Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Recoopera - Projeto comunitário de economia circular em Telheiras

transferir.jpg

 

A Parceria Local de Telheiras, que junta várias instituições, organizações e grupos informais deste bairro Lisboeta, tem vindo a promover desde Setembro de 2020 um processo participativo junto da sua população - as “Ideias em Rede” - recolhendo sugestões para melhorar a qualidade de vida do bairro, com ênfase na sustentabilidade ambiental e social e na cidadania ativa. Luís Keel Pereira, gestor da Parceria Local de Telheiras, explica que “através do grupo de trabalho Telheiras Sustentável, as ideias foram analisadas e colocadas a votação num processo que contou com a participação de mais de 300 pessoas, decidindo-se avançar com algumas das ideias mais interessantes para os telheirenses”. Tendo em consideração as limitações impostas pela pandemia de Covid-19, as “Ideias em Rede” decorreram em modo híbrido, com várias atividades presenciais e online que permitiram aumentar o envolvimento das entidades e população na co-criação das iniciativas.

Uma das iniciativas mais votadas foi a criação de um espaço comunitário no bairro focado na economia circular e sustentabilidade, ligado ao Centro de Partilha de Recursos já em desenvolvimento pela Parceria Local. “A ideia central é organizar um evento mensal, gratuito e aberto a todos, com oficinas de reparação do género Repair Café, onde será possível aprender a reparar e reutilizar produtos como eletrodomésticos, informática, electrónica, vestuário e bicicletas, entre outros, recorrendo a conhecimentos da própria população sempre que possível” detalha Luís Keel Pereira. “Haverá também espaço para aconselhamento e apoio sobre eficiência energética e energias renováveis, com o objetivo de informar e capacitar a comunidade sobre medidas, apoios financeiros e regulamentos relevantes para melhorar o desempenho energético e conforto térmico das suas habitações e do comércio local e para produzir e utilizar energia renovável localmente” acrescenta Miguel Macias Sequeira, Engenheiro do Ambiente e um dos 36 co-promotores da iniciativa. A iniciativa, que quer ser um espaço da comunidade e responder ativamente às suas necessidades e desejos, incluirá ainda workshops temáticos sobre sustentabilidade, momentos culturais, solidariedade e muito mais. 

Esta iniciativa, destinada ao público de Lisboa em geral e à comunidade local, dá pelo nome de "ReCoopera: espaço comunitário para aprender, reparar, partilhar e doar” e encontra-se disponível para votação no Orçamento Participativo de Lisboa 2021, até ao dia 15 de Junho, com o número de proposta 65.

Para além destes projectos, prevê-se para breve o arranque de vários grupos de trabalho para a implementação de actividades como a construção de abrigos para aves e polinizadores, criação de compostores comunitários, redução do uso de plásticos no comércio local, adoção de canteiros por parte da população, apoio à limpeza do bairro e desenvolvimento de uma comunidade de energia em Telheiras.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.