Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Espectáculo Nougat

Cartaz Projecto Nougat V2.jpeg

Nougat

Um espectáculo de Teatro Absurdo em que o Palhaço transporta a audiência numa viagem intergalática à procura dos elefantes Cor-de-Rosa que afinal eram galinhas e jogavam às cartas, depois do trabalho na peixaria.

Nougat é uma exploração sobre o estar presente, estar disponível, brincar. Um espectáculo em que o Clown brinca, joga e partilha o palco com diversas pessoas da audiência. Cada espectáculo é completamente único.

É um espectáculo que conecta a imaginação, o encontrar, a expectativa. Ser criança, não julgar, não ter ideias formadas ou opiniões. Ser livre de preconceitos. Ser honesto, ser ingénuo. Sempre a querer descobrir mais e mais. Inventar é a essência do espectáculo. 

 

Ficha técnica: 

Director / Palhaço: Dáni

Olhar Externo: Rui Ferreira 

Músico / Compositor: José Evangelista 

Assistente de Produção: Ânia Pais

Assistente Técnica: Lucia Gama / Serena Tassone

Modificação de Figurinos: Conceição Ferreira

Vídeo: Artur Romão 

Casino Estoril recebe Aplauso - Movimento de Apoio a Artistas a 6 e 13 de Outubro

Cartaz Aplauso.jpg

Espectáculos solidários nos dias 6 e 13 de Outubro

 

Casino Estoril recebe no Salão Preto e Prata

Aplauso - Movimento de Apoio a Artistas

 

O Salão Preto e Prata recebe, nos próximos dias 6 e 13 de Outubro, às 21 horas, dois espectáculos solidários promovidos pelo Aplauso - Movimento de Apoio a Artistas. Concebido pela promotora PMP Eventos, este projecto tem como parceiro oficial o Casino Estoril. As receites de bilheteira visam apoiar “as famílias do espectáculo”.

 

Os dois espectáculos, o primeiro no dia 6, “Origens”, celebração da dança; e o segundo no dia 13, “Aplauso em Português”, celebração da música, constituem os pontos altos desta relevante iniciativa de cariz solidário que se distingue, desde logo, pelo lançamento do “Aplauso - Movimento de Apoio a Artistas” e pela apresentação da “Associação Aplauso Solidário - Apoio a Todos os Profissionais do Espectáculo”.

 

Um movimento e uma Associação que nascem para apoiar quem já nos deu tanto; os profissionais dos eventos e espectáculos. Os que sempre estiveram na linha da frente a apoiar as mais variadas causas de solidariedade e responsabilidade social, são os que agora necessitam de um aplauso solidário.

 

A PMP Eventos, e seus parceiros, Casino Estoril, Câmara Municipal de Cascais, União Audiovisual, Tarkett, TNews, Vou Sair, JS Estúdio, Big Idea e Nobrinde, entre outros a anunciar, uniram-se na criação de um movimento de apoio aos artistas que enriquecem a indústria dos eventos, e que, em Março de 2020, viram a sua actividade suspensa.

 

O Aplauso conta com importantes patrocinadores oficiais como a RTP (Televisão Oficial), Rádio Renascença (Rádio Oficial), e Silvia Alberto como Embaixadora que, sem hesitar, aceitou o convite para ser a voz principal do Aplauso.

 

O Salão Preto e Prata acolhe, assim, dois espectáculos de estreia:

- No dia 6 de Outubro, pelas 21 horas, o espectáculo “Origens” celebra a dança, com 10 actos inovadores criados por 10 coreógrafos e levados a palco por um corpo de 30 bailarinos.

- No 13 de Outubro, pelas 21 horas, o espectáculo “Aplauso em Português” celebra a música em português, tendo como convidados especiais Wanda Stuart e FF. Estarão também em destaque Paulo Sá, Rui Drummond, Liza Veiga, acompanhados ao vivo pela banda de Nelson Canoa com coros de Patrícias SA.

 

Ao longo dos seus quase 20 anos de existência, a PMP produziu espectáculos, eventos e festivais, sempre ancorada na paixão, entrega e profissionalismo de milhares de artistas, que serão sempre parte preponderante do motor económico de Portugal, mas continuam esquecidos, sem lhes ser permitido trabalhar. Disto resultam enormes dificuldades de sobrevivência.

 

Por tudo isto, e porque o movimento precisa de estar activo 365 dias por ano para dar resposta às muitas solicitações, não só de apoio financeiro, mas também de bens e serviços de primeira necessidade, foi constituída a “Associação Aplauso Solidário – Apoio a Todos os Profissionais do Espectáculo”, que se empenhará arduamente para que ninguém fique esquecido, e todos possam receber o apoio que necessitam ou venham a necessitar.

As receitas de bilheteira dos espectáculos no Casino Estoril, e outros donativos cuja angariação será, entretanto, promovida e divulgada, reverterão a favor dos artistas intervenientes e de muitos outros que, sem fazer parte dos espetáculos necessitam de apoio. De todas as receitas bem como da sua aplicação será dado conhecimento público, salvaguardando a confidencialidade dos beneficiários.

 

O Salão Preto e Prata do Casino Estoril acolhe nos dias 6 e 13 de Outubro, respectivamente, os espectáculos “Origens” e “Aplauso em Português”. As receitas de bilheteira reverterão a favor dos artistas intervenientes e outros donativos cuja angariação será, entretanto, promovida e divulgada. M/6.

Preço: 30€.

 

Ticketline - As reservas podem ser efectuadas:

- Tel: 707 234 234 / Email: www.ticketline.sapo.pt

- Info & Reservas ligue 1820 (24h).

 

Cumprindo as orientações emitidas pela Direcção-Geral da Saúde, será obrigatória utilização de máscara bem como a compra de lugares individuais, assegurando o distanciamento social. Será, ainda, interdita a entrada após o início do espectáculo.

 

É de registar que o Casino Estoril foi distinguido com o certificado “Clean & Safe” do Turismo de Portugal e aderiu ao serviço COVID OUT, Selo de Confiança, Clean Surfaces Safe Places, emitido pelo ISQ.

UAU | 25 de junho, 10 anos da morte do "Rei da Pop" :: Os êxitos de Michael Jackson regressam a Portugal com Forever King of Pop

 

Outlook-djdlonpe.png

 

 

Bilhetes à venda a partir de amanhã, 26 de junho, às 10h.

 

 

Dez anos depois do adeus ao “Rei da Pop”, que teve lugar a 25 de junho de 2009, Forever King of Pop, o espectáculo de homenagem a Michael Jackson, regressa a Portugal com novas canções e coreografias.

 

 

Com a aprovação de Joseph Jackson, pai do músico e compositor, e de Jermaine e La Toya Jackson, os seus irmãos mais velhos, Forever King of Pop tem estado em digressão por países como França, México, Espanha e Alemanha, levando na bagagem o legado musical incontornável, que ainda hoje é entoado e dançado, e que muitos nunca esquecerão, de Michael Jackson. “Bad”, “Dirty Diana”, “Thriller”, “Earth Song” e “Smooth Criminal” são alguns dos temas que Forever King of Pop reaviva e reacende, hipnotizando o público com coreografias ritmadas, um guarda-roupa memorável e muitos “moonwalks”, a imagem de marca do cantor. Um projecto coreografado com rigor e entrega, ao qual o próprio progenitor de Michael Jackson se referiu como sendo “bom demais para ser verdade” e onde “parecia que estava a vê-lo ali”.

 

 

O papel principal cabe a Alex Blanco, artista londrino de 23 anos, que começou a imitar o artista “Man in the Mirror” e “Billie Jean” no ano da sua morte e cujos vídeos no YouTube se tornaram tão conhecidos que fizeram dele uma verdadeira estrela, com a “Human Nature” dos palcos.

 

 

“Este espectáculo é fantástico. Todos fizeram um excelente trabalho.”, Jermaine Jackson


Forever King of Pop

Lisboa

Salão Preto e Prata Casino Estoril | 20 a 23 de Fevereiro

 

 

Porto

Coliseu Porto Ageas | 28 de Março

Circo no Mercado de Arroios

 

 

A Junta de Freguesia de Arroios lança a 2ª edição do “Circo nos Mercados”, no próximo dia 30 de março no Mercado de Arroios. 

Este evento de expressão artística, produzido em parceria com a COR.D’A - Corrente d’Arte Associação tem como objetivo principal conectar os comerciantes tradicionais e a comunidade local.

O “Circo nos Mercados” procura também passar a mensagem de que o aumento da procura pela oferta cultural da cidade de Lisboa é um elemento potenciador da sua atividade social e económica e mostrar que o papel da cultura nos processos de regeneração urbana e social é crucial. 

De março a julho, o “Circo nos Mercados” estará no Mercado de Arroios com demonstrações de teatro, música, malabarismo, dança e acrobacia, espetáculos de poesia improvisada, estátuas vivas, palhaços, marionetas, mímica, performance, oferecendo uma programação para todos os públicos independentemente da sua cultura, estatuto social, género ou idade.

Este evento de cultura para todos é de acesso livre e acontece no último sábado de cada mês.

 

Espetáculo "Contos de Outrora para pessoas de agora" por Clara Haddad em Loulé

Clara Haddad2.jpg

 

A Biblioteca Municipal de Loulé irá receber o espetáculo “Contos de Outrora para Pessoas de Agora!”, no dia 15 de março, sexta-feira, pelas 21h00. Este espetáculo será dinamizado por Clara Haddad.

Quando a voz de uma guardiã das palavras entoa "Era Uma vez... No tempo em que não havia tempo... Há muito tempo atrás", o passado deixa de ser tempo remoto para se tornar presente.

Neste espetáculo Clara Haddad narra contos de culturas ancestrais de origens diversas. Contos que viajam já há muito tempo e têm passado de geração em geração, cruzando mares e oceanos, céus e terra ganhando novas matizes de cores. Contos de tempos remotos e lugares distantes, histórias divertidas, histórias de encantamento que nos fazem refletir... Histórias de outrora para pessoas de agora!                                

O espetáculo tem uma duração aproximada de 55 minutos. A entrada é livre e gratuita.

Mais informações através do telefone 289 400850 ou email biblioteca@cm-loule.pt

 

CML/GAP /RP

100% Lisboa estreia hoje com os sons quentes dos They Must Be Crazy

100% Lisboa estreia hoje
com os sons quentes dos They Must Be Crazy 

Em cena nos dias 1, 2, 3, 8, 9, 10 de fevereiro, na Culturgest

ad3c440a-65da-4c48-8afe-2bd5bd77c842.jpg

 

Foto: Vera Marmelo
 

They Must Be Crazy foi a banda escolhida para fazer a banda sonora em palco do espetáculo 100% Lisboa, da companhia Rimini Protokoll, em cena nos dias 1, 2, 3, 8, 9 e 10 de fevereiro, na Culturgest.

100% Lisboa é um espetáculo que pega nas estatísticas oficiais da cidade e dá-lhes uma cara humana, colocando em palco cem dos seus habitantes que representam a população inteira dividida em categorias como género, idade, nacionalidade, agregado familiar e área de residência. Cada um fala também por si, da sua vida, opiniões, felicidades e mágoas. 100 residentes em Lisboa em palco, onde cada um representa 1% dos habitantes da cidade.

Um espetáculo que existe há mais de 10 anos e já passou por mais de 30 cidades (100% Paris, 100% Berlim 100% Tóquio, 100% São Paulo, 100% Melbourne, recentemente 100% Porto, entre muitas outras). 

Em todas as cidades, existe uma banda de suporte, oriunda da cidade onde é realizado o espetáculo. Em Lisboa, a escolha recaiu sobre os They Must Be Crazy, banda fascinada pelo afrobeat e por toda a cultura musical africana que procura transmitir este calor e estes ritmos por onde passa e que retrata a multiculturalidade que existe em Lisboa.

Fortemente inspirados por Fela Kuti, Tony Allen, Mulatu Astatke, Antibalas, The Budos Band, os They Must Be Crazy são: David Vistas (guitarra), Edgar Valente (voz), Gonçalo Prazeres (sax barítono), Iúri Oliveira (percussão, voz), Ivo Rodrigues (trompeta), João Aguiar (guitarra), João Barreiros (teclados), Pedro Tzigani (baixa), Rui Machado (sax tenor), Sebastião Bergmann (bateria), Yuri Antunes (trombone), Zé Cruz (trompeta) e lançaram o álbum Mother Nature, em 2017.

EVA PORO #1 | Nova criação de Madalena Victorino e Joana Guerra + convidados: espectáculo de arte comunitária sobre o desaparecimento

27e0152e-4037-4928-83cb-ab90270517e0.jpg

 

EVA PORO #1: arte comunitária na paisagem sobre o desaparecimento, uma vontade de existir no ar

Em Fevereiro 2019, a programação cultural 'Lavrar o Mar' convida a uma imersão nas deslumbrantes paisagens da Costa Vicentina e do Alto da Serra de Monchique.
EVA PORO #1, com direcção artística de Madalena Victorino e Joana Guerra, em co-criação com Alix Sarrouy, Miguel Nogueira, Nicolau da Costa, Patrick Murys e Remi Gallet e inúmeros convidados, tem ESTREIA ABSOLUTA marcada para dia 8, 9 e 10 Fevereiro, num monte chamado Paraíso, Freguesia da Bordeira / Aljezur e apresentações também a 22, 23 e 24 Fevereiro, na Aldeia de Barbelote, em Monchique.

Dias 8, 9, 10 Fevereiro o ponto de encontro será na Aldeia da Vilarinha / Carrapateira já nos dias 22, 23 e 24, o ponto de encontro será no Heliporto de Monchique, sempre pelas 15h30.



Espectáculo de arte comunitária ao ar livre, 'Eva Poro #1', coloca em cena artistas (homens e uma mulher) e rapazes de contextos escolares muito diversos, juntamente com animais (tão reais quanto oníricos), para investigar, através do som e do movimento e, em recantos perdidos e abandonados pela costa e na serra, o que desapareceu ou se está a desaparecer. 

Onde se intersectam a inteligência e organização das sociedades animais e humana? Como se recuperam, pelo movimento, necessidades que, ancestralmente gravadas no nosso ADN, estão agora em vias-de-evaporação ou em mutação, ou em migração? 

Uma ficção performativa assente na procura do corpo aéreo e  de acções primordiais. 
Uma espécie de exercício de resistência pela memória, por uma matriz que não se pode apagar (mas pode-se redescobrir) e por aquilo que nasce de um espaço silencioso, esvaziado de tudo o que sempre o habitou. Como a transfiguração de uma aldeia, uma sensação, um estado.


EVA é a primeira mulher e é também uma égua que se evaporou do prado sem que ninguém desse por isso. PORO é o que, à flor da pele, nos liga ao interior do corpo, do coração. 

"EVA PORO #1" é a primeira de duas criações transdisciplinares que abordam, a partir de diferentes prismas e géneros, o assunto do desaparecimento, da evaporação, do fim das coisas, no seio das belíssimas paisagens da Costa Vicentina e Serra de Monchique.
O resultado da segunda criação (EVA PORO #2) será apresentado em Maio deste ano.


Quando o mundo que se conhece já lá não está, como ir em busca do que desapareceu? Como transformar o desaparecido em algo que reaparece mas com outra forma?  

Arte comunitária na paisagem sobre o desaparecimento, uma vontade de existir no ar: 'EVA PORO #1".

 

«100% LISBOA»: O ESPÉTACULO DOS RIMINI PROTOKOLL COM ESTATÍSTICAS DA PORDATA

DE 1 A 10 DE FEVEREIRO NA CULTURGEST

 

Na próxima sexta-feira, dia 1 de Fevereiro, estreia o espectáculo «100% Lisboa» dos Rimini Protokoll, cujo projecto – 100% City – já foi realizado em mais de 35 cidades, entre as quais Berlim, Londres, Paris, Melbourne e Tóquio.

 

«100% Lisboa» pega nas estatísticas oficiais da cidade e dá-lhes uma cara humana, colocando em palco cem dos seus habitantes que representam a população inteira dividida em categorias como o género, idade, agregado familiar e nacionalidade. Juntos, dão corpo e alma a Lisboa, pintando um retrato fiel de uma cidade em acelerada mudança.

 

O local do espectáculo conta ainda com uma exposição muito especial, preparada pela Pordata, intitulada «100% Portugal» onde, de forma envolvente e criativa, se apresentam dados sobre várias facetas da sociedade, relativas à população, educação, saúde, turismo, ambiente e energia, protecção social, empresas, emprego e desemprego, finanças locais ou participação eleitoral.

 

Assim e no ano em que celebra 10 anos de existência, a Fundação Francisco Manuel dos Santos, através da Pordata, continua a contribuir para aproximar as estatísticas dos cidadãos e para reforçar a sua utilização por todos.

Este Natal ofereça STOMP!

039f1b78-f4aa-41d2-b2c7-3ac3e33fce85.jpg

 

CURTA TEMPORADA
Teatro Tivoli BBVA
Estreia 6 Fevereiro 2018

 

Quando Luke Cresswell e Steve McNichols formaram os STOMP em 1991 não imaginavam a repercussão que o espectáculo teria em todo o mundo, nem a sua longevidade.  Em constante inovação, adicionando objectos novos em cada visita, STOMP é sinónimo de diversão! 
Em Fevereiro, os STOMP estreiam-se no palco do Teatro Tivoli BBVA!
Festas Felizes e Feliz Ano Novo!

M/6