Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

88ª Edição da Feira do Livro de Lisboa | Mais leitura, conforto, sabores e animação na maior Feira do Livro de Lisboa de sempre

88.ª edição decorre de 25 de maio a 13 de junho no Parque Eduardo VII

Mais leitura, conforto, sabores e animação

na maior Feira do Livro de Lisboa de sempre

 

Mais espaços de sombra, pontos para carregamento de telemóveis, espaço Selfie, concurso Supper Star Battle e Prémio Miúdos a Votos são algumas das novidades desta edição.

 

 

 

 De regresso a Lisboa, a Feira do Livro volta a crescer e a trazer mais leitura, conforto, sabores e animação a todos os que a visitem entre 25 de maio e 13 de junho. Com 294 pavilhões e mais de 620 chancelas, esta 88ª edição bate de novo o recorde de expositores e amplia o seu espaço no Parque Eduardo VII com uma área reforçada dedicada em exclusivo ao showcooking e onde vai decorrer a primeira edição do Supper Star Battle.

Para conforto dos visitantes, as áreas de sombra mais do que duplicaram, alargando-se a todas as zonas de descanso, incluindo praças, áreas de alimentação e até ao passadiço onde estão localizadas as esplanadas. Mais diversificada está a oferta de restauração, com mais de 30 opções disponíveis.

Entre as novidades deste ano, destaca-se o Espaço Selfie, o local ideal para tirar e partilhar uma panorâmica da cidade com as hashtags #feiradolivrodelisboa #amolivros, #amolisboa, #adoroler e a disponibilização de dois pontos de carregamento para telemóveis. Original é ainda a entrega do Prémio Miúdos a Votos, no qual os mais novos fizeram campanha e votaram para eleger aquele que para eles é ‘o melhor dos livros’. Ainda no âmbito dos Prémios de assinalar que a Feira vai acolher uma das paragens do roteiro EUPL (Prémio da União Europeia para a Literatura), o prémio da União Europeia para a Literatura contemporânea que já distinguiu em edições anteriores autores portugueses. A entrega dos Prémios EUPL vai ter lugar, pela primeira vez em Portugal, na Feira do Livro no dia 8 de junho pelas 18h00. Ainda pela primeira vez nesta edição, refira-se ainda a primeira coleção de merchandising Feira do Livro de Lisboa, que inclui desde cadernos a marcadores de livros e chapéus.

Mantêm-se este ano vários dos espaços implementados com sucesso em anteriores edições, a exemplo do Fraldário e do RefresCão (para visitantes de quatro patas) e o mesmo se passa com iniciativas como a Hora H, que regressa com descontos mínimos de 50% em livros que ultrapassaram os 18 meses do preço fixo. Refira-se que a Hora H estará patente entre segunda a quinta-feira, na última hora da Feira, que este ano equivale a dizer entre as 21h00 e as 22h00, já que a Feira passa a fechar às 22h00 (e não às 23h00) de segunda a quinta.

A Associação Portuguesa de Editores e Livreiros (APEL), organizadora da Feira do Livro em conjunto com a Câmara Municipal de Lisboa, continua a ter o seu pavilhão (junto à Praça Marquês de Pombal), onde pode ser vista a exposição “88 anos de imagens com história”, que convida a revisitar o evento desde o início dos anos 30 do século XX, com as suas primeira edições no Rossio.

Segundo João Amaral, Presidente da APEL, “as diferenças entre as primeiras e as atuais edições da Feira dos Livro de Lisboa são abissais - basta pensar que em 1931, na primeira edição, o evento juntava pouco mais de 20 pavilhões -, mas há uma coisa que se mantém: a Feira continua a ser um dos grandes eventos da capital e a mover milhares de pessoas. É um orgulho para a APEL poder organizar esta Feira e é um orgulho também que possamos reunir anualmente no Parque Eduardo VII todas estas manifestações culturais que, juntamente com o livro, testemunham a riqueza cultural desta cidade e desde país.”

O evento continua, este ano, a contar com parceiros de longa data, como é o caso das Bibliotecas de Lisboa, responsáveis pelo desenvolvimento da programação cultural, com especial incidência na promoção de iniciativas destinadas ao público infantil, às famílias e às escolas.

Outra das instituições que enriquece a agenda da Feira, a Fundação Francisco Manuel dos Santos (FFMS), traz à Praça da Fundação novidades das coleções de Ensaios e Retratos que lançou e debates que juntam autores de referência a Luísa Costa Gomes e João Lopes, crítico de cinema, entre outros, e convidados tais como o Moita Flores, o Nuno Artur Silva, o Adelino Faria, a Luísa Schmidt, para não falar nos demais. A FFMS continua também a deslocar para o Parque Eduardo VII vários programas de rádio e televisão de que é parceira, a exemplo das ‘Noites da Renascença’, com momento musicais ao vivo,  ‘Prova Oral’, ‘Liga D’Ouro’ e ‘Governo Sombra’.

Estas iniciativas e todas as que integram o Programa podem ser consultadas através da aplicação móvel gratuita para Android e iOS, que possibilita o acesso ao Mapa do recinto, aos Livros do Dia e aos múltiplos conteúdos que permitem acompanhar, em tempo real, as centenas de atividades do evento. Estas informações podem também ser consultadas no “Jornal da Feira do Livro”, uma novidade deste ano, que reúne num único suporte o mapa da Feira com algumas das principais iniciativas que vão ter lugar em 20 dias de Feira. Ainda no campo das novas tecnologias e para um cómodo acesso dos visitantes à Internet, a 88.ª edição mantém o Wi-Fi gratuito nas praças principais.

Livros e sabores da gastronomia portuguesa

Com cada vez mais adeptos e depois da forte adesão conseguida na passada edição, também o Showcooking está de volta e regressa mais forte, com espaço próprio e duas iniciativas a merecer destaque: o Prémio Portugal Cookbook Fair 2018 e a Supper Stars Battle.

Os livros de gastronomia inscritos no Prémio Portugal Cookbook Fair 2018 serão premiados a 26 de maio, às 18h00, e em causa estão 8 categorias eleitas por um júri de especialistas com a presidência da decano Maria Lourdes Modesto.

Numa homenagem à cozinha tradicional portuguesa e também aos seus livros mais emblemáticos, a primeira edição da Supper Stars Battle junta quatro grandes chefs em ‘batalhas gastronómica’ ao vivo. O concurso é composto por duas eliminatórias, cujo resultado caberá a cinco elementos do público presente, e por uma grande final, que terá como júri personalidades do mundo gastronómico, entre as quais Fátima Moura e Silvia Brandi. Dia 31 de maio, às 19h00, decorre a primeira semifinal entre Vitor Veloso e Kiko Sousa, seguindo-se a 1 de junho, à mesma hora, o ‘confronto’ entre Daniel Cardoso e Flávio Silva, e a final está marcada para dia 2, também às 19h00. Em cada uma das etapas, os chefs vão dar o seu melhor para reinterpretar a mesma receita tradicional.

Os sabores da Feira estendem-se do prato para o ‘copo’, com várias iniciativas dedicadas ao vinho, onde se enquadram conversas acompanhadas por provas e lançamentos.

Música e cinema no Parque

A música e o cinema complementam o programa desta 88ª edição.

Praticamente todos os dias, há diferentes sonoridades a ressoar pelo Parque e os estilos são os mais variados, desde a Banda do Regimento dos Sapadores Bombeiros, no dia de abertura, ao CoroArt, na tarde de encerramento, passando pelo rock trazido pelos Tricycles ou pela percussão dos 7ª Escala.

No grande ecrã passa uma seleção de filmes de autores portugueses, assinada pela Cinemateca Portuguesa. Logo no dia de abertura, os cinéfilos podem apreciar a película de Leitão de Barros, ‘Lisboa Crónica Anedótica’ e estão programados ao longo do evento filmes como ‘Cartas de Guerra’, de Ivo Ferreira, ‘O Escritor Prodigioso, de Joana Pontes, e ‘José e Pilar’ de Miguel Gonçalves Mendes.

Acampar, escolher o melhor livro infantojuvenil e muito mais

Por iniciativa da APEL e das Bibliotecas de Lisboa, os mais novos voltam a poder “Acampar com Histórias”, em noites mágicas e divertidas, com pernoita na Estufa Fria de Lisboa e atividades que se prolongam pela Feira (dias 25, 26 e 30 de maio, e 1,2,8,9 e 13 de junho).

A 30 de maio, pelas 17h00, será conhecido o resultado do “Prémio miúdos a votos”, iniciativa que desafiou crianças e jovens, das escolas de todo o país, a votar nos livros que consideram ser os melhores para a sua idade (por ciclo escolar).

Nos espaços da BLX são dezenas as iniciativas para crianças e jovens, a exemplo dos lançamentos e autores que estarão presentes nas ‘Sessão de histórias com mimos’ ou ‘Fiadeira de Histórias’, da ‘Performance do Chapitô’, do ‘Atelier de origami’ ou da ‘Oficina de brinquedos óticos’, entre muitas outras.

Dê nova vida ao Livro: um final feliz para todos os livros

De regresso está igualmente ‘Dê nova vida ao livro’, uma iniciativa da APEL e do Banco de Bens Doados (BBD) que desafia os visitantes a doar os livros novos ou usados que não queiram guardar (há um pavilhão específico, junto à entrada Sul do Parque Eduardo VII) para que estes possam ganhar novos leitores.

Desde 2015, a iniciativa permitiu recolher cerca de 20 mil livros, encaminhados para as crianças apoiadas por Instituições que integram a rede do BBD, despertando os jovens e, em especial os mais carenciados, para a magia da leitura.

Horário da Feira:

  • segunda e quinta-feira - das 12h30 às 22h00;
  • sextas-feiras - das 12h30 às 00h00;
  • sábados - das 11h00 às 00h00;
  • domingos e feriados - das 11h00 às 23h00.

Dia Mundial do Livro assinalado na Biblioteca Municipal de Palmela | Feira do Livro de 21 a 28 de abril

Biblioteca de Palmela.jpg

 

 

O Município de Palmela assinala o Dia Mundial do Livro (23 de abril) com uma Mini Feira do Livro, que pode ser visitada entre os dias 21 e 28 de abril, na Biblioteca Municipal de Palmela. A iniciativa é organizada em parceria com o Grupo Porto Editora, decorrendo durante o horário de funcionamento da Biblioteca (terça, quinta e sexta-feira, das 10h30 às 19h00, e quarta-feira e sábado, das 14h00 às 19h00, encerrando aos domingos, segundas-feiras e feriados).

Também no âmbito do Dia Mundial do Livro, a Autarquia está a promover a iniciativa “Um livro para um novo leitor”, que incentiva à adesão de novos leitores à Rede Municipal de Bibliotecas Públicas, através da oferta de livros. Até dia 28 de abril, é oferecido um livro aos primeiros dois utentes que se inscrevam como leitores da Rede, em cada um dos quatro escalões: 0 aos 6, 7 aos 12, 13 aos 17 e mais de 17 anos de idade. “Um livro para um novo leitor” conta com o apoio da livraria Ronda das Letras.

O Dia Mundial do Livro e do Direito de Autor foi instituído pela UNESCO em novembro de 1995, procurando fomentar o gosto pela leitura e, simultaneamente, respeitar a obra daqueles que, pela escrita, têm contribuído para o progresso social e cultural da Humanidade.

 

 

FIA - Marrocos é destino convidado em 2018

País marca presença pelo 10º ano consecutivo

logofia-facebook-01.png

 

 

Presente oficialmente na FIA pelo 10º ano consecutivo, Marrocos é o País Convidado da edição de 2018. Com um vasto historial de presenças na feira, este ano Marrocos duplica as dimensões do seu stand, apresentando um espaço de 500 m2 e trazendo consigo expositores do país, para além dos mais de vinte expositores de origem marroquina já confirmados individualmente na feira. Serão mais de 40 os expositores deste país africano, na 31ª Edição daquela que é a maior feira de multiculturalidade que ocorre na Península Ibérica, e a segunda maior da Europa.

Para quem é apreciador da arte berbere, além do que habitualmente encontra, este ano vai poder descobrir um espaço de exposição com todo o tipo de artesanato típico marroquino, desde calçado a vestuário, passando pelas artes de tapeçaria, cerâmica e bijuteria. Os visitantes terão igualmente a oportunidade de ver in loco uma oficina de artesãos de calçado, assim como um showcooking com direito a degustação, demonstração de pinturas em henna, o ritual do chá, e um alinhamento musical contínuo, durante todo o certame, de música pop, música clássica andaluz e Gnawa.

De 23 de Junho a 1 de Julho, Marrocos vai dar ainda mais vida, cor e sabor a um dos eventos mais emblemáticos e carismáticos do ano, trazendo para Portugal toda a sua cultura ímpar e única, que o visitante poderá conhecer e experienciar em primeira mão.

Durante esses nove dias a FIA dará a conhecer não só Marrocos mas também um pouco de todo o Mundo, proporcionando um verdadeiro encontro de culturas e tradições através dos mais de 650 expositores e das mais de 200 atividades paralelas que se realizam durante todo o evento, organizadas pelos países e entidades presentes. Nesta edição espera-se a visita de mais de 110 mil pessoas, número com que a feira encerrou as portas no ano passado.

 

MARROCOS É DESTINO CONVIDADO FIA 2018

País marca presença pelo 10º ano consecutivo

 

 

 

image004.jpg

 

 

Presente oficialmente na FIA pelo 10º ano consecutivo, Marrocos é o País Convidado da edição de 2018. Com um vasto historial de presenças na feira, este ano Marrocos duplica as dimensões do seu stand, apresentando um espaço de 500 m2 e trazendo consigo expositores do país, para além dos mais de vinte expositores de origem marroquina já confirmados individualmente na feira. Serão mais de 40 os expositores deste país africano, na 31ª Edição daquela que é a maior feira de multiculturalidade que ocorre na Península Ibérica, e a segunda maior da Europa.

Para quem é apreciador da arte berbere, além do que habitualmente encontra, este ano vai poder descobrir um espaço de exposição com todo o tipo de artesanato típico marroquino, desde calçado a vestuário, passando pelas artes de tapeçaria, cerâmica e bijuteria. Os visitantes terão igualmente a oportunidade de ver in loco uma oficina de artesãos de calçado, assim como um showcooking com direito a degustação, demonstração de pinturas em henna, o ritual do chá, e um alinhamento musical contínuo, durante todo o certame, de música pop, música clássica andaluz e Gnawa.

De 23 de Junho a 1 de Julho, Marrocos vai dar ainda mais vida, cor e sabor a um dos eventos mais emblemáticos e carismáticos do ano, trazendo para Portugal toda a sua cultura ímpar e única, que o visitante poderá conhecer e experienciar em primeira mão.

Durante esses nove dias a FIA dará a conhecer não só Marrocos mas também um pouco de todo o Mundo, proporcionando um verdadeiro encontro de culturas e tradições através dos mais de 650 expositores e das mais de 200 atividades paralelas que se realizam durante todo o evento, organizadas pelos países e entidades presentes. Nesta edição espera-se a visita de mais de 110 mil pessoas, número com que a feira encerrou as portas no ano passado.

 

 

Feira das Viagens ruma ao Porto e a Coimbra no próximo fim-de-semana

 

Entre 20 e 22 de abril

Feira das Viagens ruma ao Porto e a Coimbra no próximo fim-de-semana

Depois do sucesso da Feira das Viagens em Lisboa e Braga, o certame ruma à Cidade Invicta e a Coimbra entre 20 e 22 de abril, com as portas abertas das 10h00 às 20h00 e entrada gratuita para todos os visitantes.

Como já vem sendo hábito, o evento no Palácio da Bolsa, no Porto, será animado com massagens tailandesas e visitas virtuais ao museu do Futebol Clube do Porto. Em Coimbra, o evento volta a ter lugar no Pavilhão Centro de Portugal, o fabuloso espaço da autoria do arquiteto Siza Vieira, situado no Parque Verde, oferece um ambiente propício a passeios em família, jogging ou meras sessões de relaxamento, nas margens do rio Mondego.

Em ambas as cidades, vários expositores vão promover passatempos com ofertas de viagens e programas acessíveis a todas as bolsas. O fim-de-semana promete bom tempo, pelo que a organização espera ultrapassar os 10.000 visitantes.

A Feira das Viagens conta com os patrocínios da Halcon, do Turismo Centro de Portugal e da Autoridade de Turismo da Tailândia e com o apoio institucional da Associação Comercial do Porto, da Câmara Municipal de Coimbra, da Sociedade Nacional de Belas Artes, da Câmara Municipal de Braga e da Associação Comercial de Braga.

 

EM AGENDA

  • Feira das Viagens - Porto
  • Palácio da Bolsa
  • Ferreira Borges, 4050-253 Porto
  • Entre sexta-feira, 20 de abril, a domingo, 22 de abril
  • Das 10h00 às 20h00, com entrada gratuita

 

 

  • Feira das Viagens - Coimbra
  • Pavilhão Centro de Portugal
  • Parque Verde do Mondego - Av. da Lousã, 3030-476 Coimbra
  • Entre sexta-feira, 20 de abril, e domingo, 22 de abril
  • Das 10h00 às 20h00, com entrada livre

Feira das Viagens marca a agenda do turismo no mês de abril

Oportunidades para Férias de Verão

 

 

A sexta edição da Feira das Viagens decorre de 13 a 15 de abril, em Lisboa e Braga, e de 20 a 22 de abril, no Porto e em Coimbra.

Este ano a data da Feira foi antecipada relativamente às edições anteriores porque, por um lado, o público tem vindo a programar as férias cada vez mais cedo, e, por outro, é mais fácil garantir preços competitivos em regime de programação antecipada, até ao final do mês de abril.

Contudo, esta foi apenas uma das muitas alterações que a organização da Feira introduziu nesta edição. As mudanças mais significativas prendem-se sobretudo com a estreia da Feira na Sociedade Nacional de Belas Artes, em Lisboa, e no Museu de Arqueologia D. Diogo de Sousa, em Braga. Também pela primeira vez haverá coincidência de datas na Feira de Lisboa e Braga (13,14 e 15 de abril) e na Feira do Porto e Coimbra (20,21 e 22 de abril). Em todos os locais a Feira funcionará das 10 às 20 horas e a entrada é gratuita.

De acordo com a organização, “As alterações introduzidas em 2018 contribuem para refrescar e elevar a imagem da Feira, reforçar o seu perfil turístico-cultural e captar novos públicos.”

Feira das Viagens em Lisboa/ Sociedade Nacional de Belas Artes

Em Lisboa, a Feira das Viagens vai decorrer no Salão Principal da Sociedade Nacional de Belas Artes, onde está patente uma exposição de pintura de Miguel d`Alte, considerado um dos pais do modernismo português. As restantes galerias da Sociedade exibirão também outras exposições de artistas consagrados como Ana Fernandes (pintura) e Álvaro Carneiro (escultura). A decoração e organização dos espaços foi cuidadosamente estudada, oferecendo aos visitantes uma experiência singular, já que, enquanto compram viagens, podem visitar as exposições e apreciar um dos mais emblemáticos edifícios do Estado Novo, de autoria do arquiteto Álvaro Machado.

Feira das Viagens em Braga/ Museu D. Diogo de Sousa

Em Braga será uma estreia absoluta, dado que é a primeira vez que a Feira das Viagens se realiza naquela cidade. A escolha do Museu D. Diogo de Sousa seguiu a mesma linha de orientação de outras cidades: espaço central, junto da zona histórica, com bons acessos e estacionamento, num edifício emblemático que é um dos principais polos de atração turístico e cultural na região.

A Câmara Municipal e a Associação Comercial de Braga associaram-se à iniciativa através da organização do 1º Fórum Visit Braga, que se realiza no dia 13 de abril, no Auditório do Museu. O Fórum propõe-se alavancar a dinâmica gerada em torno da Feira das Viagens, promovendo o debate e a partilha de experiências entre profissionais, empresários e entusiastas ligados ao turismo.

Também neste caso os interessados poderão visitar o Museu e a Feira, obter aconselhamento sobre as suas férias, comprar viagens a preços de oportunidade e, ainda, assistir às apresentações dos ilustres oradores que integram os painéis da conferência. Entre os temas em debate no Fórum destacam-se Turismo Cultural e Religioso, Gastronomia e Vinhos, Turismo Cientifico e de Negócios e, também, o Plano estratégico para o Município de Braga (ver programa detalhado aqui: https://bit.ly/2pGkEIo). As inscrições para o Fórum são gratuitas e estão acessíveis no portal da Câmara Municipal de Braga.

Feira das Viagens no Porto e Coimbra/ Palácio da Bolsa e Pavilhão Centro de Portugal

No Porto e em Coimbra a Feira das Viagens decorre de 20 a 22 de abril, nos mesmos moldes das edições anteriores. Cerca de 80 expositores entre agências de viagem, empresas de cruzeiros e destinos turísticos nacionais e internacionais estarão disponíveis para oferecer os seus serviços de aconselhamento e venda de viagens. O Futebol Clube do Porto e o Sport Lisboa e Benfica marcam também presença para promover os respetivos museus e, desportivamente, partilhar os sucessos das suas marcas.

A Feira das Viagens conta com o patrocínio da Halcon, do Turismo Centro de Portugal e da Autoridade de Turismo da Tailândia e com o apoio institucional da Associação Comercial do Porto, da Camara Municipal de Coimbra, da Sociedade Nacional de Belas Artes, da Camara Municipal de Braga e da Associação Comercial de Braga.

 

4ª Edição do Mercado do Livro no Príncipe Real acontece já no próximo sábado

image001.jpg

 

Dia 24 de março, entre as 10 e as 20 h, o “Mercado do Livro França Borges” promete trazer ao Príncipe Real um encontro descontraído entre as letras e os leitores, reunindo vários escritores, livrarias, editoras e ainda um concerto ao vivo para terminar o dia em grande.

 

Esta iniciativa, organizada pela Imprensa Nacional - Casa da Moeda (INCM) com a Junta de Freguesia da Misericórdia, pretende criar um ponto de encontro de culturas em torno do livro, das histórias e das palavras. Além das bancas de vários editores e livreiros, este dia irá contar também com leituras, apresentações de livros, conversas com escritores, ateliês de ilustração para os mais novos, entre outras atividades.

 

Veja o programa completo: 

Mercado do Livro França Borges

FIA 2018 - A maior feira intercultural da Península Ibérica tem data marcada

image004.jpg

 

 

31ª edição - Encontro de culturas onde se partilham emoções e se revisitam tradições

 

FIA 2018 - A maior feira intercultural da Península Ibérica tem data marcada

 

A FIA Lisboa 2018 – Feira Internacional do Artesanato, um dos eventos mais emblemáticos e apreciados pelo público em geral já tem data marcada. Entre 23 de junho e 1 de julho os visitantes terão a oportunidade de degustar inúmeros sabores, entrar nas danças e tradições dos quatro cantos do mundo. Este é o lugar para ver e adquirir peças de artesanato únicas, nacionais, internacionais e celebrar o grande encontro de culturas, que já se vive há 31 anos.

A FIA Lisboa, a maior feira de multiculturalidade que ocorre na Península Ibérica e a segunda maior da Europa será, durante 9 dias, a plataforma de excelência para a promoção da identidade e desenvolvimento dos territórios nacionais e internacionais, tanto a nível económico, como cultural e turístico.

Com organização da Fundação AIP, em parceira com o IEFP – Instituto do Emprego e Formação Profissional, estará patente uma exposição temática fruto desta longa ligação. Este ano, e pela primeira vez, o evento conta com a participação de países como Timor-Leste, Bulgária, República do Congo e Gana.

No total serão mais de 40 países, 600 expositores, 220 deles estrangeiros, dos cinco continentes, entre eles empresas, artesãos nacionais e internacionais, entidades ligadas ao desenvolvimento rural, regional e agentes na área da gastronomia artesanal, tradicional e restauração.

 

É também na FIA Lisboa que surgem possibilidades de estabelecer sinergias, conhecerem-se novos profissionais, coleccionadores e apreciadores dos ofícios artesanais, artes e design. Este evento permite, num único espaço, usufruir de experiências com inúmeras culturas, emoções e sabores. 

 

Durante nove dias os visitantes têm o Mundo inteiro para visitar e experimentar, não só na visita aos stands, como também nas mais de 200 atividades paralelas que se realizam durante todo o evento, organizadas pelos países e entidades presentes. Este ano, e à semelhança de 2017, espera-se a visita de mais de 110 mil pessoas, número com que a feira encerrou as portas no ano passado.

 

 

E depois da licenciatura? O TEU FUTURO É DECIDIDO NA MAIOR FEIRA DE MESTRADOS DO PAÍS

image001.png

 

E depois da licenciatura?

O TEU FUTURO É DECIDIDO NA MAIOR FEIRA DE MESTRADOS DO PAÍS

A Associação Inspirar o Futuro organiza, no próximo/este mês, a maior Feira de Mestrados e Pós-graduações, que acontece tanto em Lisboa como no Porto. O projeto Unlimited Future, vocacionado para estudos de 2º ciclo, conta com mais de 40 instituições e surge no seguimento do já conhecido roadshow Yorn Inspiring Future.

Ainda a concluir a licenciatura, muitos jovens encontram-se novamente numa situação de tomada de decisão: será que deve continuar para um mestrado ou pós-graduação? Deve continuar na mesma instituição ou ter um currículo mais diversificado? As feiras Unlimited Future, pelas mãos da Associação Inspirar o Futuro, foram criadas com o propósito de dar todas estas informações aos universitários, para que possam tomar essa decisão com consciência.

As Feiras Unlimited Future têm um formato diferenciador e focado na divulgação da oferta educativa de 2º ciclo. Mas a organização não quer que essa decisão seja tomada sobre pressão, por isso, criou um ambiente informal, associado a um espaço chillout, onde os representantes das Instituições de Ensino Superior conversam com os universitários. O espaço conta com música ambiente e bar, pois a circunstância pede um brinde ao futuro. Desta forma, os alunos universitários finalistas conciliam a procura de informação a um ambiente que lhes é comum.

A edição de 2018 conta novamente com duas feiras de mestrados e pós-graduações: uma em Lisboa, na Alameda da Universidade, a 22 de fevereiro; e a segunda no Porto, no Palácio dos CTT, a 8 de março. Em ambos eventos o espaço dedicado à feira está aberto das 16h às 21h. Após as 22h, ambos os espaços transformar-se-ão no Super Arraial do Finalista, uma festa universitária para acabar a noite em grande.

A entrada nas Feiras Unlimited Future é gratuita, e os participantes que fizerem o seu pré-registo em www.unlimitedfuture.pt, terão ainda direito uma bebida de oferta. A entrada no Super Arraial do Finalista é paga para entradas depois das 22h.

Sobre o projeto Unlimited Future

A Associação Inspirar o Futuro tem como objetivo dar apoio aos jovens portugueses, com especial foco nas suas fases de transição, para que estes consigam planear de forma consciente o seu projeto de carreira e de vida, alcançando assim o seu máximo potencial.

O projeto Unlimited Future é a marca voltada para o apoio aos alunos universitários da Associação e desde 2016 tem realizado feiras de mestrados e pós-graduações, tendo contado já com mais de 5000 participantes.

Para além das Feiras, destaca-se pelos workshops, fins de semana business challenge e career development. A orientação promovida pelo projeto é de tal forma importante que cerca 95% dos jovens recomendam totalmente os projetos realizados. No último ano, a projeto contou com 750 participantes nos mais de 30 workshops em instituições.

Maior feira de mestrados do país chega a Lisboa

image001.png

 

 

A Associação Inspirar o Futuro organiza, já no próximo dia 22 de fevereiro, a maior Feira de Mestrados e Pós-graduações, em Lisboa, que contará com a presença de Maria Fernanda Rollo, Secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

Vocacionado para estudos de 2º ciclo, o projeto Unlimited Future conta com mais de 40 instituições e surge no seguimento do já conhecido roadshow Yorn Inspiring Future.

Ainda a concluir a licenciatura, muitos jovens encontram-se novamente numa situação de tomada de decisão: será que devem continuar para um mestrado ou pós-graduação? Devem continuar na mesma instituição ou ter um currículo mais diversificado? As feiras Unlimited Future, pelas mãos da Associação Inspirar o Futuro, foram criadas com o propósito de dar toda a informação aos universitários, para que possam tomar essa decisão com consciência.

Em sintonia com a importância que a formação académica deve ter está o Governo, que ainda recentemente anunciou medidas para tentar aumentar a qualificação da população – a democratização dos doutoramentos e mestrados de apenas um ano. Este esforço não se poderá dissociar de um estudo divulgado pelo INE, que revela que 12,6% da população portuguesa abandona precocemente a educação e formação.

Assim sendo, e com um formato diferenciador, as Feiras Unlimited Future focam na divulgação da oferta educativa de 2º ciclo. Com um ambiente informal, associado a um espaço chillout, onde os representantes das Instituições de Ensino Superior conversam com os universitários, dispõe de um espaço com música ambiente e bar, que permite que os alunos universitários finalistas conciliem a procura de informação num ambiente que lhes é comum.

A edição de 2018 conta com duas feiras: a primeira já no próximo dia 22 de fevereiro, na Alameda da Universidade, em Lisboa; e a segunda no Porto, no Palácio dos CTT, a 8 de março. Em ambos eventos o espaço dedicado à feira está aberto das 16h às 21h. Após as 22h, os espaços transformar-se-ão no Super Arraial do Finalista, uma festa universitária para acabar a noite em grande.

A entrada nas Feiras Unlimited Future é gratuita. Os participantes que fizerem o seu pré-registo em www.unlimitedfuture.pt terão direito uma bebida de oferta. A entrada no Super Arraial do Finalista é paga para entradas depois das 22h.

 

Sobre o projeto Unlimited Future

A Associação Inspirar o Futuro tem como objetivo dar apoio aos jovens portugueses, com especial foco nas suas fases de transição, para que estes consigam planear de forma consciente o seu projeto de carreira e de vida, alcançando assim o seu máximo potencial.

O projeto Unlimited Future é a marca voltada para o apoio aos alunos universitários da Associação e desde 2016 tem realizado feiras de mestrados e pós-graduações, tendo contado já com mais de 5000 participantes.

Para além das Feiras, destaca-se pelos workshops, fins de semana business challenge e career development. A orientação promovida pelo projeto é de tal forma importante que cerca 95% dos jovens recomendam totalmente os projetos realizados. No último ano, a projeto contou com 750 participantes nos mais de 30 workshops em instituições.