Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Santos Populares de Quarteira

 

Santos Populares1232x474.png

A capital dos Santos Populares no Algarve contará com um programa especial que irá animar a cidade por estes dias. O desfile das Marchas Populares não sairá à rua no formato habitual, contudo a tradição destas festividades vai cumprir-se em Quarteira.

Os arraiais são um dos sinónimos de animação nas noites de Stº António, S. João e S. Pedro, e neste programa especial serão também um dos principais motivos para que a população saia à rua para celebrar. As ruas típicas de Quarteira associam-se a esta organização e, nos dias 10 e 11, a festa faz-se na Rua da Cabine, nos dias 12, 23 e 28, na Rua da Alegria, e nos dias 17 e 18, na Rua Vasco da Gama. Bailes com artistas populares, os espaços decorados com o tradicional festão colorido e manjericos e, é claro, a gastronomia, sobretudo os típicos pratos como a sardinha assada e o caldo verde, serão os ingredientes principais destas noites.

Entre os dias 10 e 30 de junho, as montras do comércio local das Ruas Vasco da Gama e Bartolomeu Dias recebem uma exposição com os fatos dos marchantes que, ao longo dos anos, fizeram a história deste evento. Esta iniciativa, que constitui uma forma de mostrar ao público a riqueza do espólio que incorpora a cultura popular quarteirense, conta com o apoio da APROMAR e do comércio local que, nesta altura do ano, ganha um novo fulgor graças aos muitos turistas que acorrem à cidade para assistir a este quadro etnográfico.

Os desfiles das Marchas Populares dos anos anteriores serão exibidos em formato cinematográfico, no Largo do Centro Autárquico, nos dias 12, 23 e 28, das 10hh0 às 21h00.

No mesmo local, nos dias 13, 24 e 29 de junho, das 9h30 às 18h30, vão estar à venda os tradicionais manjericos. Segundo a tradição, os namorados ofereciam às namoradas na noite de Stº António, esta planta num vaso com um cravo e poemas alusivos ao amor, que se tornou símbolo das celebrações dos Santos Populares.

“A Autarquia de Loulé e a Junta de Freguesia de Quarteira, desde o primeiro momento, mostraram a sua abertura para a realização do desfile das marchas. No entanto, devido às restrições e sucessivos confinamentos impostos no âmbito da pandemia da COVID-19, os diferentes grupos de Marchas de Quarteira consideraram que, face ao curto espaço de tempo que separou o desconfinamento da celebração das festas dos Santos Populares, não havia condições para preparar o desfile com o rigor necessário para a sua realização com a qualidade e a beleza características destas marchas. Assim, devido ao receio sentido pelos grupos, preferimos adiar a retoma para o próximo ano. Mas, apesar de tudo, não deixaremos passar em claro estas datas e iremos, com este programa, reviver a tradição”, explicaram os autarcas Vítor Aleixo e Telmo Pinto.

Antes das marchas como hoje as conhecemos, as festas integravam os arraiais, as fogueiras, os bailes e os banhos na noite de S. João, que tinham lugar normalmente em Quarteira pela sua proximidade ao mar. Até à década de 70 do século XX a celebração resumia-se às comemorações de S. João com os “bailes de mastros” pela cidade e o “banho santo”, à meia-noite. Ao Padre Elísio Dias, nomeado pároco de Quarteira em 1968, dever-se-á a criação das Marchas Populares, que conheceram maior incremento a partir da década de 90. Em 1995 surge a APROMAR, Associação Promotora das Marchas Populares, que passa então a organizar oficialmente o evento. 

Com o passar dos anos, os Santos Populares de Quarteira tornaram-se num dos principais cartazes turísticos da cidade de Quarteira, do concelho de Loulé e da região algarvia, atraindo muitos turistas. Mas este evento é também a demonstração do bairrismo que está bastante enraizado no espírito e alma de todos os quarteirenses, uma comunidade que se envolve de corpo e alma nesta realização.

 

 

CML/GAP /RP

As Festas de Lisboa estão de regresso

descarregar (1).jpg

As Festas de Lisboa vão finalmente recomeçar. Depois de dois anos de uma paragem forçada, devido à pandemia, este é um regresso muito aguardado por todos os lisboetas e pelos protagonistas do mês de junho: artistas, coletividades, marchantes e todos aqueles que mantêm a festa viva nos bairros de Lisboa.
 
Com a cidade e para a cidade, a celebração do mês de junho vai ser, assim, ainda mais especial. Entre Marchas Populares, concertos, cinema, teatro e exposições, arraiais e Tronos de Santo António, a Câmara Municipal de Lisboa e a EGEAC - Empresa de Gestão de Equipamentos e Animação Cultural propõem uma programação alegre e popular, diversa e inclusiva, experimental e surpreendente.

As festividades abrem ainda em maio (no último sábado do mês) com Tito Paris. No espetáculo “O que nos Une” – uma mensagem coletiva de esperança que importa sublinhar no atual contexto de guerra que ensombra o Mundo – o músico e compositor cabo-verdiano reúne em palco um naipe de grandes vozes:  Cremilda Medina, Joana Amendoeira, Paulo Gonzo e Djodje. Um concerto para dançar ao som de mornas e coladeiras à beira-rio, nos jardins da emblemática Torre de Belém, celebrando também os 40 anos de carreira do artista.
 
As Marchas Populares também estão de volta, assinalando da melhor forma o arranque do mês de junho com as primeiras exibições na Altice Arena (dias 3, 4 e 5), a partir das 21h00.
Na noite de Santo António, as Marchas apresentam-se novamente, desta vez na Avenida da Liberdade, a partir das 21h45. Um desfile encabeçado pela Marcha Popular de Vale do Açor, a convidada desta edição, e com a participação, pela primeira vez, da Marcha Infantil das Escolas de Lisboa.
 
Este ano as Casas Regionais da cidade – embaixadas na capital da cultura regional do país ­­– também se juntam ao programa das Festas, levando ranchos folclóricos, tunas, bombos e Fado até à Quinta das Conchas para um encontro de dois dias (25 e 26).
 
O Fado volta a ser rei no Castelo de São Jorge, palco privilegiado destes encontros musicais improváveis. Ricardo Ribeiro junta-se ao pianista de jazz João Paulo Esteves da Silva (dia 17) e Teresinha Landeiro interpreta duetos inéditos com os artistas Agir e Mimi Froes (dia 18). Duas noites dedicadas à canção de Lisboa, Património Cultural Imaterial da Humanidade, sob o lema Fado no Castelo.

E se o Fado é rei, as Sardinhas são as rainhas das Festas – apresentando-se nesta edição com uma nova imagem. Por falar nelas, é também altura de revelar as grandes eleitas do concurso criativo deste ano que voltou a ser inundado por propostas de todo o mundo. De um total de 6 vencedoras, 5 são portuguesas e uma vem da Turquia. A Escola EB1 de Travassô, em Águeda, foi a escolhida pelo júri da Turma da Sardinha, que atribuiu ainda menções honrosas a mais três sardinhas escolares.

Aproveitando o feriado comemorativo do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, reservamos uma surpresa para a cidade, nos dias 9, 10 e 11. Uma mão e um pé, uma boca, um nariz, uma orelha e um olho vão circular pelos jardins e praças de Lisboa, numa performance protagonizada pela companhia Snuff Puppets, comunidade de artistas de Melbourne.

O encerramento das Festas será na Praça do Comércio com o concerto “Cheira a Lisboa”, numa homenagem aos 100 anos do Parque Mayer – o berço das Marchas Populares e epicentro da vida artística lisboeta. Em palco, a Orquestra Metropolitana de Lisboa, sob a direção do maestro Cesário Costa, acompanha seis grandes vozes da atualidade: Anabela, FF, Katia Guerreiro, Luís Trigacheiro, Lura e Marco Rodrigues, que recriam 22 clássicos da música popular com a roupagem dos arranjadores Filipe Raposo, Pedro Moreira e Lino Guerreiro. Um espetáculo inédito, no dia 30, para ouvir canções intemporais que contam a história do Parque e da cidade e algumas raridades, como “Santo António”, de João Villaret, que foi alvo de censura em 1956.
 
Como é já tradição, o Museu de Lisboa – Santo António preparou uma programação especial dedicada ao Santo que as Festas celebram, com concertos, visitas guiadas ou exposições.
 
De Lisboa Mistura, Festa da Diversidade, Arraial Lisboa Pride, CineConchas, Bairro em Festa e de muitas outras festas se fazem também as Festas de Lisboa para desfrutar e viver ao longo de mais de um mês.

As Festas estão quase a começar. Cheira bem, cheira a Lisboa!
 

Com as Festas de Lisboa estão de volta as Marchas Populares

descarregar (2).jpg

As Marchas Populares estão de volta, com as primeiras exibições na Altice Arena. Depois de dois anos silenciosos, cumprindo as regras ditadas pela pandemia, os bairros lisboetas saem de casa, vestindo o seu melhor figurino para contar e cantar as tradições e costumes das suas gentes, através de coreografias coloridas. Com alegria e entusiasmo redobrados, os marchantes renascem para abrilhantar esta tradição identitária da cidade e um dos pontos altos das Festas de Lisboa.

Entre sexta feira e domingo (dias 3, 4 e 5), as 20 marchas a concurso apresentam-se, pela primeira vez, perante o público e o júri. A estas marchas em competição juntam-se mais três marchas extraconcurso: A Marcha Infantil "A Voz do Operário", a Marcha dos Mercados e a Marcha Santa Casa, abrindo, cada uma delas, uma das noites de exibições.

 

Neste espetáculo, aberto ao público e com uma entrada simbólica (no valor de 6€), que será apresentado por Vanessa Oliveira, todos/as terão Amália na voz, entoando a composição vencedora da Grande Marcha de Lisboa 2020 –  numa homenagem ao centenário da diva do Fado. Dois anos depois, "Amália é Lisboa" será finalmente interpretada por todos os marchantes.

Iééééé, Marchas é que é!


📷 José Frade/EGEAC

 

E como, em junho, a tradição voltou a ser o que era, abrem também este fim de semana os típicos arraiais, com a animação que lhes é característica. No Museu de Lisboa - Santo António, a programação estende-se ao longo do mês com percursos, visitas, concertos e atividades para toda a família, destacando-se a exposição de rua dos Tronos de Santo António, uma das mais populares expressões culturais da cidade, que pode ser vista a partir de sábado.

O MUNICÍPIO DE MORA COMEMORA PELA PRIMEIRA VEZ O DIA DE PORTUGAL

descarregar (1).png

O Município de Mora comemora pela primeira vez o Dia de Portugal, de Camões e das comunidades portuguesas, feriado nacional de 10 de junho.

Para o efeito está preparado um programa com iniciativas diversas que acontecem nos dias 10 e 11 de junho, na sede de Concelho, em Mora.

A iniciar, no dia 10 de junho às 10h, o Município de Mora homenageia Duarte Pires, atleta da Escola de Natação, com o descerramento de uma placa, na Piscina Municipal. Por esta altura, assinala-se também a abertura da época balnear.

No mesmo dia, a partir das 20h30, na Praça Conselheiro Fernando de Sousa, será inaugurada nova iluminação, contando com animação musical por Zé Pedro Aniceto e Diogo Noronha. Às 21h30, na Casa da Cultura, o Município oferece à população do Concelho a apresentação da peça de teatro “Um amor de família”, que conta com a presença em palco dos atores Sofia Alves, João de Carvalho, Diana Marques Guerra e Diogo Lopes.

A Orquestra Sem Fronteiras, dirigida por Martim Sousa Tavares, apresenta o espetáculo “Da Primavera para o Verão”, na tarde de 11 de junho, a partir das 16h30, no Cineteatro da Casa da Cultura. De realçar que a Orquestra Sem Fronteiras é a grande vencedora do Prémio Europeu Carlos Magno para a Juventude de 2022.

Todas as iniciativas são gratuitas e abertas a toda a população do Concelho.

 

 

Município de Mora, uma porta aberta para o futuro!

FESTA DA ESPIGA EM SALIR REGRESSA EM GRANDE PARA RECORDAR ALGARVE DE OUTROS TEMPOS

Festa da Espiga em Salir (3).jpg

A 26 de maio celebra-se a Quinta-Feira de Ascensão ou Quinta-Feira da Espiga e, em Salir, interior do concelho de Loulé, tem lugar um dos mais tradicionais eventos da serra algarvia, a Festa da Espiga. Passados dois anos em que se realizou num formato adaptado e numa versão mais reduzida (“A Espiga vai a sua casa”), esta iniciativa regressa na sua plenitude, sem restrições, com um programa de três dias.

O Passeio de BTT e o Passeio Pedestre “Trilhos da Espiga”, na manhã do dia 26, marcam o arranque das atividades. As tasquinhas com manjares e petiscos serranos e as exposições de produtos regionais abrem portas a partir das 13h00.

Mas o momento mais aguardado da festa acontece às 16h00 desta quinta-feira, com o desfile etnográfico onde os carros em representação das diferentes localidades e das suas principais atividades agrícolas e artesanais são o foco de atenção dos visitantes. O fabrico do pão, a apanha do medronho e destilação, a apicultura e extração de cortiça, o varejo do figo, amêndoa e alfarroba, o artesanato de linho, lã, palma ou esparto são algumas das atividades que aqui serão recriadas. Se estas foram durante anos a base da economia local, caíram em desuso e esta é, de resto, uma oportunidade para dar a conhecer e revisitar um Algarve perdido no tempo. Pela voz de poetas populares são declamados poemas feitos de improviso, com mensagens dirigidas aos responsáveis municipais, em jeito de pedido para determinadas intervenções na freguesia. Uma tradição que, ano após ano, é imagem de marca desta festa.

A noite da “Quinta-Feira da Espiga” contará com muita animação, com o baile, seguido de um concerto do carismático cantor popular Quim Barreiros, a partir das 23h00.

Na sexta-feira, a tarde é dos seniores que, numa ação conjunta com as instituições de solidariedade social e dos lares, têm aqui um momento de convívio. Mas a noite é direcionada sobretudo aos jovens com três concertos: MGDRV (22h00), HMB (23h30) e Christian F (01h00).

No dia de encerramento, sábado, as crianças são convidadas a participar na “Festa das Espiguinhas”, que a par das brincadeiras visa também envolver os mais novos no espírito desta festa.

Para quem não teve a oportunidade de assistir ao desfile etnográfico, uma vez que a noutras localidades o Dia da Espiga não é feriado, a organização irá reeditar este momento na noite de sábado, a partir das 19h30.

No encerramento da Festa da Espiga 2022 estão previstos três momentos musicais, com os concertos do grupo De Moda em Moda (22h00), Iris (23h30) e DJ Rodriguez (01h00). De referir que todos os espetáculos da Festa da Espiga são de entrada livre.

Este evento teve a sua primeira edição a 23 de maio de 1968, promovida pelo então presidente da Junta de Freguesia, José Viegas Gregório, uma das figuras mais emblemáticas da região. Anualmente centenas de pessoas deslocam-se a Salir no Dia da Espiga, que marca o início da época das colheitas, para apreciar o artesanato, a gastronomia, o folclore, a etnografia e a poesia popular.

A Festa da Espiga foi uma das 14 finalistas do concurso “7 Maravilhas da Cultura Popular® 2020”.

 

CML/GAP /RP

TRAVESSIA DAS LETRAS - 2ª. festa infantojuvenil da língua portuguesa de 16 a 22 de maio, em Oeiras com entrada livre

image003.jpg

TRAVESSIA DAS LETRAS
A 2ª. festa infantojuvenil da língua portuguesa, irá decorrer entre os dias 16 e 22 de maio no Templo da Poesia/ Parque dos Poetas, em Oeiras

No bicentenário da Independência do Brasil, a literatura infantojuvenil nacional é ponto de partida na Travessia das Letras para celebração que envolve artistas lusófonos

Outras artes como cinema, teatro, música e culinária também são protagonistas do evento que irá receber artistas, personalidades e referências da cultura brasileira como
Pedro Luis, Daniel Munduruku, Roberto Bontempo e Miriam Freeland, Ciça Fittipaldi e Teatro Tablado.

Saci Pererê, Macunaíma, Teatro Tablado, ritmos brasileiros, indígenas, culinária, história, literatura de cordel, todos estes personagens e temas estarão reunidos a partir do próximo dia 16 de maio na 2ª edição da Travessia das Letras – Festa Infantojuvenil da Língua Portuguesa que vai decorrer  entre os dias 16 e 22 de maio no Templo da Poesia/ Parque dos Poetas, no município de Oeiras, Portugal.

O evento tem entrada livre entretanto as inscrições para as oficinas, para o público em geral e alunos de escolas públicas e privadas, devem ser feitas através do e-mail travessiadasletras2022@gmail.com. De 2a a 6a-feira, além do público tradicional, estarão presentes os alunos pré-agendados das escolas com o Oeiras Educa ( www.oeiraseduca.pt). Serão alunos do Jardim de Infância ao Ensino Secundário da rede municipal de Oeiras / PT.

A Travessia nasceu a partir do desejo de aproximar culturas que compartilham a língua portuguesa, idioma oficial em países como Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste, que espalhados por 4 continentes, reúnem mais de 250 milhões de pessoas que falam o idioma português.

Diversos escritores portugueses que também irão narrar as obras brasileiras vão receber seus irmãos brasileiros na celebração que tem como mascote, desde a edição de 2019, o Polvo Zé, criado pela escritora e ilustradora brasileira, Mariana Massarani. Entre os portugueses que participarão da Travessia através de suas obras estão Luisa Decla Soares, Mario de Carvalho, Inês Fonseca Santos, João Maio Pinto, além da jornalista Rita Pimenta, entre outros convidados.

O evento, cuja 1ª edição aconteceu no ano de 2019, conta com o patrocínio da Câmara Municipal de Oeiras em Portugal e do município de Oeiras, no Piauí, cidades-irmãs. Com pouco menos de 40 mil habitantes, Oeiras no Piauí foi identificada pela UNESCO, em 2021, como case de gestão educacional inovadora, o que motivou a Organização a promover uma pesquisa para investigar as razões do sucesso do município: “Boas Práticas de Gestão em Educação Municipal: o caso de Oeiras (PI)”.

E por estar alinhada com o mandado da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), além de possuir convergência com as diretrizes e princípios da Organização nos campos da cultura, desenvolvimento social e cidadania global, a travessia tem ainda o apoio da Representação da UNESCO no Brasil, e os apoios institucionais da Missão do Brasil na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), do Plano Nacional de Leitura (PNL2027) e da Rede de Bibliotecas Escolares (RBE), estas duas últimas organizações portuguesas.

“Sua realização em Portugal sugere o caminho inverso ao do percorrido pelo idioma, promovendo o intercâmbio, atiçando a curiosidade, estimulando a criatividade e expandido o imaginário pelo universo lúdico e onírico da literatura infantojuvenil”, observa a idealizadora da festa infantojuvenil, Claudia Pinheiro, da Dois Um, empresa luso-brasileira, que já trouxe para Portugal outros grandes projetos como “Arquitetura Portuguesa no Traço de Lúcio Costa”, montada em Lisboa em 2013, ano do Brasil em Portugal.

A programação terá, desta vez, por solicitação da Câmara Municipal de Oeiras – Portugal, ênfase no Brasil por conta do Bicentenário da Independência do Brasil.“Vamos ampliar a Festa da Língua Portuguesa para além das atividades relacionadas à literatura, agregando outras expressões artísticas tais como teatro infantil, cinema de animação e música, sempre com o ponto de partida a literatura infantojuvenil celebrando grandes nomes brasileiros que irão interagir com nomes relevantes de Portugal”, conclui Cláudia.

Entre os artistas e atrações brasileiras presentes, haverá Oficina Teatral da Peça Pluf, o Fantasminha, de Maria Clara Machado (homenageada por seu centenário), ministrada por Cacá Mourthé e Ricardo Kosovki; Daniel Munduruku, que recebeu menção honrosa do Prêmio Literatura para Crianças e Jovens na Questão da Tolerância da ONU ( Organização das Nações Unidas); oficina de ritmo brasileiro, com Pedro Luis, que a partir de “Carinhoso”, uma das canções mais importantes da obra do maestro, instrumentista e compositor Pixinguinha, construirá uma atividade percussiva infantojuvenil, usando um dos mais simples e geniais ritmos brasileiros, a marcha-rancho, além da encenação do livro “Ideias para adiar o fim do nundo”, de Ailton Krenak, com a atuação dos atores Roberto Bomtempo e Miriam Freeland, entre outras.

 “Faremos narrações de histórias e leituras dramatizadas de vários clássicos infantojuvenis brasileiros”, antecipa a jornalista, escritora e curadora da Travessia, Luciana Savaget - autora de “Nossas histórias são suas histórias” - que participará de um debate com Stefania de Brito, escritora luso-brasileira, autora de “Uma Aventura Hospitalar” .

A Travessia das Letras vai acontecer de 16 a 22 de maio das 9h30 às 18h, no Templo da Poesia/ Parque dos Poetas, em Oeiras, Portugal, com entrada livre.

Siga o evento nas redes sociais: https://www.facebook.com/travessiadasletras  e @travessiadasletras

 SERVIÇO:

Travessia das Letras - 2ª Festa infantojuvenil da Língua Portuguesa
Local: Templo da Poesia/ Parque dos Poetas , em Oeiras
Datas; de 16 a 22 de maio (de segunda-feira até domingo)
Horário: das 9h30 às 18 horas
Inscrições para as oficinas:travessiadasletras2022@gmail.com
Entrada Livre

Festa das Fogaceiras | Tradição volta a cumprir-se com reduzido número de participantes

31 meninas fogaceiras saem à rua

Tradição secular volta a cumprir-se

com reduzido número de participantes

Todas as recomendações da DGS e do Governo acauteladas

 

Festa das Fogaceiras.jpg

 

Com renovada fé e devoção, Santa Maria da Feira volta a cumprir o voto ao mártir S. Sebastião, na Festa das Fogaceiras, a 20 de janeiro, mantendo esta secular tradição e pedindo ainda proteção contra a “peste” dos dias de hoje, a COVID-19. O programa oficial da Festa das Fogaceiras – Cortejo Cívico, Missa Solene e Procissão – mantém-se, mas com um número muito reduzido de participantes em cada um dos momentos, acautelando-se todas as recomendações da DGS e respeitando as medidas impostas pelo Governo. 

 

No dia 20 de janeiro, a tradição com mais de 500 anos volta a cumprir-se em Santa Maria da Feira, com o tradicional Cortejo Cívico, às 10h30, com apenas 31 meninas fogaceiras vestidas de branco integral, faixas coloridas à cintura e de fogaça à cabeça, entre os Paços do Concelho e a Igreja Matriz; a Missa Solene com bênção das fogaças, às 11h00, na Igreja Matriz, presidida pelo Bispo Auxiliar Emérito do Porto, D. António Taipa; e, no período da tarde, às 15h30, a Procissão.

 

Dado o atual contexto pandémico e considerando a lotação limitada da Igreja Matriz (que por determinação da Diocese tem a lotação reduzida a 100 pessoas), a organização da Festa das Fogaceiras decidiu selecionar apenas 1 menina fogaceira por freguesia, ao invés das quatro inicialmente previstas, numa lógica de representatividade de todo o concelho de Santa Maria da Feira. A seleção teve por base a ordem de inscrição de cada menina.

 

A Missa Solene de Bênção das Fogaças vai ser transmitida, em direto, na página oficial de facebook do Município de Santa Maria da Feira, em www.facebook.com/municipio.smfeira, e no portal municipal, em www.cm-feira.pt/diretos, para que todos os devotos a S. Sebastião, em Portugal e no Mundo, possam assistir. A população que queira participar na Missa Solene pode fazê-lo, respeitando a lotação limitada da Igreja (que terá disponíveis apenas 50 lugares para os participantes da eucaristia da comunidade em geral). Para garantir uma maior segurança a esta festividade, a Câmara Municipal disponibiliza, nas imediações da Igreja Matriz, um espaço para que os devotos possam realizar o seu teste à COVID-19 antes da entrada na igreja.

 

A Câmara Municipal de Santa Maria da Feira assegura igualmente a testagem de todos os elementos que integram oficialmente a Festa das Fogaceiras 2022.

 

Como é já tradição, o dia 20 de janeiro termina com um espetáculo de sátira e comédia com assinatura do Centro de Cultura e Recreio do Orfeão da Feira, às 21h30, no Cineteatro António Lamoso. “Ensaio Geral” é o espetáculo de teatro-revista que promete momentos de boa disposição. Numa época em que tanto se fala da transição verde, a ecologia terá lugar de destaque nesta noite que abordará também o ecossistema… político.

 

A Festa das Fogaceiras é assinalada durante todo o mês de janeiro, até ao dia 31 de janeiro, com uma programação cultural e artística, em diferentes equipamentos culturais municipais, que vai desde a música ao teatro de revista e à recriação histórica, das oficinas aos workshops. Consulte o programa completo da Festa das Fogaceiras, em www.cm-feira.pt/fogaceiras.

 

 

“Vindimas 2021” evoca principais momentos da Festa das Vindimas

Nos dois primeiros fins de semana de setembro (dias 2 a 5 e 9 a 12), o evento “Vindimas 2021” evoca os momentos mais emblemáticos da tradicional Festa das Vindimas. O programa, organizado pela Associação das Festas de Palmela - Festa das Vindimas, com o apoio da Câmara Municipal de Palmela, apresenta um conjunto de iniciativas a decorrer na vila de Palmela e arranca já no dia 2 de setembro, com a Eleição da Rainha das Vindimas 2021, espetáculo com a participação de Herman José.

Num momento de apresentação das candidatas a Rainha e do evento “Vindimas 2021” realizado a 30 de agosto, no Largo de S. João, em Palmela, o Presidente da Direção da Associação, André Cabica, explicou que foi necessário adaptar a Festa ao contexto pandémico, mas sempre com o objetivo de «representar as principais atividades» que a constituem, como a Eleição da Rainha ou a Pisa da Uva e Bênção do 1.º Mosto.

Considerando que é «importantíssimo ter os produtores do concelho presentes», nos dois fins de semana, decorre também um Mercado dos Vinhos, no Largo de S. João, dando às/aos visitantes a possibilidade de fazerem provas, contactarem de perto com os produtores e conhecerem as novidades. Para garantir o cumprimento das normas da DGS, o Mercado vai ter acesso controlado e limitado a 240 pessoas, explicou.

Espetáculos musicais, com destaque para o concerto de encerramento com os Monda, e várias provas desportivas completam o programa.

 

Programa

 

2 setembro | 21h30 | Cine-Teatro S. João

Eleição da Rainha das Vindimas 2021

Com Herman José

Lotação: 300 pessoas ou outra permitida à data do evento

Valor: 15€ (plateia); 12,50€ (balcão) Bilhetes à venda em www.bol.pt e na bilheteira do Cine-Teatro S. João

 

3 a 5 e 10 a 12 setembro | 17h00-24h00 | Largo de S. João

Mercado dos Vinhos “Vindimas 2021”

Provas Comentadas, Curso de Vinhos, Tertúlias, Pôr do Sol n'Adega, Showcookings e Harmonizações

Lotação: 240 pessoas

 

3 setembro

 

18h00 | Kartódromo Internacional de Palmela

Troféu de Kart “Vindimas 2021”

Valor: 30€

Info.: desporto.festadasvindimas@gmail.com

Org.: AFP - Festa das Vindimas e KIP

 

20h00 | Largo de S. João

Inauguração do Mercado dos Vinhos

 

21h00 | Adegas Wine Lounge

Animação no Mercado

 

4 setembro

 

9h00 | Biblioteca Municipal de Palmela

Formação Suporte Básico de Vida (Acreditação INEM)

Valor: 40€ | Insc.: geral@festadasvindimas.pt

 

14h00 | Biblioteca Municipal de Palmela

Formação Suporte Básico de Vida com Desfibrilhação Automática Externa (Acreditação INEM)

Valor: 60€ | Insc.: geral@festadasvindimas.pt

 

16h00

Rampa da Festa das Vindimas

Valor: 4€ (atletas federados: 2€)

Info.: ciclomaniaeventos@gmail.com

Org.: AFP - Festa das Vindimas e Ciclomania

 

18h00 | Adegas Wine Lounge

Animação no Mercado

 

21h00

Prova Noturna de Orientação

Info: oriespalmela@blogspot.com

Org.: AFP - Festa das Vindimas e Escolas Secundárias de Palmela e de Pinhal Novo

 

21h30 | Largo de S. João

SF Humanitária convida Rui Drumond

Lotação: 105 pessoas

Valor: gratuito

Bilhetes em www.bol.pt e na bilheteira do Cine-Teatro S. João

 

5 setembro

 

11h00 | Largo do Município

Pisa da Uva e Bênção do 1.º Mosto

 

12h00 | Igreja Matriz de São Pedro

Missa de Ação de Graças

 

15h00 | Vila de Palmela

1.º Aquatlo “Vindimas 2021”

Org.: AFP - Festa das Vindimas e Palmela Desporto, E.M.

 

17h00 | Parque Venâncio Ribeiro da Costa

Corrida de Carrinhos de Rolamentos

Info./insc.: geral@festadasvindimas.pt

Org.: AFP - Festa das Vindimas e Associação dos Escoteiros de Portugal (Grupo 40 de Palmela)

 

20h00 | Adegas Wine Lounge

Animação no Mercado

 

9 setembro | 20h00 | Quinta do Alcube

Jantar Vínico

Animação musical com Pedro Syrah

Valor: 50€

Info./reservas: quintadealcube@gmail.com

 

10 setembro

 

16h00 | Biblioteca Municipal de Palmela

Curso de Vinhos

Valor: 35€ | Info.: geral@festadasvindimas.pt

 

18h00 | Adegas Wine Lounge

Animação no Mercado

 

21h30 | Largo de S. João

Vento do Norte

Lotação: 105 pessoas

Valor: gratuito

Bilhetes em www.bol.pt e na bilheteira do Cine-Teatro S. João

 

11 setembro

 

15h00 | Piscina Municipal de Palmela

Festival de Natação “Vindimas 2021”

Org.: AFP - Festa das Vindimas e Palmela Desporto, E.M.

 

18h00 | Adegas Wine Lounge

Animação no Mercado

 

20h00

Rally Paper “Vindimas 2021”

Valor: 10€/carro

Info./insc.: desporto.festadasvindimas@gmail.com

 

21h30 | Largo de S. João

Banda da SFP “Loureiros” convida The Peakles

Lotação: 105 pessoas

Valor: gratuito

Bilhetes em www.bol.pt e na bilheteira do Cine-Teatro S. João

 

12 setembro

 

8h30 | Campo Cornélio Palma

Mini Torneio de Futebol “Vindimas 2021”

Org.: Palmelense Futebol Clube

 

9h00 | Biblioteca Municipal de Palmela

Formação Suporte Básico de Vida (Acreditação INEM)

 

18h00 | Adegas Wine Lounge

Animação no Mercado

 

21h30 | Largo de S. João

Monda

Lotação: 105 pessoas | Valor: gratuito

Bilhetes à venda em www.bol.pt e na bilheteira do Cine-Teatro S. João

 

Trânsito condicionado

 

Devido à realização do evento “Vindimas 2021”, a circulação automóvel será condicionada e o estacionamento de veículos interdito na vila de Palmela, nos seguintes dias, locais e horários:

 

De 30 de agosto a 14 de setembro, das 14h00h às 20h00

 

  • Largo de S. João
  • Largo da Quinta da Cerca, na Quinta da Cerca
  • Rua Francisco Carvalho da Silva

 

4 de setembro, das 9h00 às 21h00

 

  • Rua dos Aviadores Gago Coutinho e Sacadura Cabral

 

4 de setembro, das 20h00 às 00h00

 

  • Rua General Amílcar Mota
  • Travessa de Olivença

 

5 de setembro,  das 7h00 às 12h00

 

  • Largo do Município
  • Rua Luís de Camões

 

5 de setembro, das 14h00 às 17h30

 

  • Avenida da Liberdade
  • Praceta da Liberdade

 

11 de setembro, das 15h00 às 19h00

 

  • Rua Hermenegildo Capelo
  • Praça Duque de Palmela
  • Largo do Município
  • Alameda D. Nuno Álvares Pereira
  • Avenida dos Cavaleiros de Santiago e Espada

 

A infração estará sujeita a penalização (reboque e coima).

 

 

Atualização - “Vindimas 2021” assinala tradição da Festa das Vindimas

Vindimas 2021.jpg

 

Nos dois primeiros fins de semana de setembro (dias 2 a 5 e 9 a 12), a Associação das Festas de Palmela - Festa das Vindimas volta a cumprir o desafio de manter viva esta emblemática Festa, com o evento “Vindimas 2021”. A iniciativa conta com o apoio da Câmara Municipal de Palmela.

Na impossibilidade de realização da Festa das Vindimas nos seus moldes habituais devido à pandemia, à semelhança do que aconteceu em 2020, o programa do “Vindimas 2021” apresenta um conjunto de espetáculos musicais, animação e atividades desportivas, em vários espaços da vila de Palmela, que vão decorrer de acordo com as regras da DGS - Direção-Geral da Saúde em vigor. Neste novo formato, mantêm-se momentos emblemáticos, como a Eleição da Rainha das Vindimas e a Pisa da Uva e Bênção do Primeiro Mosto.

O Município atribui um apoio financeiro no valor de 40.000€, para além de apoio logístico, estimado em 2.500€, e em utilização do Cine-Teatro S. João e outros equipamentos municipais, calculado em 2.050€. A Autarquia sublinha a importância local da realização do “Vindimas 2021”, num ano especialmente atípico, em que as associações são impedidas de desenvolver a sua atividade de forma regular, e destaca o esforço e resiliência da Associação.

 

Programa

 

3 a 12 de setembro (sextas, sábados e domingos) | 16h00-24h00 | Largo de S. João, Palmela

Mercado de Vinhos*

Venda de vinhos e produtos regionais

Provas Comentadas, Cursos de Vinhos, Tertúlias, Pôr do Sol n' Adega, Showcookings e Harmonizações.

A utilização do espaço obedecerá a um conjunto de regras e restrições, de acordo com as indicações da DGS em vigor no período do evento.

 

2 setembro

 

21h30 | Cine-Teatro S. João, Palmela

Eleição da Rainha das Vindimas 2021

Espetáculo de eleição da Rainha e Damas de Honor, com entrevistas e momentos musicais

Com Herman José

Lotação: 300 pessoas ou outra permitida à data do evento

Bilhete: 15€ (plateia); 12,50€ (balcão)

À venda em www.bol.pt e na bilheteira do Cine-Teatro S. João

 

3 de setembro

 

18h00 | Kartódromo Internacional de Palmela

Troféu de Kart Vindimas 2021

Valor: 30€/pessoa

Info.: desporto.festadasvindimas@gmail.com

Org.: AFP - Festa das Vindimas e KIP

 

20h00 | Largo de S. João, Palmela

Inauguração do Mercado dos Vinhos*

 

21h00 | Adegas Wine Lounge

Animação no Mercado*

 

4 de setembro

 

10h00 | Campo Cornélio Palma

Mini Torneio de Futebol Vindimas 2021*

Org.: Palmelense Futebol Clube

 

16h00

5.ª Rampa das Vindimas

Valor: 4€/pessoa (atletas federados: 2€)

Info.: ciclomaniaeventos@gmail.com

Org.: AFP - Festa das Vindimas e Ciclomania

 

18h00 | Adegas Wine Lounge

Animação no Mercado*

 

21h00

Prova Noturna de Orientação

Info.: oriespalmela@blogspot.com

Org.: AFP - Festa das Vindimas e Escolas Secundárias de Palmela e Pinhal Novo

 

21h30 |  Largo de S. João, Palmela

S.F. Humanitária convida Rui Drumond

Lotação: 200 pessoas

Valor: gratuito

Bilhetes em www.bol.pt e na bilheteira do Cine-Teatro S. João

 

5 de setembro

 

11h00 | Largo do Município, Palmela

Pisa da Uva e Bênção do 1.º Mosto

 

12h00 | Igreja Matriz de São Pedro, Palmela

Missa de Ação de Graças

 

15h00 | Vila de Palmela

1.º Aquatlo Vindimas 2021

Org.: AFP - Festa das Vindimas e Palmela Desporto

 

17h00 | Parque Venâncio Ribeiro da Costa, Palmela

Corrida de Carrinhos de Rolamentos

Org.: AFP - Festa das Vindimas e Associação dos Escoteiros de Portugal (Grupo 40 de Palmela)

 

20h00 | Adegas Wine Lounge

Animação no Mercado*

 

9 de setembro

 

20h00 | Quinta do Alcube

Jantar Vínico

Animação musical, valor e lotação a definir

 

10 de setembro

 

18h00 | Adegas Wine Lounge

Animação no Mercado*

 

21h30 | Largo de S. João, Palmela

Vento do Norte

Lotação: 300 pessoas ou outra permitida à data do evento

Valor: gratuito

Bilhetes em www.bol.pt e na bilheteira do Cine-Teatro S. João

 

11 de setembro

 

15h00 | Piscina Municipal de Palmela

Festival de Natação Vindimas 2021

Org.: AFP - Festa das Vindimas e Palmela Desporto

 

18h00 | Adegas Wine Lounge

Animação no Mercado*

 

20h00

Rally Paper Vindimas 2021

Valor: 10€/carro

Info./Insc.: desporto.festadasvindimas@gmail.com

 

21h30 | Largo de S. João, Palmela

Banda da S.F.P. “LOUREIROS” convida The Peakles

Lotação: 200 pessoas

Valor: gratuito

Bilhetes em www.bol.pt e na bilheteira do Cine-Teatro S. João

 

12 de setembro

 

9h00 | Biblioteca Municipal de Palmela

Formação Suporte Básico de Vida (acreditação INEM)

 

18h00 | Adegas Wine Lounge

Animação no Mercado*

 

21h30 | Largo de S. João, Palmela

Monda

Lotação: 300 pessoas ou outra permitida à data do evento

Valor: 3€/pessoa

Bilhetes à venda em www.bol.pt e na bilheteira do Cine-Teatro S. João

 

*A confirmar

 

“Vindimas 2021” assinala tradição da Festa das Vindimas

 

Nos dois primeiros fins de semana de setembro (dias 2 a 5 e 9 a 12), a Associação das Festas de Palmela - Festa das Vindimas volta a cumprir o desafio de manter viva esta emblemática Festa, com o evento “Vindimas 2021”. A iniciativa conta com o apoio da Câmara Municipal de Palmela.

Na impossibilidade de realização da Festa das Vindimas nos seus moldes habituais devido à pandemia, à semelhança do que aconteceu em 2020, o programa do “Vindimas 2021” apresenta um conjunto de espetáculos musicais, animação e atividades desportivas, em vários espaços da vila de Palmela, que vão decorrer de acordo com as regras da DGS - Direção-Geral da Saúde em vigor. Neste novo formato, mantêm-se momentos emblemáticos, como a Eleição da Rainha das Vindimas e a Pisa da Uva e Bênção do Primeiro Mosto.

O Município atribui um apoio financeiro no valor de 40.000€, para além de apoio logístico, estimado em 2.500€, e em utilização do Cine-Teatro S. João e outros equipamentos municipais, calculado em 2.050€. A Autarquia sublinha a importância local da realização do “Vindimas 2021”, num ano especialmente atípico, em que as associações são impedidas de desenvolver a sua atividade de forma regular, e destaca o esforço e resiliência da Associação.

 

Programa

 

3 a 12 de setembro (sextas, sábados e domingos) | 16h00-24h00 | Largo de S. João, Palmela

Mercado de Vinhos*

Venda de vinhos e produtos regionais

Provas Comentadas, Cursos de Vinhos, Tertúlias, Pôr do Sol n' Adega, Showcookings e Harmonizações.

A utilização do espaço obedecerá a um conjunto de regras e restrições, de acordo com as indicações da DGS em vigor no período do evento.

 

2 setembro

 

21h30 | Cine-Teatro S. João, Palmela

Eleição da Rainha das Vindimas 2021

Espetáculo de eleição da Rainha e Damas de Honor, com entrevistas e momentos musicais

Com Herman José

Lotação: 300 pessoas ou outra permitida à data do evento

Bilhete: 15€ (plateia); 12,50€ (balcão)

À venda em www.bol.pt e na bilheteira do Cine-Teatro S. João

 

3 de setembro

 

18h00 | Kartódromo Internacional de Palmela

Troféu de Kart Vindimas 2021

Valor: 30€/pessoa

Info.: desporto.festadasvindimas@gmail.com

Org.: AFP - Festa das Vindimas e KIP

 

20h00 | Largo de S. João, Palmela

Inauguração do Mercado dos Vinhos*

 

21h00 | Adegas Wine Lounge

Animação no Mercado*

 

4 de setembro

 

10h00 | Campo Cornélio Palma

Mini Torneio de Futebol Vindimas 2021*

Org.: Palmelense Futebol Clube

 

15h00

Rampa da Festa das Vindimas

Valor: 4€/pessoa (atletas federados: 2€)

Info.: ciclomaniapalmela@gmail.com

Org.: AFP - Festa das Vindimas e Ciclomania

 

18h00 | Adegas Wine Lounge

Animação no Mercado*

 

21h00

Prova Noturna de Orientação

Info.: oriespalmela@blogspot.com

Org.: AFP - Festa das Vindimas e Escolas Secundárias de Palmela e Pinhal Novo

 

21h30 |  Largo de S. João, Palmela

S.F. Humanitária convida Rui Drumond

Lotação: 200 pessoas

Valor: gratuito

Bilhetes em www.bol.pt e na bilheteira do Cine-Teatro S. João

 

5 de setembro

 

11h00 | Largo do Município, Palmela

Pisa da Uva e Bênção do 1.º Mosto

 

12h00 | Igreja Matriz de São Pedro, Palmela

Missa de Ação de Graças

 

15h00 | Vila de Palmela

1.º Aquatlo Vindimas 2021

Org.: AFP - Festa das Vindimas e Palmela Desporto

 

17h00 | Parque Venâncio Ribeiro da Costa, Palmela

Corrida de Carrinhos de Rolamentos

Org.: AFP - Festa das Vindimas e Associação dos Escoteiros de Portugal (Grupo 40 de Palmela)

 

20h00 | Adegas Wine Lounge

Animação no Mercado*

 

9 de setembro

 

20h00 | Quinta do Alcube

Jantar Vínico

Animação musical, valor e lotação a definir

 

10 de setembro

 

18h00 | Adegas Wine Lounge

Animação no Mercado*

 

21h30 | Largo de S. João, Palmela

Vento do Norte

Lotação: 300 pessoas ou outra permitida à data do evento

Valor: gratuito

Bilhetes em www.bol.pt e na bilheteira do Cine-Teatro S. João

 

11 de setembro

 

15h00 | Piscina Municipal de Palmela

Festival de Natação Vindimas 2021

Org.: AFP - Festa das Vindimas e Palmela Desporto

 

18h00 | Adegas Wine Lounge

Animação no Mercado*

 

20h00

Rally Paper Vindimas 2021

Valor: 10€/carro

Info./Insc.: desporto.festadasvindimas@gmail.com

 

21h30 | Largo de S. João, Palmela

Banda da S.F.P. “LOUREIROS” convida The Peakles

Lotação: 200 pessoas

Valor: gratuito

Bilhetes em www.bol.pt e na bilheteira do Cine-Teatro S. João

 

12 de setembro

 

9h00 | Biblioteca Municipal de Palmela

Formação Suporte Básico de Vida (acreditação INEM)

 

18h00 | Adegas Wine Lounge

Animação no Mercado*

 

21h30 | Largo de S. João, Palmela

Monda

Lotação: 300 pessoas ou outra permitida à data do evento

Valor: 3€/pessoa

Bilhetes à venda em www.bol.pt e na bilheteira do Cine-Teatro S. João

 

*A confirmar