Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

ROLETA SELVAGEM: SANGUE, SUOR, LÁGRIMAS... E UM BOCADINHO DE FELICIDADE NO DISCOVERY CHANNEL

Roleta Selvagem 1.JPG

 

 

O Discovery Channel estreia a 4 de abril, às 21 horas, a Roleta Selvagem, que desafia seis participantes a sobreviverem em seis locais distintos da América do Sul, longe da civilização, durante 60 dias. Uma aventura de dimensões épicas já que a qualquer momento, o cenário pode mudar... Sem prémio final, os participantes estão à mercê de si próprios para arranjar abrigo, comida e água. Acompanhe Luke, Shon, Kat, Josh, Lindsay e Adam no maior desafio das suas vidas, onde vai ver muito sangue, suor e lágrimas, mas também momentos de extrema felicidade.

 

 

Passar 60 dias sozinho, na natureza, sem qualquer ajuda. Ter de encontrar abrigo, comida e água potável. Desafiar o ambiente hostil, ter encontros indesejáveis com animais, enfrentar chuva, frio, sol e até neve. O local: América do Sul. Aceitava?

Mas há mais: quando menos espera, tem de deixar o local onde está e partir para um outro, totalmente diferente e desconhecido, onde as condições poderão ser opostas... e começar tudo de novo.

 

Seis homens e mulheres aceitaram o desafio do Discovery Channel para ir além os seus próprios limites, em A Roleta Selvagem. Sem prémio final, sem vencedor e sem equipas de filmagem. "Para além de termos de sobreviver e evitar a nossa própria morte, ainda tínhamos de filmar, o que complicava muito as coisas", revela Luke Soderling, um canalizador de 35 anos que abraçou o desafio depois de ter sobrevivido a um cancro na tiróide.

 

Para além de se encontrarem totalmente expostos às condições da natureza, os participantes estão ainda à mercê da "Roleta", que gira consoante a mudança da lua. Quando tal acontece, há que começar tudo de novo. "Essa é grande diferença do programa em relação a outros do género. É algo que nunca tinha sido feito antes. Podemos passar da tundra gelada à mais húmida das florestas tropicais ou ao tórrido deserto. Tudo pode acontecer”, explica Luke.

 

Para entrar no programa, os seis intervenientes foram submetidos a rigorosos testes físicos e psicológicos, mas nada os preparou para o que tinham de enfrentar. Shon Joyner, um antigo marine norte-americano, esteve em cenários de guerra e tinha alguns "truques" na manga para sobreviver, mas acabou por perceber que o aspecto mental é o mais desafiante. "Enfrentar a frustração, manter a calma e ser positivo" foram as maiores batalhas do ex-militar de 33 anos, que viveu uma verdadeira "montanha-russa de emoções".

 

 

Os participantes, com idades compreendidas entre os 23 e os 39 anos, estão apenas munidos de um kit básico de sobrevivência e de dispositivos de sinalização, em caso de emergência.

 

Conheça os aventureiros:

 

Josh: um executivo e antigo atleta de luta livre, cujo sonho de participar nos Jogos Olímpicos se evaporou depois de sofrer uma grave lesão

 

Luke: um canalizador e instrutor de armas de fogo, que após superar uma batalha contra o cancro, procura passar o maior tempo possível com os filhos

 

Lindsey: uma modelo de fitness que quer provar que as mulheres podem ser tão ou mais duras que os homens

 

Shon: um ex-marine que fez parte da guarda de segurança do antigo presidente George W. Bush e que sofreu bullying na infância

 

Kat: uma enfermeira e mãe de família que deseja provar aos filhos e a outras mães que é possível ter uma carreira e conquistar grandes feitos na vida

 

Adam: um ‘Forest Gump’ real que percorreu mais de 20 países, em seis continentes, a correr.

 

Todos terão de demonstrar que têm a capacidade para ultrapassar este enorme desafio que vai para além do género “normal” de sobrevivência. Uma experiência que pode acompanhar a partir de 4 de abril no Discovery Channel.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.