Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

SERRALVES // 26 JUN 10H00 ÀS 18H00 // INOVDESIGN: O MELHOR DO DESIGN NACIONAL EM SERRALVES

O MELHOR DO DESIGN NACIONAL EM SERRALVES

 

INOVDESIGN - APRESENTAÇÃO DE PROTÓTIPOS E SELEÇÃO DE VENCEDORES

26 JUN 2019

10h00 às 18h00

auditório de serralves

 

ENTRADA LIVRE

 

Através de várias iniciativas entre as quais workshops, seminários, prémios e publicações o projeto INOVDESIGN pretendeu, ao longo dos anos de 2018 e 2019, realçar a importância do design na economia, e do valor acrescentado da sua inserção nas cadeias de produção das empresas, assente em fatores de diferenciação como o marketing, as marcas e os modelos de negócios inovadores.

 

Uma das iniciativas promovidas, o Concurso INOVDESIGN, partindo de ideias apresentadas por candidatos de vários setores, pretendia promover e acompanhar a realização de projetos-piloto de desenvolvimento de novos produtos, que apresentassem potencial para serem lançados no mercado, enquanto exemplos ilustrativos de boas práticas, nas quais o design se distingue de forma qualitativa.

 

CONCURSO INOVDESIGN SELECIONA 15 IDEIAS

 

O júri avaliou as candidaturas ao Concurso INOVDESIGN e selecionou, nas duas edições do concurso, 15 ideias que se destacaram pela incorporação de uma forte componente de design, enquanto característica diferenciadora e de valorização.

 

Do júri fizeram parte representantes de várias entidades parceiras do projeto INOVDESIGN: AIMMAP, ATP, ANJE, ESAD, APICAAPS, AEP para além da Fundação de Serralves.

  

No próximo dia 26 de junho, das 10h00 às 18h00, em Serralves, os 15 protótipos serão avaliados pelo júri que elegerá os vencedores do Concurso Inovdesign das edições de 2018 e 2019, a quem serão atribuídos prémios monetários de €3.000, €1.500 e €1.000 ao 1º, 2º e 3º classificados respetivamente.

 

Os projetos selecionados para concurso são:

 

CONCURSO 2018:

 

ARCHIMEDES: lareira suspensa proposta pela GLAMM FIRE, partindo de um desenho da interseção de um cone com uma esfera; peça versátil e ajustável que permite uma vista integral da chama, com capacidade de girar 360º durante o processo de ignição.

 

CANDEEIRO BOLHAS: candeeiro criado virtualmente através de esferas de diferentes tamanhos, aglutinados em torno de um pendente de luz, pelo estúdio de design de luz BLECAUTE.

 

JOINT BENCH: projeto da responsabilidade da empresa ALBERTINA OLIVEIRA - ARQUITETURA UNIPESSOAL LDA, propõe um banco modular em cortiça que reúne em si a capacidade de, com rotações de 90º formar sistemas de agregação conforme o que cada utilizador pretende.

 

MIRAMAR LAMP: candeeiro, concebido pela WAA - WE ARE ARCHITECTS LDA, com inspiração na paisagem e fauna marinha, demonstrando uma preocupação com a utilização de materiais e processos de produção sustentáveis. Disponibilizados em peças, os candeeiros poderão ser montados pelo consumidor, criando uma experiencia inicial de consumo empática entre o produto e o usuário. 

 

PRET-À-PORTER: projeto da BOATO 2.0 no qual o designer Hugo Pereira criou um material formado em placas, proveniente de um compósito do desperdício do couro que uma vez aplicado resulta em produtos funcionais. Este projeto (re)utiliza e (re)aproveita desperdícios de couro provenientes da industria do calçado e madeira da industria do mobiliário aliando assim dois setores de elevada relevância na industria Portuguesa.

 

UVA: da empresa MATTER pretende ser uma referência na geração de soluções de matérias-primas e produtos sustentáveis. O objetivo é, através do design, valorizar resíduos e ao mesmo tempo promover a sua reincorporação em cadeias de valor, tirando partido das características inerentes do material. O engaço vínico é um dos materiais explorados.

 

CONCURSO 2019:

BALOIÇO: projeto da empresa VOGAIS OPACAS. Afirmando que o espaço público urbano não deve compor-se apenas de funções utilitárias, ao mobiliário urbano não basta ser funcional. Deve tornar os espaços mais amigáveis e transformá-los em locais de encontro, de lazer e descanso. Contudo, os equipamentos são normalmente objetos estáticos e inanimados, seja pelo seu aspeto formal ou função. Para colmatar este vazio e torná-los mais agradáveis e descontraídos, BALOIÇO faz uma reinterpretação do banco tradicional de jardim, num novo desenho que nos remete para um elemento orgânico da natureza, uma folha de árvore. Assim, ripas de madeira - elemento característico do banco de jardim tradicional - aliadas a alumínio fundido, definem uma nova silhueta que funciona de sela dupla para o baloiço. Sugere leveza, movimento e interação, criando-se novas possibilidade de interação para diferentes públicos. Pode funcionar em duas versões distintas: móvel ou fixo.

CASK - ACOUSTIC PODS: da MAIA FERREIRA é um protótipo de um equipamento, que responde ao desejo de privacidade dentro de espaços públicos, que oferece uma sensação encapsulada e íntima ao utilizador. Inspirado nos cascos de madeira das caves de vinho do Porto, onde as formas geométricas dos seus painéis estão otimizadas para proteção acústica, os seus materiais assentam na utilização de espuma de densidade ideal no interior e tem uma estrutura interior como suporte dos painéis que integra todas as ligações para os dispositivos tecnológicos. O interior do casco incorpora um sofá com braços para o utilizador se sentar confortavelmente com estofo em tecido e uma mesa de apoio em painel derivado de madeira, que permite usar o equipamento como estação de trabalho.

DAISY CONSOLE: da autoria de Rui Nuno Tavares, da NO PLACE LIKE HOME, apostou numa consola de inspiração Portuguesa, pelo seu tampo totalmente preenchido a cerâmica. Os pés em nogueira mate assim como a gaveta, lacada a azul petróleo, são um dos pormenores que fazem toda a diferença, o puxador em couro junta-se para fazer esta peça de design impar. Esta consola mistura azulejos árabes pintados à mão em Portugal, com um design moderno de linhas retas.

FOCO AZULEJO TILAMP: da MODERNISTICA foca-se numa nova forma de utilização do azulejo - nos tetos. Esta seria uma nova forma de trazer o azulejo para uma nova dimensão, enquadrada com a decoração do espaço. Alia duas partes distintas: o azulejo geométrico de alto-relevo com o foco de iluminação. O nome "Tilamp" nasce disso mesmo, da fusão Tile com Lamp. Os modelos dos azulejos a produzir serão inspirados numa primeira abordagem nos azulejos portugueses e/ou hispano-mouriscos sec XVI, com os seus grafismos geométricos e bastante coloridos.

DREAM BOX MEDITATIONS: da SAVATAGE DESIGN, é uma das três peças da coleção Meditations, sendo esta uma caixa de música, onde é explorada a sonoridade através de ondas binaurais e frequências terapêuticas. No paradigma da pós-modernidade, surge uma preocupação cada vez maior com a noção de tempo, bem-estar interior, ambiente e sucesso. Através das ondas binaurais, a DREAM BOX consegue emitir frequências específicas que induzem estados de redução de ansiedade, sono reparador, atenuação de níveis de stress, aumentar níveis de concentração e foco. A Dream Box é constituída por duas colunas de madeira em forma de cubo, incorporadas com dois altifalantes de alta qualidade e maquinadas em CNC com padrões das frequências dos sons emitidos. O bloco central é um candeeiro em vidro fosco em forma de cubo, que emite luz num espetro de cores cromo terapêuticas com a mais-valia de nos permitir configurar uma lista de sons disponíveis para os diferentes âmbitos — meditação, relaxamento, motivação, sono.

GEPPETTO: projeto que envolve crianças do ensino básico e a equipa do Precious Plastic Portugal (PPPT), da OPOFABLAB, no âmbito da reciclagem de plásticos. O objetivo é criar um brinquedo com um kit de montagem feito a partir de transformação de plástico “lixo”. Um processo em cadeia que começa pelas crianças e acaba nas crianças. São elas o foco e potencial veículo para envolver todos os que lhes são próximos na recolha dos plásticos e na possibilidade de os transformar em algo novo. Essa responsabilidade social está patente também neste projeto escolar. De forma lúdica e participada, as crianças vão interiorizar o impacto da Sustentabilidade e da Economia Circular, conceitos que, à partida, são complexos nestas idades.

OLARIA OLÉ: os produtos criados pela designer Maria Jorge Tavares para a NUADA são dois pratos – raso e sopa – que visam anular dificuldades que os utilizadores possam ter quando utilizam pratos nos modelos convencionais. Estes novos produtos desenvolvidos em protótipo poderão ter utilidade para portadores de problemas neuromotores, pessoas amputadas, lesionadas, cuidadores de terceiros ou crianças.

ROMA COLLECTION: da ERESERV, MOBILIARIO URBANO questiona se os artefactos urbanos existentes são adequados às novas urbes bem como aos paradigmas das sociedades contemporâneas. Assim, ROMA COLLECTION é uma linha de mobiliário urbano que procura o conforto físico e visual dos utilitários, aliado a uma vontade constante de viver o espaço exterior comunitário. A presença de referências naturais baseadas na sustentabilidade, a criação de equipamentos de inclusão social ilimitada, bem como pet friendly, e o incentivo aos meios de transporte ecológicos através de equipamentos urbanos que apoiem esse fim, foram características fundamentais na criação desta linha. A gestão consciente de recursos materiais foi a premissa final que se revelou catalisadora de novas visões sobre processos e métodos no campo do design.

SECRETÁRIA ASSOBIADOR: Concebida pela empresa THE CORK MAGICIANS, a secretária “ASSOBIADOR” surge na tentativa clara de fortalecimento da imagem da cortiça portuguesa num momento em que a mesma atravessa uma industrialização e massificação através de produtos aglomerados que descaracterizam o real valor do produto. Utilizando a cortiça no seu estado puro, a ASSOBIADOR é um produto singular, irrepetível, que permanecerá por gerações, realçando a imagem de requinte e luxo que o material realmente merece.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.