Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

São João entra em 2022 com O Balcão e Noite de Estreia

Programação para o primeiro mês do ano inclui ainda uma nova sessão das Leituras no Mosteiro e o espetáculo Aquilo que Ouvíamos

 

Já é conhecida a programação do Teatro Nacional São João (TNSJ) para o arranque de 2022. A partir de 6 de janeiro, o Teatro São João, o Teatro Carlos Alberto (TeCA) e o Mosteiro de São Bento da Vitória vão receber um conjunto de espetáculos e atividades: a reposição da produção própria O Balcão, depois da estreia em novembro de 2020; Noite de Estreia, espetáculo baseado no filme homónimo de John Cassavetes; uma nova sessão das Leituras no Mosteiro dedicada à dramaturgia contemporânea em língua portuguesa; e a peça-concerto Aquilo que Ouvíamos.

 

O Balcão regressa ao palco do São João

O Teatro São João recebe, de 7 a 22 de janeiro, a reposição de O Balcão, de Jean Genet. Depois da estreia, em novembro de 2020, o espetáculo, que conta com encenação de Nuno Cardoso, diretor artístico do TNSJ, regressa para refletir sobre a farsa do poder e a sua dinâmica social. A produção tem como tema central a ilusão, tornando-se num autêntico jogo de espelhos onde é permanente o equívoco entre o fingido e o autêntico. A récita de dia 9 de janeiro contará com tradução em Língua Gestual Portuguesa e ainda com mais uma sessão das Conversas com o Mestre, conduzida pelo dramaturgo e encenador Luís Mestre. O espetáculo poderá ser visto de quarta-feira a sábado, às 19h00, e ao domingo, às 16h00. Os bilhetes estão disponíveis entre os 7,50 e os 16 euros.

 

Noite de Estreia: espetáculo sobre um filme que é sobre um espetáculo

Em 1977, John Cassavetes levava o teatro para o cinema com o filme Noite de Estreia. Agora, Martim Pedroso devolve-o à cena com “um espetáculo sobre um filme que é sobre um espetáculo”. Noite de Estreia explora o percurso solitário e irreverente de Myrtle Gordon, a atriz que interpreta Virgínia na peça dentro da peça – The Second Woman –, que não se revê nas convenções do masculino e do feminino que o texto veicula. No espetáculo, Martim Pedroso encontra a capacidade íntima do teatro em procurar a esperança e de estilhaçar todos os estereótipos. O espetáculo estará em cena no Teatro Carlos Alberto entre 12 e 15 de janeiro, de quarta-feira a sábado, às 19h00. Os bilhetes têm o valor de 10 euros.

 

Leituras no Mosteiro continuam viagem pela dramaturgia portuguesa

Em dezembro, as Leituras no Mosteiro – atividade promovida pelo Centro de Documentação do São João e coordenada por Nuno M Cardoso e Paula Braga – viraram as suas atenções para a dramaturgia contemporânea em língua portuguesa, com uma sessão dedicada a textos criados por três autores no Laboratório END, uma das iniciativas promovidas pelo Festival Encontros de Novas Dramaturgias. No dia 18 de janeiro, às 19h00, esta viagem continua no Mosteiro de São Bento da Vitória, desta feita com textos de Keli Freitas, Lara Mesquita e Mariana Ferreira. A entrada é gratuita, mediante inscrição prévia.

 

Peça-concerto reflete sobre a importância de Aquilo que Ouvíamos

O Balcão © João Tuna.jpg

 

No último espetáculo de janeiro, Joana Craveiro continua a explorar a memória, revisitando um tempo em que a música conferia identidade e pertença. Aquilo que Ouvíamos é um regresso às décadas de 80 e 90, pela perspetiva do seu elenco-banda – quatro atores e cinco músicos (entre eles, a banda Loosers), autores da banda sonora original –, em que a materialidade reinava: tudo, desde a compra de vinis com as curtas mesadas às trocas de discos, cassetes gravadas ou a ida aos raros concertos, servia para se destacarem dos demais. A peça-concerto irá estar em cena no Teatro Carlos Alberto de 26 a 30 de janeiro, podendo ser vista de quarta-feira a sábado, às 19h00, e ao domingo, às 16h00. A récita de 28 de janeiro conta com uma Conversa com o Mestre e a de 30 de janeiro terá tradução em Língua Gestual Portuguesa. O preço dos bilhetes é de 10 euros.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.