Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Palmela cresce 18% no número de dormidas turísticas

No 1.º trimestre deste ano, Palmela registou um crescimento turístico de 18%, quando comparado com o mesmo período do ano anterior, atingindo um total de 13.520 dormidas, apenas entre os meses de janeiro e março. A presença de turistas portugueses nos estabelecimentos de hotelaria do concelho quase que duplicou no 1.º trimestre deste ano, face a2015. Ao nível do mercado externo, Palmela recebeu, neste período, principalmente, turistas oriundos de Dinamarca, Reino Unido, Espanha, França e Bélgica.

Estes dados estatísticos têm como fonte a ERTL – Entidade Regional de Turismo de Lisboa e, por base, uma amostra de 90% da oferta turística do concelho de Palmela. Analisando os dados disponíveis pelo Instituto Nacional de Estatística, entre os anos de 2009 e 2014, o Município de Palmela contabilizou mais de 435 mil dormidas, números que revelam, de forma muito positiva, a crescente atratividade deste território.  

Com uma estratégia de desenvolvimento turístico alicerçada numa sólida parceria com os agentes locais, numa longa cooperação com a Entidade Regional de Turismo de Lisboa e os restantes municípios da região, Palmela tem conseguido construir uma oferta turística inovadora, diversificada e de qualidade, apostando em produtos que, no âmbito do eixo centralizador da Arrábida, promovem os recursos naturais e histórico-culturais, contribuindo para a economia da região.

A Campanha ‘Palmela Conquista’, que conta com quatro anos de existência, tem sido um veículo essencial na valorização da marca Palmela e na divulgação dos principais eventos, programas e projetos turísticos.

Uma referência, ainda, para a aposta no desenvolvimento do Enoturismo, que se consubstancia, também, através da presença do Município na direção de redes internacionais, como a RECEVIN – Rede Europeia de Cidades do Vinho, que têm contribuído para a crescente afirmação e notoriedade de Palmela.