Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Uma dança por mês | 23 junho | Práticas de indexação com Jorge Gonçalves

d70e97a3-d8d0-4ae0-9a95-b6c3d8f3f8ae.jpg

Fotografia de Nellie de Boer - a suspended gesture, de Jorge Gonçalves

 

23 JUNHO
Práticas de Indexação

com Jorge Gonçalves
10h00 - 12h30
ICC - Imaginarius Centro de Criação

 

Público alvo: 12 aos 65 anos
Entrada livre mediante inscrição
Inscrição através do email: bcnproducao@gmail.com
Limitado a 30 participantes

 


Uma Dança por Mês é um ciclo de encontros de experimentação de uma determinada técnica de movimento ou prática da dança.
Este ciclo visa promover a construção de um lugar comunitário para a experimentação e entendimento do movimento. A próxima sessão será com Jorge Gonçalves.

As práticas de indexação e focalização com que trabalho são os modos como desenvolvemos estados físicos e não ficcionais em relações interpelativas com uma audiência. Aqui, iremos experimentar diferentes coreografias de relações com objetos e espaços imaginários, espectadores e abstrações. Através de uma série de gestualidades e do uso da palavra, iremos simular espaços fictícios e de diferentes temporalidades em que irão revelar um espaço que não existe mas que é indiciado. 
 

Jorge Gonçalves
Como independente trabalha no âmbito das artes performativas como curador, coreógrafo, dramaturgo, produtor, performer e professor. De 2009 a 2017, co-fundou e dirigiu a estrutura de programação de artes performativas, MEZZANINE. Em 2009, foi o corresponsável artístico e gestor da OOPSA Associação e de 2008 a 2011, cofundou e dirigiu a estrutura de produção Obra Madrasta. É licenciado em Engenharia (FEUP, 2002), tem o Curso de Dança Contemporânea no Balleteatro Escola Profissional (2005), frequentou Mestrado em Performance Artística – Dança (FMH. 2006) e o Amsterdam Master of Choreography (AHK, 2014). Desde 2006 que tem vindo a produzir e a apresentar o seu trabalho artístico em Portugal, Alemanha, Áustria, Espanha e Holanda. Desde 2003, tem trabalhado com diversos coreógrafos como Anna Pehrsson, Litó Walkey, Rebecka Stillman, Elisabete Finger, Dinis Machado, DD Dorvillier, Mathilde Monnier, Daniel Kok, Goro Tronsmo, Isabelle Schad, Keith Lim, Né Barros. Tem colaborado com diversas instituições a nível nacional (Balleteatro, Asas de Palco, MARTE, Casa da Música) e internacional (HZT e Tanzfabrik Berlin), dirigindo workshops, e trabalhando como mentor de estudantes de artes performativas.

Palmela comemora Dia do Sapateado | 9 de junho - Cineteatro S. João, Palmela

Palmela comemora Dia do Sapateado

 

Sapateado.png

 

O Dia do Sapateado 2018 é assinalado, em Palmela, com um Workshop e com a Festa do Sapateado, que se realizam no dia 9 de junho, no Cineteatro S. João. As iniciativas são organizadas pela Associação do Sapateado em Portugal, em parceria com a Câmara Municipal de Palmela.

O Workshop de Sapateado é de participação livre e abrange os níveis iniciado (10h00) e intermédio (11h00).Às 18h30, tem início a Festa do Sapateado. Ao longo do espetáculo, vão passar pelo palco do Cineteatro S. João alunos das escolas Dance Spot Adultos, Annette’s School of Dance, Escola de Dança Ana Kohler, Quorum Academy, Conservatório Nacional de Dança de Lisboa, Tap Dance Center, Escola de Dança Moviune, Swing Station, Jazzy Studios, Oeiras Dance Academy, entre outras, que vão apresentar mais de duas dezenas de atuações.  

Os bilhetes para o espetáculo têm o valor de 10 euros (7,50 euros para menores de 10 anos, maiores de 65 anos que sejam portadores do Cartão Sénior e para portadores do Palmela Tourist Card). Informações e reservas: 21 233 66 30.

 

UAU | CARMEN volta a incendiar os palcos nacionais em junho

pastedImage.png

 

 
Há 133 anos Carmen estreava em Lisboa. A ópera que conta a história da Cigana intensa e temperamental, que vive a sua paixão com D. José, cabo do exército. Hoje é o Ballet Español de Murcia, fundado por Carmen e Matilde Rubio, que devolve esta paixão aos palcos nacionais, desta vez com a envolvência do flamenco.
 
Em 1830, Carmen, uma bela e temperamental cigana, vive uma paixão arrebatadora com o ingénuo D. José, cabo do exército. A sua relação é tão intensa que D. José deserta e junta-se ao grupo de contrabandistas do qual Carmen faz parte. Mas, quando ela se encanta por Escamillo, um bravo toureiro, D. José enlouquece e jura matá-la.
 
Carmen, uma história de paixão e tragédia pelo Ballet Español de Murcia, companhia fundada por Carmen e Matilde Rubio, em 1985. Com uma identidade muito própria, o Ballet Español de Murcia tem por objectivo “dançar” histórias apaixonantes, em coreografias que homenageiam os diferentes estilos de dança espanhola, com destaque ao flamenco. Em 33 anos de vida, o Ballet Español de Murcia já se apresentou por todo o mundo e ganhou importantes prémios, que o confirmam como verdadeiro embaixador.
CAE Figueira da Foz
6 Junho | 21h30
Preços: 27,50€ e 32,50€
Teatro Tivoli BBVA | 8 a 10 Junho
8 e 9 às 21h30
9 e 10 às 16h30
Preços: 17,50€ a 32,50€
M/6

3 DE JUNHO | 10H00 - ‘SICAL DANÇAS DO MUNDO’ ARRANCA COM AULAS GRATUITAS DE DANÇA EM LISBOA E NO PORTO

SICAL DANÇAS DO MUNDO’ ARRANCA COM MEGA AULAS GRATUITAS DE DANÇA

EM LISBOA E NO PORTO

 

3 DE JUNHO | 10H00

LISBOA (JARDIM DA GUITARRA, CORDOARIA) | PORTO (PARQUE DE SÃO ROQUE)

 

Se gosta de dançar, viajar e de café, não vai querer perder SICAL DANÇAS DO MUNDO: mega aulas de dança, originárias de diferentes países, que a marca lhe vai oferecer a partir do próximo dia 3 de junho e ao longo do verão, em Lisboa e no Porto.

A dança é uma das mais bonitas manifestações das Origens de cada cultura. Através da música, da coreografia, do ritmo e da forma de o corpo se expressar, a Dança revela todo um universo de tradições, usos, costumes, gostos… conta a história de um povo!

Em parceria com a Jazzy, a marca portuguesa de cafés torrados SICAL vai oferecer aos portugueses aulas gratuitas de dança, ao ar livre, que podem ir dos ritmos latinos ao bollywood, passando pelo kuduro, afro tribal e dance hall, ao longo de todo o verão. Fique a par de todo o calendário de eventos em SICAL DANÇAS DO MUNDO.

As duas primeiras sessões, a realizar dia 3 de junho, em Lisboa e no Porto, contam com quatro estilos distintos e cerca de 20 instrutores que ajudarão todos os participantes a dar “um pezinho” de dança:

 

Agenda em Lisboa

10h00-10h50- Ritmos Latinos

10h50-11h40- Bollywood

11h40-12h30-  Kuduro

12h30-13h20-  Ritmos brasileiros (funk brasileiro)

 

Agenda no Porto

10h00-10h50- Bollywood

10h50-11h40- Afro Tribal

11h40-12h30-  Ritmos Latinos

12h30-13h20-  Ritmos brasileiros (funk brasileiro)

É desta forma - com o projeto SICAL DANÇAS DO MUNDO – que a marca portuguesa de cafés torrados da Nestlé se propõe celebrar e dar a conhecer as danças típicas dos países de Origem do seu café.

Não interessa se é “pé de chumbo”, qual a sua idade ou género… Venha participar, divertir-se e repor as energias, porque, tal como a dança, SICAL DANÇAS DO MUNDO é para todos.

3 DE JUNHO | 10H00 | LISBOA (JARDIM DA GUITARRA, CORDOARIA) | PORTO (PARQUE DE SÃO ROQUE) | 'SICAL DANÇAS DO MUNDO' ARRANCA COM MEGA AULAS GRATUITAS DE DANÇA EM LISBOA E NO PORTO

 

‘SICAL DANÇAS DO MUNDO’ ARRANCA COM MEGA AULAS GRATUITAS DE DANÇA EM LISBOA E NO PORTO

 

3 DE JUNHO | 10H00

LISBOA (JARDIM DA GUITARRA, CORDOARIA) | PORTO (PARQUE DE SÃO ROQUE)

 

Se gosta de dançar, viajar e de café, não vai querer perder SICAL DANÇAS DO MUNDO: mega aulas de dança, originárias de diferentes países, que a marca lhe vai oferecer a partir do próximo dia 3 de junho e ao longo do verão, em Lisboa e no Porto.

A dança é uma das mais bonitas manifestações das Origens de cada cultura. Através da música, da coreografia, do ritmo e da forma de o corpo se expressar, a Dança revela todo um universo de tradições, usos, costumes, gostos… conta a história de um povo!

Escolhemos celebrar as Origens do nosso café com a Dança por ser uma atividade que é transversal a todas as pessoas, de todas as idades e em qualquer parte do mundo. A Dança dá-nos energia e faz-nos sentir bem, tal como uma chávena de bom café. É esta a energia contagiante que queremos para estas iniciativas e para a marca SICAL. Vamos pôr os portugueses a mexer”, afirma Teresa Roseta, responsável de marketing de cafés torrados da Nestlé Portugal.

Assim, em parceria com a Jazzy, reconhecida escola de dança, a marca portuguesa de cafés torrados, vai oferecer aos portugueses aulas gratuitas de dança, ao ar livre, que podem ir dos ritmos latinos ao bollywood, passando pelo kuduro, afro tribal e dance hall, ao longo de todo o verão. Fique a par de todo o calendário de eventos em SICAL DANÇAS DO MUNDO.

As duas primeiras sessões, a realizar dia 3 de junho, em Lisboa e no Porto, contam com quatro estilos distintos e cerca de 20 instrutores que ajudarão todos os participantes a dar “um pezinho” de dança:

Agenda em Lisboa

10h00-10h50- Ritmos Latinos

10h50-11h40- Bollywood

11h40-12h30-  Kuduro

12h30-13h20-  Dancehall

Agenda no Porto

10h00-10h50- Bollywood

10h50-11h40- Afro Tribal

11h40-12h30-  Ritmos Latinos

12h30-13h20-  Dancehall

É desta forma - com o projeto SICAL DANÇAS DO MUNDO – que a marca portuguesa de cafés torrados da Nestlé se propõe celebrar e dar a conhecer as danças típicas dos países de Origem do seu café.

Não interessa se é “pé de chumbo”, qual a sua idade ou género… Venha participar, divertir-se e repor as energias, porque, tal como a dança, SICAL DANÇAS DO MUNDO é para todos.

 

SICAL está na origem… de momentos únicos e perfeitos agora concretizados na dança.

Baile de Danças Tradicionais do Mundo | Os Bardos

Danças Tradicionais do Mundo

Biblioteca Municipal de Palmela recebe Baile com Os Bardos

 

Os Bardos.jpg

 

O Auditório da Biblioteca Municipal de Palmela acolhe mais um Baile de Danças Tradicionais do Mundo, no dia 27 de maio, às 16h00, um convite a todas/os para dançar durante uma hora e meia ao som de Os Bardos.

Os Bardos na Europa antiga eram aqueles que transmitiam contos e lendas, cantando histórias em poemas recitados. Era, simultaneamente, músicos e poetas e, mais tarde, seriam designados de Trovadores. Os Bardos são um grupo de amigos - Joana Oliveira (concertina), Joaquim Rodrigues (viola de arco e violino), Jorge Wong (guitarra), José Viegas (percussão), Pedro Fontoura (flauta transversal) - com um repertório de redescoberta de músicas tradicionais europeias para dança.

Dinamizados por Leónia de Oliveira, com o apoio da Câmara Municipal de Palmela, estes bailes são abertos à participação de todas/os as/os interessadas/os e proporcionam, também, uma oportunidade de prática e convívio para a comunidade de Danças Tradicionais Europeias, que se reúne, todas as terças-feiras, nas aulas do Cineteatro S. João.

As entradas para o baile têm o valor de quatro euros, com bilheteira no local.

 

 

Carmen

6 Junho CAE Figueira da Foz
8 a 10 Junho Teatro Tivoli BBVA

cbf8c8aa-3a30-4420-8f06-fc63f2695778.jpg

 

Em 1830, Carmen, uma bela e temperamental cigana, vive uma paixão arrebatadora com o ingénuo D. José, cabo do exército. A sua relação é tão intensa que D. José deserta e junta-se ao grupo de contrabandistas do qual Carmen faz parte. Mas, quando ela se encanta por Escamillo, um bravo toureiro, D. José enlouquece e jura matá-la.

CARMEN, uma história de paixão e tragédia pelo Ballet Español de Murcia, companhia fundada por Carmen e Matilde Rubio, em 1985. Com uma identidade muito própria, o Ballet Español de Murcia tem por objectivo “dançar” histórias apaixonantes, em coreografias que homenageiam os diferentes estilos de dança espanhola, com destaque ao flamenco. Em 33 anos de vida, o Ballet Español de Murcia já se apresentou por todo o mundo e ganhou importantes prémios, que o confirmam como verdadeiro embaixador da cultura espanhola.

Uma proposta UAU!

ROCK IN RIO DANÇA NO TIME OUT MARKET

 

image005.jpg

 

Hoje, dia 11 de maio, entre às 20h00 e às 22h00, o Rock in Rio-Lisboa vai invadir o Mercado da Ribeira para fazer a festa. A menos de dois meses da abertura de portas, a Jazzy Dance Studios e o Time Out Market juntam-se ao festival para promover um warm-up ao som de músicas do cartaz da 8ª edição.

Os bailarinos da Jazzy vão convidar todos os que passarem pelo Mercado da Ribeira a dançar duas coreografias ao som dos maiores hits desta edição. Uma noite onde se viverá um pouco da festa que vai tomar conta da Bela Vista nos dias 23, 24, 29 e 30 junho!

Mário Laginha ao piano de uma Medeia arrebatadora no palco do Teatro Aveirense

É já no dia 13 de maio que o Teatro Aveirense recebe três gigantes em palco:
Mário Laginha ao piano. Sara Ribeiro e David Pereira Bastos na interpretação.

 

Com poucos se constrói a grande história de MEDEIA, encenada por João Garcia Miguel.
 

 

Um enredo que cruza paixão, traição e vingança, e que sobe a palco às 21h30.

sara_Medeia.jpg

 

 

O encenador João Garcia Miguel, assim como o músico Mário Laginha e os atores, poderão falar sobre esta história, que pretende levantar questões de pertinência atual.

 

Em anexo está um comunicado sobre a peça, críticas à peça e algumas imagens.

Pode ver a peça neste link.


ALKANTARA FESTIVAL 2018

3f430ed9-ac89-4f8a-a073-f80609f951eb.jpg

 

O Alkantara Festival 2018 acontece de 23 de maio a 9 de junho, em Lisboa. Esta edição marca os 25 anos da associação, que nasceu sob o nome de Danças na Cidade, em 1993, e que deu origem ao festival. 

É a última edição programada por Thomas Walgrave. Posteriormente, a dupla Carla Nobre Sousa e David Cabecinha passará a assumir a direção artística do festival e da associação.

Durante 18 dias, são apresentados 22 espetáculos e 7 festas com concertos e DJ sets, com artistas de 9 países, 4 continentes, em 7 espaços de Lisboa.