Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Passatempo Claribombo

O Blog em parceria com a Animateatro tem bilhetes simples para a peça CLARIBOMBO para o dia 8 de Novembro  às 16h no Cinema S. Vicente aos primeiros leitores que de 5 em 5 participações:

 

- enviem um e-mail para culturadeborla@sapo.pt com a frase "Eu quero ir ver CLARIBOMBO com o Cultura de Borla" com nome, BI e contacto;

- façam like na página da Animateatro no Facebook;

- partilhem o evento no seu perfil pessoal;

- sejam amigos do Cultura de Borla no Facebook.

 

FOTO-Claribombo-620x380.jpg

 

08 e 15 de NOVEMBRO | Domingo | No Auditório CINEMA SÃO VICENTE
16H
M4 | 45m

“Não custa nada inventar…, pois não! Não custa nada inventar palavras, pessoas, brincadeiras, confusões…”
Um espectáculo brincadeira! E foi o que fizemos.
Construímos um espectáculo essencialmente lúdico, onde procuramos estimular o espírito criativo e a construção abstracta como forma de expressão liberta de regras e lógicas impostas por um mundo “adulto”.

Almada Negreiros – “A FLOR”
“ Pede-se a uma criança: desenha uma flor! Dá-se-lhe papel e lápis. A criança vai sentar-se no outro canto da sala onde não há mais ninguém.
Passado algum tempo o papel está cheio de linhas. Umas numa direcção, outras noutras; Umas mais carregadas, outras mais leves; Umas mais fáceis, outras mais custosas. A criança quis tanta força em certas linhas que o papel quase que não resistiu.
Outras eram tão delicadas que apenas o peso do lápis já era de mais.
Depois a criança vem mostrar essas linhas às pessoas: uma flor!
As pessoas não acham parecidas estas linhas com as de uma flor!
Contudo, a palavra flor andou por dentro da criança, da cabeça para o coração e do coração para a cabeça, à procura das linhas com que se faz uma flor, e a criança pôs no papel algumas dessas linhas, ou todas. Talvez as tivesse posto fora dos seus lugares, mas são aquelas as linhas com que Deus faz uma flor! “

Direcção, Conceito e Dramaturgia: Carlos Curto. I Textos: António Torrado e Maria Alberta Meneres. I Intérpretes: João Brás e Luís Santiago. I Banda Sonora: Carlos Curto. I Figurinos e Execução: Zé Nova. I Cenário e Adereços: Luís Valido. I Grafismo: Luís Valido. I Desenho de Luz: Carlos Curto. I Construção: João Carlos. I Fotografia: José Santos. I Operação Técnica: João Carlos Fonseca / José Santos. I Produção: projecto GoG em co-produção com Tas-Teatro Animação de Setúbal. I Apoios: Soc. Musical Capricho Setubalense, Histórias Contadas e Rita Carrilho.

“CLARIBOMBO” por projecto GoG em co-produção com TAS-Teatro (Setúbal)

 

Bilheteira: 

Cinema São Vicente │ abertura 1h antes do espectáculo│4€ (preço único) | 3€ ANIMAMIGOS
Produção e Reservas: 
ANIMATEATRO – 212254184 / 214099896 | programacao@animateatro.org (dias úteis)