Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Sentimental Waltzs de António Proença de Carvalho

f85610bf-3f6f-4cb1-b40c-b37991eb8ae8.png

 

Сентиментальные вальсы
(sentimental waltzs) - António Proença de Carvalho

 

26 de Novembro a 6 de Dezembro na Pickpocket Gallery


Exposição realizada no âmbito do InShadow - Festival Internacional de Vídeo, Performance e Tecnologias

 

“Há já bastante tempo que sonhava poder acompanhar o trabalho diário de uma companhia de dança.
Comecei a fotografar sem uma ideia predefinida, seguindo diversos rumos em simultâneo. Confiando no instinto, entendi ser importante ter por base as seguintes ideias chave: corpo/ imagem/ memória/ terra .

Inspirado na obra de Alain Fleischer  e  na  série  “Yesterdays Sandwich” de Boris Mikhailov, que utilizaram ambos a técnica da sobreposição de imagens,  decidi partir dessa abordagem, utilizando em cada série, imagens sobrepostas como se de transparências se tratassem.

Da colaboração com a EIFE e a Companhia Olga Roriz, foi surgindo o conceito que exprimo neste trabalho. As imagens representam movimentos circulares inspirados no movimento de rotação da Terra. Representam também a dimensão humana das emoções: a paixão, a dor, o prazer e os seus ciclos.  A imagem que se repete em segundo plano representa a memória e o tempo. O que pretendo realçar são as voltas que a vida dá, que parecem circulares, mas que no fundo são como espirais nas quais temos a sensação que voltamos ao mesmo lugar, no entanto, ao mudarmos a perspectiva, apercebemo-nos de que há sempre uma evolução.

Na instalação foi usada a peça “Sentimental Waltz” de Tchaikovsky, e a gravação, tal como as imagens, foi sobreposta, com um delay de 30” , aproximando-nos da intensidade do estado de espirito caótico com que por vezes nos deparamos. O título da instalação “Sentimental Waltzs” é apresentado na língua original, cirílico, no plural.

Propositadamente, fica em aberto o espaço para que cada um faça a sua leitura pessoal.”

  António Proença de Carvalho