Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Porto de Lisboa apoia ciclo sobre Almada Negreiros - ultima palestra on-line dia 25 de março

 

No próximo dia 25 de março (sexta-feira) realiza-se a nona e última do ciclo palestras mensais dedicadas à vida artística e obras de pintura mural de Almada Negreiros, iniciativa que tem sido transmitida gratuitamente pela Internet e que conta com o apoio da APL -Administração do Porto de Lisboa.

 

Recorde-se que este ciclo sobre a vida e obra de Almada, com oito palestras já realizadas em 2021 e 2022, sempre às 17h00 (GMT), via ZOOM, decorrem no âmbito do Projeto “ALMADA NEGREIROS - O desvendar da Arte da Pintura Mural de Almada Negreiros (1938-1956)”.

 

Esta nona palestra será apresentada por Leslie Rainer, conservadora de pinturas murais e especialista em projetos no Getty Conservation Institute, com o tema “History and Conservation of Murals in Los Angeles”, podendo ser acompanhada via ZOOM, através desta ligação.

Recorde-se que o Projeto “ALMADA NEGREIROS - O desvendar da Arte da Pintura Mural de Almada Negreiros (1938-1956)” é uma iniciativa transdisciplinar apoiada pela APL, que resulta da colaboração entre o laboratório HERCULES da Universidade de Évora, a Direção-Geral do Património Cultural (DGPC-IJF e DEPOF), e o Instituto de História da Arte da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (IHA-FCSH / UNL).

 

O projeto pretende estudar pela primeira vez com técnicas de imagem e de análise o legado de pintura mural de Almada Negreiros, uma das figuras-chave da vanguarda e do modernismo em Portugal.

Em destaque estão os cinco núcleos de pinturas murais encomendados na cidade de Lisboa entre 1938 e 1956, que são as Gares Marítimas da APL (de Alcântara e Rocha do Conde de Óbidos), Igreja de Nossa Sr.ª do Rosário de Fátima, Edifício DN e o Liceu EB Patrício Prazeres.

Os objetivos são a identificação e caracterização das técnicas pictóricas, constituintes dos suportes e das camadas cromáticas, e suas implicações nos processos de deterioração para sua conservação futura.

Os resultados obtidos ao longo dos três anos serão um passo vital no conhecimento, valorização e conservação da arte da pintura mural de Almada Negreiros.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.