Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Rosana Ricalde junta-se ao Programa abem: Rede Solidária do Medicamento

Leilão Solidário apoia os mais desfavorecidos na compra de medicamentos

Rosana Ricalde junta-se ao Programa abem:

Rede Solidária do Medicamento

 

A artista Rosana Ricalde juntou-se ao Programa abem: Rede Solidária do Medicamento para apoiar quem mais precisa no acesso ao medicamento através da doação de uma peça de arte.

 

Entre os dias 7 e 18 de junho, será leiloado, na plataforma digital eSolidar, uma pintura da autoria da reconhecida artista contemporânea. O valor angariado pelo leilão, realizado com o apoio da Galeria 3+1 e da Fundação PLMJ, será integralmente incorporado no Fundo Solidário abem:, exclusivamente dedicado à comparticipação dos medicamentos essenciais à vida das famílias mais vulneráveis.

 

Rosana Ricalde vive e trabalha entre o Rio de Janeiro e Coimbra, e as suas obras fazem parte de coleções públicas e privadas internacionais. A artista é conhecida por incorporar elementos de texto e usar a caligrafia nas peças que desenvolve, construindo formas que questionam as fronteiras entre a poesia visual e o desenho. Fazendo-o, Rosana Ricalde revela a linguagem secreta e histórias associadas, que atravessam o tempo enquanto ecoam civilizações, estórias e histórias de outros mundos. 

 

«A notável generosidade da Rosana Ricalde, associada ao seu talento ímpar, ajudar-nos-á a fazer a diferença na vida dos mais vulneráveis. Apelamos ao apoio de todos aqueles que nos puderem ajudar nesta caminhada solidária, uma vez que, juntos, conseguiremos combater a exclusão onde ela mais dói – na saúde», afirma Maria de Belém Roseira, embaixadora da Associação Dignitude.

 

«A arte alia-se à solidariedade para levar saúde e medicamentos essenciais aos cidadãos portugueses que mais precisam. É um orgulho unir esforços com a Associação Dignitude em prol de uma causa social tão nobre como o acesso à saúde. A entreajuda transforma vidas e muda destinos», refere Rosana Ricalde.

 

O Programa abem: Rede Solidária do Medicamento, iniciativa promovida pela Associação Dignitude, está presente em todo o território nacional e já ajudou mais de 22.000 pessoas. Desde o seu lançamento, em maio de 2016, já foram ajudadas mais de 12.000 famílias que, deste modo, conseguem adquirir sem custos e em condições de total anonimato os medicamentos prescritos de que necessitam para viver.

 

Além do leilão solidário, os cidadãos que queiram contribuir para o Programa abem: Rede Solidária do Medicamento poderão fazê-lo em qualquer altura através de transferência bancária, para o IBAN: PT50.0036.0000.99105930085.59; por MB WAY: 932 440 068; diretamente no website www.abem.pt ou na página de Facebook do abem:. Os doadores podem depois enviar o comprovativo de transferência, nome e NIF para geral@dignitude.org, e ser-lhes-á enviado o recibo de donativo.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.