Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Passatempo Júlio César - Boutique da Cultura - Teatro de Carnide

O Blog Cultura de Borla em parceria com a  BOUTIQUE DA CULTURA tem bilhetes para o espectáculo #Júlio César  para as sessões de dia 8, 9, 10, 14, 15, 16 e 17 de Setembro às 21h30 no Espaço Boutique da Cultura em Lisboa (Carnide) aos primeiros leitores que de 5 em 5 participações:

 

Só é aceite uma resposta válida por endereço de e-mail e por concorrente pelo que não adianta enviar mais do um e-mail.

Excepto em casos de força maior que deverão ser atempadamente comunicados através do email culturadeborla@sapo.pt, contamos que os participantes aproveitem os bilhetes que ganharam, portanto concorra apenas se tem a certeza que pode estar presente.

94ab34_40d498adf97442ffb5421bb39a3eb380_mv2 (1).jp

 

#JúlioCésar é tudo menos uma peça histórica. Poderá ser interpretada como um retrato dos tempos modernos e do contexto político que vivemos atualmente, em Portugal e no mundo.

Apresentado ao público em plena campanha eleitoral, #JúlioCésar desafia o politicamente correto e aborda a sede de poder e a ambição que é precisa para o atingir. O populismo, a utilização das tecnologias e das redes sociais são uns dos motes desta nova produção da Boutique da Cultura.

 

Uma comédia satírica — adaptada do texto de William Shakespeare e encenada por Manuel Jerónimo — para ver entre os dias 7 e 17 de setembro, às 21:30h, no Espaço Boutique da Cultura, em Carnide (Lisboa).

 

ADAPTAÇÃO E ENCENAÇÃO: Manuel Jerónimo

INTERPRETAÇÃO: Alexandra Silva, Ana Marta Kaufmann, Fernanda Paulo, Inês Avelar, Inês Sobreda, Isabel Medeiros, João Borges de Oliveira, Marta Mateus e Serena Tassone

DESENHO DE LUZ: João Rafael da Silva

VIDEO MAPPING: Diogo Almeida

SONOPLASTIA: Paulo Lourenço

FOTOGRAFIA: Patrícia Blázquez

 

INFORMAÇÕES E RESERVAS: geral@boutiquedacultura.pt / www.boutiquedacultura.org / 926 830 272 / Avenida do Colégio Militar, 1500-187 Lisboa (em frente à Rua Adelaide Cabete/Quinta da Luz)

 

SINOPSE: Depois de ganhar a batalha eleitoral, Júlio César entra em Roma aclamado pelo povo. Querem que se torne imperador vitalício. Mas há uma forte oposição. Brutus não quer que um único homem governe a nação e predispõe-se a tudo para impedir que Roma se torne uma ditadura. Mas o que fazer quando é o próprio povo que quer perder a liberdade? Pode matar-se aquele que o povo elegeu? Uma adaptação cómica da intemporal peça de Shakespeare, que tem muito a dizer sobre os tempos que vivemos.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.