Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

12ª Feira Medieval de Alhos Vedros

cartaz.jpg

 

De 7 a 10 de junho, Alhos Vedros volta a receber a Feira Medieval, promovida pela ALIUSVETUS – Associação Cultural História e Património. A 12ª edição tem como tema o curto reinado de D. Fernando que ficou para a história apelidado de "o Formoso", "o Belo" e "o Inconstante".

À semelhança das edições anteriores, aguarda-se a visita de milhares de pessoas, atraídas pelo exotismo da recriação de uma Feira Medieval instalada no Largo da Igreja, Largo da Festa, Parque das Salinas, Largo da Misericórdia e Rua 5 de Outubro.

O programa de animação inclui combates e torneios, animação circense, música, danças palacianas e danças orientais, aves de rapina e cobras, tasquinhas, artesanato nacional e oriental, desfiles e muito convívio.

Em simultâneo com a Feira Medieval, decorrerá a 9ª Mostra de Artesanato Local, destinada aos artistas da terra.

Esta iniciativa conta com o apoio da Câmara Municipal da Moita, Junta de Freguesia de Alhos Vedros, Santa Casa da Misericórdia de Alhos Vedros, Agrupamento de Escolas José Afonso, Agrupamento 688 do CNE, GNR, Igreja Paroquial de Alhos Vedros, Comércio e Indústria local.

Consulte o programa completo em www.cm-moita.pt e https://pt-pt.facebook.com/AlhosVedrosMedieval/

 

 

Programa

 

7 junho
15:00h - Abertura da Feira nas tendas dos mercadores e acampamentos; Visita das crianças das escolas aos acampamentos e exposições e às animações na Capela da Misericórdia; Pyrojels e Teatro de marionetes – “A Princesa do sal”; Acampamentos temáticos pela Agape, Ana e os Gansos, acampamento bérbere do Alcaide e Minerarte; Exposição de falcoaria e répteis pela Falcoaria Lusitana; Tiro com arco no Parque dos Infantes; Música de rua com os Gaiteiros dumtrago e Jograis Del Rei; Teatro de rua pelo Saltimbanco da Charneca; Dança oriental pela Companhia Al-Nawar; “Bufarinheiros” pelos Anymamundi; Espada Lusitana, mesas pedagógicas e exposição permanente de armaria e de equipamentos militares ofensivos e defensivos, demonstrações e explicações sobre a história e a sua utilização destes equipamentos.

19:30h - Comeres de sabor medieval e beberes de aroma nas tabernas.

21:00h - Volta ao burgo. Visita de D. Fernando, o meirinho e do almotacé às tendas dos mercadores, acompanhado pela guarda, nobres e donzelas, seguido de danças e bailias.

 

Palco do Foral (Quintal da biblioteca)

21:30h - “Lendas de Portugal”, pelo Agrupamento de Escolas José Afonso.

22:00h - Dança oriental pela Companhia Al-Nawar.

23:00h -Solestício”, espetáculo de fogo pelos Anymamundi.

 

Palco dos lagos

21:00h - Dança oriental pela Companhia Al-Nawar

22:00h -Grupo de Danças Antigas de Alhos Vedros

 

8 junho

15:00h - Abertura da Feira nas tabernas e tendas dos mercadores. Acampamento temáticos pela Agape, Ana e os Gansos, acampamento bérbere do Alcaide, Finis Terrae e Minerarte; Exposição de falcoaria e répteis pela Falcoaria Lusitana; Tiro com arco no Parque dos Infantes; Música de rua com os Gaiteiros Dumtrago, Jograis Del Rei e Neiva; Animação de rua, Anymamundi (Bufarinheiros), Companhia Al-Nawar, Grupo de Danças Antigas de Alhos Vedros, Grupo de Danças Corvos do Conde, Saltimbanco da Charneca e Tiago Garnacho.

 

Arena do torneio

17:00h - O treino dos Homens de Armas pela Espada Lusitana; Demonstrações de exercícios de combate demonstrando as técnicas da época: treino com espada, treino com espada e escudo, treino com espada e broquel, treino com armas de haste (lança, pique).

17:30h - Treino dos cavalos com os Cavaleiros de Ribadouro.

18:00h - Voo livre de aves de presa pela Falcoaria Lusitana.

19:30h - Comeres de sabor medieval e beberes de aroma nas tabernas do burgo, à volta do porco preto no espeto.

21:00h - Animação nas ruas dos mercadores e nos acampamentos cristão e sarraceno.

21:00h-Desfile e volta aos acampamentos.

 

Arena do Torneio

22:00h - Justas no campo do torneio com os Cavaleiros de Ribadouro, Espada Lusitana e Agape.

 

Palco do Foral (Quintal da biblioteca)

21:30h - Saltimbanco da Charneca.

22:30h - Dança oriental pelaCompanhia Al-Nawar.

23:00h - “Gárgula”, espetáculo de fogo pelos Anymamundi.

 

Palco dos lagos

21:30h - Dança oriental pela Companhia Al-Nawar

22:00h - Música de inspiração Medieval pelosNeiva

22:30h - Música de inspiração Medieval pelosGaiteiros Dumtrago

23:00h - Música de inspiração Medieval pelos Jograis Del Rei

 

Escadarias da Igreja

22:00h - Música de inspiração Medieval pelos Jograis Del Rei

22:30h - Música de inspiração Medieval pelos Neiva

  • 23:00h - Música medieval pelos Gaiteiros Dumtrago

 

9 junho

15:00h - Abertura da Feira nas tabernas e tendas dos mercadores; Acampamento temático pela Agape, Ana e os Gansos; Acampamento bérbere do Alcaide, Finis Terrae e Minerarte; Exposição de falcoaria e répteis pela Falcoaria Lusitana; Tiro com arco no Parque dos Infantes; Música de rua com os Gaiteiros Dumtrago, Jograis Del Rei e Neiva; Animação de rua, Anymamundi (Leprosos), Companhia Al-Nawar, Grupo de Danças Antigas de Alhos Vedros, Saltimbanco da Charneca e Tiago Garnacho.

16:00h - Demonstrações pela Escola de Jogo do Pau do concelho da Moita.

17:00h - Desfile pelas ruas do burgo com todos os grupos de animação (rua Cândido dos Reis, Pelourinho, rua D. Dinis de Ataíde, Coreto, rua 5 Outubro).

 

Arena do torneio

18:30h - Torneio de armas de cortesia com Cavaleiros de Ribadouro, Espada Lusitana e Agape.

19:30h - Comeres tradicionais e beberes de mão-cheia nas tabernas, à volta do porco preto no espeto.

 

Palco dos lagos

21:30h - Saltimbanco da Charneca.

22:30h - Grupo de Danças Antigas de Alhos Vedros.

23:00h - Dança oriental pela Companhia Al-Nawar.

 

Tabernas

Música medieval pelos Gaiteiros Dumtrago, Jograis Del Rei e Neiva

 

10 junho

15:00h - Abertura da Feira nas tendas dos mercadores e acampamentos; Comeres de petiscos serranos e beberes frescos nas tabernas do burgo; Acampamento temáticos pela Agape, Ana e os Gansos, acampamento bérbere do Alcaide, Finis Terrae e Minerarte; Exposição de falcoaria e répteis pela Falcoaria Lusitana; Tiro com arco no Parque dos Infantes; Música de rua com os Gaiteiros Dumtrago e Neiva; Animação de rua, Companhia Al-Nawar, Grupo de Danças Antigas de Alhos Vedros, Malatitsch, Saltimbanco da Charneca e Tiago Garnacho.

16:00h - Combates medievais (Full Contact Medieval IMCF), organização Cavaleiros da Torre e Minerarte.

19:30h - Comeres tradicionais e beberes de mão-cheia nas tabernas, à volta do porco preto no espeto.

21:00h - Volta ao burgo: última visita do meirinho e do almotacé às tendas dos mercadores, acompanhado por nobres e donzelas, seguido de música, danças e bailias.

 

Palco do Foral (Quintal da biblioteca)

21:00h - Dança oriental pelaCompanhia Al-Nawar.

22:00h - Espetáculo de fogo pelos Malatitsch.

 

Palco dos lagos

19:00h - Saltimbanco da Charneca

21:00h - Dança medieval pelo Grupo de Danças antigas de Alhos Vedros

22:00h - Dança oriental pelaCompanhia Al-Nawar

 

Escadarias da Igreja

21:00h - Música medieval pelos Gaiteiros Dumtrago

22:00h - Música de inspiração Medieval pelos Neiva

23:00h - Encerramento e despedidas nas escadarias da Igreja, com todos os Grupos

 

Biblioteca Municipal de Alhos Vedros comemora 25º aniversário

aniversario biblioteca.jpg

A Biblioteca Municipal de Alhos Vedros comemora, em novembro, o 25º aniversário com uma série de iniciativas dirigidas à população em geral e com entrada gratuita.

 

Programa

 

14 e 28 de novembro | 14:30h

Está na Hora da Leitura

Um projeto de leitura em voz alta que tem como público-alvo os utentes dos lares. As sessões são dinamizadas na Biblioteca e, como tal, todos os utilizadores podem participar.

Destinatários: Utentes do Lar Pedro Rodrigues Costa e população em geral

 

15, 22 e 29 de novembro | 10:00h às 12:00h

Workshop Internet sem Mistérios

Destinatários: População em geral

Atividade gratuita, sujeita a marcação prévia, presencialmente ou através do telefone 212 021 227

 

17 de novembro | 15:30h

Sábados a ler em família: “As histórias que a avó ouvia”

Destinatários: Crianças a partir dos 3 anos e famílias

Entrada Livre

 

20 de novembro a 7 de dezembro

Exposição “José Afonso: Geografias de uma vida”

Sobre a vida e obra de José Afonso

Entrada Livre

 

23 novembro | 21:00h

Vivências do nosso rio: os barcos, as salinas as gentes

Nesta iniciativa, a Biblioteca Municipal de Alhos Vedros convida todos os munícipes para um serão de conversas e partilhas acerca das memórias e vivências no rio.

Convidado: Mestre João Gregório

Momento musical: Fado com Diogo Gomes e outros fadistas populares

Destinatários: População em geral

Entrada Livre

 

24 novembro | 20:30h

Biblioteca Fora D’Horas

Mais um Fora d´Horas dirigido a crianças dos 8 aos 12 anos, com momentos inesquecíveis e desafios fantásticos! Uma noite de experiências cientificas pela Centrifuga e uma oficina sobre o mar profundo, os rios e as nascentes são algumas das surpresas. Traz o teu pijama, saco-cama e escova de dentes e anda daí!

Destinatários: crianças dos 8 aos 12 anos (limitado a 15 participantes)

Inscrições através do telefone 212 021 227

 

29 novembro | 21:00h

Leitura às quintas: Poesia a várias vozes – Tributo a José Afonso

No ano em que comemora o seu 25 º aniversário, a Biblioteca Municipal de Alhos Vedros - Núcleo Cultural José Afonso convida todos os munícipes para um serão de poesia e música de tributo a Zeca Afonso. Nesta iniciativa, que contará com a presença de Francisco Fanhais, são desafiados todos os poetas do concelho e interessados a relembrarem José Afonso, escrevendo ou lendo poemas em sua homenagem.

Momento musical com Francisco Fanhais, Rui Curto e Tony da Costa

Destinatários: população em geral

Inscrições para a leitura de poemas pelo telefone 212 021 227

Entrada Livre

 

30 novembro | 14:00h

Parabéns à Biblioteca

Com Rodolfo Castro: O Pior Contador de Histórias do Mundo

No dia do 25º aniversário da Biblioteca, o convidado é Rodolfo Castro, “o pior contador de histórias do mundo”, que promete muitas gargalhadas e boa disposição. Após esta sessão, os utilizadores serão convidados a cantar os parabéns à biblioteca e a provar o bolo de aniversário.

Destinatários: população em geral e escolas convidadas

Entrada livre

"Com Arte e com Alma" | 8 de maio, Igreja de Alhos Vedros

2ª edição do Ciclo de conferências/conversas

“Com Arte e com Alma. Serões com o nosso Património”

 

SÉTIMA CONFERÊNCIA/CONVERSA (última sessão)

08 de maio de 2018 (3ªf), Igreja de São Lourenço, Alhos Vedros (Moita), 21h15

image001.jpg

 

A histórica igreja de São Lourenço de Alhos Vedros acolherá, no próximo dia 8 de maio de 2018, pelas 21h15, a 7ª e última sessão do ciclo de conferências/conversas “Com Arte e com Alma. Serões com o nosso Património” (2ª edição). A história da igreja paroquial e do conjunto de azulejos barrocos que a integra serão os temas das comunicações a apresentar nesta sessão.

 

A primeira intervenção da noite intitula-se “Igreja de São Lourenço de Alhos Vedros. Algumas notas históricas” e será proferida pelo padre Carlos F. Póvoa Alves. Pároco de Alhos Vedros desde 1969, foi professor de História do 2º ciclo e é um conhecedor desta igreja e da história local, tendo publicado, entre outros textos, o livro “Subsídios para a história de Alhos Vedros” (em duas partes).

 

Seguidamente, a Prof. Doutora Maria Alexandra Trindade Gago da Câmara apresentará a comunicação  “O azulejo como ornamento barroco: Espaço e figuração na igreja de São Lourenço de Alhos Vedros (Moita)”, onde procurará analisar e dar a conhecer o programa iconográfico da Igreja de Alhos Vedros, avaliando a sua integração no espaço da igreja e  descodificando leituras. A investigadora abordará ainda a temática do azulejo enquanto agente modificador do espaço edificado, a sua interpretação enquanto obra de arte, objeto artístico e documento histórico, entre outras questões.

Maria Alexandra Trindade Gago da Câmara é Historiadora de Arte, tendo-se doutorado em História de Arte Moderna na Universidade Aberta, onde é Professora Auxiliar e vice-coordenadora do Mestrado em Estudos do Património. É investigadora integrada do Centro de História da Arte e Investigação Artística (CHAIA) da Universidade de Évora. Tem como principais áreas de trabalho os séculos XVII  e XVIII nas Artes Decorativas, Iconografia, Cenografia, Arquitetura civil e História Urbana, destacando-se a Azulejaria. Neste âmbito tem publicado diversos estudos e livros e realizado conferências no estrangeiro e em Portugal.

 

A sessão, de entrada livre, terá lugar no próximo dia 8 de maio de 2018, pelas 21h15, na igreja de São Lourenço de Alhos Vedros.

 

Mais informações:

www.artesacra.diocese-setubal.pt

www.facebook.com/artesacra.diocesesetubal

artesacra@diocese-setubal.pt