Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

“Tertúlias no Convento” abordam “Memórias” da CUF/Quimigal do Barreiro

Cartaz Tertulias Poeticas_Jan_Fev_Mar_2019.jpg

 

“Memórias da CUF”, a 28 de janeiro, pelas 15h00, no Convento da Madre de Deus da Verderena, no Barreiro, é o tema da primeira das várias “Tertúlias no Convento” agendadas para os próximos meses. Leal da Silva, engenheiro, com um vasto currículo académico, ligado à Companhia União Fabril/Quimigal, será o convidado da sessão. Com entrada gratuita, esta programação tem como mote “Ao Encontro de…”.

 

Programação para o primeiro trimestre de 2019: 

JANEIRO – “Memórias da CUF”

Convidado: Leal da Silva

28/01/2019 – 15h00

 

FEVEREIRO “E o Tejo aqui tão perto”

Convidada: Lina Soares

25/02/2019 – 15h00

 

MARÇO – “A Odisseia da Pesca do Bacalhau”

Convidada: Elvira Carvalho

25/03/2019 – 15h00

 

Município do Barreiro e IPPS – ISCTE promovem debate sobre Democracia Participativa à Escala Local

cartaz_Poder_Local_FINAL_21FEV2019.jpg

 

 

 

“Democracia Participativa à Escala Local” é o tema do 2º Seminário – dia 21 de fevereiro, entre as 16h00 e as 18h00 –, de um Ciclo, com o mote “Novos Desafios do Poder Local”, que decorrerá ao longo do ano no Barreiro, no âmbito de uma parceria entre o Município e o Instituto para as Políticas Públicas e Sociais (IPPS) – ISCTE.

 

Esta sessão realiza-se no Auditório Ermelindo Batista, nas instalações da AURPIL – Associação Unitária dos Reformados, Pensionistas e Idosos do Lavradio. O seminário, gratuito, é aberto a todos os interessados. Todos os participantes terão direito a um Certificado de Presença.

 

A participação no Seminário, limitada ao número de lugares disponíveis no auditório, é sujeita a inscrição prévia, através do endereço eletrónico ana.lameira@cm-barreiro.pt ou do contacto de telemóvel 911057046.

 

A AURPIL – Associação Unitária dos Reformados, Pensionistas e Idosos do Lavradio está situada na Rua Silva Cristino S/N, Lavradio – Barreiro

 

Composto por dez seminários, este ciclo debate as mais diversas áreas da sociedade em geral e do Poder Local em particular.

 

Próximas datas:

» Democracia Participativa à Escala Local – 21 de fevereiro;

» Mobilidade e Transportes – 13 de março;

» Media, Democracia e Cidadania – 10 de abril;

» Gestão da Água – 15 de maio;

» Gestão dos Resíduos Sólidos Urbanos – 12 de junho;

» Os Desafios da Habitação – 25 de setembro;

» Novos Paradigmas Energéticos à Escala Local – 23 de outubro;

» Gestão Inclusiva do Espaço Público – 13 de novembro;

» Competitividade Local – 11 de dezembro. 

 

Parceria entre a CMB e a Universidade

 

A CMB e o ISCTE, de resto, estão unidas num outro projeto, no caso, pioneiro, de promoção de uma Pós-Graduação, desenhada, exclusivamente, para responder aos desafios identificados pela Autarquia no que diz respeito à qualificação dos seus quadros técnicos. Trata-se da Pós-Graduação em Desafios Autárquicos e Desenvolvimento Local, que arrancou a 18 de janeiro último,  também como novidade, pela primeira vez, fora do campus universitário.

 

 

Espectáculo Solidário António Cordeio | JOSÉ MATIAS

ArteViva - Companhia de Teatro do Barreiro quer ajudar um amigo! 
Queremos fazer parte de um gesto de solidariedade que circula na nossa cidade. 
Queremos ajudar o nosso amigo e actor António Cordeiro, um cidadão barreirense.
 
Como tal, este fim-de-semana, as sessões do espectáculo JOSÉ MATIAS são dedicadas a este grande senhor.
A receita de bilheteira dos dias 25 e 26 Janeiro será entregue, na sua totalidade, ao actor.
Na sessão de sexta-feira, dia 25 Janeiro, António Cordeiro estará presente na nossa sala de espectáculos para vos receber.
Ajude-nos a ajudar.
Venha assistir ao espectáculo e traga um amigo.
 
Cada entrada tem o valor de 5€. 
 
Um pequeno contributo num gesto tão grande!

Cartaz_FB.png

 

Órgão de Tubos da Igreja de Nª. Sª. do Rosário fará mais concertos

protocolo2.jpg

 

O Órgão de Tubos do Séc. XVIII, da Igreja de Nª Sª do Rosário, será ouvido em três concertos por ano. O Presidente do Município do Barreiro, Frederico Rosa, e o Padre Luís Martins Ferreira, da Fábrica da Igreja de Nossa Senhora do Rosário, assinaram, no dia 12 de janeiro, uma alteração ao Protocolo, (celebrado em 2008), que vem permitir potenciar e dinamizar a sua utilização e enriquecer a programação cultural do Concelho do Barreiro.

De acordo com o documento, outra alteração realizada prende-se com o subsídio destinado ao financiamento dos cachets envolvidos na produção dos concertos. Deste modo, o Município do Barreiro atribuirá, anualmente, o montante de 2.200€ (dois mil e duzentos euros) destinado ao financiamento dos mesmos.

Após assinatura do documento, seguiu-se o Concerto de Canto e Órgão, com a atuação do Coral Publia Hortência, sob a direção do Maestro Paulo Brandão, acompanhado pela Organista Célia Sousa Tavares.

JOSÉ MATIAS, entretém para quatro mulheres

Cartaz_FB.png

 

ArteViva - Companhia de Teatro do Barreiro tem o prazer de anunciar mais uma grande estreia!

 

SEXTA-FEIRA, dia 11 JANEIRO 2019, às 21h30 vamos entrar no mundo de quatro mulheres e de um homem muito presente mas sempre ausente

. Uma obra da escritora portuguesa, Luísa Costa Gomes.

JOSÉ MATIAS, encenação de Rui Quintas.

 

 

Quando pegamos num texto nem sempre sabemos o que fazer com ele. José Matias foi um desses textos. Acabou por me interessar trabalhar a forma como olhamos os outros, como os vemos e interpretamos, algo inerente à condição humana e que em José Matias se encontra no universo feminino.

Nos dias de hoje, a lente de observação do outro encontra-se ampliada através do obturador e da lente de uma câmara de filmar. O que assistimos em casa, através da televisão, leva-nos a crer que tudo o que vemos é verdade e que espelha o que são pessoas reais. Uma verdade, plástica e distorcida, pela captação, pela encenação, pela edição, pela forma como nos é apresentada. O que são “pessoas reais” nos dias de hoje?

O nosso José Matias – uma comédia de situação:

O espectador é convidado a sentar-se na sala para assistir a uma caricatura de uma sitcom, como se fazia em tempos idos, filmada num teatro, com assistência, em directo/diferido, com o fim de ser transmitida para nossa casa em formato televisivo.

Quatro actrizes, estrelas de televisão, representam as quatro mulheres criadas por Luísa Costa Gomes.

Quatro mulheres cosmopolitas, fortes, independentes, sensíveis, apaixonadas ou talvez não, que vivem com José Matias no pensamento. Quatro mulheres que representam a mulher, a filha, a prima, as amigas, as amantes, as confidentes, tudo em torno do ausente mas sempre presente, José Matias.

Quatro mulheres, quais quatro gatas, digladiam-se por um homem no ginásio da vida.

José Alberto Almeida Matias.

“Professor desagregado, espírito elevado e livre, mas de corpo casado, filho da mãe, marido de mulher, também pai de esposa e filho de esposa e pai de filha e filho de filha... E irmão da esposa, como os faraós do Egipto...”

 

P.S. – Este espectáculo foi inicialmente programado como projecto de encenação a quatro mãos com o actor António Cordeiro. Para ele vai a nossa homenagem e solidariedade.

                                              

Exposição “Maio de 68 – 50 anos depois” no Espaço Memória de 9 de novembro a 10 de janeiro

Maio de 68.jpg

 

 

 

O Espaço Memória, no Barreiro, vai acolher a Exposição “Maio de 68 – 50 anos depois”. Com inauguração agendada para dia 9 de novembro, às 18h00, esta mostra estará patente ao público de 9 de novembro a 10 de janeiro 2019.

 

 

Esta exposição resulta de uma parceria da Associação Cultural Ephemera – Arquivo de José Pacheco Pereira, Museu do Aljube, Câmara Municipal do Barreiro e Baía do Tejo.

 

O Espaço Memória, equipamento municipal, encontra-se na Rua 17, nº 10, Parque Empresarial da Baía do Tejo. Telefone: 21 206 81 85. Endere3ço eletrónico:espacomemoria@cm-barreiro.pt.

José Cid no Barreiro em Concerto Solidário, dia 13, às 21h30

Jose Cid em Concerto Solidario no Barreiro.jpg

 

 

No domingo, dia 13 de janeiro, às 21h30, o Barreiro recebe José Cid para a realização de um Concerto Solidário, cuja receita reverte integralmente a favor das corporações de Bombeiros Voluntários do Barreiro. No Auditório Municipal Augusto Cabrita (AMAC), este ícone, incontornável nome da cultura nacional, contará, também, com a participação do músico Mário Mata, enquanto convidado especial.

 

O valor dos ingressos é de 10 “capacetes”, disponíveis no AMAC, Posto de Turismo do Barreiro e Quarteis das Corporações de Bombeiros.

Na última edição das Festas do Barreiro, recorde-se, o cantor José Cid disponibilizou-se para realizar um concerto solidário a favor dos Bombeiros Voluntários do concelho, como reconhecimento pela sua intervenção e importância social.

 

Baixa da Banheira: Teatro “Flor Gorda” no Fórum Cultural

De Pequenote (5).jpg

 

No âmbito do projeto “De Pequenote”, o Fórum Cultural José Manuel Figueiredo, na Baixa da Banheira, recebe, no dia 19 de janeiro, pelas 16:00h, a peça de teatro “Flor Gorda”, por Vera Alvelos.

 

Tapetes de flores, árvores a dançar na brisa e histórias de ninhos e namoros são algumas das pequenas exuberâncias que acontecem na Natureza. A Primavera traz a vontade de renascer e de ouvir música no vento e doçura nas palavras... palavras de amor de uma flor a outra, num namoro à antiga feito com a ajuda de um menino-pássaro que transporta cartas consigo. Esta é uma história de luz, em que duas flores vivem a alegria do encontro e só o poderão fazer com a ajuda de alguns meninos do público. Esta é uma história de amor, naturalmente.

 

Conceção, interpretação e cenário: Vera Alvelos | Candeeiros flores: Evelin Kunhle / Luzia | Caracol: Xavier Salvador | Apoio técnico ao cenário: Pedro Ramalho | Paisagem sonora: Rui Lucena.

 

Duração: 50 a 60 minutos

Destinatários: famílias e crianças entre os 3 e 6 anos                

Lotação: 20 crianças e acompanhantes (um no palco e restantes na plateia)

Entrada gratuita mediante inscrição prévia.

 

Reserva de Bilhetes:
Fórum Cultural José Manuel Figueiredo
Rua José Vicente, Baixa da Banheira
Tel. 210888900
Horário da Bilheteira:
De 3ª a sábado – 14:30h às 19:30h
Dias de espetáculo e cinema – uma hora antes do início do espetáculo ou sessão. Os bilhetes podem ainda ser reservados através do telefone 210 888 900, no horário de funcionamento da bilheteira. As reservas podem ser levantadas, no máximo, até 1h antes do início do espetáculo, com um limite de cinco bilhetes por reserva.

Comemorações do 55º Aniversário da Biblioteca Municipal do Barreiro a 5 de janeiro

cartaz_A4_aniversario_biblioteca.jpg

cartaz_exposição_afonsoCruz_100x70cm.jpg

 

A Biblioteca Municipal do Barreiro está de parabéns.

Ao longo do dia 5 de janeiro de 2019, este equipamento municipal preparou um programa comemorativo para diferentes públicos, entre as 11h00 e as 18h00, com entrada livre.

 

Programa

11h00 | Arteviva – Companhia de Teatro do Barreiro apresenta “Histórias Vivas na Biblioteca”

11h30 | Entrega de Prémios aos Top Leitores da Biblioteca

11h45 | Bolo de Aniversário

16h00 | Inauguração da exposição “Ilustrações de Afonso Cruz” seguida de mais uma sessão de “À Conversa com…” e sessão de autógrafos.  

A exposição estará patente ao público até 23 de fevereiro.

 

Biografia de Afonso Cruz

"Afonso Cruz nasceu em julho de 1971, na Figueira da Foz e haveria, anos mais tarde, de viajar por mais de 60 países. Frequentou a Escola António Arroio, a Faculdade de Belas-Artes de Lisboa e o Instituto Superior de Artes Plásticas da Madeira. Em 2008, publicou o seu primeiro romance, A Carne de Deus — Aventuras de Conrado Fortes e Lola Benites, ao qual se seguiria, em 2009, Enciclopédia da Estória Universal, galardoado com o Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco. Em 2011, publicou Os Livros Que Devoraram o Meu Pai (Prémio Literário Maria Rosa Colaço, Finalista do Prémio Fundação Cuatro Gatos 2016, selo “Altamente Recomendados 2017″ da Fundación para el Fomento de la Lectura, Fundalectura na Colômbia e seleção para o catálogo IBBY México 2017), A Contradição Humana (Prémio Autores SPA/RTP, seleção White Ravens 2011, menção especial do Prémio Nacional de Ilustração, Lista de Honra do IBBY e Prémio LER/Booktailors na categoria Melhor Ilustração Original) e O Pintor Debaixo do Lava-loiças, distinguido em 2016 com o Selo Cátedra 10, da UNESCO e com o prémio FNLIJ (Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil do Brasil). Em 2012, foi o autor português distinguido com o Prémio da União Europeia para a Literatura pelo livro A Boneca de Kokoschka, e publicou também Jesus Cristo Bebia Cerveja, que foi distinguido com o Prémio Time Out — Livro do Ano e considerado o Melhor Livro do Ano segundo os leitores do jornal Público. Publicou, ainda, Enciclopédia da Estória Universal: Recolha de Alexandria, que foi galardoado com o prémio LER/Booktailors na categoria de Melhor Design de Capa — Literatura, 2013. Só em 2013, Afonso Cruz publicou Enciclopédia da Estória Universal: Arquivos de Dresner, O Livro do Ano, O Cultivo de Flores de Plástico e Para onde Vão os Guarda-chuvas (vencedor do Prémio Autores para Melhor Livro de Ficção Narrativa e finalista do Grande Prémio de Romance e Novela da Associação Portuguesa de Escritores 2013 e do Prémio Literário Fernando Namora 2013). Assim, Mas Sem Ser Assim, livro infantojuvenil ilustrado, foi também publicado em 2013, pela Caminho. Afonso Cruz foi o vencedor do Prémio Nacional de Ilustração 2014 pela obra Capital (Pato Lógico, 2014), no mesmo ano em que publicou Enciclopédia da Estória Universal: Mar. Em 2015, publicou Flores, vencedor do Prémio Literário Fernando Namora 2016, A Cruzada das Crianças, Barafunda, Enciclopédia da Estória Universal: As Reencarnações de Pitágoras e Vamos Comprar um Poeta. Em 2016, publicou o seu mais recente romance Nem Todas as Baleias Voam, finalista do Prémio Livro do Ano dos Leitores Bertrand e do Oceanos — Prêmio de Literatura em Língua Portuguesa, e Enciclopédia da Estória Universal: Mil Anos de Esquecimento. Em 2017, publicou Jalan, Jalan: Uma Leitura do Mundo, editado pela Companhia das Letras. Em 2018, publicou, pela mesma editora, o sexto volume da sua Enciclopédia, intitulado Biblioteca de Brasov. Colabora regularmente com o Jornal de Letras, Notícias Magazine e a revista Estante. Além de escrever, é ilustrador, realizador de filmes de animação e membro da banda The Soaked Lamb. Os direitos dos seus livros já foram vendidos para mais de vinte países".   

 

“Cria o teu Projeto” até 1FEV | “15ena da Juventude” 2019 do Barreiro já mexe

O Gabinete da Juventude da Câmara Municipal do Barreiro lança, mais uma vez, o desafio aos jovens do Concelho – Cria o teu Projeto. Esta iniciativa visa apoiar projetos propostos pelas Associações Juvenis, grupos informais e jovens em nome individual, através dos meios à sua disposição – financeiros, logísticos e técnicos - criando condições para a realização desses projetos.

 

Assim, se tens entre 14 e 30 anos de idade (inclusive) e tens um projeto, uma ideia ou um sonho que gostasses de realizar, inscreve-te já e apresenta a tua proposta, pois a 15ena da juventude já tem data marcada e irá decorrer de 15 de março a 06 de abril de 2019.

Podes ter acesso à ficha de inscrição “Cria o Teu Projeto” através da página do Facebook do Gabinete da Juventude (https://www.facebook.com/gabinetejuventudebarreiro/), no site oficial do Município (www.cm-barreiro.pt), no Espaço J, ou solicitar a ficha de inscrição através do e-mail do Gabinete da Juventude (cmb.juventude@gmail.com).

 

Inscrições abertas até dia 1 de fevereiro de 2019. Mais informações no Espaço J.

 

GABINETE DE EMPREENDEDORISMO E JUVENTUDE | ESPAÇO J

1º andar do Mercado Municipal 1º de Maio, Avenida Alfredo da Silva, 2830-302 Barreiro | Telefone: 911055764 | E-mail: cmb.juventude@gmail.com