Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

RAUL, Um Espectáculo de Homenagem a Solnado com ensaio solidário a favor da Casa do Artista

 

 

É já no próximo dia 1 de março que pode assistir a RAUL, Um Espectáculo de Homenagem a Solnado, com o ator Telmo Ramalho a recriar os textos daquele que é para muitos o mestre da comédia. Tendo o Auditório dos Oceanos no Casino de Lisboa como palco, pelas 21h30, o primeiro momento será marcado por um ensaio solidário, sem lugares marcados, cujas receitas reverterão a favor da Casa Artista, instituição fundada em 1999 pelo próprio Raul Solnado (mentor do projeto) e, pelos amigos de longa data Armando Cortez e Manuela Maria. Cada bilhete tem o valor de seis euros. 

 

“Lugar de afectos onde não é permitido envelhecer”, assim se apresenta ao público a ideia trazida na bagagem do consagrado e falecido ator, após uma inesquecível viagem ao Brasil. No final do anos 90 viria então a encontrar morada na Estrada da Pontinha, tornando-se numa Associação de Apoio aos Artistas que construíram o seu caminho ou que estão a dar os seus primeiros passos nas áreas das artes cénicas, cinema, rádio e televisão.

 

Dignificar os profissionais que fazem das performances carreira é não só a premissa da Casa do Artista, como também de Telmo Ramalho, que interpreta em RAUL o mestre e professor que o impulsionou. “A minha história com Raul começou em 1996. Mas só mais tarde descobri o homem que ainda hoje me inspira, cada vez que subo ao palco, e que neste espetáculo quero homenagear. E, num misto de humor e fascínio, acrescento também um pouco de mim”, partilha connosco o antigo aluno do Curso de Teatro na Sociedade de Instrução Guilherme Cossoul, lecionado por Raul.

 

No dia 1 de março sobem então a palco os textos “É do Inimigo?” e “A Guerra de 1908”, assim como as canções “Malmequer” ou “Timpanas”, reinterpretados agora por Telmo Ramalho. Esperam-se inúmeras gargalhas, regozijo, meias luas no rosto e brilhozinhos nos olhos. Apesar de nos ter deixado fisicamente em 2009, o pedido do humorista português mantém-se eterno e inquebrável: “Façam o favor de ser felizes”.

 

Bilhetes disponíveis em: https://ticketline.sapo.pt/evento/raul-uma-homenagem-a-solnado-24060