria Vitória que criou o seu maior sucesso de sempre “O Fado Mora em Lisboa”. Depois deste, vários se seguiram como é o caso de “Lisboa, princesa do Tejo”, “Marujinho” ou “Alfacinha de gema”.   

 

A par da sua carreira, descobrimos a história de amor e desamor de Mariema. Uma história de amor em que, como tantas outras, o final não é feliz como seria de esperar. Se o amor não tem o final que se espera, a amizade de quem a rodeia e o carinho do público marcam a sua vida. 

 

É numa viagem pelo tempo que relembramos Mariema, nos deixamos encantar na história e embalar nas suas canções. 

 

O Grupo Dramático e Escolar “Os Combatentes” apresenta a peça “Mariema – a vida e as canções” com texto de Inês Marto e André Camilo, direção musical de Carlos Dionísio numa criação coletiva do Grupo de Teatro d’Os Combatentes.