Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Queres ir de férias este ano? Anda viajar connosco no IndieJúnior!

 

transferir (2).jpg

 

Queres ir de férias este ano? Anda viajar connosco no IndieJúnior!

 
O IndieJúnior está de volta, e com ele um mundo de ideias projectadas no grande ecrã para os miúdos e graúdos do IndieLisboa. Desta vez, em pleno Verão e ao ar livre pela primeira vez, o IndieJúnior vai levar o cinema até ao terraço do Capitólio, onde todas as crianças, a partir dos 3 anos, poderão viajar através dele no próximo dia 4 de Setembro pelas 21h, numa sessão muito especial de curtas-metragens, filmes estes que contemplam o papel fundamental da família e são mesmo para todos.
No dia seguinte, mas desta vez para os mais velhos, repete-se a experiência ao ar livre, num serão com Jacob, Mimmi e os Cães Falantes, uma aventura de Edmunds Jansons, projectado na tela com vista para o céu.
 
Mas não serão só esses os momentos imperdíveis da edição deste ano!
 
Da Letónia (em Jacob, Mimmi e os Cães Falantes) a França (em A Minha Vida em Versalhes) à Grécia (em Onda de Calor), passando pelo Canadá (em Beleza) e pela Escandinávia onde será possível assistir à passagem de uma Aurora Boreal pelo céu (em No País da Aurora Boreal), e até voltando atrás no tempo (em Chá das Cinco), são mais de 30 os filmes em competição este ano numa edição que verdadeiramente celebra o retorno à sala de cinema, nos pede para apertar o cinto e viajar, em grande segurança, dentro da tela até ao reencontro com jovens programadores, oficinas e sessões especiais.
 
Uma delas será a festa na relva (actividade gratuita) que prolongará a sessão Tudo em Família pela tarde fora (+ 3 anos) no próximo dia 29 de Agosto, sessão de curtas-metragens acompanhada pela locução de Pedro Cardoso. A partir do filme Pássaros, de Célia Rivière, inspirado no álbum de Germano Zullo e Albertine com o mesmo nome, nasce a oficina de expressão plástica e arte criativa Sonhos Aéreos, que acontecerá então no Jardim do Palácio Galveias, desenvolvida em parceria com a editora Orfeu Negro. Este dia em família contará também com outros jogos inspirados na restante programação, DJ set e pista de dança.
 
Pós-quarentena e com saudades do cinema, os pais poderão ir a uma sessão de cinema das 19h no cinema São Jorge enquanto os seus filhos experienciam, de igual forma, a sala escura vendo filmes divertidos e criando objectos relacionados com a actividade cinematográfica, naquilo que é o Cinema Simultâneo. Em mais actividades paralelas, as crianças poderão fazer um filme em família na oficina Faz e Filma em Família, e até aprender a desenhar lindas folhas de Outono e contribuir para um filme surpreendente A Folha, da realizadora Aliona Baranova, na oficina Uma Folha de Cada Vez – Um Filme que se Fez!
 
Diversos são os filmes em competição, dos quais se destacam os que nascem de fábulas à La Fontaine, como o Borda Fora, de Filip Pošivač e Barbora Valecká, que conta a história de Kiwi e o camaleão que decidem embarcar na Arca de Noé mesmo depois de não terem sido convidados - sessão Crescer a Brincar! (+3), e filmes que nos lembram quão importante é a nossa natureza interior, a capacidade de dar asas à imaginação, ainda que estejas fechado em casa como é o caso do rapaz que vive uma aventura na cidade, dentro do seu quarto, em A Selva de Betão, de Marie Urbánkova - sessão Com os Pés na Natureza (+5).
 
Para um público mais infanto-juvenil, há filmes que ecoam narrativas que são urgentes e se oferecem ao debate, como A Minha Vida em Versalhes, um filme verdadeiramente tocante de Clémence Madeleine Perdrillat e Nathaniel H'limi, que explora a superação das perdas da vida – sessão Perder e Ganhar (+9), e o importante Beleza, documentário de Christina Willings, que expande a noção de ser humano, na sua apresentação de cinco crianças não binárias que lutam por viver autenticamente com aquilo que sentem ser a sua identidade de género. Filmes estes integrados em sessões, cuja curadoria foi feita por alunos entre os 10 e os 15 anos, no âmbito da iniciativa “Eu Programo um Festival de Cinema”, com a Escola Básica Marquesa de Alorna (sessão Perder e Ganhar, +9 anos) e ES 2,3 D. Filipa de Lencastre (sessão Levantar a Voz, +12 anos).
 
De sublinhar, Beleza será o ponto de partida para o debate “Quando a identidade de género não coincide com o género que foi atribuído à nascença”, que se focará na transição social na família e ambiente escolar de crianças não binárias, para todos os pais, filhos e professores, com o apoio da AMPLOS (Associação de Mães e Pais pela Liberdade de Orientação Sexual e Identidade de Género).
 
De 25 de Agosto a 5 de Setembro, o IndieJúnior regressa para mais uma edição repleta de animação e partilha, unida por uma programação que faz florescer as jovens e alertas vozes que se vêem aqui representadas em registos como animação, documentário e ficção. Embarca nesta viagem!
 
Bilhetes à venda a partir do dia 28 de Julho nas bilheteiras oficiais do festival e na Ticketline.pt Cadernetas Early Bird limitadas com 10 bilhetes voucher disponíveis até ao dia 27 de Julho com preço especial de 2,50€ por bilhete. O bilhete de família é válido para 4 pessoas nas sessões IndieJúnior Famílias, pelo preço de 12€.
Mais actualizações em www.indielisboa.com/indiejunior