Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Politécnico de Setúbal acolhe festival de cinema e cidadania

 

Secção “Ativa-te!” do CLIT é uma parceria entre a associação Festroia e o IPS

Festival CLIT – Cinema em Locais Inusitados e Temporários regressa hoje a Setúbal, oferecendo, até ao próximo dia 22, 92 filmes de mais de 30 países, quatro deles exibidos no Instituto Politécnico de Setúbal (IPS), através da secção “Ativa-te!”, que resulta de uma parceria entre a instituição de ensino e a Associação Cultural Festroia.

O evento, que se distingue por cruzar sétima arte e cidadania, arranca esta noite, na Casa da Cultura, ocupando ao longo de duas semanas vários locais da cidade com sessões de exibição e debate. Os temas a abordar incluem a proteção animal, a deficiência, a saúde reprodutiva, a educação, os sistemas agroalimentares, o trabalho digno e a educação na natureza, sempre com a presença de vários realizadores e de especialistas nas várias temáticas. Quinta de Alcube, APPACDM, União Setubalense,  Caritas da Bela Vista e Museu do Trabalho são outros dos espaços de passagem do “Ativa-te!”.

 

Destaca-se na programação da secção – projeto com o patrocínio exclusivo do Programa Cidadãos Ativos/EEA Grants, gerido em Portugal pela Fundação Calouste Gulbenkian e pela Fundação Bissaya Barreto – o dia 17 de maio, terça-feira, com duas sessões a decorrer no Auditório Nobre do IPS, dedicadas às temáticas da violência doméstica e dos direitos LGBT, com a presença de realizadores, ativistas e  técnicos, nomeadamente de entidades como a Câmara Municipal de Setúbal, a União de Mulheres Alternativa e Resposta (UMAR) e a ILGA Portugal.

 

Ainda no âmbito deste projeto, na manhã de 22 de maio, Dia Internacional da Biodiversidade, está prevista uma ação de recolha de beatas na zona ribeirinha de Setúbal, em parceria com a Feel4Planet e aberta a quem quiser alinhar nesta eco-iniciativa. À tarde, pelas 16h00, a secção Ativa-te! ruma até à Biovilla, cooperativa para o desenvolvimento sustentável, para uma sessão de cinema e debate à volta do tema “Educação e natureza”.

 

A segunda edição do CLIT volta a ter entrada gratuita em todas as sessões, apresentando quatro estreias mundiais, 13 estreias internacionais, 26 estreias lusófonas, seis estreias europeias e 15 estreias nacionais.

 

A programação detalhada pode ser consultada aqui.