Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

“Noites na Fonte” com música, dança e contos populares

Noites na Fonte.jpg

 

A 10 e 11 de setembro, a Fonte Centenária de Águas de Moura volta a ser palco das “Noites na Fonte”, com um conjunto de espetáculos de entrada gratuita. 

A iniciativa abre com o espetáculo “Memória no Futuro”, no dia 10, às 21h30, que junta a música e a dança, contando com as participações de Mary Anne, banda vencedora do Warm Up “Março a Partir” - Concurso de Bandas Amadoras do Concelho de Palmela, da Passos e Compassos/DançArte e de Rogélia Santos, da Associação de Festas de S. Pedro da Marateca.

A noite de dia 11 começa com uma Sessão de Contos Populares com António Fontinha, às 21h30, seguindo-se o fado, pela voz de Marco Oliveira, às 22h15.   

Os lugares são limitados e as reservas obrigatórias, através do contacto 935 321 218. As “Noites na Fonte” são uma organização conjunta da Câmara Municipal de Palmela, União das Freguesias de Poceirão e Marateca e movimento associativo local.

 

Programa

 

10 setembro | 21h30

Memória no Futuro

Concerto com Mary Anne, banda vencedora do Warm Up “Março a Partir” - Concurso de Bandas Amadoras do Concelho de Palmela. Momentos de dança contemporânea, pela Passos e Compassos/DançArte, com direção artística de Sofia Belchior. Participação especial de Rogélia Santos, da Associação de Festas de S. Pedro da Marateca.

 

11 setembro

 

21h30

Sessão de Contos Populares com António Fontinha

 

22h15

Concerto com Marco Oliveira (fado)

Marco Oliveira (voz e guitarra clássica) e Ricardo Parreira (guitarra portuguesa)

“Noites na fonte” em Águas de Moura: Fonte centenária é pretexto para noites de animação

NoitesFonte.jpg

 

Nos dias 19 e 20 de julho, há “Noites na fonte” na aldeia de Águas de Moura, freguesia de Marateca. Animação musical, espetáculos de teatro, marchas populares e gastronomia são algumas das sugestões desta iniciativa que promete animar estas duas noites de verão junto à fonte centenária.

 

No dia 19, às 21h30, as honras de abertura da programação estarão a cargo da Marcha Infantil dos Cenourinhas, da União Social Sol Crescente da Marateca, seguindo-se às, 22h00, “Histórias de En Calhar: os verdadeiros contos” pelo Teatro Estranhamente Louco e Absurdo (TELA) e, às 22h30, o espetáculo com Marco Alonso Group e animação de dança oriental com Tânia Lopes.

 

Já no dia 20 de julho, a Associação de Festas de São Pedro da Marateca abre a noite de animação com a Marcha de São Pedro para, às 22h00, os ValdevinosTeatro de Marionetas entrarem em cena com um teatro tradicional português Dom Roberto. Às 22h30, é a vez de Ângela Ribeiro apresentar “Deixa Falar a Fonte: a água que corre, a fonte que fala” e, às 23h00, o grupo Raiz Lusa encerra o programa com um espetáculo musical.

 

Durante os dois dias, o público poderá ainda percorrer as tasquinhas com petiscos que serão asseguradas em permanência pelo Grupo Desportivo de Águas de Moura, conviver num espaço decorado pela Cáritas Diocesana de Setúbal e também visitar os comerciantes da Baixa Comercial de Águas de Moura que, no dia 20 de julho, das 09h00 às 14h00, dão vida a mais um Mercadinho d’A Moura, este mês dedicado ao verão.

 

Com o intuito de dinamizar a oferta cultural na freguesia, as “Noites na fonte” são uma organização da Câmara Municipal de Palmela, da União das Freguesias de Poceirão e Marateca, do Teatro Estranhamente Louco e Absurdo, da Associação de Festas de São Pedro da Marateca, da União Social Sol Crescente da Marateca (Os Cenourinhas), da Cáritas Diocesana de Setúbal (Centro Comunitário de São Pedro) e do Grupo Desportivo e Recreativo de Águas de Moura.

“Noites na Fonte” recebem espetáculo Artemrede “Muita tralha… pouca tralha” | Águas de Moura, 21 de julho

“Noites na Fonte” recebem espetáculo Artemrede “Muita tralha… pouca tralha”

 

Muita%20tralha.jpg

 

Integrado no programa “Noites na Fonte”, dia 21 de julho, às 21h30, a fonte centenária de Águas de Moura, na freguesia de Marateca, é palco do espetáculo Artemrede “Muita tralha… pouca tralha”, por Catarina Requeijo.

A peça de teatro, para maiores de 3 anos e com duração de 25 minutos, é uma coprodução do Teatro Maria Matos e da Formiga Atómica Associação Cultural, e fala da dificuldade em fazer escolhas quando se prepara uma viagem.

«Escolher não é tarefa fácil. Escolher o que se leva em viagem também não. Há sempre alguma coisa que nos pode fazer falta... Quem nunca teve vontade de levar a casa toda? Pouco habituado a viajar, o casal Odete e Alfredo decide ir ver a sua sobrinha Manela participar numa corrida de automóveis. Mas, antes da viagem, é preciso preparar a bagagem. É aqui que os problemas começam. Levam o quê? Pouca tralha? Muita tralha? Apenas o essencial? Estas decisões difíceis podem complicar o início da viagem. Só o início?... É o que vamos ver».

A iniciativa “Noites na Fonte”, que decorre nos dias 20 e 21 de julho, é da responsabilidade da Câmara Municipal de Palmela, com a União de Freguesias de Poceirão e Marateca e vários parceiros locais.

 

Ficha artística e técnica


Direção artística:
Catarina Requeijo

Texto original: Catarina Requeijo e Inês Barahona

Conceção plástica: Maria João Castelo

Interpretação: Catarina Requeijo 

Assistência de encenação: Victor Yovani

Coprodução: Teatro Maria Matos e Formiga Atómica Associação Cultural