Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Pecados de Juventude - 23 e 24 de outubro | Montijo e Lisboa

884858fc-c818-45b1-a652-415ec2ad4195.jpg

 

PECADOS DE JUVENTUDE
Orquestra Metropolitana de Lisboa
 
Sem sobressaltos, adivinha-se um agradável serão de outono na antiga Quinta das Laranjeiras na companhia dos músicos da OML e de três grandes compositores. Serão tocadas obras de Mozart e de Mendelssohn escritas em tenra idade, mas que vaticinam sem mácula os lugares de honra que a História da Música hoje lhes reserva. Entre os doze e os catorze anos de idade, Mendelssohn compôs doze sinfonias para cordas. Não se confundem com as outras cinco completadas mais tarde para formação orquestral completa, mas transcendem quaisquer exercícios de aprendizagem, ou não seriam tão frequentemente programadas nas salas de concerto dos nossos dias. Também precoce, Mozart contava apenas dezasseis anos quando completou os divertimentos que se conhecem hoje pelo nome de Sinfonias de Salzburgo. De humor certeiro, destinadas a circunstâncias de entretenimento informais, destaca-se entre elas o KV 136, por se ser tornado numa das páginas mais célebres de todo o repertório clássico. Pelo meio, temos ainda a oportunidade de ouvir o primeiro concerto para trompa de Haydn, uma sábia combinação de elegância e virtuosismo que só o então recém-contratado Mestre de Capela da família Eszterházy poderia ter assinado.
 

Sexta-feira, 23 de outubro, 21h30, Cinema-Teatro Joaquim d’Almeida, Montijo
Sábado, 24 de outubro, 21h00, Teatro Thalia

F. Mendelssohn Sinfonia para Cordas N.º 1
J. Haydn Concerto para Trompa e Orquestra N.º 1, Hob. VIId:3
F. Mendelssohn Sinfonia para Cordas N.º 6
W. A. Mozart Divertimento para Cordas, KV 136

 

Daniel Canas trompa
José Pereira violino e direção musical

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.