Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Pavilhão do Conhecimento vai ter companhia de circo residente

circodoconhecimento(1).png

 

Era o passo natural depois do sucesso estrondoso da exposição "TCHARAN! Circo de Experiências", inaugurada há apenas seis meses. Entusiasmada pelo feedback dos visitantes à mostra, que tem feito as delícias de miúdos e graúdos, a Direcção do Pavilhão do Conhecimento foi ao mercado para ter uma companhia de circo residente naquele que é o maior centro interactivo de ciência e tecnologia do país. Vai chamar-se "Circo do Conhecimento".

"Começámos a receber muitas mensagens na nossa caixa de sugestões e através das redes sociais, de visitantes a pedirem-nos para termos um circo de verdade", explica Rosalia Vargas, Directora do Pavilhão do Conhecimento. E aquilo que no início parecia ser uma ideia difícil de concretizar foi, aos poucos, ganhando espaço e forma.

Foi a 20 de Novembro do ano passado que o Pavilhão do Conhecimento abriu as portas a uma nova exposição onde a emoção de um parque outdoor se alia à aventura do circo. Chamou-lhe TCHARAN! (aquela onomatopeia da descoberta) Circo de Experiências, e pôs lá dentro 31 módulos interactivos e uma mão-cheia de desafios. Num ambiente vibrante e colorido, os visitantes podem percorrer um labirinto de espelhos, desafiar a gravidade numa máquina gigante, subir uma parede de escalada, andar de monociclo ou partilhar o palco com a marioneta Hércules.

Sem levantar muito a ponta do véu, Rosalia Vargas revela que o Circo do Conhecimento será focado na ciência por trás dos números de malabarismo, ilusões de óptica, magia e equilibrismo próprios deste tipo de espectáculos e não terá animais na sua programação.

O Circo do Conhecimento fará as primeiras actuações na época do Natal, numa tenda montada no espaço exterior do Pavilhão. Depois irá certamente viajar pelo país, em colaboração com autarquias. O calendário será anunciado até ao Verão.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.