Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

A Fundação ”la Caixa” apresenta em Oeiras a exposição sobre Georges Méliès e o cinema de 1900

A Fundação ”la Caixa” apresenta em Oeiras a exposiçãoSenhoras e senhores, o espetáculo vai começar. Georges Méliès e o cinema de 1900

 

image004 (1).png

 

  • Em colaboração com a Cinémathèque Française, a Câmara Municipal de Oeiras e o BPI, a exposição aborda o contributo de Georges Méliès para a sétima arte.

 

  • A exposição pode ser vista num inovador formato itinerante que, num espaço de 200 metros quadrados, transporta os visitantes para o ambiente do início do século XX para poder explicar-lhes o nascimento do cinema como fenómeno popular. Inclui reproduções de aparelhos, maquetes, objetos da época e cópias de fotografias, assim como a projeção de vários filmes, com especial destaque para Le voyage dans la Lune (1902).

 

 

Foi hoje inaugurada pelo Vice-Presidente da Câmara Municipal de Oeiras, Francisco Rocha Gonçalves, nos Jardins do Palácio Marquês de Pombal, a exposição Senhoras e senhores, o espetáculo vai começar. Georges Méliès e o cinema de 1900, que explica o nascimento do cinema e presta homenagem àquele que foi considerado o seu primeiro ilusionista, tendo estado também presentes na sessão de inauguração José Pena do Amaral, membro da Comissão de Responsabilidade Social do BPI e Jaime González, comissário. A exposição chega a Oeiras graças à colaboração da Fundação ”la Caixa” com a Cinémathèque Française, a Câmara Municipal de Oeiras e o BPI.

 

No âmbito da sua programação cultural, a Fundação ”la Caixa” dedica especial atenção a manifestações artísticas fundamentais para a formação da sensibilidade contemporânea. Nesta linha, incluem-se as exposições consagradas ao cinema, que, juntamente com a fotografia, é a forma de arte mais característica do século XX. Deste modo, nos últimos anos, a Fundação “la Caixa” tem dedicado exposições retrospetivas a grandes nomes do mundo do cinema, como Charles Chaplin, Federico Fellini e Georges Méliès.

 

Uma viagem à época em que o cinema se transformou num espetáculo popular

 

Senhoras e senhores, o espetáculo vai começar. Georges Méliès e o cinema de 1900 transporta os visitantes para um ambiente de feira no virar do século, com as suas barracas e o seu ambiente de festa. Foi precisamente neste contexto que o cinema ganhou forma como espetáculo de diversão e de emoções. E, em grande medida, foi graças a um homem, Georges Méliès, que soube entender o que as pessoas desejavam e como devia entretê-las efazê-las sonhar . Os seus filmes traçaram o caminho que os primeiros cineastas iriam percorrer na Europa e nos Estados Unidos.

 

Os diferentes espaços e recursos expositivos mostram como era o mundo e o lazer naquela época, assim como alguns dos aspetos-chave para entender a importância de Georges Méliès. A exposição inclui vários filmes de Méliès (que são complementados com uma seleção de filmes dos irmãos Lumière), peças audiovisuais, cópias de fotografias da época e reproduções de cartazes, desenhos, uma maquete do estúdio de Méliès em Montreuil e alguns objetos da época, como a pasta fantástica de Robert-Houdin, ou o cinematógrafo dos irmãos Lumière.

 

A Fundação ”la Caixa” produziu várias peças audiovisuais que ajudam a entender o mundo de Méliès e a sua influência. Destacam-se três peças que dão a conhecer a opinião de conhecidas figuras do cinema da atualidade, como os realizadores Juan Antonio Bayona e Javier Ruiz Caldera, o guionista e realizador Oriol Capel, o cenógrafo Ignasi Cristià, a crítica de cinema Desirée de Fez, o diretor de fotografia Óscar Faura, a atriz Greta Fernández, o produtor Enrique López Lavigne, o realizador de spots publicitários Fernando Mainguyague, o especialista em maquilhagem e efeitos especiais David Martí e o técnico de montagem Jaume Martí.

 

A exposição Senhoras e senhores, o espetáculo vai começar. Georges Méliès e o cinema de 1900 está dividida em três partes. A primeira parte apresenta-nos o contexto de Georges Méliès, uma primeira abordagem à viragem do século e aos principais aspetos sociais, políticos e populares do mundo de 1900.

 

Do outro lado da cortina, os visitantes encontrarão a segunda parte, que apresenta o mundo de Méliès e a experiência cinematográfica propriamente dita. O ambiente de feira remete para o cinema do final do século e para a importância de Georges Méliès naqueles primeiros passos do novo espetáculo.

 

A última parte é dedicada a Le voyage dans la Lune, o primeiro filme pensado, criado e distribuído para alcançar o êxito, em 1902. Neste ponto, aprofunda-se a forma como o cinema evoluiu desde a época de Méliès e a influência deste pioneiro na criação da linguagem cinematográfica e na conceção do cinema como espetáculo popular. Explica-se igualmente a trajetória do cineasta, que acabou a sua vida profissional a explorar uma loja de brinquedos em Montparnasse, e como foi novamente redescoberto em 1926 para vir a ocupar, até aos nossos dias, o lugar de uma das figuras-chave do cinema.

 

Aladino e a Lâmpada Mágica - Novas datas

 

transferir.png

Baseado no conto árabe Mil e uma Noites, um dos mais famosos da célebre coletânea que faz parte do imaginário de várias gerações. Um espectáculo deslumbrante para toda a família pela sua magia e fantasia, falando-nos de valores de liberdade, tolerância, solidariedade e humildade. Voando no tapete mágico, o espectador é transportado para as noites quentes das Arábias vivendo as aventuras de Aladino.

 

Código Promocional de 50% exclusivo online: ALADINO50

Turismo de Cascais promete animação para toda a família, neste Natal

A época natalícia invade a Vila de Cascais e traz consigo muitas oportunidades e ideias para celebrar esta quadra.

 

image010.png

 

Este ano, o Natal da vila cascalense promete muita animação e oportunidades imperdíveis para todas as idades. A maior roda gigante de Portugal regressa à Baía de Cascais e as ruas encher-se-ão de iluminações natalícias.

 

O ‘Cascais Christmas Village’ ocupa, mais uma vez, o Parque Marechal Carmona, com muitas iniciativas para toda a família, desde a casa do Pai Natal à recriação do Nascimento de Jesus e do presépio, a patinagem no gelo e a circuitos de arborismo, entre muitas outras atividades, que brindarão os visitantes até dia 2 de janeiro de 2024. Como não podia deixar de ser, os Mercados de Natal também estão de volta à Baía de Cascais e ao Jardim Visconde da Luz, até ao dia 7 de janeiro de 2024.

 

O Cascais Food Lab, no Mercado da Vila em Cascais, vai realizar o Workshop Menu de Natal by Tia Cátia, no dia 14 de dezembro de 2023, das 18h às 22h. Neste workshop a Tia Cátia, ex-concorrente do MasterChef Portugal e presença assídua no canal de televisão 24Kitchen, irá ensinar a preparar um menu para a consoada e a compor a mesa de Natal. Para participar nesta oficina gastronómico, que tem o valor de 75€ e vagas limitadas, os interessados devem inscrever-se enviando um email para o info@cascaisfoodlab.pt.

 

Para além das iniciativas festivas do Município de Cascais, o Turismo da vila oferece uma panóplia de oportunidades. Diversos hotéis em Cascais apresentam menus exclusivos, meticulosamente elaborados e inspirados na quadra natalícia, como também pacotes com preços imbatíveis e a não perder.

 

Os menus exclusivos de Natal dos hotéis The Albatroz Hotel, Intercontinental, Pestana Cascais e Onyria Marinha Boutique Hotel dão as boas-vindas ao mundo da cozinha de luxo, com ingredientes selecionados pelos talentosos chefes.

 

O Artsy Cascais, com vista para a Baía de Cascais, é um hotel acolhedor localizado a menos de 30 minutos do aeroporto de Lisboa. Neste Natal, este boutique hotel tem uma oferta exclusiva a partir de 408€ por pessoa, que inclui: estadia de 2 noites (23 e 24 de Dezembro), jantar de Consoada e Brunch de Natal.

Nesta quadra, o Hotel Cascais Miragem apresenta o pacote “Feliz Natal!”, uma oferta válida para estadias de 23 a 25 de dezembro e que inclui duas noites de alojamento, pequeno-almoço e a oportunidade de experimentar um variadíssimo buffet. Esta oferta permite ainda usufruir de uma ceia de Natal. O acesso ao Miragem Water Lounge, uma zona de puro relaxamento, com piscinas interiores aquecidas, sauna e banho turco, também está garantido neste pacote de Natal. Esta oportunidade também está disponível com a alternativa de três noites em vez de duas. Os preços deste pacote variam entre os 333€ e os 738€, mediante a tipologia de quarto escolhida.

 

O Hotel Inglaterraé o local ideal para encontros de Natal, quer seja para uma festa da empresa ou um simples jantar de amigos. A partir de 35€ por pessoa, este espaço aceita grupos de oito a cem pessoas e oferece, ainda, preços especiais de alojamento para membros dos grupos que queiram passar a noite. O menu de Natal para grupos está disponível até dia 6 de janeiro de 2024 (com exceção dos dias 23, 24, 25, 30 e 31 de dezembro e dia 1 de janeiro).
Para quem queira passar a noite neste conceituado hotel o Pacote de Natal inclui uma noite de alojamento em quarto duplo standard, pequeno-almoço buffet e, ainda, uma bebida de boas-vindas, bem como um convite para usufruir de uma tradicional ceia de Natal com um menu selecionado pelo hotel. O valor por pessoa, em quarto duplo standard, é de 115€ e o suplemento single tem o valor de 40€. Já as crianças com idades compreendidas entre os 4 e os 12 anos pagam apenas 55€ (disponível apenas para quartos superiores).

 

O Sheraton Cascais Resort disponibiliza uma experiência única com um pacote que inclui estadia num quarto Deluxe ou de categoria superior, pequeno-almoço e jantar de Natal no Glass Terrace. O pacote é para duas pessoas e tem o valor de 349€.

 

Por último, mas não menos surpreendente, o Penha Longa Resort oferece um pacote tradicionalmente natalício e para toda a família que inclui jantar de Natal no Penha Longa Mercatto, pequeno-almoço buffet e 15% de desconto do almoço do dia de Natal. Esta oportunidade, disponível para a noite de 24 de dezembro, tem o valor de 362€ por noite para ocupação individual e 453€ por noite para ocupação dupla, com a grande vantagem do check-out poder ser feito tardiamente, até às 14h. O conceituado bolo-rei de chocolate também está disponível para venda, pelo valor de 39€, e deve ser reservado no próprio hotel até dia 15 de janeiro de 2024.

 

E para tornar esta época natalícia ainda mais brilhante, o estacionamento em Cascais será gratuito, das 17h às 02h da manhã nos dias úteis, e durante todo o dia aos sábados, domingos e feriados, até dia 8 de janeiro.

 

Passatempo ALADINO E A LÂMPADA MÁGICA - Criarte - Carcavelos

O Blog Cultura de Borla em parceria com a JP BEATS tem bilhetes duplos para ALADINO E A LÂMPADA MÁGICA no Criarte - Carcavelos para o dia 23 de Dezembro (11h e 15h) aos primeiros leitores que de 5 em 5 participações:

- enviem um mail para culturadeborla@sapo.pt com a frase "Eu quero ir ver ALADINO E A LÂMPADA MÁGICAcom o Cultura de Borla" com nome, CC e nº de telefone e sessão pretendida.

22573706_Y2Z1J.jpeg

ALADINO E A LÂMPADA MÁGICA
 
Com encenação de Sofia de Castro
Baseado no conto árabe Mil e uma Noites, um dos mais famosos da célebre coletânea que faz parte do imaginário de várias gerações. Um espectáculo deslumbrante para toda a família pela sua magia e fantasia, falando-nos de valores de liberdade, tolerância, solidariedade e humildade. Voando no tapete mágico, o espectador é transportado para as noites quentes das Arábias vivendo as aventuras de Aladino.
 
Fantásticas aventuras
Aladino, a princesa e o sultão entram numa grande aventura com a ajuda do incrível génio da lâmpada! Cantado ao vivo!
 
Em digressão
Um inesquecível espetáculo musical para toda a família, sobe a palco já a partir do dia 9 de Dezembro estando em cena várias salas do país, aos sábados e domingos às 11h00 e 15h30.
 
Para toda a família!
Os bilhetes estão disponíveis na FNAC, Ticketline e locais habituais e com bilhetes desde 10€ e com  pack família para 3 pessoas e 5 pessoas. Sessões especiais para escolas e instituições durante a semana.
 
Reservas pelo 964607071 e pelo 1820.

Mãos à obra para cidades mais limpas

Falta um mês para o 5.º Encontro Nacional de Limpeza Urbana

5º ENLU cartaz_.jpg

PROGRAMA CONVIDA A LANÇAR MÃOS À OBRA

PARA CIDADES MAIS LIMPAS

 

  • Da intenção ao compromisso: três dias a demonstrar soluções inteligentes, criativas e inovadoras para a limpeza urbana
  • Através de boas práticas, programa mostra como transformar a limpeza urbana num serviço à prova de futuro, inteligente e com impacto neutro no clima e ainda feito para e pelas pessoas
  • Municípios portugueses vão debater desafios urbanos, como a pressão turística, a organização de grandes eventos, o vandalismo ou a falta de civismo

 

De 12 a 14 de dezembro, o Autódromo do Estoril irá ser palco do 5.º Encontro Nacional de Limpeza Urbana (ENLU), organizado pela Associação Limpeza Urbana – Parceria para Cidades + Inteligentes e Sustentáveis (ALU). Esta edição irá lançar o repto para se passar da intenção ao compromisso, demonstrando soluções inteligentes, criativas e inovadoras para mudanças duradouras e não apenas temporárias.

 

Com o mote “Limpeza Urbana ao Serviço das Pessoas e dos Territórios”, vários especialistas nacionais e internacionais vão estar em Cascais para analisar e debater as tendências e as boas práticas do setor, mas também para examinar os temas que marcam o programa da edição deste ano do ENLU: “O estado da arte do setor da limpeza urbana em Portugal e no mundo”; “Territórios mais vibrantes: A Limpeza Urbana como parte da solução”; “Limpeza Urbana Inteligente e com Impacto Neutro no Clima”; “Um serviço à prova de futuro e tendências de inovação”; “Limpeza Urbana bottom-up: feita para e pelas pessoas”; “Rumo ao Desperdício Zero”; “Quem faz parte da Limpeza Urbana: do CEO ao cantoneiro”.

 

Para inspirar a audiência, o programa conta com nomes como os de Iuliia Markhel, da Let's Do It Ukraine, uma organização não-governamental dedicada à mobilização de voluntários para ações de limpeza que, mesmo em tempo de guerra, continua a fazer campanhas, ou ainda de Sascha Haselmayer, um “empreendedor social em série” e autor do livro The Slow Lane: Why Quick Fixes Fail and How to Achieve Real Change, que nos propõe uma mudança de ritmo e de processo de planeamento para que as inovações na gestão urbana e resolução dos problemas das cidades tenham um efeito duradouro.

 

Numa cidade atrativa e vibrante, a Limpeza Urbana tende a ser um serviço invisível, mas, para que tal aconteça, é preciso reconhecer a importância desta atividade e de quem dela faz parte. Nesta edição do ENLU, queremos desafiar as pessoas a fazer isso mesmo, convidando-as a olhar os seus territórios pela perspetiva da limpeza urbana e inspirando-as para fazer parte de um compromisso que é de todos”, afirma Luís Almeida Capão, presidente da Direção da ALU.

 

Nestes três dias, este que será um ponto de encontro e de networking dos vários agentes da limpeza urbana, irá ainda mergulhar nos seguintes tópicos: as experiências com descarbonização e soluções inteligentes, ou ainda a utilização do blockchain, de drones ou da inteligência artificial como soluções inovadoras para a limpeza das cidades.

 

Durante o 5.º ENLU, serão ainda conhecidos os vencedores da primeira edição dos Prémios Cidade+, um reconhecimento que vai distinguir os melhores projetos nacionais nas áreas da limpeza urbana, que vão desde as tecnologias mais inovadoras às políticas de recursos humanos mais completas, concretizados entre 2021 e setembro de 2023.

 

Este evento terá também uma vertente expositiva, através do Urban Cleaning Expo & Showroom, onde as empresas do setor vão mostrar os seus produtos e serviços mais inovadores.

 

Em todas as iniciativas da ALU, há um espírito de amizade e de concorrência saudável que faz desta comunidade um sucesso. O ENLU, que é o único evento nacional dedicado ao setor, não é exceção: vamos para a 5.ª edição deste encontro com a segurança de ter, mais uma vez, uma exposição cheia de produtos e serviços inovadores e de ter a conferência repleta de talento. Esperamos casa cheia em Cascais na maior edição de sempre do ENLU”, antecipa Luís Almeida Capão.

 

As inscrições são gratuitas e já estão disponíveis aqui.

 

Mais informações em: https://www.associacaolimpezaurbana.org/5-enlu

FÓRUNS FNAC RECEBEM EXPOSIÇÕES DOS VENCEDORES DAS MARATONAS FOTOGRÁFICAS E NOVOS TALENTOS

Até 9 de novembro, poderão visitar de Norte a Sul do país e da ilha da Madeira os trabalhos vencedores destas duas iniciativas. A entrada é livre. 

 

 

Até 9 de novembro, a FNAC terá patentes exposições dos vencedores das Maratonas Fotográficas e do concurso Novos Talentos FNAC. Os Fóruns FNAC de Norte a Sul do país e da ilha da Madeira transformam-se, assim, em palcos de cultura.

 

Estarão também em exibição os trabalhos das menções honrosas, assim como de participantes que se destacaram nas respetivas iniciativas. A entrada nestas exposições é gratuita e aberta a todos aqueles que queiram conhecer os talentos daqueles que se aventuraram nestes projetos artísticos da FNAC.

 

Com estas exposições, a FNAC reforça o seu compromisso com a Cultura ao apoiar novos artistas.

 

Agenda exposições Maratonas Fotográficas:

  • FNAC de Cascais | Até 09/11 | Fotografias do vencedor Rafael Macedo e da menção honrosa Ana Pedro.
  • FNAC de Braga | Até 09/11 | Fotografias do vencedor Mário Cruz e da menção honrosa António Pereira Costa.
  • FNAC de Faro | Até 15/11 | Fotografias do vencedor Francisco Neves Santos e da menção honrosa Luís Sarmento.
  • FNAC de Almada | Até 18/10 | Fotografias do vencedor Fernando Fortes e da menção honrosa Diogo Leitão.
  • FNAC do Colombo | Até 11/10 | Fotografias da vencedora Ana Mestre e da menção honrosa Rui Brites de Sousa.
  • FNAC de Coimbra | Até 08/11 | Fotografias do vencedor João Paulo Proença e da menção honrosa Rui Neto.
  • FNAC de Viseu | Até 24/10 | Fotografias do vencedor Carlos Costa e da menção honrosa Rui Brites de Sousa.
  • FNAC Madeira | Até 28/09 | Fotografias do vencedor Luís Vasconcelos e da menção honrosa Vando Neto.
  • FNAC Norteshopping | Até 18/10 | Fotografias do vencedor Nélson Gonçalves e da menção honrosa José Pessoa Neto.

 

Agenda exposições Novos Talentos FNAC - Fotografia:

  • FNAC do Chiado | Até 02/11 | Rui Costa “Uma azeitona bordada em azul”
  • FNAC de Gaia | Até  4/10 | Vitor Xavier “Uma janela com vista para o mar”
  • FNAC de Alfragide | Até 20/10 | Rodrigo Vargas “Delta”

 

Agenda exposições Novos Talentos FNAC - Ilustração:

  • FNAC da Madeira | 29/09 a 08/11
  • Tiago Pinto “Composições mais ou menos mortas”
  • Wanjou Lu “Cultural Patterns in cities”
  • Marco Gomes “Cultura das trevas”

 

FÓRUNS FNAC RECEBEM EXPOSIÇÕES DOS VENCEDORES DAS MARATONAS FOTOGRÁFICAS E NOVOS TALENTOS

Até 9 de novembro, poderão visitar de Norte a Sul do país e da ilha da Madeira os trabalhos vencedores destas duas iniciativas. A entrada é livre. 

 

 

Até 9 de novembro, a FNAC terá patentes exposições dos vencedores das Maratonas Fotográficas e do concurso Novos Talentos FNAC. Os Fóruns FNAC de Norte a Sul do país e da ilha da Madeira transformam-se, assim, em palcos de cultura.

 

Estarão também em exibição os trabalhos das menções honrosas, assim como de participantes que se destacaram nas respetivas iniciativas. A entrada nestas exposições é gratuita e aberta a todos aqueles que queiram conhecer os talentos daqueles que se aventuraram nestes projetos artísticos da FNAC.

 

Com estas exposições, a FNAC reforça o seu compromisso com a Cultura ao apoiar novos artistas.

 

Agenda exposições Maratonas Fotográficas:

  • FNAC de Cascais | Até 09/11 | Fotografias do vencedor Rafael Macedo e da menção honrosa Ana Pedro.
  • FNAC de Braga | Até 09/11 | Fotografias do vencedor Mário Cruz e da menção honrosa António Pereira Costa.
  • FNAC de Faro | Até 15/11 | Fotografias do vencedor Francisco Neves Santos e da menção honrosa Luís Sarmento.
  • FNAC de Almada | Até 18/10 | Fotografias do vencedor Fernando Fortes e da menção honrosa Diogo Leitão.
  • FNAC do Colombo | Até 11/10 | Fotografias da vencedora Ana Mestre e da menção honrosa Rui Brites de Sousa.
  • FNAC de Coimbra | Até 08/11 | Fotografias do vencedor João Paulo Proença e da menção honrosa Rui Neto.
  • FNAC de Viseu | Até 24/10 | Fotografias do vencedor Carlos Costa e da menção honrosa Rui Brites de Sousa.
  • FNAC Madeira | Até 28/09 | Fotografias do vencedor Luís Vasconcelos e da menção honrosa Vando Neto.
  • FNAC Norteshopping | Até 18/10 | Fotografias do vencedor Nélson Gonçalves e da menção honrosa José Pessoa Neto.

 

Agenda exposições Novos Talentos FNAC - Fotografia:

  • FNAC do Chiado | Até 02/11 | Rui Costa “Uma azeitona bordada em azul”
  • FNAC de Gaia | Até  4/10 | Vitor Xavier “Uma janela com vista para o mar”
  • FNAC de Alfragide | Até 20/10 | Rodrigo Vargas “Delta”

 

Agenda exposições Novos Talentos FNAC - Ilustração:

  • FNAC da Madeira | 29/09 a 08/11
  • Tiago Pinto “Composições mais ou menos mortas”
  • Wanjou Lu “Cultural Patterns in cities”
  • Marco Gomes “Cultura das trevas”

 

Exposição em Cascais promove inclusão e novo olhar sobre arte

Até 23 de outubro, o CascaiShopping recebe trabalhos artísticos desenvolvidos num Centro de Atividades e Capacitação para a Inclusão. As obras de arte prometem surpreender os visitantes.

image003 (2).jpg

A imaginação e a criatividade dos utentes do Centro de Apoio Social do Pisão estão em destaque no CascaiShopping, até dia 23 de outubro, no âmbito da exposição “O Meu Olhar – Perspetivas”.

 

As fotografias que compõem esta mostra revelam o trabalho desenvolvido por artistas do Centro de Atividades e Capacitação para a Inclusão, que transformam objetos em peças com uma assinatura ímpar.

 

Através do olhar destes utentes, várias cadeiras de madeira ganham uma nova vida e podem ser observadas de uma perspetiva totalmente diferente, em que os traços e as palavras fazem a arte nascer.

 

Esta exposição é, igualmente, uma forma de promover a inclusão social dos utentes do Centro de Apoio Social do Pisão, para que a sua essência artística seja apreciada e valorizada por todos.

Cascais recebe Fernando Cunha nas Festas do Mar - a grande celebração de 40 anos de palcos com muitos convidados.

descarregar (3).jpg

Fernando Cunha: 40 anos de palcos celebrados nas Festas do Mar em Cascais a 31 de Agosto

Na estrada e nos palcos, como na vida, só se cumprem quatro décadas se pelo caminho se encontrarem muitos amigos, se construírem cumplicidades e parcerias, se constituírem famílias. Fernando Cunha fez tudo isso e coleccionou muitos amigos, muitos projectos e muitos quilómetros na sua história artística.
 
Agora, quarenta anos volvidos sobre o início dessa frutuosa caminhada, o guitarrista, compositor, cantor, produtor e aglutinador de vontades promete celebrar no melhor dos sítios – o palco! – todas essas canções e todas essas amizades feitas ao longo desse tempo. Será nas Festas do Mar, em Cascais, que Fernando Cunha apagará as 60 velas que assinalam a sua idade e trará para a sua voz e a de várias outras pessoas as canções que ajudam a contar esta singular história.
 
Com um livro de vida em que constam capítulos muito importantes como o dos Delfins, Resistência ou Ar de Rock, Fernando tem muito por onde escolher em termos de reportório e para o ajudar a entoar todos esses hinos – uns da sua lavra, outros escritos em parceria e outros ainda criações alheias a que ajudou a dar nova vida -, Cunha terá ao seu lado um verdadeiro elenco de estrelas: Diogo Campos (Legal Evidence e Ar de Rock), Maria Leon (Ravel, Chameleon Collective e Ar de Rock), Henrique Gonçalves (Duque Província), Paulo Costa (Ritual Tejo e Ar de Rock), Olavo Bilac (Santos e Pecadores e Resistência), Rui Pregal da Cunha (Heróis do Mar e LX90), Miguel Ângelo (Delfins e Resistência), Dora Fidalgon (Delfins), Tim (Resistência e Xutos & Pontapés), Tozé Santos (Perfume), José Cid ( Quarteto 1111), Tozé Brito ( Quarteto 1111), Teresa Salgueiro (Madredeus), Gospel Collective (Coro liderado por Selma Uamusse) e Pedro Oliveira (Sétima Legião).
 
Por outro lado, os muito presentes Invisíveis – banda que habitualmente secunda Fernando Cunha e que é composta por João Campos (voz, viola acústica e ukulele), João Gomes (teclados e coros), João Alves (guitarra elétrica e coros), Philippe Keil (baixo) e Francisco Cunha (bateria) – terão em diferentes momentos a companhia de notáveis músicos como Pedro Jóia (Resistência), João Pedro Pimenta (produtor dos Sitiados), Antonio Horgan (Duque Província), Eduardo Faustino (Duque Província), Alexandre Frazão (Resistência), José Salgueiro (Resistência), Fernando Júdice (Resistência), Luis Sampaio (Delfins), Emanuel Ramalho (Delfins, Radio Macau),  Rui Fadigas (Delfins), Jorge Quadros (Delfins), Jonathan Miller (Chameleon Collective), Antonio Silvestre (ex– Delfins), FLAK (Radio Macau) e Alexandre Cortez (Radio Macau).
 
Todos estes companheiros, amigos, colaboradores ajudarão a trazer para a festa muitas canções eternas, de “Ao Passar Um Navio” ou “Aquele Inverno” a “A Minha Música”, “Amanhã É Sempre Longe Demais”, “Paixão”, “Poir Quem Não Esqueci”, “Não Voltarei a Ser Fiel”, “Traz Outro Amigo Também”, “Não Sou o Único” ou – como não podia deixar de ser – “Baía de Cascais”, o cenário de toda esta celebração. E para a festa ser completa, conta – e canta – também o público com que Fernando Cunha construiu uma relação de grande cumplicidade ao longo destas décadas em que ajudou a erguer muitas das canções que se cantam a uma só voz por esse Portugal fora. E até por esse mundo fora.
 
A 31 de Agosto, as Festas do Mar transforam-se também na celebração de um homem que nunca soube viver longe desse mar, inspiração para tanta da sua música. Chama-se Fernando Cunha e tem muitos e generosos amigos.

Fernando Cunha nas Festas do Mar em Cascais é já na 5ªfeira dia 31 de Agosto - grande celebração de 40 anos de palcos com muitos convidados especiais

descarregar (6).jpg

Fernando Cunha
 40 anos de palcos celebrados nas Festas do Mar em Cascais a 31 de Agosto com muitos convidados


Fernando Cunha terá ao seu lado um verdadeiro elenco de estrelas: Diogo Campos (Legal Evidence e Ar de Rock), Maria Leon (Ravel, Chameleon Collective e Ar de Rock), Henrique Gonçalves (Duque Província), Paulo Costa (Ritual Tejo e Ar de Rock), Olavo Bilac (Santos e Pecadores e Resistência), Rui Pregal da Cunha (Heróis do Mar e LX90), Miguel Ângelo (Delfins e Resistência), Dora Fidalgo (Delfins), Tim (Resistência e Xutos & Pontapés), Tozé Santos (Perfume), Tozé Brito (Quarteto 1111), Teresa Salgueiro (Madredeus), Gospel Collective (Coro liderado por Selma Uamusse) e Pedro Oliveira (Sétima Legião).
 
Por outro lado, os muito presentes Invisíveis – banda que habitualmente secunda Fernando Cunha e que é composta por João Campos (voz, viola acústica e ukulele), João Gomes (teclados e coros), João Alves (guitarra elétrica e coros), Philippe Keil (baixo) e Francisco Cunha (bateria) – terão em diferentes momentos a companhia de notáveis músicos como Pedro Jóia (Resistência), João Pedro Pimenta (produtor dos Sitiados), Antonio Horgan (Duque Província), Eduardo Faustino (Duque Província), Alexandre Frazão (Resistência), José Salgueiro (Resistência), Fernando Júdice (Resistência), Luis Sampaio (Delfins), Emanuel Ramalho (Delfins, Radio Macau),  Rui Fadigas (Delfins), Jorge Quadros (Delfins), Jonathan Miller (Chameleon Collective), Antonio Silvestre (ex– Delfins), FLAK (Radio Macau) e Alexandre Cortez (Radio Macau).
 
Todos estes companheiros, amigos, colaboradores ajudarão a trazer para a festa muitas canções eternas e conhecidas do grande público.
 
A 31 de Agosto, próxima quinta-feira, as Festas do Mar transformam-se também na celebração de um homem que nunca soube viver longe desse mar, inspiração para tanta da sua música. Chama-se Fernando Cunha e tem muitos e generosos amigos.