Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Pippo Delbono cria a sua próxima peça em Setúbal

Pippo Delbono cria a sua próxima peça em Setúbal

Rota Clandestina

Direção Artística Renzo Barsotti

image002.jpg

 

No âmbito do trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pela Câmara Municipal de Setúbal, enquanto Cidade da Criação Artística e do projeto Rota Clandestina sob a direção artística de  Renzo Barsotti, Setúbal acolherá no Forum Municipal Luisa Todi o artista italiano Pippo Delbono durante o mês de  junho, a partir do dia 17,  e até o dia 3 de julho, para o início dos ensaios da nova criação Amore, que irá integrar também artistas portugueses .

Pippo Delbono é um dos artistas mais apreciados e representados em toda Europa. A companhia que leva o seu nome nasceu no início dos anos oitenta e ainda está ativa com um núcleo estável de atores, com o auxílio de diferentes colaborações. Uma característica distintiva de suas obras é a participação de pessoas que vêm de situações sociais de marginalização, que se tornaram membros estáveis do grupo de trabalho, dando vida a uma experiência cénica única.

“O título Amor não quer ter nada de retórico, é antes o ponto actual de uma busca que começou há muito tempo. Estamos em continua busca de amor, todos, à procura do Amor: através das muitas vicissitudes dolorosas que a vida nos reserva que se passam a custo, e a conduzir-nos talvez esteja essa tal incansável busca. Quero, então, tentar levar para o teatro algo que comunique esse Amor, tentar sabendo que como ponto de partida escolhemos uma terra como Portugal, tão profundamente caracterizada por um imaginário melancólico, pungente, elegíaco.” Pippo Delbono

Este espetáculo tem como coprodutores associados a Câmara Municipal de Setúbal, São Luiz Teatro Municipal, Lisboa, Pirilampo Artes Lda, Rota Clandestina, Ministerio da Cultura- Direcção Geral Das Artes (Portugal),  Fondazione Teatro Metastasio di Prato (Italia),  Teatro Coliseo, Buenos Aires, Istituto Italiano di Cultura di Buenos Aires, ItaliaXXI (Argentina), Théâtre de Liège (Bélgica), Les 2 Scènes - Scène Nationale de Besançon (França) com o apoio do Ministero della Cultura (Italia)

No Auditório Municipal - Cinema Charlot decorrerá, paralelamente, o Ciclo Pippo Delbono com a apresentação de 4 registos de vídeo de 4 peças de teatro criadas pelo próprio: Questo Buio Feroce (21 de junho), Dopo la Batlaglia (23 de junho), Orchidee (28 de junho) e Vangelo (30 de junho). A entrada é gratuita com início de cada sessão às 20h00.

Fotografia de  Luca del Pia

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.