Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Está quase a chegar o Lisboa na Rua

011d725e-16df-4712-993a-02c8b7f3665b (1).jpg

 

Lisboa na Rua está de regresso, animando a cidade com cinema, música, teatro e dança, mas este ano com um programa um pouco diferente e com algumas regras.
 
Escolhemos espaços e locais da cidade que permitam manter a devida distância e com acesso limitado para podermos, assim, regressar devagar à cidade, e celebrar a cultura ao ar livre e em segurança, através de uma programação multidisciplinar entre 13 de agosto e 27 de setembro. A entrada é gratuita em todos os eventos, mas sujeita, obrigatoriamente, a inscrição ou levantamento prévio de bilhete.
 
Abrimos o programa com o Festival Política (que normalmente acontece em abril) no Cinema São Jorge que apresenta propostas variadas durante 4 dias (entre 13 e 16 de agosto), num convite à reflexão sobre a temática do Ambiente e do desenvolvimento sustentável, no ano em que Lisboa é a Capital Verde Europeia.
 
Celebramos também a Capital Verde com a estreia de “Outro Olhar”, uma instalação artística da dupla de artistas Luke Egan e Pete Hamilton (do Reino Unido), que se destacou pela sua inovação no panorama internacional de arte urbana e que durante um mês dará vida às árvores um pouco por toda a cidade
 
Em setembro assinalamos um aniversário muito especial, os 70 anos de Jorge Palma, com um concerto exclusivo que será transmitido online no Facebook da Câmara Municipal de Lisboa e EGEAC – Cultura na Rua, no dia 12, pelas 21h30. Neste espetáculo, intitulado “70 Voltas ao Sol”, o cantor, compositor e músico estará ao piano, acompanhado por uma pequena orquestra e com Cristina Branco e Dead Combo, como convidados.
 
Ainda antes, nos primeiros dias de setembro, continuamos a celebrar Amália, dando voz à diva maior do Fado, desta vez no grande ecrã com “Amália no Cinema”, um ciclo de cinema no jardim do Museu de Lisboa - Palácio Pimenta. Quatro filmes protagonizados por Amália e comentados, ao vivo, por vários convidados.
 
O jardim do Museu de Lisboa, será igualmente palco para o Dançar a Cidade. Um desafio para experimentar vários estilos de dança, ao ar livre e a solo, que se estende ao Palácio Baldaya (em Benfica), todos os domingos de setembro.
 
Na Estufa Fria apresentamos, especialmente para os mais novos, mais uma das Antiprincesas, dando a conhecer, desta vez, a médica feminista Beatriz Ângelo em histórias dramatizadas com sessões de manhã e à tarde, durante todos os fins de semana também do mês de setembro.
 
Ainda no âmbito da Capital Verde Europeia, o festival Lisboa Soa (24 a 27 de setembro) ocupará vários locais da cidade com esculturas sonoras, e a comunidade de leitura em espaços verdes Ecotemporâneos instala-se na Quinta da Alfarrobeira (em São Domingos de Benfica), para mais duas sessões à volta dos livros, desta vez protagonizadas por Jorge Silva Melo (29 de agosto) e Gisela João (27 de setembro).
 
Nesta edição do Lisboa na Rua reservamos música clássica para todos, com a Orquestra Gulbenkian e os seus Solistas a interpretarem obras intemporais em três concertos de entrada gratuita. Continuamos também a aliar a cultura à descoberta de novos lugares e é a isso mesmo que convida a Open House, este ano num novo formato, com um programa de passeios sonoros realizado apenas no exterior.
 
Entre agosto e setembro o Lisboa na Rua convida ainda a ver Cinema no Estendal, a desfrutar dos festivais Bairro em FestaFUSOLisboa Mágica e Chapéus na Rua ou a ouvir música experimental nas Noites de Verão da Galeria Quadrum (em Alvalade) e também no espaço O’Culto da Ajuda com Formações Extraordinárias.
 
Este ano a ilustração do programa tem a assinatura de AKA Corleone (alter ego de Pedro Campiche), numa combinação original de cores, personagens e formas que caracterizam este artista visual natural de Lisboa.
 
Toda a programação em www.culturanarua.pt 

Recomeçamos hoje a 3ª EDIÇÃO do CUMPLICIDADES 2020

Recomeçamos hoje a 3ª edição do CUMPLICIDADES com Ana Rita Teodoro, amanhã com Mário Afonso e Ana Renata Polónia e a partir de quinta-feira com Catarina Miranda.

 

Programação Set 2020:

 

_YOUR TEACHER PLEASE | ANA RITA TEODORO (PT)

Quartel da GNR - Largo Cabeço de Bola  

22, 23, 24 Set > 19h30 | M/6 | 80 minutos

 

_ESTÚDIOS ABERTOS | CAL - Primeiros Sintomas:

 

FRAMEWORK | MÁRIO AFONSO (PT)

23 Set > 20h30 | 40 minutos | M/18

 

KAMA | ANA RENATA POLÓNIA (PT)

23 Set > 21h30 | 30 minutos | M/18

 

_DREAM IS THE DREAMER | CATARINA MIRANDA (PT)

CAL - Primeiros Sintomas - Estreia em Lisboa

25 e 26 Set > 21h30 | 27 Set > 19h30 | M/6 | 45 minutos

 

Novas datas | 3ª EDIÇÃO, CUMPLICIDADES 2020 - Festival Internacional de Dança

A 3ª edição do CUMPLICIDADES - Festival Internacional de Dança Contemporânea de Lisboa, regressará em Setembro após suspensão devido à situação pandémica do COVID-19.

ISABEL COSTA ©leonorfonseca.jpg

 

É com entusiasmo que anunciamos que a programação do Cumplicidades será retomada ainda este ano, acontecendo em tempos diferentes, em articulação com as entidades parceiras. Haverá um primeiro momento entreSetembro e Outubro deste ano, e a conclusão será entre Fevereiro e Março de 2021

 

Programação Set/Out 2020:

 

_YOUR TEACHER PLEASE | ANA RITA TEODORO (PT)
Largo de Residências - Palácio Visconde da Graça
23, 24, 25 Set > 19h30 | M/6 | 80 minutos

_ESTÚDIOS ABERTOS | CAL - Primeiros Sintomas:

FRAMEWORK | MÁRIO AFONSO (PT)
23 Set > 20h30 | 40 minutos | M/18

KAMA | ANA RENATA POLÓNIA (PT)
23 > 21h30 | 30 minutos | M/18

_DREAM IS THE DREAMER | CATARINA MIRANDA (PT)
CAL - Primeiros Sintomas - Estreia em Lisboa
25 e 26 Set > 21h30 | 27 Set > 19h30 | M/6 | 45 minutos

_UMA TARDE NO MUNDO. MUSEU DE LISBOA , 03 Out > A partir de 15h

SEM TÍTULO (####) | VÂNIA ROVISCO (PT)
SALÃO PARA O SÉCULO XXI | ISABEL COSTA (PT)
SEM TÍTULO (REENCONTROS NO PALÁCIO DE VERÃO) | RITA VILHENA (PT)
INSÓLIDO | SÉRGIO MATIAS (PT)
A BESTA, AS LUAS (trabalho em processo) | ELIZABETE FRANCISCA (PT)
ATO INVISÍVEL | SEZEN TONGUZ (PT)

_TALK on-line sobre o seu trabalho | SINA SABERI (IR)
04 Out > 16h | 30 minutos | Plataforma www.festivalcumplicidades.pt 

_HIP. A PUSSY POINT OF VIEW | PINY (PT)
CENTRO CULTURAL DE BELÉM/ BLACK BOX
30 e 31 Out > 19h | M/16 | 60 minutos
31 Out > Período da manhã | Workshop

 

 

 

 

+ infos em www.festivalcumplicidades.pt   

Cultura em Movimento 2020 no concelho da Moita: Dança e muita música no próximo fim-de-semana

Cultura em Movimento 2020 no concelho da Moita

Dança e muita música no próximo fim-de-semana

 

Até ao final de agosto, os espaços públicos do concelho da Moita estão a receber artes performativas, cinema, música, teatro, entre outras iniciativas, no âmbito do programa Cultura em Movimento 2020, promovido pela Câmara Municipal da Moita, Juntas de Freguesia e Movimento Associativo.

No próximo fim-de-semana, decorrem as seguintes iniciativas:

 

Dia 21 de agosto | sexta-feira | 19:00h

Parque José Afonso (junto às piscinas municipais) | Baixa da Banheira

MÚSICA “VALU”

VALU2.jpg

 

Destinatários: Público em geral | M/6 anos

Duração: ± 50 min.

“Valu nasceu em 77, o ano do punk, e cresceu para se transformar no improvável resultado de uma infância a ouvir o "Sobreviventes" e o "Cantigas do Maio" no gira disco da casa em modo repeat, sendo que na altura o modo repeat exigia todo um ritual de solenidade e relativa desarrumação que deixou marcas que resistiram ao tempo e sobreviveram na memória. Se as referências da infância evocam nomes tão solenes como Godinho ou Zeca, foi na adolescência, igualmente punk, que as guitarras entraram em cena no filme desta pessoa de 77, com espírito de 74 e os olhos postos na contemporaneidade. As canções evocam o choro e o dedilhar dos cantores de intervenção, a poesia é clara, acutilante, cara a cara, fala da vida e da prisão, felizmente sem necessidade de metáforas evasivas ou eufemismos, e a apresentação faz-se num emaranhado de cabos, cravos, cabelos vermelhos e uma guitarra abençoada por Jello Biafra, figura maior desse mesmo punk que nasceu em 77, que tem espírito de 74 e os olhos sempre postos na contemporaneidade. Valu está atualmente a produzir o seu disco de estreia. https://www.facebook.com/Valu-824683340932475/

Entrada gratuita com reserva obrigatória pelo telefone 933 003 654

 

Dia 22 de agosto | sábado | 19:00h

Praia do Rosário | Gaio Rosário

MÚSICA “TRÊS RIOS”

três rios.png

 

Destinatários: Público em geral | M/6 anos

Duração: ± 60 min.

“Catarina dos Santos, Luati González e Julian Tarragô juntam-se para nos apresentar Três Rios - percussão, voz e acordeão; Espanha, Portugal e Brasil - com sonoridades originais e inspiradoras, que resultam da absoluta necessidade de acrescentar arte e música aos nossos dias, numa luta encantada contra a corrente. Temas originais e composições de grandes compositores da música Ibérica e da América Latina”.

https://soundcloud.com/catarina-dos-santos

https://madnomadflowetry.bandcamp.com/

www.marcreation.net

Entrada gratuita com reserva obrigatória pelo telefone 933 003 654

 

Dia 23 de agosto | domingo | 19:00h

Praceta Almada Negreiros, Bairro Gouveia | Alhos Vedros

MULTIDISCIPLINAR “FAST FORWARD”, de Marina Popova

POPOVA 1.JPG

 

Destinatários: Público em geral | M/6 anos

Duração: ± 55 min.

“Contrariando a ideia de que algumas músicas não são adequadas para dançar, Fast Forward surge da vontade da coreógrafa Marina Popova em ilustrar, através da dança, as músicas mais icónicas da sua juventude. Neste espetáculo multidisciplinar, que assume a forma de um concerto, os instrumentos são tocados ao vivo pelos próprios bailarinos, mas é o movimento e a coreografia que assumem o papel principal do cruzamento artístico.

Coreografia: Marina Popova * excepto quadros coreográficos 2, 7, 8, 9, 11, 12, 15 e 16

Coautoria de Marina Popova e Marco Rodrigues | Interpretação, Bailarinos: Carolina Russo, Catarina Frade, João Évora, Patrícia Frade, Marco Rodrigues e Marina Popova | Músicos - Guitarras: Marco Rodrigues | Saxofone: Patrícia Frade | 2ªs Guitarras: Carolina Russo | Backing Vocals: Marina Popova, Patrícia Frade, Catarina Frade e Carolina Russo | Figurinos, Apoio de Palco e Registo Imagem: Carla Frade | Produção: Companhia de Dança Marina Popova 2020.

Entrada gratuita com reserva obrigatória pelo telefone 933 003 654

 

Visando a segurança de todos, as iniciativas seguem medidas rigorosas, garantindo todas as condições para uma experiência segura. O Cultura em Movimento cumpre todas as normas da Direção-Geral de Saúde para o setor da cultura.

A participação nas atividades do Cultura em Movimento requer inscrição prévia através do número 933 003 654, no horário de segunda a sexta-feira, das 9:00h às 12:30h e das 14:00h às 17:30h (máximo de cinco reservas por pessoa).
O programa está sujeito a alterações, sendo periodicamente avaliado de acordo com as indicações da DGS, e pode ser consultado em
 www.cm-moita.pt.

Cultura em Movimento 2020 no concelho da Moita: Dança, música e literatura no próximo fim-de-semana

 

 

Até ao final de agosto, os espaços públicos do concelho da Moita são o palco para artes performativas, cinema, música, teatro, entre outras iniciativas, no âmbito do programa Cultura em Movimento 2020, promovido pela Câmara Municipal da Moita, Juntas de Freguesia e Movimento Associativo.

No próximo fim-de-semana, decorrem as seguintes iniciativas:

 

7 de agosto | sexta-feira | 19:00h às 21:00h

Animação de rua em veículo móvel | Percurso pelo concelho

DANÇA COM A ACADEMIA DE DANÇA ALMA LATINA DA SOCIEDADE FILARMÓNICA ESTRELA MOITENSE

dança.jpg

 

Destinatários: Público em geral | M/6 anos

Duração: 2 horas.

Direção: Luís Pascoeiro | Interpretação: Sorin Pojar e Lara Neto | Eduardo Proença e Laura Cardoso | Eduardo Velez e Bruna Velez | Diogo Fernandes e Constança Fernandes | Yasmin Pires e Leonor Gaspar

Mais informações pelo telefone 933 003 654

Organização: Câmara Municipal da Moita

 

8 de agosto | sábado | 10:00h

Parque Municipal da Moita

SÁBADOS A LER EM FAMÍLIA

Um Tubarão na Banheira de David Machado, com Maria João Silva

Destinatários: Crianças e famílias | M/7 anos

Duração: ± 45 min.

Lotação máxima: 20 participantes

14191654«O-Tubarão-na-Banheira»-709x1024.jpg

 

“Imagine-se, um dos protagonistas é um tubarão que entra dentro de casa e dorme numa banheira. Mas este tubarão mais ou menos bem comportado também anda de carro e vai à escola. Parece mentira? Só para quem não acredita no poder dos pensamentos. O Tubarão na Banheira é um livro de grande encanto, ao qual não faltou inspiração literária e criativa.”

Entrada gratuita, com reserva obrigatória pelo telefone 933 003 654

Organização: Câmara Municipal da Moita

 

8 de agosto | sábado | 19:00h às 21:00h

Animação de rua em veículo móvel | Percurso pelo concelho

MÚSICA

MUGSY LTMS AND MEDI SOUND STATION + INDIAN MAN

INDIAN MAN 1.jpg

 

Destinatários: Público em geral | M/6 anos

Duração: 2 horas.

Mais informações pelo telefone 933 003 654

Organização: Câmara Municipal da Moita

 

MUGSY LTMS AND MEDI SOUND STATION

Mugsy é um músico do concelho da Moita que iniciou a sua carreira em 2000. Através de ritmos envolventes e pacificadores, o seu New Roots Reggae faz-nos viajar até uma Jamaica dos dias de hoje, sem perder as raízes de uma tradição musical riquíssima.

Mugsy conta já com vários álbuns de originais e neste momento prepara Wailing e Monkeys que serão lançados antes do final de 2020.

https://m.facebook.com/likethemansaid?tsid=0.29447563336772475&source=resut

 

INDIAN MAN

HIP HOP & BOAS VIBES

Indian Man é um músico do concelho da Moita no ativo desde 2012. As suas músicas têm como base o hip-hop com um espectro musical amplo, passando também pelo R&B contemporâneo.

Para além de mixtapes, conta ainda com um álbum de originais e recentemente lançou o EP "E Eu?”.

Tem atuado em diversos locais, destacando-se as atuações nas Semanas Académicas de Setúbal, Copenhagen Bar em Lisboa, Maus Hábitos no Porto e nas Festas do Vale da Amoreira e Baixa da Banheira.

https://www.instagram.com/therealmadcurry/

www.youtube.com/indianmandc

 

9 de agosto | domingo | 10:30h

Parque Municipal da Moita

OFICINA DE CORPO E MOVIMENTO - Com Yana Suslovets

foto_Yana Suslovets.jpg

 

Destinatários: Público em geral | M/12 anos

Duração: ± 60 min.

Lotação máxima: 12 participantes

Esta oficina tem como objetivo estimular e ativar o movimento do corpo através de exercícios de aquecimento, alongamento e condição física. Serão desenvolvidas atividades de pesquisa do domínio do corpo, que estimulam as funções motoras, percetivas e afetivas. Através de uma abordagem recreativa e descomprometida, pretende-se conduzir a criação de um diálogo entre a mente e o corpo e contribuir para assimilar a importância do corpo em movimento, que assume um papel fundamental no nosso quotidiano, explorando a expressão corporal como

forma de conhecimento, indispensável para vivermos presentes, críticos e participantes ativos em sociedade.

Entrada gratuita, com reserva obrigatória pelo telefone 933 003 654

Organização: Câmara Municipal da Moita

 

Visando a segurança de todos, as iniciativas seguem medidas rigorosas, garantindo todas as condições para uma experiência segura. O Cultura em Movimento cumpre todas as normas da Direção-Geral de Saúde para o setor da cultura.

A participação nas atividades do Cultura em Movimento requer inscrição prévia através do número 933 003 654, no horário de segunda a sexta-feira, das 9:00h às 12:30h e das 14:00h às 17:30h (máximo de cinco reservas por pessoa).
O programa está sujeito a alterações, sendo periodicamente avaliado de acordo com as indicações da DGS, e pode ser consultado em
 www.cm-moita.pt.

 

Cultura em Movimento 2020: Próximas iniciativas

Cultura em Movimento 2020

Próximas iniciativas

 

O programa Cultura em Movimento 2020 teve início a 24 de julho e prolonga-se até ao final de agosto com diversas atividades em vários espaços públicos do concelho da Moita.

Numa parceria entre a Câmara Municipal da Moita, as Juntas de Freguesia e o Movimento Associativo, Cultura em Movimento visa, todos os anos, dinamizar os largos, jardins, pracetas, ruas e parques de todas as freguesias do concelho com artes performativas, cinema, música, teatro, entre outras iniciativas que visam o acesso de todos à cultura neste período estival.

 

No próximo fim-de-semana, as iniciativas previstas são:

 

31 de julho | sexta-feira | 19:00h

Largo 5 de Outubro | Sarilhos Pequenos

SESSÃO DE CONTOS COM RODOLFO CASTRO

rodolfo castro.jpg

 

Destinatários: Público em geral | M/6 anos

Duração: ±50 min.

Rodolfo Castro nasceu em Buenos Aires, Argentina, e intitula-se “O pior contador de histórias do mundo”. Escreve e ilustra os seus próprios livros e é também formador na área da animação do livro e da leitura. As histórias que conta são pautadas por um humor constante, que agradam a pequenos e graúdos.

Entrada gratuita com reserva obrigatória pelo telefone 933 003 654

Organização: Câmara Municipal da Moita

 

1 de agosto | sábado | 19:00h

Parque das Canoas | Gaio-Rosário

MÚSICA, ARTES PLÁSTICAS E MOVIMENTO | PORTUGAL

“HÁRVORE”, COM FERNANDO MOTA

Hárvore.jpg

 

Destinatários: Público em geral | M/3 anos

Duração: ±40 min.

“Hárvore é o espetáculo que marca o início de uma pesquisa à volta de objetos sonoros e instrumentos musicais experimentais criados a partir de árvores e outros materiais naturais. A partir do instrumento que Fernando Mota concebeu em 2019 para o projeto Sahar, da Fundação Calouste Gulbenkian, serão criados novos objetos utilizando vários carvalhos cortados em limpeza de terrenos na Serra de Montemuro. Com esses instrumentos e outros materiais naturais como ramos, pedras, areia e água criamos um espetáculo multidisciplinar que envolverá música, artes plásticas e movimento. Hárvore será um objeto telúrico, tão contemplativo quanto explosivo, uma partitura musical e performativa que mais do que sugerir paisagens, desenhará as energias nelas existentes”.

Criação e Interpretação: Fernando Mota | Operação Técnica: Catarina Codea | Produção e Coordenação: Violeta Mandillo

Integrado na 25ª edição do Festival Sementes – Mostra Internacional de Artes para o Pequeno Público

Entrada gratuita com reserva obrigatória pelo telefone 933 003 654.

Organização: Câmara Municipal da Moita e Teatro Extremo

 

2 de agosto | domingo | 19:00h

Praceta Almada Negreiros, Bairro Gouveia | Alhos Vedros

DANÇA | PORTUGAL

“UMA BAILARINA ESPE(TA)CULAR”, COMPANHIA DE DANÇA DE MATOSINHOS

CDM 3.jpg

 

Destinatários: Público em geral | M/3 anos

Duração: ±20 min.

“As bailarinas foram crianças. Cresceram para a dança obrigando o corpo e a cabeça a caberem dentro de um certo molde. O que é que se perde ou se alcança quando se realiza um sonho de dança? Perguntando-se quem sonha a criança que dança, uma bailarina encontra, pela dança, a criança contando como foi sonhada.” Regina Guimarães

Direção: Manuel Tur | Texto: Regina Guimarães | Interpretação: Sara Silva | Cenografia: Moradavaga | Voz: Sara Pinto Pereira | Apoio à criação: Diana Amaral | Desenho de luz: Joaquim Madaíl | Coprodução: Companhia de Dança de Matosinhos e Câmara Municipal de Matosinhos/Teatro Municipal Constantino Nery

Integrado na 25ª edição do Festival Sementes – Mostra Internacional de Artes para o Pequeno Público

Entrada gratuita com reserva obrigatória pelo telefone 933 003 654.

Organização: Câmara Municipal da Moita e Teatro Extremo

 

Visando a segurança de todos, as iniciativas seguem medidas rigorosas, garantindo todas as condições para uma experiência segura. O Cultura em Movimento cumprirá todas as normas da Direção-Geral de Saúde para o setor da cultura.

A participação nas atividades do Cultura em Movimento requer inscrição prévia através do número 933 003 654, no horário de segunda a sexta-feira, das 9:00h às 12:30h e das 14:00h às 17:30h (máximo de cinco reservas por pessoa).
O programa está sujeito a alterações, sendo periodicamente avaliado de acordo com as indicações da DGS, e pode ser consultado em www.cm-moita.pt.

Yoga e Dança Oriental regressam ao Museu do Oriente

Aulas presenciais e online

 

Museu do Oriente (2).jpg

 

O Museu do Oriente retoma as aulas regulares de Yoga e de Dança Oriental, voltando a receber os participantes nas suas instalações, mas mantendo em paralelo o formato online para quem, no conforto da sua casa, pretenda deixar-se contagiar pelo espírito destas práticas.

 

Aos sábados de manhã (10.30-11.30) e às terças-feiras ao final do dia (18.30-19.30), as aulas de yoga online são uma oportunidade para promover o bem-estar físico e mental, no contexto desafiante em que vivemos. Orientada por Alexandra Prazeres, professora de Yoga formada pela Federação Portuguesa de Yoga, esta prática visa entender e descobrir o que representa o yoga em cada momento da vida, para potenciar o autoconhecimento e o equilíbrio do indivíduo a todos os níveis.

 

A partir de Setembro será possível retomar a prática regular de Yoga de forma presencial, com aulas às segundas e quartas-feiras, entre as 13.00 e as 14.00, orientadas por Amândio Figueiredo, Director do Departamento de Ayurveda e Yogaterapia (DAYT) da Federação Portuguesa Yoga-UP e membro fundador da Associação Europeia de Ayurveda. Para quem preferir, poderá ainda optar por aulas em regime online entre as 11h30 e as 12h30, também às segundas e quartas-feiras.

 

Já a decorrer estão as aulas presenciais de Dança Oriental, que são transmitidas online simultaneamente, às segundas e quintas-feiras, entre as 13.00 e as 14.00.

 

Feita por mulheres e para mulheres de todas as idades e formas físicas, a Dança Oriental tem como característica principal o movimento rítmico das ancas e dos músculos do ventre. É composta por uma série de movimentos de vibrações, acentuações, ondulações, movimentos pélvicos e rotações, que trabalham o corpo como um todo. Aliados à música e a uma sinuosidade semelhante à de uma serpente, estes movimentos eram originalmente parte integrante do ritual de fertilidade e de preparação para a maternidade.

 

Os benefícios físicos e emocionais da Dança Oriental fazem com que seja uma autêntica terapia para o corpo e para a mente, sobretudo, porque permite descobrir que é possível divertirmo-nos dançando, libertando e controlando o corpo ao mesmo tempo.

 

As aulas são orientadas por Carla Sofia, certificada em Dança Oriental pelo Conselho Internacional de Dança da UNESCO, membro da Companhia Matridança e fundadora, em 2016, do grupo Pandora.

 

As inscrições para todas as actividades são feitas através do site do Museu do Oriente.

 

Yoga aos sábados

10.30-11.30

Com Alexandra Prazeres

 

Yoga Nidra ao final da tarde

Terças-feiras

18.30-19.30

Preço:

20 €/ participante/ mês

30 €/ participantes/ mês

10 € aula avulsa

 

Yoga Semanal (a partir de Setembro)

Segundas e quartas-feiras

11.30-12.30 – aulas online

13.00-14.00 – aulas presenciais

1x semana | 20 €/ participante/ mês

2x semana | 35 €/ participante/ mês

 

Dança Oriental – aulas regulares presenciais e online

Com Carla Sofia

Segundas e quintas-feiras

13.00-14.00

Preço:

2x semana | 35 €/ mês/ aulas online

2x semana | 40 €/ mês/ aulas presenciais

1x semana | 23€/ mês

10 €/ aula avulsa

 

 

www.museudooriente.pt

 

3ª EDIÇÃO | CUMPLICIDADES 2020 - Festival Internacional de Dança Contemporânea de Lisboa

E começa já na próxima sexta-feira, 6 de Março, o Festival CUMPLICIDADES - Festival Internacional de Dança Contemporânea de Lisboa, de 6 a 21 de Março.  

CANAN YUCEL PEKICTEN_MDM.jpg

 

O curador desta edição é o artista plástico André Guedes e para a  edição do CUMPLICIDADES foi escolhido o termo Multiverso, como conceito agregador das propostas nacionais e internacionais da nova edição. Encontrámo-lo na diversidade de linguagens, biografias, cronologias e distintas geografias – locais, regionais e transnacionais – dos artistas aqui reunidos.

No momento histórico presente, o CUMPLICIDADES, enquanto plataforma artística, deseja contribuir para a convocação de um humanismo anti-nacionalista, uma prática da diversidade na qual os direitos humanos e democráticos serão denominadores comuns, elementares e essenciais.

 

Serão apresentados:

- 27 Espetáculos de artistas emergentes e consagrados, nacionais e internacionais

- 3 Conversas públicas (Talks)

- 5 Workshops

- 1 Exposição

- 3 Apresentações Work in progress (Estúdio Abertos)

- 2 atividades de Projeto Educativo (projeto Dançar a Memória e Passaporte de Dança (de 180 aulas gratuitas, em 40 escolas de 16 Juntas de Freguesia de Lisboa, de 2 a 7 de Março).

 

- 5 Estreias Absolutas - Sara Anjo e Teresa Silva (PT), Josefa Pereira (PT), David Marques (PT), João Penalva (PT), Carlota Lagido (PT).

- 6 Estreias em Lisboa - Canan Yücel Pekiçten (TU), Raúl Maia (AUS/PT), Khouloud Yassine (LB), Sina Saberi (IR), Catarina Miranda (PT), Adriana Grechi (BR/PT)

 

Um total de 52 apresentações dirigidas a distintas faixas etárias.

IRISH CELTIC REGRESSA A PORTUGAL EM ABRIL

Outlook-kmz4t21x.png

 

O grupo irlandês que conta os segredos Celtas da Irlanda através da música irá estar em Lisboa, no Salão Preto e Prata Casino Estoril, de dia 15 a 26 de Abril e no Coliseu Porto Ageas com espectáculo único a 28 de Abril.

 

Gerido por Paddy Flyn há muitas gerações, é a vez de Diarmuid, o seu filho, assumir a gerência da companhia irlandesa. Entre copos de cerveja e whisky e ao som de violinos, gaitas-de-fole, acordeões e das tradicionais flautas celtas (Tin Whistle), Paddy conta-lhe os segredos do povo Celta da Irlanda, através das suas danças e canções tão famosas em todo o mundo. Sláinte! (como quem diz, “saúde!”).

 

Com coreografia de Denise Flynn e Jim Murrihy, ex-bailarinos de Lord of the Dance, Irish Celtic recria episódios de forma única desta cultura antiga, mas ainda viva.

 

Irish Celtic é um Pub, em Cork, Irlanda. A sua história data do princípio dos tempos, e no seu interior encerram-se lendas e objectos que testemunham a história da Ilha Esmeralda, do tempo dos druidas à migração do século XIX.

 

O que diz a imprensa?

“Irish Celtic é prova da vitalidade da cultura Celta”, Télé 7 Jours

“Com Irish Celtic a dança irlandesa está longe de ser esquecida”, Aujourd’hui en France

 

Salão Preto e Prata Casino Estoril | 15 a 26 Abril

Coliseu Porto Ageas | 28 Abril

M/6

 

Grau Zero da Companhia ● Fevereiro ● Ballet Contemporâneo do Norte

   

e0cc1581-dfb2-4cd1-a704-3c446c387c64.jpg

 

 Fotografia de Susana Neves




Grau Zero da Companhia
SESSÃO #2 | 29 Janeiro 2020
Coreografia, Desempenho e Processo com
Joclécio Azevedo


 

Sala de ensaios do Cinetreatro António Lamoso
10h00- 12h30
Destinatários: Professores e amadores do espetáculo e outras artes; estudantes de artes; coletividades, associações e grupos
Inscrição gratuita e obrigatória: bcnproducao@gmail.com


 

Grau Zero da Companhia é um programa de formação para profissionais e amadores das artes performativas. O título, inspirado na obra seminal de Roland Barthes, precipita-nos para a abordagem à iniciação de técnicas que assistem à construção de uma companhia, existente, ou em formação. Os 8 laboratórios incidirão sobre funções e práticas que são centrais na atividade do BCN, e serão coordenados pelos seus colaboradores mais frequentes. O objetivo é questionar a ideia de "companhia" e assim antever estratégias para estarmos/trabalharmos juntos.

Sub-intitulado “Coreografia, desempenho e processo”, Joclécio Azevedo propõe um workshop de introdução ao processo coreográfico, onde os participantes serão incentivados a usar o corpo como ferramenta e como suporte para expor e combinar materiais coreográficos gerados a partir de práticas colaborativas. A coreografia será trabalhada enquanto prática emancipatória e abrangente, não limitada apenas à utilização da dança, mas integrando também a possibilidade de convocar o espaço, os objetos, a linguagem e o som enquanto elementos discursivos e performativos.

 

Joclécio Azevedo. Coreógrafo nascido no Brasil em 1969 e sediado no Porto desde 1990. Os seus trabalhos atravessam diferentes disciplinas artísticas, tendo-se dedicado mais intensamente à criação coreográfica a partir de 1999. Artista residente da Circular Associação Cultural em Vila do Conde a partir de 2012, coordenador do programa educativo da mesma associação desde 2018. Membro da direção plenária da GDA (Cooperativa de Gestão dos Direitos dos Artistas) e do Conselho de Curadores da Fundação GDA desde 2010. Desde 2013, participa regularmente como formador no FAICC – Formação Avançada em Interpretação e Criação Coreográfica da Companhia Instável. Em 2016 trabalhou como assistente convidado no Curso de Especialização em Performance na FBAUP. Colabora, desde 2016, com o grupo Sintoma – Performance, Investigação e Experimentação, orientado por Rita Castro Neves e desenvolvido pelo i2ADS Instituto de Investigação em Arte, Design e Sociedade da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto




Próxima sessões:
28 mar: Dramaturgia e Coreografia (Rogério Nuno Costa)
18 abril: Desenho de Luz (Daniel Oliveira)
30 maio: Fotografia de Cena (Miguel Refresco)

DESAFIA-TE sessão com Jorge Gonçalves

 

O Gabinete da Juventude de Santa Maria da Feira está a promover o início da nova edição do projeto "Desafia-TE", no qual o BCN é parceiro, em todas as escolas do concelho.

O Desafia-TE é um projeto de prevenção secundária na área educacional numa perspetiva comunitária e inclusiva, destinado a jovens que estudem no concelho, com idades compreendidas entre os 14 e os 18 anos.

O objetivo deste projeto é dar a oportunidade aos jovens de participar num conjunto de atividades, dinamizadas por parceiros locais, que lhes permitam o desenvolvimento de competências transversais relevantes para o seu desenvolvimento pessoal, integração social e construção do projeto de vida.

 Nas sessões para o projecto Desafia-te, cada um dos participantes, a partir da exploração do seu movimento particular, irá desenvolver as suas capacidades criativas de acordo com estados físicos e emocionais a serem propostos. Através de metodologias coletivas, os participantes irão colaborar entre si para desenvolver ferramentas de análise e composição sobre o trabalho que irão realizar.

Sobre Jorge Gonçalves.
Como independente trabalha no âmbito das artes performativas como curador, coreógrafo, dramaturgo, produtor, performer e professor. Foi co-fundador e diretor artístico da estrutura de programação de artes performativas MEZZANINE (2009-2017) e da Obra Madrasta (2008-2011). É licenciado em Engenharia (FEUP, 2002), tem o Curso de Dança Contemporânea do Balleteatro (2005) e o mestrado em coreografia, DAS Choreography (AHK, 2014). Desde 2006 que tem vindo a produzir e a apresentar o seu trabalho artístico em Portugal, Alemanha, Áustria, Espanha e Holanda. 


 

Direção Artística Artistic Director: Susana Otero
Documentação e Artista Associado Documentation and Associated Artist: Rogério Nuno Costa
Produção Executiva Executive Producer: BCN
Designer Jani Nummela

O BCN é uma estrutura financiada e apoiada: