Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Próxima sessão das Leituras no Mosteiro "viaja" à Europa de Leste

Agendada para terça-feira, às 21h00

Próxima sessão das Leituras no

Mosteiro “viaja” à Europa de Leste

 

Participantes vão explorar textos de autores de origem russa e ucraniana que integram a rede EURODRAM. A atividade é de entrada gratuita

 

TNSJ_Leituras no Mosteiro ©Susana Neves.jpg.png

 

Em setembro, as Leituras no Mosteiro embarcaram numa viagem a bordo da EURODRAM – rede informal que promove a tradução e circulação de textos dramáticos contemporâneos –, tendo passado já pela Grécia, com Dimítris Dimitriádis, ou Inglaterra, com Mark Ravenhill. Na terça-feira, dia 21 de janeiro, pelas 21h00, os participantes da próxima sessão rumam à Europa de Leste, com paragem programada em textos de origem russa e ucraniana. De entrada gratuita, a atividade realiza-se no Centro de Documentação do Teatro Nacional São João (TNSJ), localizado no Mosteiro de São Bento da Vitória.

 

Cabaret Astoria, umas das obras em destaque na sessão, chega pelas mãos de Mikhail Heifets, dramaturgo multipremiado de origem russa e um combativo dissidente da antiga União Soviética. A peça é precisamente um reflexo dessa mundividência política e confronta o público com a criação de um país novo – aquele que seria o primeiro Estado perfeito do mundo – onde existe “zero de anarquia, zero de ilegalidade”. Com autoria da poeta e tradutora ucraniana Neda Nezhdana, os participantes das Leituras no Mosteiro vão “ficar” Perdidos no Nevoeiro, embrenhando-se numa peça de câmara para quatro personagens, imersas numa atmosfera imprecisa e ameaçadora.

 

O Centro de Documentação do TNSJ foi fundado no ano 2000. O espaço integra um Arquivo, um núcleo essencial para os investigadores dos campos cénicos e para a preservação de documentos como registos vídeos de espetáculos, textos de teatro, dossiês fotográficos ou materiais promocionais das peças do TNSJ. Localizado no Mosteiro de São Bento da Vitória, contempla ainda uma Biblioteca considerada a melhor em Portugal no que toca às artes performativas. Disponibiliza gratuitamente a consulta de cinco mil livros, além de compilar vídeos, filmes e documentários sobre teatro e dança, óperas dirigidas por encenadores relevante, e ficheiros de teatro radiofónico. O Centro de Documentação está aberto ao público de segunda a sexta-feira, entre as 14h30 e as 18h00.

 

O Teatro Nacional São João (TNSJ) é, desde 2007, uma Entidade Pública Empresarial, assumindo ainda a responsabilidade da gestão de mais dois espaços culturais da cidade do Porto: Teatro Carlos Alberto e Mosteiro São Bento da Vitória. O TNSJ é o único membro português na União dos Teatros da Europa (UTE), organização que congrega alguns dos mais importantes teatros públicos do espaço europeu, integrando o Conselho de Administração da entidade.

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.