Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

SAMUEL F. PIMENTA PARTICIPA EM FESTIVAL LITERÁRIO EM ISTAMBUL

 

O escritor português Samuel F. Pimenta vai participar na primeira edição do “International Young Poets Meeting”, que decorre entre os dias 15 e 18 de Dezembro, no Centro de Arte de Zeytinburnu, um dos bairros mais emblemáticos de Istambul. O encontro reúne 40 poetas de todo o mundo, com idades até aos 30 anos. Samuel F. Pimenta é o único autor lusófono presente.

 

“À medida que aumenta a tensão no mundo com conflitos ideológicos, políticos, culturais e etno-nacionais, encaramos a Literatura como uma presença restauradora e um poderoso meio para transmitir valores e experiências mais relevantes”, informa a organização do festival.

 

O encontro é apoiado pelo Ministério da Cultura e Turismo da Turquia e pelo Município de Zeytinburnu e é organizado em parceria pelo International Istanbul Poetry Festival e pelo International Uskudar Poetry Festival. Nos quatro dias em que decorre o festival, haverá sessões de leitura, visitas a escolas e painéis de conversação entre os autores. No dia 17 de Dezembro, pelas 13:00, Samuel F. Pimenta participa numa mesa redonda sob o tema “Poesia, Palavras e Quotidiano”, com Anna Gual (Espanha), Ana Golejshka (Macedónia), Sonnet Mondal (Índia), Ceylan Öztürk (Turquia) e Esma Güneş (Turquia), com moderação do escritor turco Cengizhan Konuş.

 

“Um encontro desta dimensão representa não só a possibilidade de chegar a um maior número de leitores, mas também a oportunidade de conhecer poetas de todo o mundo e de ouvir o que têm a dizer sobre o acto de escrever, sobre a poesia. Se há coisa de que gosto nos festivais literários é poder ouvir os outros participantes, fico sempre com a sensação de que se sai maior, com outra visão sobre as coisas”, diz Samuel F. Pimenta.

 

O escritor, de apenas 26 anos, já conta com cinco livros publicados e vários prémios nacionais e internacionais. O mais recente – o Prémio Literário Glória de Sant’Anna, que distingue o melhor livro de poesia das regiões e dos países lusófonos – foi-lhe atribuído em Maio, pelo livro “Ágora” (Livros de Ontem). Tem participado em diversas conferências e em encontros literários, em Portugal e no estrangeiro, nomeadamente na Feira do Livro de Frankfurt, em 2013, e na Bienal Internacional do Livro de São Paulo, em 2014. Prepara-se para publicar, no início de 2017, um novo romance sob a chancela da Marcador Editora, com o qual ganhou as Bolsas Jovens Criadores 2015, do Centro Nacional de Cultura.