Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Palmela no “Mural 18” com mais de uma centena de artistas e 20 espetáculos 

 

M18.jpg

 

A participação de Palmela no Programa “Mural 18” chegou, este mês, ao fim, com a apresentação de uma programação cultural diversificada, nas áreas do teatro, dança, circo e música, ao longo de seis meses, que contou com duas dezenas de espetáculos, o envolvimento de 143 artistas, num total de 6.590 espetadoras/es (público presencial e online).

Destaca-se, também, a pintura mural do artista “Vile”, que  pode ser apreciada no Largo do Passo da Formiga, no Centro Histórico da Vila de Palmela e que integra um roteiro de arte urbana da Área Metropolitana de Lisboa (AML).

Recorde-se que o “Mural 18” – evento cultural em rede, com o lema “muralizados no apoio à cultura” -  teve início em janeiro e resulta de uma candidatura apresentada pela AML e pelos seus 18 Municípios, no âmbito do Programa Operacional Regional de Lisboa 2020, integrando uma programação que une agentes culturais, municípios e cidadãs/ãos em defesa da comunidade artística e do património cultural.

Promovida numa altura especialmente delicada para todo o setor cultural, face ao contexto de pandemia, esta iniciativa resulta da vontade da AML e dos seus municípios de criar uma programação que sublinhe a importância da cultura na vida das comunidades e que seja uma marca clara de apoio a quem faz da cultura a sua vida e a sua forma de subsistência.

            Reveja o vídeo com a síntese da programação de Palmela “Mural 18”em www.cm-palmela.pt !

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.