Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Ciclo OuTonalidades no CAA encerra com noite de festa, a 18 março!

 

 

descarregar (2).jpg

Da República Chega para o OuTonalidades: Camões House Band!

O coletivo Camões House Band (República Checa) será o último nome do 25º OuTonalidades a subir ao palco do café-concerto do Centro de Artes de Águeda. O concerto está marcado para o dia 18 de março, às 22h00. Os bilhetes estão à venda no CAA e em ticketline.pt.

Depois da catalã Alba Careta e do basco Enrike Solinís, é a vez de Camões House Band instalar-se em Águeda. Trazem-nos, de Praga, canções de países que partilham a língua portuguesa. Haverá fado, bossa, afro-sambas, morna, coladera e festa garantida. Uma viagem de ritmos contrastantes, com arranjos de canções emprestadas e composições próprias. Para ouvir de espírito aberto.

Os bilhetes estão à venda no CAA e em ticketline.pt, com os descontos habituais para Cartão d'Orfeu. O calendário de concertos da 25ª edição do OuTonalidades está em constante atualização, no site oficial, em dorfeu.pt/outonalidades.

Mostra OuTonalidades: 8 e 9 abril, em Águeda. Cartaz revelado!

 

descarregar (5).jpg

 

O evento é dirigido a programadores culturais, mas é aberto ao público.

A Mostra OuTonalidades traz à cidade de Águeda, nos dias 8 e 9 de abril, showcases de dez artistas nacionais que integram a bolsa de grupos da próxima edição do OuTonalidades. O evento, que terá lugar em dois palcos da cidade, a anunciar em breve, reúne programadores nacionais e estrangeiros, mas a entrada do público é livre.

emmy Curldois,poisAl'FadoMirzadisco.voadorO MartaDaniel Pereira CristoLuiz Caracol TrioJorge da Rocha e Uxu Kalhus são os nomes que vão marcar presença na Mostra OuTonalidades, com concertos de curta duração dirigidos a programadores culturais de vários países.

Os showcases decorrem entre as 21h30 e as 00h30 de sexta-feira (8 abril) e entre as 14h30 e as 19h00 de sábado (9 abril). A entrada é livre, tanto para profissionais como para o público em geral.

A Mostra OuTonalidades tem como objetivo proporcionar, a uma seleção restrita de projetos musicais, a oportunidade de atuar ao vivo perante potenciais programadores nacionais e internacionais. Será uma primeira festa pública de lançamento da Bolsa de Grupos do OuTonalidades 2022/23, a sua 26ª edição, que conta com 76 projetos musicais pré-selecionados (63 portugueses e 13 estrangeiros). Os programadores interessados podem aceder ao processo de Acreditação através do site oficial, em dorfeu.pt/outonalidades.

Portugal recebe, em abril, Fórum de Festivais de Músicas do Mundo!

descarregar (3).jpg

O Forum of Worldwide Music Festivals (FWMF), rede de festivais de músicas do mundo à escala global, realizará em Portugal o seu próximo encontro anual, que tinha sido adiado em 2020 devido à pandemia. Programadores de festivais de mais de quinze países reúnem na cidade de Águeda, de 7 a 9 de abril, sendo anfitriã a d'Orfeu AC, no âmbito da Mostra OuTonalidades.

Anualmente, o FWMF promove um encontro com todos os seus membros, integrado em diferentes feiras de profissionais do mundo da música, tendo tal sucedido já em destinos tão longínquos como Canadá, Finlândia, França, Marrocos ou Coreia do Sul. Em 2022, pela primeira vez, o destino é Portugal. O meeting vai trazer à região dezenas de profissionais estrangeiros, que aproveitarão também a Mostra OuTonalidades, certame profissional que terá lugar Águeda, a 8 e 9 de abril.

O Fórum of Worldwide Music Festivals reúne mais de 50 festivais de todo o mundo, permitindo aos seus membros a criação de uma forte rede com todos os profissionais e excelentes oportunidades de intercâmbio e capacitação constante. O Festim - festival intermunicipal de músicas do mundo, organizado pela d'Orfeu AC em parceria com vários Municípios da região, integra esta rede. Juntos, os festivais do FWMF alcançam mais de 3 milhões de espectadores e convidam, todos os anos, centenas de artistas de todo o mundo para os seus festivais.

Está, assim, confirmado o primeiro encontro do Forum of Worldwide Music Festivals em Portugal, uma honra para a d'Orfeu AC.

Congresso de Bastidores junta DJ Ride, Stereossauro e Beatriz Gosta no novo evento d'Orfeu.

transferir (49).jpg

 

A d'Orfeu AC acaba de apresentar o seu novo evento formativo. A 1ª edição do Congresso de Bastidores decorre nos dias 17, 18 e 19 de setembro, das 9h30 às 18h30, no Auditório da ESTGA/UA e no Espaço d'Orfeu, em Águeda. Os bilhetes já estão disponíveis em dorfeu.pt/congresso.

O Congresso de Bastidores é um novo evento da d’Orfeu AC / Escola de Palco, que junta um universo de criativos ligados às Palavras, Palcos, Ofícios e Negócios, as quatro frentes de debate do “congresso”. Nos dias 18 e 19 de setembro, o evento terá lugar no Auditório da ESTGA – Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda. No período da manhã, cada convidado, individualmente, dará a conhecer ao público um pouco da sua experiência (rotina, histórias, métodos de trabalho). As tardes serão dedicadas a uma grande conversa com todos os oradores do dia, podendo o público intervir com as suas questões e comentários.  

Na sexta, 17 setembro, haverá Oficinas Abertas, durante todo o dia, no Espaço d'Orfeu, para famílias e escolas, com o núcleo de formadores da Escola de Palco. No sábado, 18 setembro, os convidados são: Pedro Luzindro (humorista); Mário Rui Vieira (jornalista Blitz / Expresso); Ingrid Berger (produtora Rock in Rio); e DJ RIDE (músico / produtor). No domingo, 19 setembro, é a vez de Tó Pinheiro da Silva (Eng. de Som), Stereossauro (DJ / autor), Budda Guedes (produtor musical / músico)e Beatriz Gosta (humorista / MC). 

As conversas serão moderadas por Marta Rocha (Antena 3) e ilustradas, ao vivo, por Joel Faria. O Passe Geral e os bilhetes diários para o evento já estão disponíveis através do link dorfeu.pt/congresso e, até ao dia 10 de setembro, podem ser adquiridos com desconto. 

Festival O Gesto Orelhudo anuncia datas e primeiros nomes

Tais Quais abrem 19ª edição d'O Gesto Orelhudo, no CAA!

g4hs9 (1).jpeg

 

 
FOTO HD

19º Festival O Gesto Orelhudo
7 a 11 outubro 2020
CAA - Centro de Artes de Águeda

O 19º Festival O Gesto Orelhudo vai acontecer. Terá lugar de 7 a 11 de outubro, no CAA - Centro de Artes de Águeda. Tim, João Gil, Vitorino, Sérgio Godinho e Ana Bacalhau são alguns dos nomes que protagonizam os grandes espetáculos nacionais já confirmados para abertura e encerramento. Os bilhetes estarão à venda a 7 setembro.

O ano de 2020 já se previa diferente. A d'Orfeu prepara-se para celebrar 25 anos e trabalhava numa edição especial d'O Gesto Orelhudo, entre outras iniciativas. Com a pandemia, as incertezas tomaram de assalto a agenda cultural da Associação e o cartaz do festival começou a ganhar outra forma, à medida que iam sendo conhecidas as recomendações da DGS. 

Esta 19ª edição acaba por se tornar, assim, verdadeiramente especial, dadas as circunstâncias. Além das grandes noites de quarta a sexta, o festival vai estender-se pelo fim-de-semana, voltando a ter também programa diurno. O público infantil e familiar fidelizado ao Festival i! (não realizado em maio) está convidado para as tardes de sábado e domingo, sempre no CAA.

Confirmada está, para a noite de abertura, a subida ao palco dos fabulosos Tais Quais, "quais oliveiras, olivais, pintassilgos, rouxinóis”, que trazem uma noite de cantigas e histórias, desfiando o cante e o conto, diretamente da sabedoria popular. João Gil, Vitorino, Tim, Vicente Palma, Celina da Piedade, Paulo Ribeiro e Sebastião Santos trazem as violas, o acordeão, a percussão, quem sabe uma campaniça e vozes de arrepiar. Pelo meio, há também Jorge Serafim que aqui partilha histórias, anedotas e contos populares. O banquete está servido para quarta-feira à noite.

No fim da tarde de domingo, para a despedida, Ana Bacalhau, Jorge Benvinda, Sérgio Godinho e Vitorino refrescam a memória do cancioneiro popular infantil português, com "Canções de Roda, Lenga Lengas e Outras Que Tais". Às suas vozes juntam-se grandes músicos, dirigidos pelo pianista Filipe Raposo, que fez novos arranjos para as canções que todas as gerações conhecem. O espetáculo terá a participação especial de um coro infantojuvenil de vozes aguedenses, num momento especial para toda a família.

Programa completo e bilhetes disponíveis em dorfeu.pt/ogestoorelhudo a partir de 7 de setembro.

Orelhas no ar e máscaras no nariz! O Município de Águeda e a d’Orfeu AC lançam o convite para esta 19ª edição orelhuda. Por humor à música! Por humor à vida.

g4hln.jpeg

 

Festival i! regressa às ruas de Águeda em maio!

t5107.jpeg

 

 

 

De 17 a 19 de maio, a 11ª edição do Festival i! instala-se em Águeda e, na noite de abertura, volta a invadir a Rua Luís de Camões, a partir das 20h30. No sábado e domingo, acontece o habitual non-stop de espetáculos e atividades por vários espaços da cidade, numa grande festa para toda a família.

O Festival i! prepara-se para a 11ª edição e são muitas e diferentes as propostas artísticas, de Portugal, Espanha, Argentina e Brasil, que vão invadir Águeda em três dias dedicados aos mais pequenos e a toda a família. 

O palco da noite de abertura será, novamente, na Rua Luís de Camões, na sexta-feira (17 de maio), das 20h30 às 23h30. Toda a cidade é convidada a viver o i! em plena rua, com jogos para toda a família e uma caravana de micro-cinema, pela companhia Tombs Creatius, da Catalunha (Espanha). Também de Espanha, La Industrial Teatrera traz-nos um surpreendente espetáculo de abertura - De Paso - um poético espetáculo de clown, com o público a 360 graus. A noite de abertura é de entrada livre.

No sábado e no domingo, segue-se o já conhecido e contagiante ritmo de espetáculos, atividades, animação e jogos, para miúdos e graúdos. Das 10h30 às 19h00, o roteiro do festival passará por vários locais da cidade: Biblioteca Municipal Manuel Alegre, Auditório Ana Paula Silva, Auditório do CEFAS e o Espaço d’Orfeu. 

No cartaz deste ano, o Festival i! acolhe ainda espetáculos e atividades de Catrapum Catrapeia, Gabi Winter (Brasil), Teatro das Beiras, Mica Paprika, PédeXumbo, Zunzum AC, Rodrigo Costa Félix e Joana Amendoeira, Corina Ollett (Argentina), Escola do Adro e The Freak Cabaret Circus (Espanha). Haverá também lugar para a estreia de duas novas criações d'Orfeu AC: "Canções Difíceis Fáceis de Saber" no sábado e "Fado Mimado" no domingo, que farão sessões escolares durante a semana, mantendo a tradição de convidar as escolas ao festival. 

As pulseiras para o Festival i! estarão brevemente à venda, havendo, na noite de abertura, desconto de 50% na Pulseira Geral para o fim-de-semana. O programa completo pode ser consultado no site oficial, em dorfeu.pt/i

Contagem decrescente para o 17º Festival O Gesto Orelhudo!

17º Festival O Gesto Orelhudo: por humor à música!

 

10 a 13 outubro 2018
@ CAA - Centro de Artes de Águeda
 

Programa completo:

dorfeu.pt/ogestoorelhudo

tk7z.jpeg

 

Conhecido o programa completo da 17ª edição do Festival O Gesto Orelhudo, continua a bom ritmo a Pré-Venda de bilhetes com desconto. Na abertura do festival, a 10 de outubro, as portas abrem às 20h30 e é ao ator Luciano Gomes que cabe o papel de dar as boas-vindas ao público, às 21h00 em ponto, com "Musicomédia ou a Vã Piada de a Explicar".

Os mais recentes espetáculos músico-teatrais de companhias como Yllana / Primital Brothers (Espanha), Banda Osiris (Itália), Bowjangles (Reino Unido) e Cie Poc (França), entre várias outras grandes propostas nacionais e internacionais, sobem ao palco do CAA de 10 a 13 de outubro. Toda a informação e programa detalhado estão disponíveis no site oficial, em dorfeu.pt/ogestoorelhudo.

O Passe Orelhudo, válido para todo o festival, e os bilhetes diários estão à venda no Centro de Artes de Águeda, no Espaço d’Orfeu e através da bilheteira online. A Pré-Venda, já em curso, garante desconto sobre o preço de qualquer modalidade de bilhetes. Está também a decorrer uma Campanha especial Amigos d’Orfeu com vantagens para o público do festival. 

O 17º Festival O Gesto Orelhudo é uma coprodução entre a d'Orfeu AC e o Município de Águeda, com o apoio da República Portuguesa - Cultura / Direção-Geral das Artes, acolhida no Centro de Artes de Águeda.

Já está à espreita o 17º Festival O Gesto Orelhudo, por humor à música!

p2w3.jpeg

 

dorfeu.pt/ogestoorelhudo
BILHETES JÁ EM PRÉ-VENDA

De 10 a 13 de outubro, a 17ª edição do Festival O Gesto Orelhudo instala-se no Centro de Artes de Águeda. O festival português onde a musicomédia sobe ao palco apresenta, este ano, doze espetáculos com companhias e artistas de Portugal, Espanha, França, Itália, Reino Unido e Quirguistão. Os bilhetes, com desconto pré-venda, estão já disponíveis para o público.

Como a última edição foi de rir e chorar por mais, O Gesto Orelhudo vai voltar a surpreender o público com propostas transdisciplinares, burlescas e extravagantes. Entre estreias e velhos conhecidos, do auditório ao café concerto, estas quatro noites orelhudas vão voltar a deixar toda a gente de orelhas no ar.  

A noite de abertura arranca às 21h00 em ponto, com um nome conhecido no burgo: Luciano Gomes atua em casa, no papel mais ingrato da sua vida, com “Musicomédia ou a Vã Piada de a Explicar”, uma encomenda do festival. Logo depois, os espanhóis Yllana e Primital Bros tomam o palco de assalto, numa surrealista comédia musical: “The Primitals”. Ao final da noite, o café-concerto do CAA recebe a mítica dupla Gimba e Jorge Galvão, com “Tiroliro & Vladimir”. 

Em cada uma das noites seguintes, o horário nobre vai também estar bem preenchido, com Banda Osiris (Itália), Bowjangles (Reino Unido) e Cie Poc (França). respetivamente na quinta, sexta e sábado. Antes deles, no mesmo palco, o festival recebe outras propostas bem risonhas: “Fogo!” do Trigo Limpo teatro ACERT, “Circus Time” dos Mimo’s Dixie Band e “Acrolele” dos Barada Street (Inglaterra / Quirguistão). 

Para que todas as noites terminem em grande, o café-concerto do Centro de Artes será invadido por inusitadas propostas: depois de Gimba e Jorge Galvão na noite de abertura, Paulo Meirinhos apresenta no mesmo espaço o seu “GiraDiscos” (quinta 11), as galegas De Vacas estreiam-se em Portugal num concerto que promete ser hilariante (sexta 12) e, no final da noite de encerramento, o Trio Alcatifa vai fazer um autêntico “Bailarico dos Orientes” para a despedida da 17ª edição (sábado 13 de outubro). 

O Passe Orelhudo, válido para todo o festival, e os bilhetes diários estão à venda no Centro de Artes de Águeda, no Espaço d’Orfeu e através da bilheteira online. A pré-venda, já em curso, garante desconto sobre o preço de qualquer modalidade de bilhetes. Está também a decorrer uma Campanha especial Amigos d’Orfeu com vantagens para o público do festival. Toda a informação e programa detalhado estão disponíveis no site oficial, em dorfeu.pt/ogestoorelhudo

Numa coprodução com o Município de Águeda e Centro de Artes de Águeda, a d’Orfeu AC lança, com o programa completo, entusiasmado convite para esta 17ª edição do festival. Por humor à música!

Esta quinta, um sírio extravagante encerra o 10º Festim!

Omar Souleyman (Síria)
QUINTA 26 JULHO, 22h00 – Largo 1º de Maio, ÁGUEDA

image.png

 

Omar Souleyman é um extravagante cantor que o mundo ocidental acolheu. Começou a sua carreira a cantar em casamentos na Síria, tornando-se um herói de culto em poucos anos. Omar reinventa a música tradicional árabe, com uma sonoridade kitsch, construindo pontes onde se podiam encontrar muros. No Festim apresenta-se com o seu mais recente álbum “To Syria, With Love”, dedicado à pátria-natal e à sua desditosa situação. Músicas sobre amor e positividade, numa mensagem necessária para o mundo. Um banquete de música de dança, servido do palco à plateia, para encerrar a 10ª edição do festival intermunicipal de músicas do mundo!

http://www.festim.pt
http://www.facebook.com/dOrfeu.Festim

La Caravane Passe (França) | Boban Markovic Orkestar (Sérvia) | Pascuala Ilabaca y Fauna (Chile) | Orchestre Poly-Rythmo de Cotonou (Benim) | La Yegros (Argentina) | Waldemar Bastos (Angola) | Omar Souleyman (Síria)
 
22 junho a 26 julho | 10ª edição
ÁGUEDA * ALBERGARIA-A-VELHA * SEVER DO VOUGA * ESTARREJA * ÍLHAVO * OLIVEIRA DE AZEMÉIS

Waldemar Bastos, nome maior da lusofonia, no Festim!

Waldemar Bastos (Angola)

QUINTA 19 JULHO, 22h00 – Largo 1º de Maio, ÁGUEDA
SEXTA 20 JULHO, 22h00 – Cine-Teatro de Estarreja, ESTARREJA

 

image.png

 


Waldemar Bastos é um dos mais consagrados artistas lusófonos no mundo. Apelidado de ‘Lenda Africana’, Waldemar canta uma Angola sem fronteiras. A música corre-lhe no sangue desde criança, construindo pontes a partir de África, navegando pelo afropop, pelo fado e por influências brasileiras, numa sonoridade que abraça toda a lusofonia. Apresenta-se com o seu violão de M’Banza Congo, sua terra natal, cantando a alma angolana num pungente apelo à fraternidade entre os povos. Waldemar Bastos considera a sua música como reflexo das suas experiências de vida. E o Festim será uma delas! 


http://www.festim.pt
http://www.facebook.com/dOrfeu.Festim

La Caravane Passe (França) | Boban Markovic Orkestar (Sérvia) | Pascuala Ilabaca y Fauna (Chile) | Orchestre Poly-Rythmo de Cotonou (Benim) | La Yegros (Argentina) | Waldemar Bastos (Angola) | Omar Souleyman (Síria)
 
22 junho a 26 julho | 10ª edição
ÁGUEDA * ALBERGARIA-A-VELHA * SEVER DO VOUGA * ESTARREJA * ÍLHAVO * OLIVEIRA DE AZEMÉIS