Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Roca Lisboa Gallery promove sessão de “Dragon Dreaming” para debater as cidades do futuro

Utilizar o presente para refletir sobre o futuro

 

Roca Lisboa Gallery promove sessão de “Dragon Dreaming” para debater as cidades do futuro

image005.png

 

Teremos as nossas cidades cobertas de painéis fotovoltaicos? Que tipo de mobilidade urbana teremos? Como vamos viver? Em pequenas comunidades dentro de arranha-céus ou em cidades menos densas com mais espaços verdes? 

 

Estas foram algumas das perguntas levantadas pelos vários especialistas que na passada terça-feira (26 de junho) participaram na primeira sessão de “Dragon Dreaming” do Roca Lisboa Gallery.

 

Sob o mote “ O futuro das cidades em 2050”, a sessão consistiu em aproveitar o conhecimento dos diferentes especialistas presentes, e promover um exercício de reflexão conjunta, para a construção de uma ideia comum de cidade do futuro.

image006.png

 

Engenheiros, arquitetos, especialistas, professores, alunos e outros curiosos, puderam desenvolver um conjunto de exercícios coletivos, que terminou com a elaboração de algumas ideias-chave sobre como serão as cidades daqui a algumas décadas.

Virgílio Varela, moderador desta iniciativa, reforçou a ideia de que a ideia deste tipo de sessão não é a de ser um simples debate ou discussão, mas “uma oportunidade de sonharmos em conjunto como seria a cidade ideal do futuro”. Fazendo uma alusão ao facto de “aquilo que temos hoje ser fruto do que alguém sonhou um dia.”

De uma cidade sem wi-fi, à importância da proximidade do mar, passando pelo contacto com a natureza ou a comunidades que combatam a solidão, foram várias as ideias lançadas pelos presentes, num ambiente marcado pela descontração e a vontade de trabalhar em conjunto.