Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Cidades, vilas e locais a descobrir durante o Caminhos do Ferro

1decf12d-8a51-4585-b27f-2b477167a369.jpg

 

 

 

O Caminhos - programa cultural que acontece nos municípios do Médio Tejo - apresenta-se anualmente em três momentos, unidos pelas redes viárias da região. Em Abril, o programa acompanha as linhas ferroviárias através do CAMINHOS DO FERRO; em Julho, segue os cursos dos rios, ao ritmo do CAMINHOS DA ÁGUA e, em Outubro, percorre as estradas para assistir ao CAMINHOS DA PEDRA.

Esta iniciativa da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo e dos seus municípios, é também um ponto de encontro. Um encontro dos artistas com as comunidades, dos residentes com os vizinhos ou outros visitantes, da arte com o entretenimento, da cultura com a paisagem natural. E, assim, surge como um convite à descoberta destes concelhos e da sua diversidade, agora enriquecida por um programa cultural que amplia a experiência de quem os visita.

O Caminhos do Ferro - que acontece já de 13 a 15 e de 20 a 22 de abril- leva ao Médio Tejo o melhor que temos no país na música, no teatro e na dança. Mas também o que de melhor se cria, em outros países, como Brasil, Espanha ou França, com circo contemporâneo e música em português adocicado. Serão dois fins-de-semana repletos de propostas imperdíveis, todas gratuitas, que ampliarão a experiência de quem aceitar o desafio desta escapadinha.

Em abril, como de resto durante todo o ano, há monumentos nacionais em ilhas fluviais, como é o caso do Castelo de Almourol. Em Vila Nova da Barquinha há ainda gastronomia do rio reconhecida pela sua qualidade. Há uma Igreja Matriz em Atalaia, há um Parque de Escultura Contemporânea que convida ao fruir da natureza e do Tejo e há Pedro Jóia, Sopa de Pedra e muito mais para engrandecer a sua visita durante o primeiro fim-de-semana.

Constância é uma vila que, todos os dias, observa em silêncio o abraço de dois rios, o Tejo e o Zêzere. As ruas apertadas também fazem parte do charme desta vila que é um reconhecido pedaço de paraíso à beira rios plantado. Constância vai ter dragão com borboletas no Borboletário Tropical de Santa Margarida mas também Bruno Pernadas junto às estrelas e Shakespeare com um Romeu e Julieta cheio de doçura. E mais, muito mais.

No Entroncamento é impossível escapar aos caminhos de ferro. A voz que anuncia as viagens, diretamente da estação, ecoa por grande parte da cidade. É no Entroncamento que está sediado o Museu Nacional Ferroviário, uma verdadeira viagem de comboio feita ao rimo do passo de quem o visita. Hélder Moutinho, Ekilibuá e João Bento, trazem, respectivamente, fado, circo contemporâneo e um concerto para piscina numa actuação verdadeiramente inédita.

Em Mação, terra de tradições, há florestas e ribeiras a perder de vista e o rio Tejo que ali criou pescadores. Quando não estivermos a assistir ao brasileiro Castello Branco, a Daniel Pereira Cristo ou atrás do Dragão Tiro, podemos deliciar-nos com a gastronomia de excelência ou, entre tantas outras atrações, conhecer o Museu de Arte Pré-histórica e do Sagrado do Vale do Tejo ou então inspirar o ar junto ao Castro de São Miguel de Amêndoa, monumento nacional.

Teresa Salgueiro vai vaguear por todo o centro histórico de Abrantes – considerado um dos mais bonitos do país -, sem precisar sair do palco. Os Big Dancers vão colorir fachadas e, quem sabe, desafia-las a dançar. A Igreja de São João Baptista, monumento nacional, é um fôlego que se perde. E, claro, há restaurantes para confortar os visitantes entre actuações, seja na cidade ou na albufeira e periferia.

Tomar, cidade cheia de vida e atrações, recebe-nos com o rio Nabão e eleva-nos com o Convento de Cristo - Património Mundial da Unesco. Durante o Caminhos do Ferro brinda-nos ainda com actuações dos Gaiteiros de Lisboa, Hu(r)mano ou Les Chant des Pavillion.

O caminho parece longo mas não é, porque cada passo no Médio Tejo leva-nos a uma descoberta que não se esquece. Prova disto são os percursos desenvolvidos por quatro artistas em quatro municípios do Médio Tejo que poderá acompanhar, bastando comparecer no local e hora marcados. Caso escolha Constância, será levado por Marina Palácio a ouvir as vozes das ninfas que fazem dançar as flores e plantas. Em Vila Nova da Barquinha, Lara Soares descobriu um modo de criar um mapa que nos orienta entre o fatual e o imaginário. No Entroncamento, há as estórias de oito entroncamentenses captadas por João Bento e, em Mação, Ana Bento vai desvendar o que está além do olhar. Uma forma especial e com certeza inesquecível de descobrir estes quatro municípios, através do olhar muito próprio dos artistas do Caminhos do Ferro.

São seis dias de programação para todos os perfis, todas as gerações etotalmente gratuita. Uma forma perfeita para descobrir o Médio Tejo!

 

PROGRAMA POR MUNICÍPIOS

MAÇÃO

13 ABR (6ª)
17:00 Mação: histórias da história ou para além do que se vê - Cineteatro – percurso com Ana Bento

14 ABR (Sáb)
11:00 Mação: histórias da história ou para além do que se vê - Cineteatro – percurso com Ana Bento
17:00 Mação: histórias da história ou para além do que se vê - Cineteatro – percurso com Ana Bento
21:30 Daniel Pereira Cristo – Auditório do CC Elvino Pereira – música

15 ABR (Dom)
16:00 Mação: histórias da história ou para além do que se vê - Cineteatro – percurso com Ana Bento

20 ABR (6ª)
15:00 Dragonologia (EZ) – Largo dos Combatentes – teatro de rua

21 ABR (Sáb)
21:30 Castello Branco - Auditório do CC Elvino Pereira – música

ENTRONCAMENTO

13 ABR (6ª)
18:00 Dragonologia (EZ) – Rua Luís Falcão – teatro de rua
22:30 Hélder Moutinho – Centro Cultural – música

14 ABR (Sáb)
21:00 Ekilibuá (Maintomano) – Praça Salgueiro Maia – novo circo


20 ABR (6ª)
11:00 8 Linhas - Exterior Piscinas Municipais - percurso com João Bento
15:00 8 Linhas - Exterior Piscinas Municipais - percurso com João Bento

21 ABR (Sáb) 
11:00 8 Linhas - Exterior Piscinas Municipais - percurso com João Bento
17:00 8 Linhas - Exterior Piscinas Municipais - percurso com João Bento
21:30 João Bento Live Act – Piscinas Municipais – música


22 ABR (Dom)
10:00 Baloiçar (Quinto Palco) - Centro Cultural – teatro para bebés
11:30 Baloiçar (Quinto Palco) - Centro Cultural – teatro para bebés 
15:00 8 Linhas - Exterior Piscinas Municipais - percurso com João Bento
 

VILA NOVA DA BARQUINHA

13 ABR (6ª)
11:00 Dragonologia (EZ) - Escola D.Maria II – teatro de rua
15:00 De mapa na mão com cheiro a laranja – Exterior do Centro Cultural – percurso com Lara Soares
21:00 Irakurriz (Shakti Olaizola) – Centro Cultural – novo circo

 

14 ABR (Sáb)
15:00 De mapa na mão com cheiro a laranja – Exterior do Centro Cultural – percurso com Lara Soares
22:00 Pedro Joia – Igreja de Atalaia – música

 

15 ABR (Dom)
11:00 De mapa na mão com cheiro a laranja – Exterior do Centro Cultural – percurso com Lara Soares
15:00 De mapa na mão com cheiro a laranja – Exterior do Centro Cultural – percurso com Lara Soares
18:00 Sopa de Pedra – Igreja Matriz de Tancos – música


CONSTÂNCIA

20 ABR (6ª)
9:00 O Inesperado Caminho das casas-flores nas asas das avós-ninfa! - Praça Alexandre Herculano - percurso com Marina Palácio
11:00 Dragonologia (EZ) - Parque Ambiental Sta. Margarida – teatro de rua
14:00 O Inesperado Caminho das casas-flores nas asas das avós-ninfa! - Praça Alexandre Herculano - percurso com Marina Palácio
21:30 Castello Branco - Auditório do Centro de Ciência Viva – música

 

21 ABR (Sáb)
11:00 O Inesperado Caminho das casas-flores nas asas das avós-ninfa! - Praça Alexandre Herculano - percurso com Marina Palácio
15:00 O Inesperado Caminho das casas-flores nas asas das avós-ninfa! - Praça Alexandre Herculano - percurso com Marina Palácio
18:00 Le Chants des Pavillons (La Fausse Cie) - Praça Alexandre Herculano – música
21:30 Bruno Pernadas  - Auditório do Centro de Ciência Viva – música

 

22 ABR (Dom)
11:00 O Inesperado Caminho das casas-flores nas asas das avós-ninfa! - Praça Alexandre Herculano - percurso com Marina Palácio
16:00 Romeu & Julieta (Teatro Praga) - Casa do Povo de Montalvo - teatro

 

TOMAR

20 ABR (6ª)
21:30 Hu(r)mano (Marco da Silva Ferreira) - Cine-teatro Paraíso - dança

 

21 ABR (Sáb)
11:00 Dragonologia (EZ) - Parque Infantil – teatro de rua
15:00 Dragonologia (EZ) – Corredoura – teatro de rua
21:30 Le Chants des Pavillons (La Fausse Cie) – Corredoura – música
22:30 Big Dancers (El Carromato) – Corredoura – teatro de rua


22 ABR (Dom)
21:30 Gaiteiros de Lisboa - Praça da República – música
 

ABRANTES

14 ABR (Sáb)

11:00 Dragonologia (EZ) – Centro histórico – teatro de rua
15:00 Dragonologia (EZ) - Centro histórico – teatro de rua

15 ABR (Dom)
21:30 Teresa Salgueiro – Praça Raimundo Soares – música

20 ABR (6ª)
21:30 Big Dancers (El Carromato) – Praça Barão da Batalha – teatro de rua 

Festival One Man Band // 15 e 16 Maio em Portalegre e Abrantes

e5527f6ea6d69e718534.jpg

 

 

Nos dias 15 e 16 de Maio o festival que ao longo dos últimos anos tem reunido em Portugal projectos popularizados como one man band está de regresso. A novidade prende-se com o facto de duas das noites acontecerem em Abrantes, no Cine Teatro S Pedro. As outras duas noites mantém-se na casa mãe, o Centro de Artes do Espectáculo de Portalegre (CAEP). Quatro projectos internacionais e dois portugueses compõem o cartaz da edição deste ano do Festival One Man Band

MARY POPPINS, A MULHER QUE SALVOU O MUNDO em ABRANTES

 

MARY POPPINS, A MULHER QUE SALVOU O MUNDO Texto e Encenação Ricardo Neves-Neves Com Ana Valentim, Custódia Gallego, Patrícia Andrade, Rafael Gomes e Vítor Oliveira Desenho de Luz El Duplo Fotografia Raquel Albino Vídeo João Oom Apoio ao Movimento Bernadete Sant’Anna Montagem e Operação Técnica Filipe Otero Pureza M16

 

 

Reservas: 241 366 321/ cine.teatro@cm-abrantes.pt