Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Conferência de Joana Vasconcelos | A arte e o desenvolvimento psicomotor - ​23 de novembro de 2022, 13h00

Auditório do Hospital CUF Descobertas

 Quarta-feira, 23 de novembro de 2022 | 13h00

 

Conferência de Joana Vasconcelos

A arte e o desenvolvimento psicomotor 

 

O Hospital CUF Descobertas no âmbito da iniciativa “Cultura no Hospital” recebe, no próximo dia 23 de novembro, a artista plástica Joana Vasconcelos, com o tema “As Artes Plásticas e o Desenvolvimento Psicomotor”. Destinado ao público em geral, “Cultura no Hospital” é um ciclo de eventos que promove, no Auditório do Centro do Conhecimento do Hospital CUF Descobertas, momentos de debate e reflexão sobre temas que impactam na saúde das populações.  

 

A conceituada e reconhecida artista plástica Joana Vasconcelos é a convidada da conferência “As Artes Plásticas e o Desenvolvimento Psicomotor”, a decorrer no próximo dia 23 de novembro, pelas 13 horas, no Auditório do Hospital CUF Descobertas. 

 

Este evento é uma oportunidade para compreender a visão da artista sobre a forma como a arte pode exercer um poder de mudança no ser humano, afetando inclusivamente o seu comportamento e bem-estar. A partir da sua experiência pessoal, enquanto artista plástica que apresenta as suas obras em espaços nacionais e internacionais, será possível entender a forma como avalia o poder transformador ou de influência da sua obra, e da arte em geral, no ser humano. 

Nascida em 1971, Joana Vasconcelos é uma artista plástica reconhecida mundialmente pelas suas esculturas monumentais, com uma experiência de 25 anos. A sua obra atualiza o movimento de artes e ofícios para o século XXI, incorporando objetos do dia a dia, com humor e ironia, estabelecendo a ponte entre o ambiente privado e a esfera pública, questionando o estatuto da mulher, a sociedade de consumo e a identidade coletiva.

A conferência, aberta à comunidade em geral, tem entrada livre, sujeita à capacidade da sala, sendo obrigatório o uso de máscara. 

O programa com as próximas conferências pode ser consultado aqui.

XTB promove conferência dedicada aos mercados e aos investimentos

 

 

Porto e Lisboa vão receber a 8.ª edição do Investing Day, um evento que reúne oradores da área dos mercados e investimentos, direcionado a todos os níveis de experiência de negociação. Este decorrerá nos dias 19 de novembro no Hotel Fénix Ipanema Park (Porto) e 26 de novembro no Hotel DoubleTree by Hilton (Lisboa).

 

Nesta conferência irão ser debatidos temas que marcam a atualidade, com destaque para os investimentos a fazer em 2023, o impacto da inflação e das taxas de juro. Outras temáticas que estarão em cima da mesa, estão relacionadas com os conceitos básicos do investimento passivo, as estratégias de identificação de oportunidades com base nas análises técnicas e as estratégias de diversificação de portfólio, nomeadamente como englobar produtos mais complexos na gestão de risco.

 

O evento irá abranger todos os níveis de negociação, quer sejam investidores iniciantes, intermédios ou avançados, sendo que estão confirmados como oradores, Luís Correia Tavares (analista financeiro), Fernando Marques (co-fundador da Income Markets), Eugénio Filho (CEO fundador na Ciências do Investimento), José Lagarto (co-fundador da 4xSimple) e Vítor Madeira (XTB).

 

O Investing Day contribui também para o aumento da literacia financeira, uma vez que Portugal é o país da Zona Euro com o pior índice a este nível. Embora tenha existido uma maior consciencialização para este problema, os portugueses continuam a estar no fundo da tabela quando comparamos o nível de literacia com os restantes países da Zona Euro.

 

O acesso aos eventos é gratuito, mas sujeito a inscrição prévia, que pode ser feita aqui: https://pt.xtb.com/investing-day-2022.

 

"Nilo: Templo de Vida" // Conferência por Severina Gonçalves

Semana "Filosofia e Egipto"
14 a 20 de novembro



Conferência

"Nilo: Templo de Vida"


Segunda-feira, 14 de novembro, 19.30h
Salão Nobre
Palácio Marquês de Pombal
Oeiras

 

 

Orador:

Sessão apresentada por Severina Gonçalves
Sub-directora da NAOC



Inscrição no formulário:

Entrada livre mediante inscrição neste formulário

https://bit.ly/20_11_Sala_egipcia

"HAVING A VOICE" - Periferias e participação no centro das políticas culturais

 

descarregar (3).jpg

"HAVING A VOICE"

Periferias e participação no centro das políticas culturais

CONFERÊNCIAS / DEBATES / WORSKHOPS

De 16 a 19 de Novembro realiza-se a conferência internacional "Having a Voice / Ter uma voz", que reúne em Lisboa e na Moita alguns dos pensadores mais vibrantes a nível internacional.

Os quatro dias do evento incluem keynotes, debates e workshops em diálogo com a comunidade artística e cultural, para um debate sobre as questões mais relevantes em matéria de participação no campo cultural, com especial enfoque no contexto das periferias. “Having a Voice” é uma iniciativa de dois projetos europeus distintos – "Stronger Peripheries: A Southern Coalition” e "BeSpeCTAtive!”, nos quais a Artemrede é o representante português.

 

Having a Voice recebe um leque de convidados de várias áreas como Márcia Tiburi, filósofa, escritora e ativista, Attaher Maïga, gestor cultural e Secretário-Geral da Fundação Festival sur le NigerGerty Dambury, escritora e ativista que participou na primeira Coordenação das Mulheres Negras durante os anos 70; o geógrafo Álvaro DominguesLuca Ricci diretor artístico do Kilowatt Festival e coordenador do Be SpectACTive!, o investigador de políticas culturais Emmanuel Négrier, Luisella Carnelli, investigadora da Fondazione Fitzcarraldo, entre outros.

O evento reúne gestores culturais, artistas e investigadores, do Sul e do Leste da Europa, mas também do Sul e do Norte globais, e das múltiplas periferias que existem dentro de cada um destes. Procura destrinçar as complexidades da perifericidade e discutir os mecanismos que permitam capacitar e dar voz à diversidade cultural existente nesses territórios e à forma como esta poderá ser ouvida e considerada nas políticas culturais.


A abrir, a filósofa brasileira Marcia Tiburi (professora em França onde está exilada) partilha as suas ideias em Thinking change / enacting change: culture’s role in tackling social transformation, sobre os desafios da participação cultural na atualidade, democráticos, territoriais e sociais.

No debate Reclaiming the center in culture: south-north relations in the arts discutem-se as diferenças em ser artista, curador ou programador no Sul ou Norte, e como a decolonização das artes pode ser uma oportunidade para repensar os modelos de criação e difusão artísticos. Gerty Dambury e Attaher Maïga serão as vozes do painel.

Na conferência Artistic Practices and Political Participation com Hugo Cruz analisa-se a importância das práticas artísticas comunitárias em territórios urbanos e rurais, onde são discutidos os elementos fundamentais das práticas artísticas participativas e comunitárias na atualidade e em 

Peripheries: real and imagined  é um conjunto de quatro sessões de debate com convidados com diferentes abordagens sobre o conceito "periferia". Seja ele politico, geográfico ou social e como a cultura pode ultrapassar esta condição periférica, reivindicando novas formas de centralidade, na perspectiva do funcionamento das instituições culturais e da prática diária dos trabalhadores culturais.

Estes serão alguns dos temas abordados, assumindo as especificidades da condição periférica, em termos geográficos, sociais e culturais. A discussão procura trazer a sensibilidade acerca da diversidade cultural e de mecanismos participativos verdadeiramente efetivos para o cerne das políticas culturais.

As actividades decorrem de 16 a 19 de Novembro no ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa, na Biblioteca de Marvila e no Fórum Cultural José Manuel de Figueiredo, na Moita. A participação no evento é totalmente livre, bastando fazer um registo previamente ou na chegada ao local.

Programa completo em havingavoice.eu

 

 

CCB | Conferências "Olhar o Futuro com Ribeiro Telles" > 3, 10 e 17 novembro, quintas às 18h30, no Centro de Congressos e Reuniões

Olhar o Futuro com Ribeiro Telles

image001.jpg

CCB . 3, 10, 17 novembro . 18h30 . Centro de Congressos e Reuniões

Entrada livre

Uma iniciativa apoiada pelo CCB

 

Programa

 

3 novembro

Gonçalo Ribeiro Telles, O Homem Político – Sala Sophia de Mello Breyner Andresen

Com António Eloy, Augusto Ferreira do Amaral e Paulo Trancoso

Moderadora: Carla Castelo

 

10 novembro

RT - O Artista e Projetista – Sala Almada Negreiros

Com Aurora Carapinha, Fernando Pessoa e João Gomes da Silva

Moderadora: Manuela Raposo de Magalhães

 

17 novembro

RT - OT e Lisboa – Sala Almada Negreiros

Com Alexandre Cancela de Abreu, José Sá Fernandes, Maria Calado e Paulo Ferrero

Moderadora: Margarida Cancela de Abreu

 

 

Estas conferências, inseridas nas comemorações do Centenário do nascimento de Gonçalo Ribeiro Telles, visam, não só, homenagear e relembrar a sua obra, mas também abordar matérias em que o seu pensamento se pode refletir, no presente e no futuro. Serão focados conceitos base do desenvolvimento e o ordenamento da paisagem no espaço rural e no urbano, a todas as escalas de conceção, relacionado com a aptidão e sustentabilidade ecológicas da paisagem, assim como as necessidades e modos de vida das pessoas.

 

Politécnico de Leiria e Teatro José Lúcio da Silva promovem concerto-conferência com Mário Laginha e Gonçalo M. Tavares

Concerto destina-se à comunidade académica e ao público em geral 

 

 

O Politécnico de Leiria e o Teatro José Lúcio da Silva apresentam na quinta-feira, dia 13 de outubro, a partir das 21h30, o concerto-conferência “Pensar por Toques – Tocar de Improviso”, com o compositor e pianista Mário Laginha e o escritor Gonçalo M. Tavares. O concerto tem como alvo o público em geral e o do ensino superior em particular, numa estratégia promotora de centralidade cultural, iniciada em 2018, no Politécnico de Leiria.

Com entrada livre, “Pensar Por Toques – Tocar de Improviso” é um concerto-conferência concebido por Samuel Rama, docente do Politécnico de Leiria, em parceria com o Teatro José Lúcio da Silva, tutelado pelo Município de Leiria, que visa criar no público ferramentas de literacia e mediação para a criação num âmbito geral e para a música e a literatura de forma específica. 

Conferência «Por Amor ao Património» | Teatrinho da Régua | 23 setembro 2022

image008.png

No âmbito das Celebrações dos 20 anos da classificação do Alto Douro Vinhateiro como Património Mundial, a Direção Regional de Cultura do Norte e a Liga dos Amigos do Douro Património Mundial promovem a Conferência «Por Amor ao Património», no próximo dia 23 setembro, no Teatrinho da Régua, no Peso da Régua.

A Conferência «Por Amor ao Património» pretende constituir-se como uma oportunidade para a troca de conhecimentos e experiências das diversas organizações que se ocupam da defesa do património, através da dinamização de atividades de investigação, salvaguarda e promoção.

Nas suas diversas manifestações, desde os nossos monumentos históricos e museus às práticas tradicionais e formas de arte contemporâneas, a cultura enriquece as nossas vidas quotidianas de inúmeras formas. O património constitui, assim, uma fonte de identidade e coesão que pretendemos enaltecer.

A data escolhida para o evento coincide com a celebração das Jornadas Europeias do Património (23, 24 e 25 setembro) que, este ano, decorre sob o signo do “Património Sustentável”.

A Conferência «Por Amor ao Património» vai contar com a participação de diferentes organizações que atuam no território de abrangência geográfica da Direção Regional de Cultura do Norte:

- Amigos do Convento de São Francisco (Braga)

- Associação Amigos do Mosteiro de Rendufe

- Associação de Amigos de Tongobriga

- Associação de História e Arqueologia de Sabrosa

- Associação Terras Quentes (Associação de Defesa do Património Arqueológico de Macedo de Cavaleiros)

- Comissão de Vigilância do Castelo de Sta. Maria da Feira

- Grupo de Amigos do Mosteiro de Tibães

- Projeto Arqueológico da Região de Moncorvo

- Real Irmandade Rainha Santa Mafalda (Mosteiro de Arouca)

 

A Conferência «Por Amor ao Património» terá entrada livre, sujeita à capacidade de lotação do espaço e requer inscrição prévia através do seguinte formulário: https://bit.ly/3ccHhAx

Será emitido certificado de participação.

 

 

Conferência no Hospital CUF Descobertas - “NeuroUrbanismo - Emotional Cities” | 25 de maio de 2022, 13h00

 

O Hospital CUF Descobertas promove, no próximo dia 25 de maio, mais uma conferência no âmbito da iniciativa “Cultura no Hospital”. Este ciclo de eventos, destinado ao público em geral, lança mensalmente o debate e reflexão sobre temas que impactam na saúde das populações. “NeuroUrbanismo - Emotional Cities” é o tema da conferência agendada para a próxima quarta-feira  das 13h às 14h.  

 

Planear as cidades de hoje e do futuro, de forma a torná-las cidades mais inclusivas e cidades mais saudáveis é o mote para a conferência “NeuroUrbanismo - Emotional Cities”, proferida por Paulo Morgado, professor auxiliar do Instituto de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Lisboa e investigador do Centro de Estudos Geográficos.

Paulo Morgado é, igualmente, coordenador-geral do projeto eMOTIONAL Cities que visa criar conhecimento, a partir da evidência científica, que irá mudar a forma como devemos planear as cidades de hoje e do futuro, de forma a torná-las cidades mais inclusivas e cidades mais saudáveis. Este projeto, que teve início no dia 1 de março de 2021 pretende obter um conhecimento mais universal acerca do quanto o ambiente urbano que construímos, afeta a nossa saúde e, muito em particular, a nossa saúde mental.

A conferência, aberta ao público em geral, tem entrada livre, sendo obrigatório o uso de máscara.

Palmela comemora Dia Internacional dos Museus - participe nas iniciativas!

Dia Internacional dos Museus.jpg

O Museu Municipal de Palmela assinala o Dia Internacional dos Museus (18 de maio) com uma Visita Encenada, uma Conferência e um Espetáculo Musical.

No dia 18 de maio, às 20h00, participe na Visita Encenada “Pelas Gotas da Água”, que vai abordar a importância da água, a sustentabilidade e as alterações climáticas, através de um percurso pelo Centro Histórico de Palmela, que tem início no Chafariz de D. Maria I e termina na Igreja de Santiago, no Castelo de Palmela.

As comemorações prosseguem no dia 21 de maio, com uma Conferência sobre o Património Azulejar pelo professor José Meco, em Pinhal Novo, às 15h00, e um Espetáculo Musical pela Filarmónica Enarmonia, no Museu - A Estação, às 21h00. Esta última atividade é, mais uma vez, realizada em parceria com a Associação Bengala Mágica, sediada em Pinhal Novo. 

O Dia Internacional dos Museus, celebrado anualmente a 18 de maio, foi criado em 1977 pelo ICOM - Conselho Internacional de Museus. O tema de 2022 é “O Poder dos Museus”, dedicado a celebrar e a refletir sobre como estas instituições podem contribuir para tornar o mundo um lugar melhor, não só pelo estudo e divulgação do património (material e imaterial), mas também pela intervenção que podem ter na sociedade.

 

Programa

 

18 maio | 20h00 | Centro Histórico de Palmela

Visita Encenada “Pelas Gotas da Água”

Com personagens de outros tempos, que nos revelam, por entre o som da água, memórias das fontes, lavadouros e chafarizes. Termina com uma visita orientada por Pedro Inácio, autor da exposição “Aquedutos de Portugal. Água e Património”, na Igreja de Santiago, Castelo de Palmela.

Duração: 2h00

Participação gratuita, mediante inscrição até às 12h00 de 17 de maio

Mínimo 10 e máximo 30 participantes

Info./insc.: patrimonio.cultural@cm-palmela.pt

Org.: Câmara Municipal de Palmela

 

21 maio | 15h00 | Pinhal Novo (local a confirmar)

Conferência “O Património Azulejar da Freguesia de Pinhal Novo”

Por José Meco, especialista em História do Azulejo

Org.: Câmara Municipal de Palmela

 

21 maio | 21h00 | Museu - A Estação, Pinhal Novo

Espetáculo Musical pela Filarmónica Enarmonia

Esta Filarmónica promove a formação musical e a prática de instrumentos de sopro e de percussão junto de crianças, jovens e adultos cegas/os ou com baixa visão e normovisuais.

Entrada gratuita

Info./insc.: patrimonio.cultural@cm-palmela.pt

Org.: Câmara Municipal de Palmela e Associação Bengala Mágica