Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Pavilhão do Conhecimento abre as portas pela primeira vez a animais de estimação

 

 

 

No próximo sábado, 4 de Outubro, o Pavilhão do Conhecimento - Ciência Viva assinala o Dia do Animal convidando todas as pessoas a visitarem o museu na companhia dos seus animais de estimação.

Trata-se de uma acção inédita, sendo a primeira vez que é permitida a entrada de animais domésticos num centro de ciência. A ideia surgiu depois de, em Julho, termos recebido a visita do Happy, um cão "lusodescendente" que veio de férias a Portugal e que acompanhou a família na sua visita ao Pavilhão do Conhecimento.

A programação também será especial neste dia, com actividades experimentais dedicadas a conhecer melhor a anatomia de algumas espécies e de que forma esta se relaciona com o seu comportamento e o ambiente que ocupam.

Por que razão os gatos têm os olhos proporcionalmente maiores do que os cães e os carnívoros uma dentição diferente dos herbívoros? Como reagem e se adaptam as formigas ao frio e à luz? E por que é que a mosca é considerada um insecto mas a aranha é um aracnídeo? Em suma: vai ser um dia para conhecer melhor os animais que temos lá em casa. Quanto a eles, vão descobrir que, afinal, a ciência não é um osso assim tão difícil de roer.

Nota: A visita dos animais de estimação obedece obrigatoriamente às regras de saúde, higiene e segurança expressas na
legislação vigente.

Mais informações em
www.pavconhecimento.pt