Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Cinema de Goa no Museu do Oriente | Gratuito

I am nothing 1.jpeg.png

 

A viagem cinematográfica “Era uma vez em Goa: Identidades e Memórias no Cinema” continua no Museu do Oriente, nos dias 13, 18 e 22 de Setembro, às 18h00, com a exibição de “Vitória ou Morte – Queda da Índia Portuguesa” (2002), de Pedro Efe, “I am Nothing” (2019) e “Caazu” (2015), de Ronak Kamak, “Dances of Goa” (2012), de Nalini Elvino de Sousa, “Shifting Sands” (2013), de Sonia Filinto e “Saxtticho Koddo – O Celeiro de Salcete” (2018), de Vince Costa. A entrada é gratuita.

 

“Vitória ou Morte – Queda da Índia Portuguesa” (2002), de Pedro Efe, é um documentário que retrata um acontecimento que, no conturbado ano de 1961, vem abalar profundamente as fundações do regime salazarista: a anexação de Goa pelas tropas da União Indiana, a 17 de Dezembro. De acordo com a sinopse do filme, ao longo de 14 anos – desde que, pela primeira vez, a Índia passou a reivindicar a integração de Goa, Damão e Diu no país recentemente independente – a tensão cresce entre Portugal e a União Indiana, apesar da mediação da ONU e de outras instâncias internacionais. Na crença de que o pacifista Nehru não usaria a força contra o ‘solo sagrado’ da pátria portuguesa, Salazar fica profundamente abalado com o ataque. Uma força de 50 mil homens, com equipamentos modernos, cercou as colónias portuguesas de Goa, Damão e Diu defendidas apenas por um efectivo de 3.500 militares portugueses. Após a apresentação, o filme será comentado por Nuno Vassallo e Silva e Jason Keith Fernandes, com moderação da comissária Maria do Carmo Piçarra.

 

Este ciclo de cinema prossegue com “I Am Nothing” (2019), de Ronak Kamat, no dia 18 de Setembro. Trata-se nas palavras do realizador, de “uma investigação sobre a vida e obras do lendário e enigmático artista goês-português, Vamona Navelcar. O filme fixa o seu processo criativo e tenta compreender o pensamento por detrás das suas obras, enquanto recolhe opiniões profundas e perspicazes sobre e pelo homem informalmente conhecido como ‘o artista de três continentes’”. O filme será comentado por Rosa Maria Perez e outros convidados, com moderação de Maria do Carmo Piçarra.

 

A 22 de Setembro são exibidos quatro filmes documentais sobre a cultura das comunidades goesas, que serão comentados por Jason Keith Fernandes. A projecção inicia-se com “Caazu” (2015), de Ronak Kamak, que mostra a produção artesanal de fenim de caju, uma aguardente produzida nas remotas aldeias de Goa; segue-se “Dances of Goa” (2012), de Nalini Elvino de Sousa, que fixa os estilos de vida, rituais e costumes, revelados através das danças tradicionais das aldeias de Goa; já “Shifting Sands” (2013), de Sonia Filinto, incide sobre a pesca tradicional, o modo de vida das comunidades piscatórias e as ameaças ao seu estilo de vida e ambientais com que se confrontam. A sessão termina com “Saxtticho Koddo – O Celeiro de Salcete” (2018), de Vince Costa, que documenta os costumes da aldeia de Curtorim, na região de Salcete, subjacentes à sua herança.

 

“Era uma vez em Goa: Identidades e Memórias no Cinema” prolonga-se até 29 de Setembro.

 

Ciclo de Cinema

“Era uma vez em Goa: Identidades e Memórias no Cinema”
13, 18 e 22 de Setembro
Auditório e Sala Beijing

18h00
Entrada Gratuita, mediante levantamento prévio de bilhete

Comissária: Maria do Carmo Piçarra

 

Programa

 

13 Setembro| Sala Beijing

Vitória ou Morte – Queda da Índia Portuguesa

De Pedro Efe

2002 |Duração 54’20’’ | Língua original: Português

 

18 Setembro | Sala Beijing

I am Nothing

De Ronak Kamat

2019 |Duração 50’ | Língua original: Inglês

 

22 Setembro | Auditório

COMUNIDADES GOESAS E CULTURAS EM FILMES DOCUMENTAIS

Caazu

De Ronak Kamat

2015 |Duração 7’58’’ | Língua original: Inglês e Concanim, legendas em Inglês

Dances of Goa

De Nalini Elvino de Sousa

2012 |Duração 26’36’’ | Língua original: Inglês

Shifting Sands

De Sonia Filinto

2013 |Duração 28’47’’ | Língua original: Inglês e Concanim, legendas em Inglês

Satticho Koddo – O Celeiro de Salcete

De Vince Costa

2018 |Duração 37’50’’ | Língua original: Inglês, legendas em Português

 

www.museudooriente.pt

 

Mercado de Matosinhos recebe nova edição do Festival Cinema Aventura - 12 a 15 de setembro

Festival Cinema Aventura em Matosinhos.jpeg

 

 

Após a realização de duas mostras de cinema em anos anteriores, a agência de viagens Nomad em parceria com Câmara Municipal de Matosinhos, vai realizar a primeira edição do Festival de Cinema Aventura. Com entrada gratuita, o evento terá lugar no Mercado Municipal de Matosinhos de 12 a 15 de setembro, tendo prevista a exibição de mais de 20 curtas que realçam o poder da viagem, sempre às 21h30, com histórias de aventura que têm o poder de inspirar, emocionar e provocar reflexão no público, procurando realizar algumas mudanças na comunidade e no mundo.

 

De acordo com Luísa Salgueiro, presidente da Câmara Municipal de Matosinhos: “O Mercado Municipal de Matosinhos é um dos locais mais procurados pelos turistas que nos visitam. Fazia todo o sentido acolher naquele espaço emblemático um evento de cariz internacional desta natureza. O cinema de aventura enquadra-se na estratégia de promoção turística do concelho”.

 

A iniciativa irá ser um ponto de encontro e partilha entre viajantes, exploradores e curiosos, de troca de ideias e conhecimento. O programa do festival inclui conferências, exposições fotográficas, workshops e diversos painéis de debate ao longo dos quatro dias do evento. Destaque para o painel dedicado à temática - “O nosso impacto enquanto viajantes”- no dia 14 de setembro, às 12h00, da autoria de Pedro Moreira, autor do Blog Pedro On the Road. O psicólogo português que partiu de bicicleta numa aventura até ao Cabo da Boa Esperança, dará o seu contributo questionando as diferenças na forma como viajamos e deixando a reflexão: Como podemos continuar a correr o mundo, sem comprometer o modo de vida e a cultura de uma região?"

 

Nathan Thornburgh marca presença no Mercado de Matosinhos

 

Destaque ainda para a realização do painel “Roads & kingdoms”, no dia 14 de setembro, às 18h00, com a participação Nathan Thornburgh e o fotógrafo Eduardo Leal. Numa conversa intimista e aberta sobre o significado de narrativa de viagem, através das experiências do Nathan com a Roads & Kingdoms e da produção, para a CNN, da plataforma “Anthony Bourdain: Explore Parts Unknown”, vencedora de um Emmy, gerando um debate sobre a viagem como protagonista. Esta conversa pretende fazer-te questionar sobre as diferenças entre jornalismo, reportagem e narrativa de viagem.

 

De acordo com Thornburgh “quanto mais aprendemos, melhor viajamos”. Foi com esta máxima em mente que fundou o Roads & Kingdoms depois de ter trabalhado durante 10 anos como editor e correspondente estrangeiro da revista TIME.

 

Viajar à boleia pelo mundo e no feminino

 

O Festival de Cinema Aventura quer inspirar todas as mulheres a saírem da sua zona de conforto, abraçando novas experiências e libertando-se de preconceitos para se aproximarem do mundo com uma mente aberta, como percorrer o mundo à boleia. Assim, no próximo dia 14 de setembro, pelas 15h00, o Festival promoverá o painel “À Boleia com Marta Durán”- onde serão partilhadas histórias de duas mulheres – Marta Durán e Tania Muxima que fizeram dessa jornada um estilo de vida, com o objetivo de levar a viajante portuguesa a explorar o que há além da vida quotidiana, encorajando-as ao espírito mais aventureiro.

 

O mundo é feito para ser explorado. Viajar sozinha pode ser um desafio, mas também o começo de uma aventura inesquecível. O Festival de Cinema Aventura irá realizar no próximo dia 15 de setembro, pelas 15h30, um painel dedicado à temática “Mulheres em Viagem” que contará com a presença de Filipa Chatillon, Berta BB Couto e Ana Mineiro para falar sobre o que significa viajar enquanto mulher, partilhando as suas experiências sobre a primeira vez que viajaram sozinhas. Durante esta conversa serão partilhadas histórias das três convidadas que fizeram dessa jornada um estilo de vida. 

 

Durante as três noites do Festival serão exibidos mais de duas dezenas de filmes e documentários, projetados nas bancas do mercado, que irão despertar a sede de aventura do público e inspirar os entusiastas dos destinos exóticos e longínquos do planeta.

 

Festival de Cinema Aventura - "Mulheres em Viagem" um mundo por descobrir no femininoFestival de Cinema Aventura - "Mulheres em Viagem" um mundo por descobrir no feminino

Dia 15 de setembro às 15h30

Festival de Cinema.jpg

 

O mundo é feito para ser explorado. Viajar sozinha pode ser um desafio, mas também o começo de uma aventura inesquecível. O Festival de Cinema Aventura que se realiza de 12 a 15 de setembro, no Mercado Municipal de Matosinhos, irá promover um painel dedicado à temática “Mulheres em Viagem” que contará com a presença de Filipa Chatillon, Berta BB Couto e Ana Mineiro para falar sobre o que significa viajar enquanto mulher, partilhando as suas experiências sobre a primeira vez que viajaram sozinhas.

 

                                                                                                                                         

O Festival de Cinema Aventura quer inspirar todas as mulheres a sair das suas zonas de conforto, abraçando novas experiências e libertando-se de preconceitos para se aproximarem do mundo com uma mente aberta. Assim, no próximo dia 15 de setembro, pelas 15h30, o Festival irá realizar um painel - “Mulheres em viagem” - onde serão partilhadas histórias de três mulheres que fizeram dessa jornada um estilo de vida, com o objetivo de levar a viajante portuguesa a explorar o que há além da vida quotidiana, encorajando-as ao espírito mais aventureiro.

O painel “Mulheres em Viagem” conta com a presença de Filipa Chatillon, Berta BB Couto e Ana Mineiro. Filipa Chatillon, líder de viagens na Nomad, voluntária, apaixonou-se pela partilha, pelo intercâmbio de culturas e pelas histórias que trazia na bagagem. Com um foco na sustentabilidade ambiental e na procura de histórias que inspirem à mudança para uma vida mais ligada à natureza e às relações humanas, a Filipa partiu à descoberta do Mundo. Embora enfermeira de profissão, Berta BB Couto dedicou-se à fotografia. Ao longo dos anos, tem-se dedicado especialmente à fotografia de Viagem, Paisagem e Documental. Ana Isabel Mineiro tem colaborado, desde 1993, com várias publicações portuguesas e espanholas, sendo autora do livro “Onde os Rios têm Marés”. Recentemente combinou os seus interesses por viagens e comida vegan no blogue “Comedores de Paisagem”.

 

 

Festival de Cinema Aventura

 

O Festival de Cinema Aventura regressa ao Mercado Municipal de Matosinhos de 12 a 15 de setembro, onde ao longo de quatro noites, serão exibidos mais de 20 filmes e documentários, projetados nas bancas do mercado, que irão despertar a sede de aventura do público e inspirar os entusiastas dos destinos exóticos e longínquos do planeta.

 

 

Com entrada gratuita, o evento é promovido pela agência de viagens Nomad em parceria com a Câmara Municipal de Lisboa, tendo prevista a exibição de mais de 20 filmes e documentários, sempre às 21h30, com histórias de aventura que têm o poder de inspirar, emocionar e provocar reflexão no público, procurando realizar algumas mudanças na comunidade e no mundo. O festival irá ser também, um ponto de encontro e partilha entre viajantes, exploradores e curiosos, de troca de ideias e conhecimento. O programa do festival inclui ainda conferências, exposições fotográficas, festas, workshops, conversas e muito mais.

 

 

“A Herdade” é o filme português candidato aos Óscares do próximo ano

A longa-metragem “A Herdade”, do realizador Tiago Guedes e do produtor Paulo Branco, foi o filme escolhido pelos membros da Academia Portuguesa de Cinema (APC), para representar Portugal nos Óscares 2020, na categoria de Melhor Filme Internacional.

Após a sua estreia mundial na competição oficial do 76.º Festival de Cinema de Veneza, onde o realizador Tiago Guedes foi distinguido com o Prémio Bisato d'Oro para Melhor Realização, o filme encontra-se agora no Festival de Toronto TIFF, marcando a primeira vez que um filme português é seleccionado para a secção Special Presentations do festival.

Com estreia em Portugal marcada para o dia 19 de setembro, "A Herdade" conta a saga de uma família portuguesa, proprietária de um dos maiores latifúndios da Europa, na margem sul do Rio Tejo, fazendo o retrato da vida histórica, política, social e financeira do nosso país, entre os anos 40 e os dias de hoje. Integram o elenco atores bem conhecidos do público português, como Albano Jerónimo, Sandra Faleiro, Miguel Borges e Victoria Guerra.

Para o Presidente da APC, Paulo Trancoso, “Nos últimos dois anos o cinema português tem vindo a afirmar-se no plano nacional e internacional, não só por manter uma presença constante e destacada em festivais de cinema onde Portugal não participava há vários anos, mas também pelo crescente número de espectadores que acorrem às salas para ver filmes portugueses” e prosseguiu “Este ano, até agora a produção nacional levou às salas cerca de 490 mil espectadores, um aumento impressionante face aos 145 mil espectadores contabilizados no mesmo período em 2018. Todos os filmes que estavam nomeados à candidatura de Portugal para os Óscares - "Raiva" de Sérgio Tréfaut, "Parque Mayer" de António-Pedro Vasconcelos e "Variações" de João Maia – são filmes que demonstram a vitalidade e diversidade inequívoca do cinema português

A 92.ª cerimónia de entrega dos Óscares decorrerá no dia 9 de fevereiro de 2020, no teatro Dolby, em Los Angeles. Durante o evento, a Academia Americana de Cinema distribuirá prémios em 24 categorias.

Festival de Cinema Aventura realiza painel "À Boleia com Marta Durán" - Percorrer o mundo à boleia no feminino

Matosinhos, irá promover um painel dedicado a esta temática no próximo dia 14, pelas 15h. Tania Muxima e Marta Durán marcarão presença nesta conversa, partilhando as suas experiências sobre a primeira vez que viajaram sozinhas à boleia...

 

O Festival de Cinema Aventura quer inspirar todas as mulheres a sairem da sua zona de conforto, abraçando novas experiências e libertando-se de preconceitos para se aproximarem do mundo com uma mente aberta, como percorrer o mundo à boleia. Assim, no próximo dia 14 de setembro, pelas 15h00, o Festival promoverá o painel “À Boleia com Marta Durán”- onde serão partilhadas histórias de duas mulheres – Marta Durán e Tania Muxima que fizeram dessa jornada um estilo de vida, com o objetivo de levar a viajante portuguesa a explorar o que há além da vida quotidiana, encorajando-as ao espírito mais aventureiro.

 

Marta Durán tem 24 anos é licenciada em Comunicação Social e faz das suas viagens um modo de vida. Em 2017 esteve três meses entre a Índia e o Nepal, foi aos EUA e Canadá, e ainda deu um pulo ao continente africano. Tudo começou no dia em que decidiu esticar o dedo para pedir boleia. Estava numa área de serviço da Suíça, decidida a chegar à Alemanha, quando entrou num carro Jaguar. Foi a primeira de muitas viagens à borla. Tania Muxima é uma viajante compulsiva e não consegue resistir a uma boa fotografia e acredita que viajar à boleia é uma forma barata e descontraída de explorar o mundo, e de associar uma componente de aventura às suas viagens. 

 

“Mulheres em Viagem” dia 15 de Setembro, às 15h30       

 

O mundo é feito para ser explorado. Viajar sozinha pode ser um desafio, mas também o começo de uma aventura inesquecível. O Festival de Cinema Aventura irá realizar no próximo dia 15 de Setembro, pelas 15h30, no Mercado Municipal de Matosinhos, um painel dedicado à temática “Mulheres em Viagem” que contará com a presença de Filipa Chatillon, Berta BB Couto e Ana Mineiro para falar sobre o que significa viajar enquanto mulher, partilhando as suas experiências sobre a primeira vez que viajaram sozinhas. Durante esta conversa serão partilhadas histórias das três convidadas que fizeram dessa jornada um estilo de vida. 

 

O painel “Mulheres em Viagem” conta com a presença de Filipa Chatillon, Berta BB Couto e Ana Mineiro. Filipa Chatillon, líder de viagens na Nomad, voluntária, apaixonou-se pela partilha, pelo intercâmbio de culturas e pelas histórias que trazia na bagagem. Com um foco na sustentabilidade ambiental e na procura de histórias que inspirem à mudança para uma vida mais ligada à natureza e às relações humanas, a Filipa partiu à descoberta do Mundo. Embora enfermeira de profissão, Berta BB Couto dedicou-se à fotografia. Ao longo dos anos, tem-se dedicado especialmente à fotografia de Viagem, Paisagem e Documental. Ana Isabel Mineiro tem colaborado, desde 1993, com várias publicações portuguesas e espanholas, sendo autora do livro “Onde os Rios têm Marés”. Recentemente combinou os seus interesses por viagens e comida vegan no blogue “Comedores de Paisagem”.´

Festival de Cinema.jpg.png

 

Nomad realiza Festival de Cinema Aventura

 

O Festival de Cinema Aventura regressa ao Mercado Municipal de Matosinhos de 12 a 15 de setembro, onde ao longo de quatro noites, serão exibidos mais de 20 filmes e documentários, projetados nas bancas do mercado, que irão despertar a sede de aventura do público e inspirar os entusiastas dos destinos exóticos e longínquos do planeta.

 

Com entrada gratuita, o evento é promovido pela agência de viagens Nomad em parceria com a Câmara Municipal de Lisboa, tendo prevista a exibição de mais de 20 filmes e documentários, sempre às 21h30, com histórias de aventura que têm o poder de inspirar, emocionar e provocar reflexão no público, procurando realizar algumas mudanças na comunidade e no mundo. O festival irá ser também, um ponto de encontro e partilha entre viajantes, exploradores e curiosos, de troca de ideias e conhecimento. O programa do festival inclui ainda conferências, exposições fotográficas, festas, workshops, conversas e muito mais.

Matosinhos recebe figuras de renome internacional em Festival de Cinema Aventura

De 12 a 15 de setembro no Mercado de Matosinhos

 

image001.jpg

 

Matosinhos recebe figuras de renome internacional em Festival de Cinema Aventura

Após a realização de duas mostras de cinema em anos anteriores, a agência de viagens Nomad em parceria com Câmara Municipal de Matosinhos, vai realizar a primeira edição do Festival de Cinema Aventura. Com entrada gratuita, o evento terá lugar no Mercado Municipal de Matosinhos de 12 a 15 de setembro, tendo prevista a exibição de mais de 20 curtas que realçam o poder da viagem, sempre às 21h30, com histórias de aventura que têm o poder de inspirar, emocionar e provocar reflexão no público, procurando realizar algumas mudanças na comunidade e no mundo.

 

De acordo com Luísa Salgueiro, presidente da Câmara Municipal de Matosinhos: “O Mercado Municipal de Matosinhos é um dos locais mais procurados pelos turistas que nos visitam. Fazia todo o sentido acolher naquele espaço emblemático um evento de cariz internacional desta natureza. O cinema de aventura enquadra-se na estratégia de promoção turística do concelho”.

 

A iniciativa irá ser um ponto de encontro e partilha entre viajantes, exploradores e curiosos, de troca de ideias e conhecimento. O programa do festival inclui conferências, exposições fotográficas, workshops e diversos painéis de debate ao longo dos quatro dias do evento. Destaque para o painel dedicado à temática - “O nosso impacto enquanto viajantes”- no dia 14 de setembro, às 12h00, da autoria de Pedro Moreira, autor do Blog Pedro On the Road. O psicólogo português que partiu de bicicleta numa aventura até ao Cabo da Boa Esperança, dará o seu contributo questionando as diferenças na forma como viajamos e deixando a reflexão: Como podemos continuar a correr o mundo, sem comprometer o modo de vida e a cultura de uma região?"

 

Nathan Thornburgh marca presença no Mercado de Matosinhos

 

Destaque ainda para a realização do painel “Roads & kingdoms”, no dia 14 de setembro, às 18h00, com a participação Nathan Thornburgh e o fotógrafo Eduardo Leal. Numa conversa intimista e aberta sobre o significado de narrativa de viagem, através das experiências do Nathan com a Roads & Kingdoms e da produção, para a CNN, da plataforma “Anthony Bourdain: Explore Parts Unknown”, vencedora de um Emmy, gerando um debate sobre a viagem como protagonista. Esta conversa pretende fazer-te questionar sobre as diferenças entre jornalismo, reportagem e narrativa de viagem.

 

De acordo com Thornburgh “quanto mais aprendemos, melhor viajamos”. Foi com esta máxima em mente que fundou o Roads & Kingdoms depois de ter trabalhado durante 10 anos como editor e correspondente estrangeiro da revista TIME.

 

Viajar à boleia pelo mundo e no feminino

 

O Festival de Cinema Aventura quer inspirar todas as mulheres a saírem da sua zona de conforto, abraçando novas experiências e libertando-se de preconceitos para se aproximarem do mundo com uma mente aberta, como percorrer o mundo à boleia. Assim, no próximo dia 14 de setembro, pelas 15h00, o Festival promoverá o painel “À Boleia com Marta Durán”- onde serão partilhadas histórias de duas mulheres – Marta Durán e Tania Muxima que fizeram dessa jornada um estilo de vida, com o objetivo de levar a viajante portuguesa a explorar o que há além da vida quotidiana, encorajando-as ao espírito mais aventureiro.

 

O mundo é feito para ser explorado. Viajar sozinha pode ser um desafio, mas também o começo de uma aventura inesquecível. O Festival de Cinema Aventura irá realizar no próximo dia 15 de setembro, pelas 15h30, um painel dedicado à temática “Mulheres em Viagem” que contará com a presença de Filipa Chatillon, Berta BB Couto e Ana Mineiro para falar sobre o que significa viajar enquanto mulher, partilhando as suas experiências sobre a primeira vez que viajaram sozinhas. Durante esta conversa serão partilhadas histórias das três convidadas que fizeram dessa jornada um estilo de vida. 

 

Durante as três noites do Festival serão exibidos mais de duas dezenas de filmes e documentários, projetados nas bancas do mercado, que irão despertar a sede de aventura do público e inspirar os entusiastas dos destinos exóticos e longínquos do planeta.

 

 

Mercado de Matosinhos recebe visita de jornalista da revista TIME e partilha Viagens à Boleia pelo mundo - Festival Cinema Aventura - 14 e 15

image002.jpg

 

No dia 14 de setembro, pelas 15h00, o Festival promoverá o painel “À Boleia com Marta Durán”- onde a jovem portuguesa de 24 anos partilhará com o público as suas histórias à boleia pelo mundo, fazendo dessas jornadas um estilo de vida, com o objetivo de levar as viajantes portuguesas a explorar o que há além da vida quotidiana, encorajando-as ao espírito mais aventureiro.

 

Ainda no sábado dia 14, o Festival de Cinema Aventura recebe a visita de Nathan Thornburgh, no painel “Roads & kingdoms”, às 18h00, onde será abordado o significado das viagens e as diferenças entre jornalismo, reportagem e narrativa de viagem.

 

No domingo dia 15, o Festival apresenta pelas 15h30, um painel dedicado à temática “Mulheres em Viagem” que contará com a presença de Filipa Chatillon, Berta BB Couto e Ana Mineiro para falar sobre o que significa viajar enquanto mulher, partilhando as suas experiências sobre a primeira vez que viajaram sozinhas. O mundo é feito para ser explorado. Viajar sozinha pode ser um desafio, mas também o começo de uma aventura inesquecível. Durante esta conversa serão partilhadas histórias das três convidadas que fizeram dessa jornada um estilo de vida.

 

O Festival de Cinema Aventura é organizado pela Agência Nomad em parceria com Câmara Municipal de Matosinhos. Este evento tem entrada gratuita e terá lugar no Mercado Municipal de Matosinhos até 15 de setembro, onde serão exibidas mais de 20 curtas sobre histórias de aventura que têm o poder de inspirar, emocionar e provocar reflexão, procurando com isso fomentar algumas mudanças na comunidade e no mundo.

 

O programa do festival inclui conferências, exposições fotográficas, workshops e diversos painéis de debate.

 

Mercado de Matosinhos: R. França Júnior, 4450-718 Matosinhos

 

 

 

SÁBADO,

13 SETEMBRO

 

9H00 - 13H00 ( INTERVENÇÃO )
WWF FISH FOWARD
MERCADO DE MATOSINHOS

 

7H00 - 12H00 ( INTERVENÇÃO )
INTERVENÇÃO URBANA COM OS BONS SELVAGENS
MANIFESTO | ESGOTADO

 

10H00 - 11H00 ( CONVERSA )
KUMBHA MELA, NOS BASTIDORES DO EPICENTRO DO HINDUISMO COM EDUARDO LEAL E DÂNIA RODRIGUES
MANIFESTO | ENTRADA LIVRE

 

10H00 ( REALIDADE VIRTUAL )
FILME VR: ROHINGYA
MANIFESTO | EM CONTINUO DURANTE O DIA


10H00 - 13H00 ( OFICINA )
ANIMAÇÃO PARA CRIANÇAS: STOP MOTION
MANIFESTO | SUJEITO A INSCRIÇÃO DE 5€


10H00 - 12H00 ( FOTOGRAFIA )
INSTAMEET “O MUNDO NUMA RUA” COM RITA ANDRADE
MANIFESTO | ESGOTADO

 

10H00 - 13H00 ( MASTERCLASS )
TRAVEL JOURNALISM COM NATHAN THORNBURGH
NOMAD POP-UP | ESGOTADO

 

11H00 - 12H00 ( CONVERSA )
TRANSFORMAR UMA IDEIA
NUMA NARRATIVA COM FUMAÇA
ESPAÇO FUJIFILM | ENTRADA LIVRE

 

12H00 - 13H00 ( FILME )
EXIBIÇÃO “RIOS D’OURO”
COM JOÃO LABRINCHA E JORGE PELICANO
MANIFESTO | ENTRADA LIVRE

 

12H00 - 13H00 ( DEBATE )
O NOSSO IMPACTO ENQUANTO VIAJANTES
MODERADO POR PEDRO ON THE ROAD
ESPLANADA MANIFESTO | ENTRADA LIVRE

 

15H00 - 16H00 ( CONVERSA )
À BOLEIA COM MARTA DURÁN
ESPLANADA MANIFESTO | ENTRADA LIVRE


15H00-16H00 ( CONVERSA )
EVERESTE, NO TOPO DO MUNDO COM RUI SILVA
MANIFESTO | ENTRADA LIVRE


15H00-16H00 ( LIVE PODCAST )
ROHINGYAS: UMA NOVA FORMA DE CONTAR A SUA HISTÓRIA COM KITATO E RUI BARBOSA BATISTA
ESPAÇO FUJIFILM | ENTRADA LIVRE


15H00 - 18H00 ( OFICINA )
ANIMAÇÃO PARA CRIANÇAS: BRINQUEDOS OPTICOS
MANIFESTO | SUJEITO A INSCRIÇÃO DE 5€

Nas oficinas de animação dirigidas aos mais novos vamos perceber como no cinema é criada a ilusão do movimento. Entre amigos e numa dinâmica de colaboração criativa pontuam-se três momentos que dão asas à imaginação!
A partir da exploração de alguns dos brinquedos ópticos mais populares no séc. XIX, serão criadas pequenas narrativas em desenho sequencial.
Inscrição limitada a 10 crianças,
com idades entre os 5 aos 12 anos


16H00 - 17H00 ( APRESENTAÇÃO )
TRILOGIA “TUDO É POSSÍVEL” COM JORGE VASSALLO
ESPLANADA MANIFESTO | ENTRADA LIVRE

 

16H30 - 18H00 ( CONVERSA )
FOTOGRAFIA DE VIAGEM COM DANIEL RODRIGUES
ESPAÇO FUJIFILM | ENTRADA LIVRE

 

17H00-18H00 ( FESTA )
CERVEJA & VIAGEM COM PEDRO ON THE ROAD
ESPLANADA MANIFESTO | ENTRADA LIVRE

Trocamos cervejas por histórias de viagem! Junta-te ao Pedro On The Road para um animado fim de tarde em comunidade. Queremos ouvir as aventuras, peripécias e histórias que tornaram as tuas viagens únicas. Sobe ao palco e mostra-nos porque é que as tuas histórias valem uma cerveja OPO74.

 

18H00 - 19H30 ( CONVERSA )
ROADS&KINGDOMS COM NATHAN THORNBURGH
MANIFESTO | ENTRADA LIVRE


18H30 - 19H30 ( PRÉMIO )
VOTAÇÃO DO PÚBLICO PARA O PRÉMIO THE NORTH FACE
ESPAÇO FUJIFILM | ENTRADA LIVRE

 

21H30 - 23H30 ( FILMES )
3ª SESSÃO DE CINEMA AVENTURA
INTERIOR DO MERCADO DE MATOSINHOS | ENTRADA LIVRE

 

Nunca é Tarde
Carlos Carneiro - 13 min

Queen Maud Land
Cedar Wright - 27 min

Sand in the Sky
Gnarly Bay - 4 min

Lixo Vivo
Guiga Pirá - 10 min

China: A Skier's Journey
Jordan Manley - 16 min

Doug Tompkins Wild Legacy
James Q Martin - 12 min

Ace and the Desert Dog
Brendan Leonard - 9 min

23H30 - 01H00 ( FESTA )

DOMINGO,

15 SETEMBRO

 

10H00 - 11H00 ( APRESENTAÇÃO )
MIÚDOS FEITOS DE LIBERDADE COM FILOMENA MOURA
MANIFESTO | ENTRADA LIVRE

 

10H00 ( REALIDADE VIRTUAL )
FILME VR: CLIMBING GIANTS
MANIFESTO | EM CONTINUO DURANTE O DIA

 

11H30 - 13H00 ( DEBATE )
O IMPACTO DOS CONTEÚDOS ONLINE NA SUSTENTABILIDADE DOS DESTINOS
COM FILIPE MORATO GOMES E RUI BARBOSA BATISTA
MANIFESTO | ENTRADA LIVRE

 

11H30 - 13H00 ( CONVERSA )
A CONSERVAÇÃO DE NATUREZA EM PORTUGAL
MODERADO PELO ANTÓNIO LUÍS CAMPOS
ESPLANADA MANIFESTO | ENTRADA LIVRE

 

15H00 - 16H00 ( APRESENTAÇÃO )
OS BASTIDORES DO “LIXO VIVO” COM GUIGA PIRÁ
MANIFESTO | ENTRADA LIVRE

 

15H30 - 16H30 ( CONVERSA )
MULHERES EM VIAGEM
MODERADO PELA FILIPA CHATILLON
ESPLANADA MANIFESTO | ENTRADA LIVRE

 

15H00 - 17H30 ( WORKSHOP )
COMO PREPARAR UMA VIAGEM DE TREKKING
COM DIOGO TAVARES
NOMAD POP-UP | ESGOTADO

 

 

16H30 - 17H30 ( CONVERSA )
OS BASTIDORES DO “THE CURRENT” COM JOÃO SOUSA
MANIFESTO | ENTRADA LIVRE

 

16H30 - 17H30 ( CONVERSA )
EM REPORTAGEM PARA A NATIONAL GEOGRAPHIC
COM ANTÓNIO LUIS CAMPOS
ESPAÇO FUJIFILM | ENTRADA LIVRE

 

17H30 - 19H00 ( FESTA )
FESTA DE ENCERRAMENTO
MONSTER JINX | ENTRADA LIVRE

Troia com sessões de cinema ao ar livre pata toda a família

Noites cinéfilas estão de volta às sextas e sábados até 14 de setembro

Cine_NOS Troia.jpg

 

Numa parceria com a NOS, o Troia regressa neste verão com as sessões gratuitas de cinema ao ar livre nas noites de sexta-feira e sábado. A programação traz filmes para toda a família que serão exibidos até 14 de setembro.

 

Os mais icónicos filmes de animação, ação, drama e comédia, estão em cartaz no Cine NOS Troia, situado no anfiteatro do Jardim do Norte, da Alameda Pinheiro Manso.

 

Neste cinema ao ar livre, os turistas e residentes da Península de Troia-Comporta podem assistir a sessões gratuitas que decorrem todas as sextas e sábado, a partir das 21h30. Antes porém, pelas 20h00, o espaço conta já com animação para entreter as famílias que por esta altura não prescindem da tranquilidade e exclusividade deste destino único de férias.

 

Conheça a programação completa do Cine NOS Troia:

12/07 – Gru – O Maldisposto 3

13/07 – Velocidade Furiosa 8

19/07 – Coco

20/07 – Monstros Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald

26/07 – Príncipe Bué Encantado

27/07 – Mundo Jurássico: Reino Caído

02/08 – Teen Titans Go! O Filme

03/08 – Tom Raider

09/08 – Incredibles 2: Os Super-Heróis

10/08 – Mamma Mia! Here We Go Again

16/08 – Bailarina

17/08 – A Bela e o Monstro

23/08 – Mr. Link

24/08 – Bumblebee

30/08 – Ralph vs Internet

31/08 – Johnny English Volta a Atacar

06/09 – A Ovelha Choné – O Filme

07/09 – O Mistério da Casa do Relógio

13/09 – Como Treinares o teu Dragão: Mundo Secreto

14/09 – Shazam!

 

Toda a agenda de eventos do Troia disponível aqui.

Alpinista João Garcia apresenta filme de superação no Mercado de Matosinhos - Festival Cinema Aventura - 13 de setembro às 16h30

image003.jpg

 

No dia 13 de setembro, o Festival de Cinema Aventura destaca a apresentação do filme “Thar-Ua” com João Garcia, a partir das 16h30. A palavra tibetana Thar-Ua significa “superada”, dando o nome ao documentário de João Garcia. Nesta história de superação, o alpinista português expõe os desafios de quatro atletas que tiveram que superar obstáculos impensáveis para se manterem vivos. Em “Thar-Ua”, João Garcia, Ferran Latorre, Alex Txikon e Nuria Dicks partem numa jornada emocional que os leva a enfrentar os seus medos, alegrias, sentimentos e pensamentos.

 

O Festival de Cinema Aventura é organizado pela Agência Nomad em parceria com Câmara Municipal de Matosinhos. Este evento tem entrada gratuita e terá lugar no Mercado Municipal de Matosinhos até 15 de setembro, onde serão exibidas mais de 20 curtas sobre histórias de aventura que têm o poder de inspirar, emocionar e provocar reflexão, procurando com isso fomentar algumas mudanças na comunidade e no mundo.

 

O programa do festival inclui conferências, exposições fotográficas, workshops e diversos painéis de debate.

 

Mercado de Matosinhos: R. França Júnior, 4450-718 Matosinhos

 

Programa SEXTA-FEIRA, 13 SETEMBRO

10H00 ( REALIDADE VIRTUAL )
FILME VR: FREE SOLO
MANIFESTO | EM CONTINUO DURANTE O DIA

15H00 - 16H00 ( APRESENTAÇÃO )
FJÄLLRÄVEN POLAR COM RICARDO CARVALHO
MANIFESTO | ENTRADA LIVRE

16H30 - 17H30 ( FILME )
EXIBIÇÃO "THAR-UA" COM JOÃO GARCIA
MANIFESTO | ENTRADA LIVRE

18H00 - 19H30 ( FILME )
ESTREIA DO FILME “MOUNTAIN OF STORMS”
NOMAD POP-UP | ENTRADA LIVRE

18H00 - 19H30 ( FESTA )
SURFRIDER FOUNDATION + MONSTER JINX
ESPLANADA MANIFESTO | ENTRADA LIVRE

18H30 - 19H30 ( PRÉMIO )
VOTAÇÃO DO PÚBLICO PARA O PRÉMIO THE NORTH FACE
ESPAÇO FUJIFILM | ENTRADA LIVRE

21H30 - 23H30 ( FILMES )
2ª SESSÃO DE CINEMA AVENTURA
MERCADO DE MATOSINHOS | ENTRADA LIVRE

Can't Ski Vegas
Joey Schusler - 22 min

Shaped by the Ocean
Alex Schuchmann - 5 min

People Water
Forest Woodward - 23 min

When We Were Knights
Anson Fogel - 12 min

The Line Between Good and Evil
Ben Clark - 14 min

Alcindo
Roger Serrasqueiro - 4 min

Cascadia
Danny Macaskil

"A Herdade" é o filme português candidato aos Óscares do próximo ano

A longa-metragem “A Herdade”, do realizador Tiago Guedes e do produtor Paulo Branco, foi o filme escolhido pelos membros da Academia Portuguesa de Cinema (APC), para representar Portugal nos Óscares 2020, na categoria de Melhor Filme Internacional.

Após a sua estreia mundial na competição oficial do 76.º Festival de Cinema de Veneza, onde o realizador Tiago Guedes foi distinguido com o Prémio Bisato d'Oro para Melhor Realização, o filme encontra-se agora no Festival de Toronto TIFF, marcando a primeira vez que um filme português é seleccionado para a secção Special Presentations do festival.

Com estreia em Portugal marcada para o dia 19 de setembro, "A Herdade" conta a saga de uma família portuguesa, proprietária de um dos maiores latifúndios da Europa, na margem sul do Rio Tejo, fazendo o retrato da vida histórica, política, social e financeira do nosso país, entre os anos 40 e os dias de hoje. Integram o elenco atores bem conhecidos do público português, como Albano Jerónimo, Sandra Faleiro, Miguel Borges e Victoria Guerra.

Para o Presidente da APC, Paulo Trancoso, “Nos últimos dois anos o cinema português tem vindo a afirmar-se no plano nacional e internacional, não só por manter uma presença constante e destacada em festivais de cinema onde Portugal não participava há vários anos, mas também pelo crescente número de espectadores que acorrem às salas para ver filmes portugueses” e prosseguiu “Este ano, até agora a produção nacional levou às salas cerca de 490 mil espectadores, um aumento impressionante face aos 145 mil espectadores contabilizados no mesmo período em 2018. Todos os filmes que estavam nomeados à candidatura de Portugal para os Óscares - "Raiva" de Sérgio Tréfaut, "Parque Mayer" de António-Pedro Vasconcelos e "Variações" de João Maia – são filmes que demonstram a vitalidade e diversidade inequívoca do cinema português

A 92.ª cerimónia de entrega dos Óscares decorrerá no dia 9 de fevereiro de 2020, no teatro Dolby, em Los Angeles. Durante o evento, a Academia Americana de Cinema distribuirá prémios em 24 categorias.