Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Pela primeira vez em Portugal: Grândola apresenta "O Campo de Chão Bom" - espetáculo multidisciplinar sobre o Tarrafal que reúne em palco mais de 50 artistas

Tarrafal imagem.png

O Município de Grândola e a Direção Regional de Cultura do Alentejo apresentam pela primeira vez em Portugal “O Campo de Chão Bom”, um grandioso espetáculo multidisciplinar com direção artística do conceituado Pascoal Furtado, que junta teatro, dança, poesia, musica ao vivo, artes circenses e vídeo. Esta megaprodução está agendada para dia 12 de fevereiro, às 21h00, no Parque de Feiras e Exposições.

Reservas: 269 448 030

 

Da autoria da jornalista Paula Torres de Carvalho, de descendência cabo-verdiana, o espetáculo, que cruza várias linguagens artísticas, é inspirado na obra “O Diabo é meu Padeiro” do autor e ex-Ministro da Cultura de Cabo Verde, Mário Lúcio Sousa, que regressa a Grândola para uma participação especial em “O Campo de Chão Bom”.

 

Esta representação, que sublinha o dever da memória, centra-se na história da segunda fase do Campo do Tarrafal, em Cabo Verde, quando foi reaberto em 1961 com o nome de “Campo de Trabalho de Chão Bom”. Vários géneros artísticos, reunidos em palco, expressam o sofrimento e a resistência dos presos africanos que se opuseram ao regime do Estado Novo e que foram deportados para o Tarrafal. A narrativa regista memórias da época anterior, entre 1936 e 1962, quando ali estiveram detidos antifascistas portugueses.

 

Uma performance de grande beleza e intensidade, não só por dar vida à história de um passado recente, refletindo preocupações sociais, culturais, e politicas, mas também pelas diversas artes que juntam numa noite, num só palco, artistas cabo-verdianos, portugueses, guineenses e angolanos.

 

Do elenco fazem parte Manuel Estevão, como ator principal, a que se juntam António Luis Tomar, Anilson Silva, Augusto Fati, António Borges, Eurico Valentim Santos, Francisco Lopes, Nanny Lima, Livramento Rodrigues e Pedro Armada, bem como os dançarinos Mava José, Mariana Teixeira, Inês Paiva, João Pataco, Iris Lima, Ricardo Reis, Pedro Wayne e Mafalda Rey.

 

Com direção e participação musical de António Barbosa, «O Campo de Chão Bom» apresentará música ao vivo com Sofia Carvalho (voz), António Lima, Armando Tito, Djone Santos, Lopes Blimundo e ainda do Coro Voz da Terra, dirigido por Heloísa Monteiro.