Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

“Noites na fonte” em Águas de Moura: Fonte centenária é pretexto para noites de animação

NoitesFonte.jpg

 

Nos dias 19 e 20 de julho, há “Noites na fonte” na aldeia de Águas de Moura, freguesia de Marateca. Animação musical, espetáculos de teatro, marchas populares e gastronomia são algumas das sugestões desta iniciativa que promete animar estas duas noites de verão junto à fonte centenária.

 

No dia 19, às 21h30, as honras de abertura da programação estarão a cargo da Marcha Infantil dos Cenourinhas, da União Social Sol Crescente da Marateca, seguindo-se às, 22h00, “Histórias de En Calhar: os verdadeiros contos” pelo Teatro Estranhamente Louco e Absurdo (TELA) e, às 22h30, o espetáculo com Marco Alonso Group e animação de dança oriental com Tânia Lopes.

 

Já no dia 20 de julho, a Associação de Festas de São Pedro da Marateca abre a noite de animação com a Marcha de São Pedro para, às 22h00, os ValdevinosTeatro de Marionetas entrarem em cena com um teatro tradicional português Dom Roberto. Às 22h30, é a vez de Ângela Ribeiro apresentar “Deixa Falar a Fonte: a água que corre, a fonte que fala” e, às 23h00, o grupo Raiz Lusa encerra o programa com um espetáculo musical.

 

Durante os dois dias, o público poderá ainda percorrer as tasquinhas com petiscos que serão asseguradas em permanência pelo Grupo Desportivo de Águas de Moura, conviver num espaço decorado pela Cáritas Diocesana de Setúbal e também visitar os comerciantes da Baixa Comercial de Águas de Moura que, no dia 20 de julho, das 09h00 às 14h00, dão vida a mais um Mercadinho d’A Moura, este mês dedicado ao verão.

 

Com o intuito de dinamizar a oferta cultural na freguesia, as “Noites na fonte” são uma organização da Câmara Municipal de Palmela, da União das Freguesias de Poceirão e Marateca, do Teatro Estranhamente Louco e Absurdo, da Associação de Festas de São Pedro da Marateca, da União Social Sol Crescente da Marateca (Os Cenourinhas), da Cáritas Diocesana de Setúbal (Centro Comunitário de São Pedro) e do Grupo Desportivo e Recreativo de Águas de Moura.

“Noites na Fonte” recebem espetáculo Artemrede “Muita tralha… pouca tralha” | Águas de Moura, 21 de julho

“Noites na Fonte” recebem espetáculo Artemrede “Muita tralha… pouca tralha”

 

Muita%20tralha.jpg

 

Integrado no programa “Noites na Fonte”, dia 21 de julho, às 21h30, a fonte centenária de Águas de Moura, na freguesia de Marateca, é palco do espetáculo Artemrede “Muita tralha… pouca tralha”, por Catarina Requeijo.

A peça de teatro, para maiores de 3 anos e com duração de 25 minutos, é uma coprodução do Teatro Maria Matos e da Formiga Atómica Associação Cultural, e fala da dificuldade em fazer escolhas quando se prepara uma viagem.

«Escolher não é tarefa fácil. Escolher o que se leva em viagem também não. Há sempre alguma coisa que nos pode fazer falta... Quem nunca teve vontade de levar a casa toda? Pouco habituado a viajar, o casal Odete e Alfredo decide ir ver a sua sobrinha Manela participar numa corrida de automóveis. Mas, antes da viagem, é preciso preparar a bagagem. É aqui que os problemas começam. Levam o quê? Pouca tralha? Muita tralha? Apenas o essencial? Estas decisões difíceis podem complicar o início da viagem. Só o início?... É o que vamos ver».

A iniciativa “Noites na Fonte”, que decorre nos dias 20 e 21 de julho, é da responsabilidade da Câmara Municipal de Palmela, com a União de Freguesias de Poceirão e Marateca e vários parceiros locais.

 

Ficha artística e técnica


Direção artística:
Catarina Requeijo

Texto original: Catarina Requeijo e Inês Barahona

Conceção plástica: Maria João Castelo

Interpretação: Catarina Requeijo 

Assistência de encenação: Victor Yovani

Coprodução: Teatro Maria Matos e Formiga Atómica Associação Cultural