Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Passatempo MEMORIAL DO CONVENTO - Centro Cultural Olga Cadaval

 

O Blog CULTURA DE BORLA em parceria com a ÉTER - PRODUÇÃO CULTURAL tem 10 bilhetes simples para a peça MEMORIAL DO CONVENTO para o dia 6 de Maio  no CENTRO CULTURAL OLGA CADAVAL aos primeiros leitores que de 5 em 5 participações:

 

- enviem um e-mail para culturadeborla@sapo.pt com a frase "Eu quero ir ver MEMORIAL DO CONVENTO com o Cultura de Borla" com nome, BI e contacto;

- façam like na página da ÉTER - PRODUÇÃO CULTURAL no Facebook;

- partilhem o passatempo no seu perfil pessoal;

- façam like na página do Cultura de Borla no Facebook e façam um like no post do passatempo.

 

 

19549793_1YIkC (2).png

 

 

A ÉTER – Produção Cultural apresenta no Centro Cultural Olga Cadaval em Sintra, dia 6 de Maio, às 22 horas o espectáculo de Teatro "Memorial do Convento", em cena há 9 anos, visto por mais de 200 mil pessoas de todo o país. Gratuito para o Público do espectáculo a ÉTER em parceria com a ÚNICA-Mixing Cultures oferecem a Instalação Multimédia “CABAÇA”, no MU.SA – Museu das Artes de Sintra, uma experiência interactiva baseada na atmosfera característica da Guiné-Bissau e da sua diversidade cultural em forma de som, vídeo, luz.

 

A ÉTER – Produção Cultural apresenta no Centro Cultural Olga Cadaval em Sintra, dia 6 de Maio, às 22 horas o espectáculo de Teatro "Memorial do Convento", em cena há 9 anos, visto por mais de 200 mil pessoas de todo o país.
Gratuito para o Público do espectáculo a ÉTER em parceria com a ÚNICA-Mixing Cultures oferecem a Instalação Multimédia “CABAÇA”, no MU.SA – Museu das Artes de Sintra, uma experiência interactiva baseada na atmosfera característica da Guiné-Bissau e da sua diversidade cultural em forma de som, vídeo, luz.

MEMORIAL DO CONVENTO
Teatro

“O homem primeiro tropeça, depois anda, depois corre, um dia voará. (...) Baltasar, tu és Sete-Sóis porque vês às claras e tu, Blimunda, serás Sete-Luas porque vês às escuras.”


SINOPSE
Unidos por um amor maravilhoso, Blimunda e Baltasar reúnem-se a Padre Bartolomeu de Gusmão e ao seu sonho de voar. A Passarola, máquina voadora, misto de barco e de pássaro, nasce do saber científico de Padre Bartolomeu, da força de trabalho de Baltasar e dos poderes de Blimunda recolhendo as vontades humanas (“as nuvens fechadas”) que alimentarão a máquina e a farão voar. A história encantada, que revolucionou a literatura portuguesa, do nascimento de um convento no século XVIII. Na presente adaptação dramatúrgica, a relação dinâmica entre os cinco atores, a música original, a luz e os espaços cénicos dão vida a dezassete personagens e a momentos essenciais de Memorial do Convento.


FICHA TÉCNICA E ARTÍSTICA


 TEXTO

José Saramago

ADAPTAÇÃO DRAMATÚRGICA

Filomena Oliveira e Miguel Real

ENCENAÇÃO

Filomena Oliveira

ORGÂNICA SONORA E MÚSICA ORIGINAL

David Martins

VOZ Andreia João | Piano Sandra Nunes

INTERPRETAÇÃO

Leonor Cabral | Pedro Oliveira | Rogério Jacques  Hugo Bettencourt | João de Brito


DESENHO E OPERAÇÃO LUZ

Carlos Arroja

OPERAÇÃO SOM

David Martins

LEGENDAGEM

José Ricardo

CRIAÇÃO E ADAPTAÇÃO DO ESPAÇO CÉNICO

Carlos Arroja | Vitor Fernandez

GUARDA-ROUPA E ADEREÇOS

Éter | Câmara dos Ofícios

FOTOGRAFIA

André Rabaça | Edgar d’Oliveira | Filipa Vieira  

ASSISTENTE DE PRODUÇÃO

Cláudia Faria | Inês Oliveira Martins

PRODUÇÃO

ÉTER-Produção Cultural

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.