Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Passatempo RITA REDSHOES - Ferroviário Bar Terraço

O Blog Cultura de Borla em parceria com o FERROVIÁRI0 BAR TERRAÇO tem bilhetes duplos para o concerto de RITA REDSHOES  para o dia 26 de Junho aos primeiros leitores que de 5 em 5 participações:

 

 Enviem um email para o culturadeborla@sapo.pt com a frase "Eu quero ir ao Ferroviário ao concerto da Rita RedShoes com o Cultura de Borla" com nome, BI e nº de telefone.

 

Só é aceite uma resposta válida por endereço de e-mail e por concorrente pelo que não adianta enviar mais do um e-mail.

Excepto em casos de força maior que deverão ser atempadamente comunicados através do email culturadeborla@sapo.pt, contamos que os participantes aproveitem os bilhetes que ganharam, portanto concorra apenas se tem a certeza que pode estar presente.

 

Terraço do FERROVIÁRIO acolhe ciclo de concertos mensais ao pôr-do-sol

RITA REDSHOES SOBE AO PALCO DO FERROVIÁRIO NO DIA 26 DE JUNHO

O restaurante do FERROVIÁRIO está aberto até às 24h00 para jantar depois do concerto.

61337391_607688059714775_4077788855883792384_n.jpg

 

 

O pôr-do-sol no terraço do FERROVIÁRIO será o pano de fundo para um novo ciclo de concertos intimistas que acontecerão todos os meses, às quartas-feiras, e ao lusco-fusco. Rita Redshoes é a primeira artista a subir ao placo já no dia 26 de junho, às 19h30, seguindo-se-lhe Ana Bacalhau, Manel Cruz, Elisa Rodrigues entre outros nomes da música portuguesa que prometem animar as tardes de verão no FERROVIÁRIO.

No palco do Ferroviário, Rita vai recordar alguns dos seus maiores sucessos e apresentar temas do novo álbum “Her”, aquele em que a artista mais instrumentos tocou (piano, omnichord, teclados e guitarra acústica) e aquele em que escreve e interpreta, pela primeira vez a solo, três temas em português, um dos quais em coautoria com Pedro da Silva Martins.

“Her” contou com a produção de Victor Van Vugt, produtor do seminal disco de Nick Cave, "Murder Ballads" e do disco de Beth Orton, "Trailer Park”, vencedor do prestigiado Mercury Prize. O produtor australiano já trabalhou também com artistas tão diversos como P.J.Harvey, Depeche Mode, The Fall, Billy Bragg ou Einsturzende Neubauten, entre outros.

“Sempre quisemos acolher, no FERROVIÁRIO, mais concertos com nomes referência da música portuguesa, e ao mesmo tempo oferecer algo original, aproveitando a luz maravilhosa que o terraço recebe. Pensámos então num ciclo de concertos mensais, ao pôr-do-sol, estimulando o público a horas diferentes das habituais na música ao vivo e permitindo-lhe prolongar a experiência noite dentro, com jantar no FERROVIÁRIO ou passando pela sala TGV, ou regressar a casa cedo”, refere Davide Pinheiro, responsável pela programação do FERROVIÁRIO.

A pensar nos clientes mais notívagos que querem jantar depois de um concerto ou espetáculo, o restaurante do FERROVIÁRIO estará aberto com horário alargado (às quartas-feiras, até às 24h00). A carta assinada pelo Chef Vítor Hugo tem opções para todos os gostos e horas do dia e da noite. ‘Gaspacho de morango com uva preta’, ‘Queijo de cabra curado com espuma de melão’, ‘Ostras ao natural’, e ‘Vieiras coradas com creme de acelga e crocante de arroz’ são algumas das entradas para arrefecer os dias mais quentes.

Bilhetes à venda no site Ticketline – 10€.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.