Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Município promove Concurso Local de Leitura - 28 fev. e 6 de mar.

Concurso Local Leitura.jpg

 

O Município de Palmela promove o Concurso Local de Leitura, com sessões nos dias 28 de fevereiro e 6 de março, entre as 10h00 e as 13h00, no Auditório Municipal de Pinhal Novo - Rui Guerreiro e na Escola Básica 2/3 e Secundária José Saramago (Poceirão).

Esta iniciativa surge na sequência do Concurso Nacional de Leitura (CNL), que este ano letivo, por razões de estruturação, foi interrompido. Recorde-se que o Município participa desde 2019 no CNL com bons níveis de adesão e resultados alcançados.

No dia 28 de fevereiro, a sessão será dedicada às/aos alunas/os dos 1.º e 2.º Ciclos do Ensino Básico enquanto que o dia 6 de março será destinado às leituras das/os alunas/os do 3.º Ciclo e Ensino Secundário.

As leituras têm por base a obra “Livro Livre”, dos autores Francisco Bairrão Ruivo, Joana Paz e Danuta Wojciechowska. O livro constitui uma forma de comemorar o 25 de Abril, dando a conhecer a crianças e jovens este marco da História de Portugal e o seu legado. Celebra os direitos e as liberdades fundamentais consagrados na Constituição de 1976 como a sua principal herança e sublinha a importância e responsabilidade de viver em democracia.

O Concurso Local de Leitura - que contará com animação realizada pelos autores do “Livro Livre” - enquadra-se nas Comemorações dos 50 anos do 25 Abril. As/os alunas/as participantes recebem um certificado de participação e as/os vencedoras/es (três primeiros apurados para cada ciclo de ensino) um cheque brinde.

A leitura, bem como a expressividade oral das/os participantes será avaliada por um júri constituído por uma/um representante da Rede de Bibliotecas Públicas do Município de Palmela, pela coordenadora interconcelhia da Rede de Bibliotecas Escolares e por um dos convidados do momento de animação.

nscrições abertas para o Drive In Arte, no Seixal

image001.png

Estão abertas, até 18 de fevereiro, as inscrições para a Mostra de Arte Jovem Drive In Arte, a decorrer entre os meses de junho e setembro, ao longo da Avenida 1.º de Maio, Amora, no sentido Fogueteiro-Cruz de Pau.

Mais uma vez, a Câmara Municipal do Seixal proporciona aos novos criadores, na área das artes plásticas, a possibilidade de mostrar aquilo que produzem, ampliando tanto as suas obras para um formato fora do comum, mas também a visibilidade dessas mesmas criações para um vasto número de pessoas que todos os dias passam por aquela que é uma das principais vias do concelho.

«Divulgar e promover a criação artística e os novos criadores é o objetivo do Drive In Arte que, todos os anos, traz a arte de jovens artistas para a rua, numa grande galeria ao ar livre», salienta o presidente da Câmara Municipal do Seixal, Paulo Silva. 

A iniciativa é dirigida a jovens com idades compreendidas entre os 14 e os 30 anos e será aberta a todos os residentes no distrito de Setúbal.

Os prémios são de 1000 euros para o primeiro lugar, 750 para o segundo e de 500 para o terceiro.

Mais informações em cm-seixal.pt, telefone 212 275 616 e email juventude@cm-seixal.pt.

Ponte... Nas Ondas! - 7º Concurso "As imagens do património"

Ponte…nas ondas! promove a recuperação e aposta nos valores das fotografias para que possam ser usadas no âmbito escolar, para serem conhecidas pelo público em geral e contribuir assim no âmbito analógico para o formato digital. Para esta atividade será imprescindível a colaboração das famílias e dos professores, colaboração que agradecemos de antemão.

Também se incluí uma categoria de PODCASTs relacionados com as imagens do património.

Participar na sétima edição:
O prazo para envio termina o 23 de junho de 2024.

Envie as imagens e textos através de Wetransfer, dropbox,... ou por mail para: certame@escolasnasondas.com

Indicar sempre o nome, escola e telefone de contato

 

descarregar (4).jpg

 

O património cultural imaterial é constituído principalmente por conhecimentos, técnicas, formas de organização ou de expressão coletivas, conjuntamente com as manifestações festivas e familiares. As imagens dos álbuns familiares contêm muitas destas manifestações e vivências, que podem ser desconhecidas pelos alunos nas escolas.
Neste trabalho de transmissão através das imagens, é necessária a implicação das famílias para ajudar a compreender os contextos onde se produziram as expressões culturais documentadas. O papel do professor é também fundamental como agente privilegiado dessa transmissão.
Neste concurso, os alunos não só devem procurar essas fotografias a preto e branco, como também inteirar-se do seu contexto e das pessoas retratadas. A partir daí deverão elaborar um texto (nota explicativa) ou um áudio (podcast), onde expliquem o conteúdo e a vivência de cada imagem.
A Associação Ponte...nas ondas! promove a recuperação e aposta no valor das fotografias para que possam ser usadas em âmbitos escolar, pela carga didática que possuem, e para serem conhecidas pelo público em geral.
Uma das características que potencía a qualidade desta atividade, é a implicação e colaboração das famílias dos alunos, por forma a fomentar a comunicação intergeracional, um dos objetivos básicos na recuperação e divulgação do património cultural.
Ponte... nas ondas! leva já alguns anos a trabalhar com as administrações educativas, para que o estudo do Património Cultural Comum faça parte do curriculum escolar, incorporando a prática diária nas aulas, como forma de transição às novas gerações Por tudo isto, a Associação Cultural e Pedagógica Ponte... mas ondas! promove o 7º Concurso de Recolha das Imagens do Património Imaterial Galego Português, com o seguinte regulamento:

REGULAMENTO do CONCURSO
1. O Concurso terá duas categorias:
Na primeira, poderão participar os alunos da Pré-Escola e Primária, do sistema educativo galego. Em Portugal poderão participar os alunos do Ensino Básico e do 2º Ciclo.
Na segunda poderão participar alunos da Secundária, Bacharelado e Ciclos Formativos, do sistema educativo galego. Em Portugal, participarão os alunos do 3º Ciclo e do Ensino Secundário.
2. As fotografias deverão conter imagens de qualquer aspeto relacionado com o Património Cultural Imaterial e que tenham sido captadas em datas anteriores a 1970.
3. As fotografias deverão ser digitalizadas, com a maior resolução possível, em formato jpg ou png.
4. Cada imagem deverá estar acompanhada de um texto livre, onde se poderão detalhar os dados básicos da foto, (onde foi tirada, quem aparece na foto, data aproximada e uma explicação do que se vê), explicando a relação dessa imagem com o Património Cultural. O texto deve ser enviado em formato Word, OpenOffice ou na própria mensagem do mail. Terá uma extensão máxima de 150 palavras na 1ª categoria e de 250 na 2ª categoria.
5. Cada participante só poderá enviar fotografias que sejam propriedade da sua família, sendo motivo de exclusão do concurso, a apresentação de imagens fora desse âmbito.
6. Cada centro educativo poderá participar com a quantidade de fotografias que desejar.
7. Fora do concurso poderão ainda participar, com o envio de fotografias, pessoas e entidades que não estejam inseridas no sistema educativo. O júri irá avaliar também estas imagens, podendo atribuir uma menção honrosa às que considere merecedoras.
8. Também podem participar no Concurso enviando um podcast que faça referência a uma das imagens contempladas no ponto 2. Será dado valor à descrição e à qualidade do áudio.
9. O podcast deverá ter uma duração máxima de 5 minutos, podendo conter música, entrevistas ou qualquer outro material que explique a foto que o acompanha. Deverá ser enviado num dos formatos habituais das plataformas (por exemplo, upload em Ivoox).
10. O Júri, formado por professores, fotógrafos, etnógrafos e antropólogos da Galiza e do Norte de Portugal, irá valorizar a qualidade e o interesse patrimonial das fotografias, com as memórias descritivas que as acompanham. O mesmo acontecerá com os podcast recebidos.
11. PRÉMIOS
1ª Categoria: 1º prémio: computador portátil para a família portadora da fotografia vencedora 2º prémio: um tablet de 10” 3º prémio: um tablet de 8” Podcast: um tablet e uns auriculares sem fios.
2ª Categoria: 1º prémio: computador portátil para a família portadora da fotografia vencedora 2º prémio: um tablet de 10” 3º prémio: um tablet de 8” Podcast: um tablet e uns auriculares sem fios Prémio.
Especial: um computador portátil para a escola que apresente um trabalho expressivo em que se misturem fotografias com outros meios de expressão e técnicas, ou envie o maior conjunto de fotografias que, cumprindo o regulamento, tenham grande relevância pelo seu conteúdo.
12. O júri irá valorizar as imagens pela seguinte ordem e critérios:
Que seja reflexo de uma manifestação do PCI. A fotografia deve mostrar uma tradição ou expressão do Património refletindo, a sua essência.
Que o texto que a acompanha ajude a entender o Património  que nela é retratado.
Qualidade da proposta visual da fotografia.
13. No caso do júri considerar que nenhum dos trabalhos apresentados tem a qualidade requerida, poderá não atribuir o prémio a uma das categorias.
14. Uma vez atribuídos os prémios, se o júri considerar  que existem mais trabalhos merecedores de um reconhecimento, poderá concedê-lo até ao máximo de dois.
15. A participação no concurso inclui a aceitação deste regulamento e a autorização para a divulgação e exposição dos trabalhos.
16. O prazo de apresentação dos trabalhos decorrerá até 23 de junho de 2024.
17. As fotos, textos e podcasts podem ser enviados por e-mail para certame@escolasnasondas.- indicando: nome do aluno, escola, nível de ensino e telefone de contacto do docente responsável.
18. Os resultados Concurso serão tornados públicos em setembro de 2024, nas páginas Web de PNO! e comunicados diretamente aos vencedores.
19. A decisão do júri não pode ser objeto de reclamação. Qualquer questão que não esteja contemplada neste regulamento e possa surgir ao longo do processo, será analisada pelo júri.
20. Para qualquer dúvida ou questão sobre este Concurso: ondas@pontenasondas.org ou www.pontenasondas.org 

11ª edição - Concurso de Jovens Talentos

Concurso Jovens Talentos

 

Já estão abertas as candidaturas para a 11ª edição do Concurso Jovens Talentos 2023, para jovens entre os 12 e os 35 anos, que vivem, estudam ou trabalham no concelho de Almada e que querem ver o seu talento reconhecido.

 

Este concurso é promovido pela Câmara Municipal de Almada e tem como objetivo incentivar, reconhecer e distinguir os projetos e os percursos de jovens almadenses.

Até 21 de novembro, podem candidatar-se os jovens com idades compreendidas entre os 12 e os 35 anos (inclusive), individualmente ou em grupo, residentes, estudantes, trabalhadores ou que desenvolvam atividade relevante no concelho de Almada.

Para formalizar a candidatura devem consultar as Condições de Participação e preencher a Ficha de Candidatura:

https://www.cm-almada.pt/11a-edicao-do-concurso-jovens-talentos-de-almada-2023.

 

O Concurso Jovens Talentos 2023 abrange as seguintes áreas:

- Almada Cidade Educadora – 1500 euros

- Almada Sustentabilidade e Inovação – 500 euros

- Almada Artes – 500 euros

- Almada Empreendedorismo – 500 euros

- Almada Desporto – 500 euros

- Almada Cidadania – 500 euros

- Almada Jovem Promessa – Até cinco candidaturas distinguidas com 250 euros cada

 

 

Concurso de Bandas Amadoras: inscreve-te até 20 de novembro!

 

 

Concurso Bandas Amadoras.jpg

Estão a decorrer, até 20 de novembro, as inscrições para o Concurso de Bandas Amadoras de Palmela 2023, que decorrerá nos dias 30 de novembro, 1 e 2 de dezembro, no Centro Comunitário de Águas de Moura.

Este Concurso é promovido pelo Município de Palmela, em parceria com associações juvenis, grupos informais de jovens e outras entidades que trabalham diretamente com a população juvenil do concelho.

Podem concorrer todos os projetos individuais ou coletivos amadores, em que pelo menos um dos elementos a concurso seja da Área Metropolitana de Lisboa.

O projeto musical vencedor receberá 600€; o 2.º classificado 350€; o 3.º classificado 250€ e o 4.º classificado 100€.

Consulta as condições de participação e inscreve-te em www.cm-palmela.pt.

Acompanha o Concurso de Bandas Amadoras de Palmela em Palmela Juventude Interativa | Facebook e nas redes sociais Palmela Município.

 

 

𝗖𝗢𝗡𝗖𝗨𝗥𝗦𝗢 𝗗𝗘 𝗙𝗢𝗧𝗢𝗚𝗥𝗔𝗙𝗜𝗔 "𝗔𝗦 𝟭𝟮 𝗠𝗔𝗥𝗔𝗩𝗜𝗟𝗛𝗔𝗦 𝗗𝗢 𝗖𝗢𝗡𝗖𝗘𝗟𝗛𝗢 𝗗𝗘 𝗠𝗢𝗥𝗔"

FNAC ASSINALA DIA MUNDIAL DA MÚSICA COM LANÇAMENTO DO DISCO ‘NOVOS TALENTOS FNAC 2023’

Evento decorre na FNAC Chiado e vai contar com conversa moderada por Henrique Amaro e um showcase de Inês Marques Lucas

1200x800_NTF23_CD.jpg

 

No dia 1 de outubro, data em que o Mundo celebra a música em todas as suas formas de expressão, a FNAC lança a tão aguardada coletânea Novos Talentos FNAC 2023. A apresentação do álbum vai decorrer, pelas 17h00, na FNAC Chiado, em Lisboa, com entrada livre, e será a oportunidade ideal para os fãs de música conhecerem alguns dos artistas que integram o disco, assim como as histórias por trás das suas músicas. A Sul, vencedora dos Novos Talentos FNAC 2023 na área da música, Gabrre, Bordeira, Cordiala, NAPA, Inês Marques Lucas, Conjunto Júlio, Eugénia Contente Trio, Dead Club, Capital da Bulgária, Iolanda, Carolina Leite, Youth Yard, Oh Me e José Tornada são os nomes já confirmados.

 

Haverá ainda uma conversa moderada por Henrique Amaro, conhecido pela sua presença na Antena 3, mentor deste projeto e curador do disco, com a participação dos elementos do júri composto por Rui Miguel Abreu, da Rimas e Batidas, Lia Pereira, da BLITZ, Luís Oliveira, da Antena 3, e Catarina Ribeiro da Silva, responsável de comunicação institucional e cultural da FNAC, que contribuirão com as suas perspetivas únicas sobre o panorama musical em Portugal. O evento vai contar também com a atuação ao vivo de Inês Marques Lucas.

 

“A FNAC está em Portugal há 25 anos e apresenta-se, desde sempre, como promotor e democratizador da Cultura, sendo este o grande eixo que a distingue” explica Catarina Ribeiro da Silva, responsável de comunicação institucional e cultural da FNAC Portugal, que acrescenta que “os Novos Talentos FNAC celebram todos aqueles que não têm medo de mostrar o que valem e de tirar as suas criações da gaveta”, acrescenta. 

 

O disco Novos Talentos FNAC 2023, que estará disponível para compra a partir de dia 1 de outubro, promete surpreender com uma seleção musical da nova geração de artistas portugueses, cada qual com a sua singularidade e visão artística. As vozes que se ouvem neste disco são da A Sul, vencedora deste ano, das duas menções honrosas, Inês Apenas e Carlos Sanches, e ainda de vários artistas emergentes portugueses.

 

Abertas as Inscrições para o 3º Concurso Literário de Prosa e Poesia da Biblioteca Comunitária da Cáritas Coimbra

image001 (1).jpg

 

A Biblioteca Comunitária do Centro Comunitário de Inserção (CCI) da Cáritas Diocesana de Coimbra anuncia a abertura das inscrições para o 3º Concurso Literário de Prosa e Poesia. Este concurso tem como objetivo promover e valorizar a produção literária, incentivando a criatividade e a expressão artística.

 

Os interessados em participar neste concurso poderão submeter os seus trabalhos até às 17h00 do dia 27 de outubro. Os textos podem abranger diversos géneros literários, como contos, crónicas, poesias, entre outros. A iniciativa é aberta a todas as pessoas com mais de 18 anos que queiram concorrer, nacionais ou estrangeiros, mas residentes em território nacional. O concurso pretende criar um espaço de partilha literária na comunidade, onde os talentos locais ou nacionais possam ser reconhecidos e celebrados.

 

A avaliação das obras será realizada por um júri composto por membros qualificados das áreas da literatura, cultura local e educação. Serão considerados critérios como originalidade, criatividade, estrutura e qualidade da escrita.

 

Os trabalhos deverão ser enviados para o endereço de email bibliotecacomunitariacci@caritascoimbra.pt. Para mais informações sobre o regulamento do concurso e o processo de inscrição, os interessados podem consultar o regulamento completo em caritascoimbra.pt/wp-content/uploads/2023/09/Regulamento-Concurso-Prosa-e-Poesia.pdf.

 

A entrega dos prémios está agendada para o dia 25 de novembro, numa cerimónia simbólica no CCI, onde serão atribuídos cabazes com produtos oriundos do comércio local da Baixa de Coimbra aos vencedores. Além do reconhecimento dos premiados, que verão o seu trabalho divulgado, pretende-se promover e apoiar também o comércio tradicional da Baixa da cidade.

 

A Biblioteca Comunitária do CCI da Cáritas Diocesana de Coimbra encoraja a participação de todos os amantes da escrita, convidando-os a partilhar as suas histórias e emoções através das palavras.

A Associação Ecos Culturais do Louro lança concurso de bandas “Laurus Metal Battle”

A Associação Ecos Culturais do Louro lança concurso de bandas “Laurus Metal Battle”

O vencedor atuará no palco principal da edição de 2024 do Laurus Nobilis Music Fest

 

O concurso Laurus Metal Battle decorre entre o dia 10 de setembro e o dia 18 de maio de 2024, no recinto da Casa do Artista Amador, no Louro, Vila Nova de Famalicão.

 

As inscrições estão abertas entre os dias 10 de setembro e 10 de outubro. Na primeira fase, o júri, composto por um representante do festival, um membro estatal e um músico profissional, faz a seleção dos 18 projetos que passam para a fase das eliminatórias.

 

Em cada eliminatória, 3 bandas atuam ao vivo, na Casa do Artista Amador e disputam entre si a passagem à fase seguinte.

 

Após as eliminatórias, são feitas duas meias finais, para apurar os quatro finalistas. A final realiza-se no mesmo espaço (Casa do Artista Amador), mas em formato de mini festival, ao ar livre.

 

O público presente em cada um dos eventos tem um peso de 50% na votação da(s) banda(s), sendo que o júri tem os restantes 50%.

 

Os prémios são distribuídos pelas bandas que ficarem em 1º, 2º e 3º lugar. O primeiro classificado é convidado a atuar no palco principal do Laurus Nobilis Music Fest 2024. O segundo prémio permite a atuação no palco secundário e o terceiro prémio permite a atuação no palco três deste festival.

 

Para participar, é necessário o preenchimento do formulário presente em www.laurusnobilis.pt/laurus-metal-battle

6º Concurso de fotografia “Imagens do património” - Ponte...Nas Ondas!

descarregar (1).jpg

 

6º Concurso  “As imagens do património”
 

Ponte...nas ondas! anuncia publicamente os prémios do VI Concurso "As imagens do património" por altura das celebrações do 20º aniversário da Convenção de Salvaguarda do Património Cultural Imaterial da UNESCO. 

A organização foi inscrita como "modelo"  no registo das boas práticas com o Património Cultural Imaterial em dezembro de 2022, e foi o primeiro reconhecimento do género para Portugal.

 

DECISÃO  DO JÚRI

Reunidos  Anxo Cabada professor e fotógrafo, Xerardo Pereiro professor e antropólogo,  Cristina Sánchez-Carretero investigadora e antropóloga e Xerardo Feijoo membro da Associação Cultural e Pedagógica Ponte...nas ondas! presente como secretário com voz e sem voto, constituem como Júri do 6º Concurso  “As imagens do património”.

 

ACÓRDÃO

1º.- Agradecer aos centros de ensino, professores e alunos a sua participação neste 6º Concurso de fotografia “As imagens do património” convocado pela Associação Cultural e Pedagógica Ponte...nas ondas! Com o que se pretende, como objetivo preferente, descobrir com as novas gerações a existência de um rico e variado Património Cultural, para tal propusemos que à iniciativa dos centros escolares, os alunos procurem, na companhia dos seus familiares, aquelas fotos que contenham elementos desse património que queremos dar a conhecer. Nas bases e como complemento desta busca solicitávamos que se completa-se a participação no concurso com a inclusão de um texto explicativo da imagem.

 

2º.- O Júri valorizou a grande qualidade da maioria dos trabalhos apresentados a concurso e o esforço mostrado na elaboração do texto que acompanha cada uma das fotografias, pelo que  se propôs à entidade que promove o concurso, que faça a gestão do desenho de atividades que permitam mostrar e difundir  as fotografias apresentadas, dada a sua qualidade e interesse, para a sua divulgação sirva como estímulo e exemplo para outros projetos educativos similares.

 

3º.- Depois das correspondentes deliberações, os membros do Júri acordam outorgar os seguintes prémios nas distintas categorias estabelecidas pelas Bases do Concurso.

 

CONCURSO DE IMAGENS

descarregar (3).jpg

 

Categoria Ensino Básico
 

1º Prémio: Julio Fernández Gallega 

CPR Plurilingüe Luis Vives. Ourense

Título: O Xaneiro
 

2º Prémio: Alexandra Pedreira Fernández 

CEIP  da Ramallos. Teo

Título: Guerra Civil Española
 

3º Prémio: Elan Domínguez Fonseca

Escola: CRA Mestra Clara Torres. Tui

Título: Vendedor de Barquillos
 

Prémio de Honra: Nerea Sequeiros Lafuente 

CPR Plurilingüe Luis Vives. Ourense

Título: A Família
 

Categoria  Ensino Secundário

 

1º Prémio:  Martina González Rodríguez 

IES Pedras Rubias. Salceda de Caselas

Título: En O Carballiño as mulleres si saben dar malleiras!

 

2º Prémio: João Castro Rodrigues

Agrupamento de Escolas do Vale de São Torcato. Guimarães

Título: Prova de Amor

 

3º Prémio: Vera Castro González

IES de Curtis. Curtis

Título: Os irmáns

 

Prémios de Honra:  

Sabela Ares Rodríguez 

IES Antonio Fraguas. Santiago de Compostela

Título: A tía

Rafaela Gomes Teles  

Escola Básica e Secundaria de Sobreira. Paredes

Título: A escola

Antón Abalo Santamaría

IES Plurilingüe de Ames. Ames

Título: O meu tataravó

Podem consultar no site www.pontenasondas.org todas as fotos vencedoras bom como todas as fotos participantes.
 

 

 CONCURSO DE PODCAST

descarregar (2).png

 

Podcast: https://go.ivoox.com/rf/107053208


Categoria Ensino Básico

1º Prémio: Sara Vázquez 
CEIP Plurilingue
O Ruxidoiro. Barbadás
 

2º Prémio: Violeta Brizuela Martínez
CRA Mestra Clara Torres.Tui

 

Categoria Ensino Secundário

Podcast: https://go.ivoox.com/rf/110884445
 

1º Prémio: Marta Ocampo Romaní

IES Ricardo Mella.Vigo
 

2º Prémio: Moira Penalta

IES Virxe do Mar. Noia

 

Prémios de Honra:   

Carmela Velasco

IES Eduardo Pondal. Ponteceso

Luján Lago Varela

IES Cruz do Sar. Bergondo

 

Prémio Especial do Júri

O júri acordou por unanimidade, e fora de todas as categorias, conceder duas menções especiais a duas escolas pelo seu trabalho geral do que fazem parte as fotografias enviadas.

CEP Carlos Casares, Grixó-Alxén (Salvaterra de Miño)

Esta escola propôs uma iniciativa que, ainda sem ajustar-se exactamente às bases do concurso, destaca-se pelo seu valor pedagógico. Trata-se de um projecto de centro que inclui uma exposição de objectos, relacionados com o tema do projecto anual. Neste caso, o tema escolhido foi a meteorologia, com o título “MeteoAlxén”, e contou com a colaboração das famílias dos alunos que forneceram muitos objectos para a elaboração de uma exposição. O projecto estrutura-se em diversas categorias de interesse: Outono, Inverno, Primavera, Verão, meteorologia, céus, chuva, vinho, horta, setas e castanhas, além da própria exposição).

CEIP da Ramallosa.Teo

Para além da participação convencional no concurso, com imagens com o respetivo texto e podcast, esta escola propôs também o trabalho de centro intitulado “Anaquiños de ontem, vistos com os olhos de hoje”, baseado no pesquisa, visualização, estudo e re-interpretação, com todo o estudo de imagens antigas de diversas temáticas e autores relacionadas com o nosso património cultural imaterial; trabalhos tradicionais, festas, e outros costumes de diferentes épocas. Este trabalho está enquadrado também no “Projeto Didáctico Antonio Fraguas”, reconhecimento que a escola obteve o ano passado, pelo seu trabalho a favor da recuperação do património cultural. A atividade tem um carácter de continuação, e rematará com um espaço dedicado ao mesmo, na exposição que a escola fará em novembro no Museu do Povo Galego (com motivo do citado reconhecimento).