Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Passatempo Manhãs de Quietude

O Blog Cultura de Borla em parceria com TEATRO DOS ALOÉS tem bilhetes duplos para a peça "Manhã de...Quietude" em cena no Recreios da Amadora para os dias 22 e 23 de Novembro de 5 em 5 participações aos primeiros leitores que:

 

 

- enviarem um mail para culturadeborla@sapo.pt com a frase "Eu quero ver "Manhãs de ...Quietude" com o Cultura de Borla" com nome, BI e nº de telefone e a sessão que pretende.

 

- sejam amigos do Cultura de Borla no Facebook e fazem like no post do passatempo.!

 

- façam like na página do Teatro dos Aloés no Facebook;

 

- partilhem o evento no seu perfil pessoal;

 

17596654_YoZaN.jpg

 

 
19 a 30 de Novembro 2014 qua a sáb 21h30 | dom 16h
@Recreios da Amadora
 

Autor M’ Hamed Benguettaf
Tradução Mário Jacques
Encenação José Peixoto
Interpretação Jorge Silva
Cenário e Figurinos Marta Carreiras
Desenho de Luz José Carlos Nascimento
Música Miguel Tapadas
Sonoplastia Pedro Carvalho 
Design Gráfico
 Rui A. Pereira
Fotografia Anabela Gonçalves
Produção Executiva Anabela Gonçalves | Daniela Sampaio
M/12

Esta vem a ser a 40ª produção do Teatro dos Aloés e o espetáculo que completa a trilogia dedicada a M'Hamed Benguettaf. Fecha-se assim o CICLO dedicado a este brilhante autor argelino, ainda com a reposição de "Ensaio ou Café dos Artistas" e "Fatma". 

Sinopse

Quatro horas da manhã. Um raio de luz acaba de poisar sobre a janela do Café da Paz. Alguns transeuntes saudam Salah, o dono do café, que arranja as suas pequenas mesas. A cidade acorda... e revela-se. Porque através dos olhos de Salah é todo um painel da vida popular de uma grande cidade que desfila sobre um fundo de quietude. Moussa o professor; Mahmoud, o músico; Kheira, a eterna “noiva” e Ammi Moktar, seu pai sempre à espreita; o velho Hocine, que repara rádios; a pobre Houria que vê os filhos desaparecerem uns atrás dos outros.

Com muita ternura e poesia M' Hamed Benguettaf levanta por meias palavras um retrato trágico-cómico do seu País visto através do quotidiano de um povo que tenta preservar o essencial: a sua fé no futuro graças à sua juventude.

10€ bilhete normal (sujeito a descontos)
Reservas: 916648204 | teatrodosaloes@sapo.pt 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.