Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Sustos às Sextas

A literatura de terror, especialmente na modalidade de terror sobrenatural, tem origem no folclore de praticamente todos os povos do Mundo, desenvolvendo-se, como ramo da literatura em geral, a partir do século XIX. Mais tarde o cinema apropriou-se também de muitos dos seus temas, enquanto o mundo do sobrenatural inspirava ainda poetas e pintores, que o procuraram traduzir nas suas obras.
Um grupo organizador coordenado por João Castanheira e António Monteiro, com a colaboração da Fundação Marquês de Pombal, preparou um vasto programa de estudo, celebração e divulgação da temática do terror sobrenatural, sob a designação genérica “Sustos às Sextas”, que teve início em Janeiro de 2015, no Palácio dos Aciprestes, em Linda-a-Velha. As primeiras duas sessões obtiveram assinalável êxito, realizando-se as restantes três de Março a Maio. O evento conta com palestras, música, exposições de artes plásticas e fotografia, representações teatrais, etc., para além de um concurso de contos.
Na próxima sessão, que decorrerá a 13 de Março, será inaugurada a exposição colectiva de ilustrações “ Figuras Clássicas do Terror", comissariada por Bruno Caetano e que conta com a participação dos ilustradores portugueses: Afonso Ferreira, Ana Afonso, Ana Oliveira, Catarina França, Cláudia Guerreiro, Jerónimo Rocha, Jorge Coelho, Leonor Pacheco, Luís Figueiredo, Nuno Duarte aka Outro Nuno, Pedro Brito, Pedro Pereira aka Pepedelrey, Quico Nogueira, Ricardo Cabral, Ricardo Venâncio, Rita Silvestre e Rui Lacas. Esta exposição temática reveste-se de grande interesse para os amantes de BD e ilustração, sendo um dos pontos altos do evento.

A palestra da noite está a cargo de João Barreiros, reconhecido autor e crítico de literatura fantástica. No final da sessão, será feita a leitura interpretativa do conto de terror “A Pata de Macaco”, da autoria de W. W. Jacobs, editado pela primeira vez em Inglaterra, em 1902.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.