Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Robôs invadem as Bibliotecas de Lisboa


 

 

Teckies promove workshops para ensinar pais e filhos a construírem, programarem e mexerem em robôs

 


A Teckies, startup inovadora na área da tecnologia aplicada à educação, vai desenvolver uma série de workshops, em parceria com a Rede de Bibliotecas de Lisboa (BLX), para que as famílias portuguesas aprendam a construir, programar e manipular robôs. O primeiro evento terá lugar no dia 2 de março, em Belém. 

 

Estes workshops baseiam-se na interação com um robô humanoide, o JD da EZ-Robot, capaz de seguir ordens, apanhar objetos, falar e até cantar. Cada família – um adulto e uma criança – terá acesso a um robô e poderá programá-lo à sua medida com um software específico, que lhes será dado a conhecer pela equipa formadora. 

 

“Vamos lançar desafios às famílias para que possam, em conjunto, não só ter um primeiro contacto com os robôs e a linguagem de programação, mas também passar uma tarde diferente e divertida, experimentando equipamentos que nem sempre lhes são próximos. Além disso, sabemos que o contacto com estes equipamentos traz outras mais-valias para adultos e graúdos, já que estimulam a criatividade, resolução de problemas, trabalho de equipa e outras soft-skills tão necessárias nos dias de hoje”, refere Patrick Götz, fundador da Teckies.

 

Durante três horas, pais e filhos terão de completar um processo de forma autónoma, que começa na construção do robô (a partir do zero) e ligação das várias partes, até à programação dos comandos. Os desafios começam pela programação do robô para dizer um simples adeus, depois para reconhecer cores, rostos ou até para colocá-lo a executar movimentos complexos, como uma cambalhota ou o pino.

 

Para as Bibliotecas de Lisboa, esta é uma oportunidade de partilhar conhecimento de uma forma diferente e inovadora: “Estes workshops são uma grande oportunidade para juntar pais e filhos, ou mesmo avós e netos, para que, em conjunto, entrem no mundo da programação, robótica e automação, temáticas que já são uma realidade nos dias de hoje e que o serão cada vez mais. As bibliotecas são um lugar de conhecimento por excelência e não podiam ficar de fora destas novas realidades. Procuramos sempre novas ideias e novas iniciativas para que possamos trazer a tecnologia também para os nossos espaços”, afirma Susana Silvestre, chefe da divisão da Rede de Bibliotecas de Lisboa.

 

Os workshops terão lugar aos sábados, a 2 e 23 de março, nas bibliotecas de Belém e da Penha de França, respetivamente, e a 6 de abril na Biblioteca Orlando Ribeiro, em Telheiras. A iniciativa tem o custo de 15 euros por participante e requer inscrição prévia, através do site das BLX ou da Teckies. As atividades são indicadas para todas as idades, a partir dos 7 anos.

 

Datas dos workshops

2 de março, 14H |  Biblioteca de Belém

23 de março, 14H |  Biblioteca de Penha de França

6 de abril, 10H30 |  Biblioteca de Telheiras (Bib. Orlando Ribeiro)

 

Imagens disponíveis aqui

Mais informações aqui.

 

Sobre a Teckies

A Teckies é uma startup portuguesa criada em 2018 com o objetivo de levar as novas tecnologias emergentes para as salas de aula, modernizando o ensino e dotando as crianças de competências transversais (como a criatividade, resolução de problemas, comunicação, entre outras) que as ajudem a preparar-se para os desafios laborais do futuro. A startup pretende introduzir a robótica na sala de aula como ferramenta auxiliar na aprendizagem dos alunos e no ensino dos professores, utilizando robôs para apoiar o ensino das habituais disciplinas, como Português ou Matemática.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.