Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Exposição de D.Anghel em destaque no Casino Estoril até 30 de Junho

3. Espirito Santo 198x300cm.jpg

Com uma expressiva afluência de público, a exposição “Desfiguração da Utopia”, da artista plástica D.Anghel, continua em destaque no Casino Estoril. Esta mostra individual de pintura pode ser visitada, até 30 de Junho, no Espaço de Arte 2 da Galeria de Arte. A entrada é livre.

 

A pintura de D.Anghel destaca-se pela monumentalidade das obras e por uma técnica extremamente rigorosa. Nos seus quadros, sujeitas a uma dobra formal e temporal, composições clássicas da pintura ocidental sofrem vários processos de transmutação e actualização.

 

Em relação à exposição de pintura “Desfiguração da Utopia”, Daniela Anghel revela: “não procuro passar mensagens principais, respostas ou soluções, mas, sim, imagino a produção de ambiguidades geradoras de perguntas. A imagem nunca é uma realidade simples. “Para que a montagem ambígua dos corpos suscite a liberdade do olhar crítico ou lúdico, é preciso organizar o encontro” afirma Georges Didi -Huberman em O destino das imagens. As minhas pinturas mostram vários encontros de imagem/fantasma que revindicam novas forças”.

       

Daniela Anghel nasceu em Alexandria, Roménia em 1979, tendo mais tarde obtido a nacionalidade portuguesa. Licenciada em Artes Plásticas – Pintura na Faculdade de Belas Artes, Universidade de Lisboa, (2004) e fez um breve curso de especialização em pintura a óleo, desenho, retrato e figura humana, na Ilya Repin Imperial Academy, São Petersburgo, Rússia (2012-2013).

 

Desde 2003, expõe com regularidade na Galeria de Arte do Casino Estoril, tendo participado nos Salões de Primavera e nos Salões do Outono. Fez três exposições individuais nesta galeria: em 2004 – A tentação da imagem, em 2005 – Mulheres de Portugal e em 2007 – O retorno do eterno.

 

D.Anghel, em 2008, inaugurou, também, uma exposição, “A Dobra do Tempo”, no Museu Mãe d’Água em Lisboa. A nível internacional, participou na Bienal de Londres (2017), na Bienal de Barcelona (2017), na Bienal de Florença (2017), na Bienal de Chianciano (2018) e na Feira da Arte Contemporânea, Port de Versailles, Paris, em 2018. D.Anghel residiu nos últimos anos em Espanha, na Rússia, no Brasil e em Angola, onde viveu oito anos.

 

O Espaço de Arte 2 da Galeria de Arte do Casino Estoril acolhe, até 30 de Junho, a exposição individual de pintura “Desfiguração da Utopia”, da autoria de D.Anghel. A entrada é gratuita.

 

Noite de concerto “piano rock” com Glaucio Cristelo no Casino Estoril a 24 de Junho

Em noite de concerto “piano rock”, Glaucio Cristelo apresenta-se, na próxima Sexta-Feira, 24 de Junho, pelas 22h30, Casino Estoril. O músico e compositor brasileiro promete surpreender os espectadores no Lounge D. A entrada é gratuita.

 

Glaucio Cristelo distingue-se pelo seu estilo único, tocando em pé e trazendo o piano à cena, tornando-o protagonista de socos, cabeçadas e carícias nas teclas. Mexe com a imaginação do público que é unânime ao afirmar que o piano é uma extensão do pianista.

 

Glaucio Cristelo - 24 de Junho.jpg

Glaucio Cristelo, que aparece com o seu piano no meio do deserto do Atacama nos anúncios publicitários do Rock in Rio 2022, tem no currículo espectáculos no Brasil e um pouco por tudo o mundo. É o pianista que anima as áreas VIP do Rock in Rio Brasil e Portugal, desde há 7 edições.

 

Distinguido com o certificado “Clean & Safe” do Turismo de Portugal, o Casino Estoril abre às 15h00 e encerra às 03h00. O acesso é livre, sendo que a partir das 22 horas, é para maiores de 14 anos, e maiores de 10 anos acompanhados pelos pais. Nas áreas de Jogo é para maiores de 18 anos.

 

Musical “7, anos 70” estreia em Julhono Auditório do Casino Estoril

descarregar.jpg

 

Musical “7, anos 70” estreia em Julho
no Auditório do Casino Estoril

O Auditório do Casino Estoril estreia, no próximo dia 7 de Julho, o musical “7, anos 70”, uma produção da Artfeist. O ciclo de representações renova-se, de sexta-feira a domingo, às 22 horas.
 
O 7 em numerologia é considerado um número sagrado e místico. Indica a procura pela perfeição. A descoberta da verdade. É considerado o número da perfeição. Será por isso que a sétima década do século 20, os anos 70, ainda hoje tem repercussões pelo nosso mundo?
 
“7, anos 70” é um espetáculo de teatro musical que conta com a participação de Henrique Feist, Valter Mira, Catarina Clau e Débora Gonçalves e com a direcção musical de Nuno Feist que tem como objetivo não só educar, como também entreter, revisitando a história e a cultura daquele tempo.
 
São muitos os acontecimentos que deixaram a sua marca na história dos anos 70, a ditadura em Portugal é derrubada com cravos, sucedem-se as independências das colónias portuguesas. Acaba a guerra no Vietname. Estalam outras... Na vizinha Espanha o Franquismo termina, nascem outras ditaduras… Nixon é deposto. Thatcher e Pintasilgo são as primeiras mulheres a exercerem o cargo de Primeiras-Ministras no Reino Unido e em Portugal, respectivamente. O massacre nas Olimpíadas de Munique ecoará durante o resto da década. E também com ecos na Eurovisão, toda a história da Europa muitas vezes ecoou neste certame. Os anos 70, foi a década dos 3 Papas. Os movimentos ambientalistas crescem. Surgem as crises petrolíferas (sim, não é só de agora). Concorde. Atari. Walkman. Guerra das Estrelas. Super-homem. Tubarão. Febre de Sábado à Noite e… A Visita da Cornélia. Morre Elvis Presley, Jimi Hendrix, Janis Joplin, Jim Morrison, Louis Armstrong. Os Beatles acabam, bem como a dupla Simon e Garfunkel. Passamos para a década do Disco. Mas, não só. Glam Rock, Hard Rock. MPB. Música portuguesa. ABBA, Bee Gees, Elton John, Bowie, Pink Floyd, Bob Marley, Carlos do Carmo, Quarteto 1111, Bethânia, Roberto Carlos.
 
“7, anos 70” convida o público a recordar os acontecimentos mais marcantes da década de 70, cantados através da música que mais a marcou. Foi na música que os anos 70 ganharam a sua maior expressão de individualismo e de libertação e queremos que se junte a nós para recordar.
 
O Auditório do Casino Estoril estreia, a 7 de Julho, o musical “7, anos 70”. O ciclo de representações, renova-se de sexta-feira a domingo, às 22 horas. M/16. Preço: 15€.

Espetáculos de Junho | ArtFeist

descarregar (1).jpg

Cascais Dance Academy apresenta uma viagem realizada pela dança, cheia côr e vida que nos transporta para a imensidão do mundo em que vivemos !

Um espetáculo que aborda os temas da atualidade, as alterações climaticas, a pandemia, a biodiversidade e as culturas que existem um pouco por todo o Mundo.

Estreia: 14 de Junho.

 

Legally Blonde

descarregar (5).jpg

A famosa história de Elle Woods, a jovem Loura que, por amor e todos os estereótipos divertidos, decidiu tirar um curso de Direito em Harvard e se tornou num ícone contra o preconceito e a favor do empoderamento feminino, situação agora na Universidade de Coimbra.


Estreia: 23 de Junho.

 

Exposição de Daniela Anghel está agora patente no Espaço de Arte 2 da Galeria de Arte do Casino Estoril

Daniela Anghel.JPG

Com o intuito de corresponder ao expressivo interesse manifestado pelos visitantes do Casino Estoril, a exposição “Desfiguração da Utopia” de D.Anghel está patente, a partir desta Terça-Feira, 24 de Maio, no Espaço de Arte 2 da Galeria de Arte. A entrada é gratuita.

 

Recorde-se que esta original mostra individual de pintura de Daniela Anghel esteve em destaque, desde 23 de Abril até ontem, 23 de Maio, na Galeria de Arte, tendo registado uma elevada afluência de público. A exposição poderá, assim, continuar a ser visitada, mas desta vez no Espaço de Arte 2, até 30 de Junho.

 

A pintura de D.Anghel destaca-se pela monumentalidade das obras e por uma técnica extremamente rigorosa. Nos seus quadros, sujeitas a uma dobra formal e temporal, composições clássicas da pintura ocidental sofrem vários processos de transmutação e actualização.

 

Em relação à exposição de pintura “Desfiguração da Utopia”, Daniela Anghel revela: “não procuro passar mensagens principais, respostas ou soluções, mas, sim, imagino a produção de ambiguidades geradoras de perguntas. A imagem nunca é uma realidade simples. “Para que a montagem ambígua dos corpos suscite a liberdade do olhar crítico ou lúdico, é preciso organizar o encontro” afirma Georges Didi -Huberman em O destino das imagens. As minhas pinturas mostram vários encontros de imagem/fantasma que revindicam novas forças”. *

       

Daniela Anghel nasceu em Alexandria, Roménia em 1979, tendo mais tarde obtido a nacionalidade portuguesa. Licenciada em Artes Plásticas – Pintura na Faculdade de Belas Artes, Universidade de Lisboa, (2004) e fez um breve curso de especialização em pintura a óleo, desenho, retrato e figura humana, na Ilya Repin Imperial Academy, São Petersburgo, Rússia (2012-2013).

 

Desde 2003, expõe com regularidade na Galeria de Arte do Casino Estoril, tendo participado nos Salões de Primavera e nos Salões do Outono. Fez três exposições individuais nesta galeria: em 2004 – A tentação da imagem, em 2005 – Mulheres de Portugal e em 2007 – O retorno do eterno.

 

Com um extenso percurso no Casino Estoril, D.Anghel viveu experiências que não esquece: “O Dr. Nuno Lima de Carvalho apreciou, apoiou e divulgou muito a minha pintura ao longo dos anos. Claramente, estou entre aqueles que tiveram o privilégio de passar umas tardes com o Dr. Lima de Carvalho e a Dra. Clarinda na Galeria de Arte do Casino. Tenho muitas memórias bonitas com eles. Foi através deles que conheci também a escritora Agustina Bessa Luís e muitas outras personalidades portuguesas. Também foi ao seu apelo que fui desenvolvendo projectos de pintura que poderiam talvez não ter acontecido. Em 2004, por exemplo, o Dr. Lima, convidou-me para pensar numa exposição dedicada às Mulheres de Portugal. Embora, em muitos dos casos possam ter passado despercebidas, acredito que quase todas as mulheres que retratei tiveram um papel decisivo na história e na cultura portuguesas. A escritora e jornalista Maria Lamas, foi uma das figuras que mais lutou para os direitos das mulheres portuguesas. Na Europa, entre 1948-1950, quando ela escreveu “As Mulheres do Meu País”, foram publicadas outras obras também, sobre o conteúdo analítico de “género” na sociedade; nomeadamente “As estruturas elementares do parentesco” de Claude Lévi-Strauss e “O segundo sexo” de Simone Beauvoir entre outros. Foi uma mulher solidária e é essa pré-disposição para o outro que mais me interessou nelas”. *

 

D.Anghel, em 2008, inaugurou, também, uma exposição, “A Dobra do Tempo”, no Museu Mãe d’Água em Lisboa. A nível internacional, participou na Bienal de Londres (2017), na Bienal de Barcelona (2017), na Bienal de Florença (2017), na Bienal de Chianciano (2018) e na Feira da Arte Contemporânea, Port de Versailles, Paris, em 2018. D.Anghel residiu nos últimos anos em Espanha, na Rússia, no Brasil e em Angola, onde viveu oito anos.

 

*Excertos de entrevista que Daniela Anghel concedeu a José d’Encarnação e que foi publicada no site informativo “Duas Linhas”.

 

O Espaço de Arte 2 da Galeria de Arte do Casino Estoril acolhe, até 30 de Junho, a exposição individual de pintura “Desfiguração da Utopia”, da autoria de D.Anghel. A entrada é gratuita.

Casino Estoril inaugura Summer Art Show a 26 de Maio

Casino Estoril inaugura Summer Art Show 2022    1.

A Galeria de Arte do Casino Estoril inaugura, na próxima Quinta-Feira, 26 de Maio, a exposição “Summer Art Show”, de Martina de Saba e "Parábola Elegante" Associação Artística. O Cocktail de abertura decorrerá, a partir das 19 horas.

 

O “Summer Art Show” é uma exposição de arte contemporânea, pop,  street-art assim como de esculturas e fotografias de artistas internacionais como Paul Mathieu, Leca Araújo, Mireille Vautier, José Hoffmann Wanzeller, François Farcy, Thiago Goms, Mario Abad, Gutemberg Coelho e Carlos Ramos.

 

Serão, também, apresentadas pela primeira vez em Portugal, peças exclusivas da Jeweltech/Custom House, uma dos mais importantes fabricantes de Haute Horlogerie et Joaillerie Manufacturing.

 

Martina de Saba, nascida na Suíça, foi embaixadora e organizadora do Art International Show na Marina de Cascais em 2020 em colaboração com a Bel Air Fine Art - Galerias de Arte Contemporânea, um grupo mundialmente conhecido.

 

Serão organizadas algumas visitas privadas com a presença dos artistas, assim como exibidos alguns relógios especiais e peças de joalharia.

 

 

A Galeria de Arte do Casino Estoril acolhe a exposição “Summer Art Show”, de 26 de Maio a 30 de Junho, com o horário de funcionamento diário das 15h00 às 23h00. A entrada é livre.

Casino Estoril exposição de D.Anghel

1. Devir Sao Joao Batista 2215x312cm.jpg

A Galeria de Arte do Casino Estoril inaugura, no próximo dia 23 de Abril, às 17 horas, uma exposição individual de pintura da autoria de D.Anghel, com o título “Desfiguração da Utopia”.

 

A sua pintura destaca-se pela monumentalidade das obras e por uma técnica extremamente rigorosa. Nos seus quadros, sujeitas a uma dobra formal e temporal, composições clássicas da pintura ocidental sofrem vários processos de transmutação e actualização.

 

Daniela Anghel nasceu em Alexandria, Roménia em 1979, tendo mais tarde obtido a nacionalidade portuguesa. Licenciada em Artes Plásticas – Pintura na Faculdade de Belas Artes, Universidade de Lisboa, (2004) e fez um breve curso de especialização em pintura a óleo, desenho, retrato e figura humana, na Ilya Repin Imperial Academy, São Petersburgo, Rússia (2012-2013).

 

Desde 2003, expõe com regularidade na Galeria de Arte do Casino Estoril, tendo participado nos Salões de Primavera e nos Salões do Outono. Fez três exposições individuais nesta galeria: em 2004 – A tentação da imagem, em 2005 – Mulheres de Portugal e em 2007 – O retorno do eterno. Em 2008 fez também uma exposição, A Dobra do Tempo, no Museu Mãe d’Água em Lisboa.

 

A nível internacional, participou na Bienal de Londres (2017), na Bienal de Barcelona (2017), na Bienal de Florença (2017), na Bienal de Chianciano (2018) e na Feira da Arte Contemporânea, Port de Versailles, Paris, em 2018.

 

Daniela Anghel tem residido nos últimos anos em Espanha, na Rússia, no Brasil e em Angola, onde viveu oito anos.

 

 

A Galeria de Arte do Casino Estoril acolhe a exposição individual de pintura “Desfiguração da Utopia”, da autoria de D.Anghel. Com entrada gratuita, de 23 de Abril a 23 de Maio.

 

Distinguido com o certificado “Clean & Safe” do Turismo de Portugal, o Casino Estoril abre às 15h00 e encerra às 03h00. O acesso é livre, sendo que a partir das 22 horas, é para maiores de 14 anos, e maiores de 10 anos acompanhados pelos pais. Nas áreas de Jogo é para maiores de 18 anos.

Casino Estoril inaugura exposição de D.Anghel “Desfiguração da Utopia”

3. Espirito Santo 198x300cm.jpg

A Galeria de Arte do Casino Estoril inaugura, no próximo dia 23 de Abril, às 17 horas, uma exposição individual de pintura da autoria de D.Anghel, com o título “Desfiguração da Utopia”.

 

A sua pintura destaca-se pela monumentalidade das obras e por uma técnica extremamente rigorosa. Nos seus quadros, sujeitas a uma dobra formal e temporal, composições clássicas da pintura ocidental sofrem vários processos de transmutação e actualização.

 

Daniela Anghel nasceu em Alexandria, Roménia em 1979, tendo mais tarde obtido a nacionalidade portuguesa. Licenciada em Artes Plásticas – Pintura na Faculdade de Belas Artes, Universidade de Lisboa, (2004) e fez um breve curso de especialização em pintura a óleo, desenho, retrato e figura humana, na Ilya Repin Imperial Academy, São Petersburgo, Rússia (2012-2013).

 

Desde 2003, expõe com regularidade na Galeria de Arte do Casino Estoril, tendo participado nos Salões de Primavera e nos Salões do Outono. Fez três exposições individuais nesta galeria: em 2004 – A tentação da imagem, em 2005 – Mulheres de Portugal e em 2007 – O retorno do eterno. Em 2008 fez também uma exposição, A Dobra do Tempo, no Museu Mãe d’Água em Lisboa.

 

A nível internacional, participou na Bienal de Londres (2017), na Bienal de Barcelona (2017), na Bienal de Florença (2017), na Bienal de Chianciano (2018) e na Feira da Arte Contemporânea, Port de Versailles, Paris, em 2018.

 

Daniela Anghel tem residido nos últimos anos em Espanha, na Rússia, no Brasil e em Angola, onde viveu oito anos.

 

 

A Galeria de Arte do Casino Estoril acolhe a exposição individual de pintura “Desfiguração da Utopia”, da autoria de D.Anghel. Com entrada gratuita, de 23 de Abril a 23 de Maio.

 

Distinguido com o certificado “Clean & Safe” do Turismo de Portugal, o Casino Estoril abre às 15h00 e encerra às 03h00. O acesso é livre, sendo que a partir das 22 horas, é para maiores de 14 anos, e maiores de 10 anos acompanhados pelos pais. Nas áreas de Jogo é para maiores de 18 anos.

Noites de animação musical em Maio no Lounge D do Casino Estoril

 

Com um ambiente informal, o Lounge D acolhe, em Maio, um renovado programa de animação musical. Os visitantes do Casino Estoril poderão assistir, às Sextas-Feiras e aos Sábados, a partir das 22h30, a um extenso cartaz que privilegia espectáculos de rock, pop, soul, r&b e, ainda, vários dj sets. A entrada é gratuita.

 

Concerto de State of Mind

State of Mind - 6 de Maio.jpg

Os State of Mind apresentam-se, esta Sexta-Feira, 6 de Maio, pelas 22h30, no Lounge D para recriar clássicos que vão de INXS aos Beatles, passando por No Doubt e Doors. Os State of Mind distinguem-se, desde 2019, pelo seu repertório concebido essencialmente para um mercado corporate. A vocalista Joana Pedro será acompanhada por João Serra Fernandes nas guitarras e back vocals, José Dantas no baixo e Luis Varatojo na bateria.

 

DJ Fernando

DJ Fernando - Dia 7 de Maio.jpg

Com um extenso percurso musical, DJ Fernando estreia-se, no próximo Sábado, 7 de Maio, pelas 22h30, no Lounge D. DJ desde 1994, Fernando adapta-se a todos os géneros músicas, sendo a sua preferência os sons baseados em Deep House e House

 

Concerto Go Johnny

O Casino Estoril propõe, no próximo dia 13 de Maio, pelas 22h30, Go Johnny. Nascido no seio de uma família de músicos, Joao Reis Pedreira vive em Sintra e ficou conhecido por participar com o seu pai Paulo Pedreira, num Programa de TV na SIC - Família Superstar. Gravou, desde então, 2 discos e participou em vários projetos, como os coral tattoo ou os Kilindu que contou com o grande produtor americano Robert Cutarella. Concorreu em 2010 ao Festival RTP da canção com o tema “Destino Qualquer”. Integra, actualmente, o projeto Go Johnny que criou com outros músicos em homenagem a Chuck Berry e em tributo a música dos anos 60 e 70.

 

Concerto Tributo a Dire Straits - “On Every String”

“On Every String” é projecto que presta tributo a uma das bandas mais emblemáticas de sempre: Os Dire Straits. Estruturado de forma a celebrar o legado musical de um grupo cujos sucessos atravessam várias gerações, este projecto apresenta em palco 7 músicos que, de forma autêntica e integralmente ao vivo, recriam as músicas que a voz e guitarra de Mark Knopfler tornaram inesquecíveis. Por ser transversal a vários públicos e uma referência em qualquer parte do mundo, a música dos Dire Straits é uma proposta que irá ao encontro de um vasto público, proporcionando uma experiência muito fiel ao espírito original da banda. No Lounge D, a não perder, dia 14 de Maio, pelas 22 h30.

 

Ciclo de DJ sets de Nuno Costa

DJ Nuno Costa  - 20 e 27 de Maio.jpg

O DJ Nuno Costa reencontra-se, em Maio, com os visitantes do Casino Estoril para apresentar os seus sets que “viajam pelo tempo”, passando clássicos misturados com os mais recentes sons da Dance Music. O DJ Nuno Costa será o protagonista, nos próximos dias 20 e 27, a partir das 22h30. Com entrada gratuita, a não perder, no Lounge D.

 

Concerto de Tenis Bar

State of Mind - 6 de Maio.jpg

O Lounge D do Casino Estoril recebe, no próximo dia 21 de Maio, pelas 22h30, a banda Tenis Bar. Este quinteto de Cascais apresenta vários temas originais e recria, ainda, outras composições das décadas de oitenta e noventa, da autoria de vários artistas consagrados internacionalmente. O vocalista António Marau será acompanhado por Carlos Carriço no baixo, Beto Gomes na guitarra, Manel Gomes na guitarra e nas teclas, Ricardo Tenente na bateria.

 

DJ S Mix

DJ S MIX - 28 de Maio.jpg

Com uma proposta inédita, o Casino Estoril recebe DJ S Mix, no próximo dia 28 de Maio, a partir das 22h30. DJ desde 2012, S Mix adapta-se a todos os géneros musicais, sendo a sua preferência os sons baseados em Deep House.

 

Programação em Maio

- Concerto de State of Mind: Dia 6

- DJ Fernando: Dia 7

- Concerto Go Johnny: Dia 13

- Concerto Tributo a Dire Straits: Dia 14

- Ciclo de DJ sets de Nuno Costa: Dia 20 e 27

- Concerto de TenisBar: Dia 21

- DJ S Mix: Dia 28

Noite de tributo aos Dire Straits a 14 de Maio no Casino Estoril

Triburto a Dire Straits - 14 de Maio (1).jpg

Com uma proposta revivalista, os “On Every String” apresentam-se, no próximo sábado, 14 de Maio, às 22h30, no Lounge D do Casino Estoril. Os “On Every String” sobem ao palco para prestar homenagem aos Dire Straits, prometendo uma noite inesquecível para os verdadeiros fans da mítica banda britânica. A entrada é gratuita.

 

“On Every String” é projecto que presta tributo a uma das bandas mais emblemáticas de sempre: Os Dire Straits. Estruturado de forma a celebrar o legado musical de um grupo cujos sucessos atravessam várias gerações, este projeto apresenta em palco 7 músicos que, de forma autêntica e integralmente ao vivo, recriam as músicas que a voz e guitarra de Mark Knopfler tornaram inesquecíveis.

 

Por ser transversal a vários públicos e uma referência em qualquer parte do mundo, a música dos Dire Straits é uma proposta que irá ao encontro de um vasto público, proporcionando uma experiência muito fiel ao espírito original da banda.

 

 

Distinguido com o certificado “Clean & Safe” do Turismo de Portugal, o Casino Estoril abre às 15h00 e encerra às 03h00. O acesso é livre, sendo que a partir das 22 horas, é para maiores de 14 anos, e maiores de 10 anos acompanhados pelos pais. Nas áreas de Jogo é para maiores de 18 anos.