Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Pavilhão do Conhecimento presta homenagem a Darwin no Dia Internacional da Biodiversidade

Dia_Mundial_Biodiversidade_CircuitosCV.png

 

Existe um antes e um depois de Charles Darwin e da sua viagem, em 1831, a bordo do Beagle. As suas descobertas mudaram a forma como compreendemos o mundo.

No dia 22 de Maio, Dia Internacional da Biodiversidade, o Pavilhão do Conhecimento será o ponto de encontro de naturalistas e artistas que, inspirados pela obra de Darwin, partilham com o público as suas reflexões e também os desafios ambientais que o planeta enfrenta e que põem em causa o património único que é retratado na obra "A Bordo do Beagle". Notícias recentes dão conta que a ilha de Cocos, fundamental para a criação desta obra, está a afogar-se no plástico.

A nossa viagem começa com "As paragens" onde os nossos visitantes são convidados a parar em vários pontos do globo através da participação em diferentes actividades como "Quem se alimenta do quê? ", "A diversidade geológica na viagem do Beagle", entre outras. Seguimos para o espaço envolvente do Pavilhão do Conhecimento onde vamos conhecer em pormenor a biodiversidade existente, temos um "Workshop de Ilustração Científica" e por fim terminamos o dia, às 19.00, com o lançamento da banda desenhada "A Bordo do Beagle", editada pela Gradiva, onde vamos conhecer as histórias que vários naturalistas portugueses como Guilherme Valente, José Melo-Ferreira e Madalena Boto (entre outros) têm para contar.

Programa completo em pavconhecimento.pt

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.