Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Passatempo - 2ª Edição AmadoraMostra - 20 a 22 de Julho nos Recreios da Amadora

O Blog Cultura de Borla em parceria com TEATRO DOS ALOÉS tem bilhetes duplos para a 2ª Edição do AmadoraMostra - Mostra de Jovens Criadores de Teatro para as sessões de 20 a 22 de Julho (sexta e sábado às 21h30 e domingo às 16h) nos RECREIOS DA AMADORA aos leitores que de 5 em 5 participações:

  

- enviarem um mail para culturadeborla@sapo.pt com a frase "Eu quero ir à AmadoraMostra - Mostra de Jovens Criadores de Teatro"

com o Cultura de Borla" com nome, BI e nº de telefone e a sessão que pretende.

- façam like na página do Teatro dos Aloés no Facebook;

 - Partihem o post do passatempo no facebook no seu perfil pessoal de forma pública e nomeando três amigos na partilha;

 

 

ATENÇÃO

Só é aceite uma resposta válida por endereço de e-mail e por concorrente pelo que não adianta enviar mais do um e-mail.

Excepto em casos de força maior que deverão ser atempadamente comunicados através do email culturadeborla@sapo.pt, contamos que os participantes aproveitem os bilhetes que ganharam, portanto concorra apenas se tem a certeza que pode estar presente.

Reservamo-nos o direito de excluir de futuros passatempos todos os que não procederem desta forma.

d54ee331-d849-4609-b349-70e26e8dc57b.jpg

 

   2ª Edição AmadoraMostra 
         Mostra de Jovens Criadores de Teatro nos Recreios da Amadora

Informações e reservas: 916 648 204 ou teatrodosaloes@sapo.pt
Mais informações em: www.facebook.com/teatro.dosaloes

BOCA ILHA – O Rosto Que Ninguém Vê – 20 de Julho às 21h30
Encenação e espaço cénico: Nuno Nunes.
Dramaturgia e interpretação: Carolina Bettencourt e Miguel Curiel. M/12

O que acontece quando duas palavras se combinam? Ou quando um poema sucede a outro? Ou dois actores se debatem entre si? Em que sítio encontramos o poeta que vive nas palavras que nos legou? Partimos do universo de Natália Correia como quem descreve a sua silhueta para a seguir reclamar uma existência tangível. Intrometemos Alberto Caeiro, Cesariny, Ary dos Santos, Mário de Sá Carneiro, e outros para iluminar “O Rosto Que Ninguém Vê”: são diálogos, são confrontos, são confirmações em torno de temas como a identidade, a relação com a morte, a memória de infância, o espaço geográfico e poético da ilha, o activismo político, a vivência da religião e do casamento, o sentimento do outro e de si mesmo como outro… E os dois actores que disputam os seus papéis, num feminino-masculino intranquilo e carente, configuram, por seu lado, esse território teatral cercado pela iminência do esquecimento.
 
AS CONTADEIRAS - SOMOS PESSOA! – 21 de Julho às 21h30

Com Leonor Barreiros Pintos e Marta Machado. M/12
SOMOS PESSOA! é um espectáculo de contação de histórias que assume uma estrutura narrativa e linguagem teatral pouco convencionais. SOMOS PESSOA! conta a vida e obra de Fernando Pessoa em escassos minutos - a introdução - desenlaçando-se o enredo em três dos seus contos: Afinal o Caracol, O burro e as duas margens, O automóvel ia desaparecendo.

 
metAmorfose -  22 de Julho às 16h00
Com Diana Rêgo e Mariana Dias. M/12

O espectáculo é construído com base num paralelismo entre a conduta divina e a conduta humana, através da representação dos arquétipos dos deuses em contraste com os moldes do comportamento dos humanos, fazendo uso de uma linguagem performática, textos ancestrais, poemas que evocam o mito de Dioniso e Kali, entre outros.