Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

O ambiente mais divertido é no “Meu Primeiro Festival” que conta com inúmeras atividades lúdicas para os mais pequenos

M1F2022 25x15.jpg

O “Meu Primeiro Festival” estará repleto de atividades lúdicas, para entreter e divertir os mais pequenos.

 

No dia 3 de Dezembro, o Altice Fórum Braga, irá receber o “Meu Primeiro Festival”, festival destinado a famílias com crianças entre os 3 e os 10 anos de idade, no qual poderão participar nas mais divertidas atividades lúdicas.

 

No palco principal, haverá um show com a duração de uma hora, que terá como anfitrião o querido Pai Natal, que estará sentado no seu trono a distribuir sorrisos e abraços a todas as crianças. Este personagem tão querido e icónico da presente época irá receber ainda em palco, as personagens mais adoradas pelos mais pequenos como a Patrulha Pata, o Pocoyo, os Super Wings, o Coelho Simão e a Masha e o Urso,que tornarão este num espetáculo memorável e mega animado.

 

Haverá também a Tenda Kids DJ, onde as crianças poderão dançar e aprender coreografias com a Ovelha Choné e também se divertir com os três Porquinhos DJ.

 

As queridas Heidi e Abelha Maia, juntamente com as outras personagens animadas já antes confirmadas, estarão nas duas áreas de Meet & Greet, no qual os mais novos poderão usufruir da sua companhia, conhecê-las e ainda tirar fotografias, para recordar este momento tão único.

 

Mas as surpresas ainda não acabaram, os mais pequenos vão poder saltar, pular e brincar até não poderem mais, em três pistas de obstáculos insufláveis.

 

Além disso, no recinto podem ainda visitar a loja exclusiva do evento e comprar uma lembrança para mais tarde recordar o “Meu Primeiro Festival”.

 

“O “Meu Primeiro Festival”, foi feito a pensar nas crianças e nas famílias, para que estes possam desfrutar de uma manhã ou uma tarde bem passada. Pretendemos proporcionar aos mais novos muitos momentos de entretenimento e diversão, para viverem experiências únicas e momentos inesquecíveis.” Refere António Villas Boas, CEO da Lemon

 

O festival infantil será composto por 2 sessões. As portas do recinto abrirão às 9h30 para as sessões da parte da manhã e encerram às 13h. Pelas 14h30, o recinto reabrirá portas para as sessões da tarde que se desenrolarão com muita animação até às 18h.

 

Os bilhetes para o festival, que irá decorrer no dia 3 de dezembro no Altice Fórum Braga, já podem ser adquiridos online, na plataforma Meo Blue Ticket e na Fnac, e irão custar entre €14,90 e €29,90 por pessoa.

Cine-Teatro S. João recebe Festival ExpressArte

 

Festival ExpressArte.jpg

            A APPACDM - Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental de Setúbal apresenta, dia 2 de dezembro, entre as 11h00 e as 12h30, no Cine-Teatro S. João, em Palmela, o espetáculo “Mostra da Casa”. Aberto a toda a comunidade, este espetáculo de dança, teatro e música tem entrada gratuita, mediante inscrição prévia.

            A iniciativa integra o XXIII Festival ExpressArte - Encontro de Expressões Artísticas (19 de novembro a 3 de dezembro), evento que conta com o apoio do Município de Palmela.

            Esta edição aposta na formação artística de qualidade, na participação de profissionais, bem como na abertura dos vários centros da instituição à comunidade.

            A programação do Festival no concelho integra, ainda, dia 21 de novembro, a iniciativa “Cá e Lá”, com a visita do Centro Sócio Educativo da APPACDM à Escola Básica de 1.º Ciclo de Cabanas, para uma sessão do Projeto “Eu Participo”, integrada na celebração da Convenção sobre os Direitos da Criança e da Diversidade. Dia 23 de novembro, será a vez da visita de uma turma da Escola Básica 2,3 Hermenegildo Capelo ao Centro Sócio Educativo da APPACDM.

            Mais informações: dcicp@appacdmsetubal.pt. Inscrições: 212 336 606 ou decs@cm-palmela.pt.    

 

39.º Festival de Teatro do Seixal decorre de 11 de novembro a 3 de dezembro

image001 (1).png

 

O 39.º Festival de Teatro do Seixal vai decorrer de 11 de novembro a 3 de dezembro, aliando a apresentação da melhor arte dramática para diferentes idades à reflexão sobre temas e questões bastante atuais, tais como a democracia, a liberdade e a igualdade. Também não serão esquecidos os temas da saúde mental e emocional. À semelhança dos anos anteriores, o festival irá realizar-se de forma descentralizada, passando por todas as freguesias do concelho, contemplando representações no Auditório Municipal do Fórum Cultural do Seixal, no Cinema S. Vicente, no Auditório Municipal de Miratejo e em diversas coletividades do município.

 

Paulo Silva, presidente da Câmara Municipal do Seixal, afirma que «o Festival de Teatro do Seixal é já uma referência incontornável do nosso concelho e uma iniciativa que devemos apoiar e acarinhar. O envolvimento que sentimos em torno deste festival é tão grande que nos leva a crer que este é um verdadeiro acontecimento cultural que extravasa largamente as fronteiras do município e que tem um alcance verdadeiramente nacional». O presidente da autarquia adianta ainda que este ano a entrada é livre para todas as peças «de forma que a cultura seja efetivamente para todos.»

 

 

O Teatro da Terra, companhia sediada no Seixal, terá honras de abertura do certame com a apresentação da peça de comédia «A Maluquinha de Arroios», no dia 11 de novembro (sexta-feira), pelas 21.30 horas, no Auditório Municipal do Fórum Cultural do Seixal. No dia seguinte, será a vez da companhia Teatro Bravo apresentar a peça «Magdalena» no Cinema S. Vicente e, a encerrar o primeiro fim de semana, no domingo (dia 13), a companhia Mente de Cão apresenta «Todas as Coisas Extraordinárias», no Ginásio Clube de Corroios, consistindo numa peça de teatro única e inspiradora que nos fala sobre os temas da depressão e do suicídio.

 

No dia 19 de novembro (sábado), será a vez da companhia O Grito (Seixal) animar o serão no Clube Recreativo da Cruz de Pau com a exibição da peça «A Serpente e a Pítia». Também oriundo do Seixal, o grupo de teatro Pé de Palco levará à Sociedade Musical 5 de Outubro (Aldeia de Paio Pires), no dia 1 de dezembro (quinta-feira), a peça «O Sorteio do Presidente» que pretende «denunciar o flagelo das notícias falsas que populam nos meios de comunicação social». No total, serão exibidos ao público 11 espetáculos que, ao longo de quase um mês, vão colocar o concelho do Seixal no centro das atividades cénicas.

 

A complementar a exibição das peças teatrais, vão realizar-se várias atividades, envolvendo os estabelecimentos de ensino concelhios, além de um workshop de expressão dramática, no Cinema S. Vicente (dias 26 de novembro e 3 de dezembro), e a apresentação da revista «Women On Scene – Mulheres no Teatro e na Performance», no dia 19 de novembro (sábado), pelas 16 horas, no foyer do Auditório Municipal do Fórum Cultural do Seixal.

 

Mais informações e reservas prévias em cm-seixal.pt.

Passatempo - MEU PRIMEIRO FESTIVAL - Altice Fórum Braga

O Blog Cultura de Borla em parceria com a LEMON tem bilhetes duplos para MEU PRIMEIRO FESTIVAL  no ALTICE FÓRUM BRAGA para o dia 3 de Dezembro aos primeiros leitores que de 5 em 5 participações:

- enviem um mail para culturadeborla@sapo.pt com a frase "Eu quero ir ao MEU PRIMEIRO FESTIVAL com o Cultura de Borla" com nome, CC e nº de telefone e sessão pretendida.

 

 

ATENÇÃO

Só é aceite uma resposta válida por endereço de e-mail e por concorrente pelo que não adianta enviar mais do um e-mail.

 

 

M1F2022 25x15.jpg

O “Meu Primeiro Festival” estará repleto de atividades lúdicas, para entreter e divertir os mais pequenos.

 

No dia 3 de Dezembro, o Altice Fórum Braga, irá receber o “Meu Primeiro Festival”, festival destinado a famílias com crianças entre os 3 e os 10 anos de idade, no qual poderão participar nas mais divertidas atividades lúdicas.

 

No palco principal, haverá um show com a duração de uma hora, que terá como anfitrião o querido Pai Natal, que estará sentado no seu trono a distribuir sorrisos e abraços a todas as crianças. Este personagem tão querido e icónico da presente época irá receber ainda em palco, as personagens mais adoradas pelos mais pequenos como a Patrulha Pata, o Pocoyo, os Super Wings, o Coelho Simão e a Masha e o Urso,que tornarão este num espetáculo memorável e mega animado.

 

Haverá também a Tenda Kids DJ, onde as crianças poderão dançar e aprender coreografias com a Ovelha Choné e também se divertir com os três Porquinhos DJ.

 

As queridas Heidi e Abelha Maia, juntamente com as outras personagens animadas já antes confirmadas, estarão nas duas áreas de Meet & Greet, no qual os mais novos poderão usufruir da sua companhia, conhecê-las e ainda tirar fotografias, para recordar este momento tão único.

 

Mas as surpresas ainda não acabaram, os mais pequenos vão poder saltar, pular e brincar até não poderem mais, em três pistas de obstáculos insufláveis.

 

Além disso, no recinto podem ainda visitar a loja exclusiva do evento e comprar uma lembrança para mais tarde recordar o “Meu Primeiro Festival”.

 

“O “Meu Primeiro Festival”, foi feito a pensar nas crianças e nas famílias, para que estes possam desfrutar de uma manhã ou uma tarde bem passada. Pretendemos proporcionar aos mais novos muitos momentos de entretenimento e diversão, para viverem experiências únicas e momentos inesquecíveis.” Refere António Villas Boas, CEO da Lemon

 

O festival infantil será composto por 2 sessões. As portas do recinto abrirão às 9h30 para as sessões da parte da manhã e encerram às 13h. Pelas 14h30, o recinto reabrirá portas para as sessões da tarde que se desenrolarão com muita animação até às 18h.

 

Os bilhetes para o festival, que irá decorrer no dia 3 de dezembro no Altice Fórum Braga, já podem ser adquiridos online, na plataforma Meo Blue Ticket e na Fnac, e irão custar entre €14,90 e €29,90 por pessoa.

39.º Festival de Teatro do Seixal apresenta mais três espetáculos no último fim de semana de novembro

image002 (4).jpg

O 39.º Festival de Teatro do Seixal prevê, para este fim de semana, a realização de três peças que prometem arrebatar o público apreciador. O Auditório Municipal do Fórum Cultural do Seixal recebe, esta sexta-feira (dia 25, 21.30 horas), a peça «Se Eu Fosse Nina», a cargo de Rita Calçada Bastos, em que se estabelece um diálogo de suposições e conjeturas entre uma Nina roubada aos textos «A Gaivota» (Anton Tchekhov) e «Os Apontamentos de Trigorin» (Tennessee Williams) e o imaginário desta atriz. No sábado, será a vez da Sociedade Democrática Timbre Seixalense acolher, pelas 21.30 horas, o espetáculo «Rubik», a cargo da Animateatro (Seixal). Por fim, no domingo, dia 27, pelas 16 horas, a Associação de Moradores dos Redondos (Fernão Ferro) apresenta «Ciclo Antiprincesas: Frida Kahlo», da responsabilidade de São Luiz Teatro Municipal e EGEAC - Programação em Espaço Público, em coprodução com teatro meia volta e depois à esquerda quando eu disser e Teatro Municipal do Porto.

 

Segundo o presidente da Câmara Municipal do Seixal, Paulo Silva, «é importante esta descentralização de espetáculos totalmente gratuitos e a decorrerem em vários locais do concelho e com a qualidade indiscutível que estes apresentam. Esperamos que o público compareça em número significativo e aprecie o que de melhor se faz a este nível no nosso país».

 

Refira-se que o 39.º Festival de Teatro do Seixal decorre de 11 de novembro a 3 de dezembro, aliando a apresentação da melhor arte dramática para diferentes idades à reflexão sobre temas e questões bastante atuais, tais como a democracia, a liberdade e a igualdade. Também não são esquecidas os temas da saúde mental e emocional. À semelhança dos anos anteriores, o festival realiza-se de forma descentralizada, passando por todas as freguesias do concelho, contemplando representações no Auditório Municipal do Fórum Cultural do Seixal, no Cinema S. Vicente, no Auditório Municipal de Miratejo e em diversas coletividades.

 

A complementar a exibição das peças teatrais, realizam-se várias atividades envolvendo os estabelecimentos de ensino e ainda um workshop de expressão dramática no Cinema S. Vicente, marcado para os dias 26 de novembro e 3 de dezembro.

 

Mais informações e reservas prévias em cm-seixal.pt.

 

7ª edição do BINNAR

BINNAR

descarregar (2).jpg

O FESTIVAL // O festival BINNAR realiza-se na cidade de Vila Nova de Famalicão desde 2016. Entre música, performance, fotografia, teatro, vídeo, escultura, imagem ou instalação são vários os artistas e grupos de artistas que passam pela cidade, quer seja em exposição, com actuações ao vivo, em residência e/ou a coordenar projectos e workshops. Criado e produzido pela plataforma BINNAR com apoio da Câmara Municipal, o festival tem agregado várias parcerias e diferentes espaços da cidade e do concelho (museus, galerias, fundações, escolas e outros) para apresentar um programa que junta artistas consagrados e emergentes. A entrada é gratuita em todos os eventos e actividades.
A PLATAFORMA // Estrutura de produção que trabalha regularmente no desenvolvimento de projectos relacionados com criação artística e serviço educativo.

 

2022

SOMETHING AND POST-SOMETHING
08-25 Nov. // GALERIA CASA-MUSEU SOLEDADE MALVAR

Colectiva com BENNA GAEN NARRIS, CAPITANA F, CARLA NOVAK, COALFATHER INDUSTRIES, MARIA BELEN AMITRANO, SHUBHODEEP ROY, SOLANA LANCHARES e STANKO GAGRCIN. // Há sempre um antes e um depois, um pré e um pós. No centro da acção, reside a acção em si, vivendo de si mesma, em impulso, um agir à volta de visões em perspectiva acerca do lugar que a expressão adquire através de nós.


 

MARXE + JOÃO TRABULO
10 Nov. // CASA DAS ARTES // 21h45
Noite em parceria com o CINECLUBE DE JOANE

MARXE é um festival de videopoesia que promove a criação poética e a construção de redes entre videopoetas de todo o mundo. // Para além da cidade de Vigo, na edição deste ano ampliam-se as fronteiras e estará também em Famalicão, dentro da programação do BINNAR. // Criadores: ALBA VILLAR * ALICE DO CARMO + MARTA FRANÇA RIBEIRO + TIAGO PIMENTA * CARMEN GRANXEIRO * CHARLOTTE BAUMGARTELL * DAVID TRASHUMANTE * FLORA LAHUERTA * HERBERT PROENÇA + RAFAEL AVANCINI + FAGNER BRUNO DE SOUZA + LUCAS GODOY * JOSE RAMON BAS + DEBORAH VUKUSIK * KRIS DE MEESTER * LEANG REN ONG * SABELA EIRIZ * VITOR WUTZKI //

'Lisboa, Cidade Triste e Alegre' (Portugal 2022, 90') é um documentário de JOÃO TRABULO. // Lisboa, 1953. VICTOR PALLA e COSTA MARTINS são amigos, arquitectos e ambos constatam que partilham um gosto intenso em fotografar Lisboa. Fotografam a cidade juntos com o objectivo de mais tarde reunirem essa aventura num livro de fotografia. Tiram mais de 6000 fotografias. Em 1959, 'Lisboa, cidade triste e alegre' é posto a circular em fascículos. O livro permanece esquecido durante meio século e só após a morte de ambos ganha um súbito destaque, tornando-se o photobook português com maior projecção internacional de todos os tempos. Tendo como pano de fundo o “poema gráfico” de Victor Palla e Costa Martins, o filme é um convite à interpretação transversal da cidade de Lisboa, inspirado pelas fotografias dos dois amigos fotógrafos.


 

TIAGO SOUSA
12 Nov. // FUNDAÇÃO CASTRO ALVES // 22h

TIAGO SOUSA prepara o lançamento de um novo álbum chamado “Ripples on The Surface” e que vem apresentar antecipadamente, assim como revisitar alguns temas dos álbuns “Organic Music Tapes Vol.1” e “Oh Sweet Solitude”. // Nestes novos registos, explora uma nova abordagem estética minimalista de música orgânica. Música orgânica procura a expressão pelo mesmo processo com que se formam os padrões da Pedra Jade, os veios da madeira ou a fibra dos músculos, cuja irregularidade e aleatoriedade formam padrões de uma beleza única e irrepetível, acessíveis aos sentidos mas difíceis de definir por palavras. São composições que se assemelham a nebulosas de estrelas e planetas, com a sua massa de contornos pouco nítidos e indeterminados. // foto: Vera Marmelo


 

A PALAVRA COMO AÇÃO
17-18 Nov. // ACADEMIA CONTEMPORÂNEA DO ESPECTÁCULO

Oficina de performance e apresentação ao vivo, com MARIA GIULIA PINHEIRO. // Entre o texto lido silenciosamente na cabeça e o texto lido ressoando escandalosamente na boca, há um abismo. A poesia escrita é relativamente recente em comparação à tradição oral e, ainda assim, conserva o ar de importância quando confrontado com o spoken word contemporâneo. Com exercícios de aprimoramento vocal, qualificação da leitura cénica e dos gestos, a oficina abordará o poder da oralidade na performance. // A apresentação do resultado da oficina será na ACE no dia 18, pelas 11h.


 

NEST
19-25 Nov. // CASA DO TERRITÓRIO

Residência artística e instalação do INTERSTRUCT COLLECTIVE. // Tendo como ponto de partida narrativas sugeridas pela fauna, flora ou fragmentos arqueológicos inscritos na paisagem do Parque da Devesa, o InterStruct propõe a criação de uma peça site-specific para pensar caminhos mais sustentáveis para as relações entre comunidades humanas e não humanas. // Inaugura dia 19, pelas 14h30, com a presença dos artistas.


 

SOLAR CORONA ELEKTRISCHE MASCHINE
19 Nov. // MOSTEIRO DE ARNOSO (STA. EULÁLIA) // 18h

Os SOLAR CORONA são um colectivo multiforme de música rock. O seu núcleo duro é composto por Rodrigo Carvalho (guitarra, synths), José Roberto Gomes (baixo), Peter Carvalho (bateria, percussão) e Nuno Loureiro (dub, sampling, fx), colaborando frequentemente com Julius Gabriel (saxofone, orgão) e José Arantes (produção). // No formato SOLAR CORONA ELEKTRISCHE MASCHINE, desprendem-se da bateria, guitarra e amplificadores enquanto ferramentas chave da música rock que caracteriza a banda, para abraçar a fundo a improvisação alçada em instrumentos electrónicos, digitais e analógicos, novas percussões e novos métodos de amplificação e processamento das mesmas, e o baixo como fundação de groove, explorando duas vertentes: repetição e imprevisibilidade. Uma vertente mais industrial, techno e ambient, mas sem abandonar a faceta rock psicadélico que sempre os caracterizou.


 

LAB/MEDIA 
VINCENT MOON
20 Nov. // MOSTEIRO DE ARNOSO (STA. EULÁLIA) // 14h-18h

Um olhar, um ouvir, um sentir na viagem de vida construída de belos rituais, humanidade e arte. // Uma mostra do trabalho de VINCENT MOON - instalação, screening em loop de um momento realizado no âmbito do “Arte Pensamento Som”, em parceria com a UCP.

 


 

CURSO DE SOBREVIVÊNCIA SONORA E VISUAL EM CENÁRIOS
Escolar // OFICINA- ESCOLA PROFISSIONAL DO INA

Masterclass + oficinas com o músico, videógrafo, designer e fotógrafo JESÚS ANDRÉS TEJADA. // Este curso procura focar-se nas ferramentas de edição de som/vídeo/foto para resolver os inconvenientes dos eventos performativos em palco de forma prática e descomplicada. Tudo isso com ferramentas de software gratuitas e uma seleção de produtos de hardware para bolsos apertados.



O LAGARTO
Escolar // AECCB

Oficina expressiva de narração de ESTEFÂNIA SURREIRA dirigida a crianças, tendo como ponto de partida a obra de José Saramago. // Estas atividades têm como objetivo dar a conhecer às crianças uma das obras do escritor, enquadrando-se, desta forma, nos festejos do centenário do seu nascimento. Para além disso, e não menos importante, pretende-se reforçar a importância da leitura, da escrita e da liberdade de imaginar e criar.

Festival de Filosofia de Abrantes reflete A cidade como marca. Paisagem. Identidade e futuro | 17 a 19 de novembro

FFA_2022.jpg

A cidade (polis), espaço de contradições que urge repensar para ser lugar de liberdade e das relações entre iguais é o tema central da 5ª edição do Festival de Filosofia de Abrantes que vai realizar-se entre 17 e 19 de novembro, organizado pelo Município.

O Festival, cujos painéis decorrem, este ano, no auditório da Biblioteca Municipal António Botto, abre no dia 17 com as intervenções do Presidente da Câmara Municipal e do Ministro da Cultura*, seguindo-se a conferência inaugural que terá como orador o Antropólogo Paulo Lima, coordenador científico da arte chocalheira, declarada como Património Cultural Imaterial pela UNESCO.

Durante três dias, pensadores, académicos, empresários locais, geógrafos, urbanistas, programadores culturais e investigadores nacionais vão pensar e debater de forma aberta o direito à cidade nas suas diferentes e complexas dimensões, enquanto espaços integrados em redes com outros territórios, onde se cruzam o humano, o político, o económico, o social, o cultural, o urbano, o turístico, o educativo ou o ecológico.

O programa integra painéis que, a partir do tema central, abordarão várias temáticas: cidades que gerem e geram poder; estratégias e ligação entre tradição e modernidade; cidades e futuro; marcas e signos de Abrantes; cidade, paisagem e território e transformar a cidade e o território. O programa reserva anualmente uma conferência com jovens filósofos, oriundos dos vários estabelecimentos de ensino do concelho de Abrantes.

A par dos painéis, o programa inclui a realização de sessões de Filosofia para crianças das escolas, uma feira do livro e um percurso sonoro pelas ruas da histórica cidade centenária de Abrantes, construído pela Casa da Esquina, com textos do ator Ricardo Correia, juntamente com a banda sonora do multi-instrumentista Luís Pedro Madeira, elementos do Grupo de Teatro Palha de Abrantes e alunos do curso de Intérprete/Ator/Atriz da Escola Secundária Dr. Manuel Fernandes.

 

Convocar os cidadãos à reflexão e a marcar posição sobre as problemáticas do mundo atual, incentivar e valorizar a reflexão crítica são os desafios do Festival de Filosofia de Abrantes.

 

A entrada para as conferências é livre em todos os painéis e não carece de inscrição prévia

 

Cascais recebe festival de música com Bárbara Tinoco e Tatanka

Cascais recebe festival de música com Bárbara Tinoco e Tatanka

A terceira edição do CascaiShopping Music Fest arranca na sexta-feira, 14 de outubro, e conta também com artistas emergentes.

 

image003.jpg

Esta sexta-feira, 14 de outubro, arranca a terceira edição do CascaiShopping Music Fest, o evento de concertos intimistas que junta nomes reconhecidos do panorama musical português e artistas emergentes num único palco. Até 4 de novembro, está marcado um concerto diferente todas as sextas-feiras, ao final da tarde, de entrada livre. O cartaz inclui nomes como Bárbara Tinoco e Tatanka.

 

É no Cascais Kitchen, o popular mercado gastronómico do Centro, que os visitantes do CascaiShopping e fãs dos artistas vão ter a oportunidade de assistir aos cinco concertos num ambiente descontraído e intimista, fazendo deste festival uma experiência única. A edição deste ano inclui uma intérprete de língua gestual em todos os concertos, tornando o evento ainda mais inclusivo.

 

A programação começa no dia 14 de outubro com as atuações de dois jovens talentos: Fausto Vasconcellos, que chamou a atenção no “The Voice Portugal”, transmitido na RTP1, na edição de 2016; e Beatriz Rosário, de 22 anos, que lançou o seu primeiro single em 2021 e atuou recentemente nos festivais MEO Sudoeste e MEO Marés Vivas. A presença de ambos no CascaiShopping Music Fest resulta da Open Call, a convocatória cultural lançada pelos centros comerciais geridos pela Sonae Sierra, em abril, para apoiar o setor. Os concertos começam às 18h30 e 19h30, respetivamente.

 

Na sexta-feira seguinte, 21 de outubro, é a vez de Tainá subir ao palco. A artista brasileira, que no seu disco de estreia, editado em 2019, começou a construir um legado musical e lírico capaz de unir os dois lados do Atlântico, tem concerto marcado para as 19h30.

 

O terceiro dia do festival, 28 de outubro, é protagonizado por Bárbara Tinoco, às 19h30, que conta com vários singles de sucesso como “Antes Dela Dizer que Sim” e “Sei Lá”. Aos 23 anos, é uma artista reconhecida no panorama musical nacional e, recentemente, fez parte do júri do “The Voice Portugal Kids”.

 

O CascaiShopping Music Fest termina no dia 4 de novembro, no mesmo horário, com uma atuação pouco habitual de Tatanka, que se apresentará em nome próprio. O vocalista dos The Black Mamba, que representaram Portugal no Festival Eurovisão da Canção, em 2021, promete um momento musical inesquecível.

 

Para Carla Bonito, diretora do CascaiShopping, “é para o Centro motivo de muita alegria receber este evento pela terceira vez, já que não só reforça a posição do CascaiShopping enquanto promotor de cultura, assim como espaço que proporciona experiências e emoções que vão muito além da compra. Queremos continuar a ser palco de momentos únicos para quem nos visita e o CascaiShopping Music Fest faz, sem dúvida, parte desse caminho.”

 

Imagens do cartaz e dos artistas disponíveis para download neste link.

 

Programação:

Fausto Vasconcellos – 14 de outubro, às 18h30

Beatriz Rosário – 14 de outubro, às 19h30

Tainá – 21 de outubro, às 19h30

Bárbara Tinoco – 28 de outubro, às 19h30

Tatanka – 4 de novembro, às 19h30

Local: Cascais, CascaiShopping, Cascais Kitchen, Piso 1

Entrada: livre

“Manobras” em Palmela: conheça os espetáculos do Festival aqui!

Manobras.jpg

 

 

O Manobras – Festival Internacional de Marionetas e Formas Animadas, a decorrer até 30 de outubro, vai passar pelo Município de Palmela, com a apresentação de 5 espetáculos. Promovida pela Artemrede e municípios associados, esta 5.ª edição reafirma a sua natureza internacional e, simultaneamente, aposta em estreias nacionais.

A Trupe Fandanga, abre a programação no Concelho de Palmela, com “Qubim”, a 8 de outubro, às 16h00, no Coreto dos Portais da Arrábida, em Quinta do Anjo. O projeto "Bom Anfitrião" terá apresentação no Cine-Teatro S. João, em Palmela, também dia 8 de outubro, em estreia nacional. Este espetáculo é uma coreografia de Filipa Francisco em cocriação com quatro artistas locais (Santarém, Sesimbra, Palmela e Montemor-o-Novo), na exploração da emergência climática e do papel que as artes podem desempenhar no seu questionamento. Dia 15, às 21h00, os PédeXumbo, levam “Aprometido” ao Centro Cultural de Poceirão. A 16 de outubro, às 16h00 e 17h00, no Auditório Municipal de Pinhal Novo – Rui Guerreiro, os catalães L'Home Dibuixat revelam os "Sapatos Novos" de uma criança que descobre o mundo e acumula experiências ao crescer. A programação encerra com "Conservando Memória", a 30 de outubro, às 17h00, no Centro Cultural de Poceirão. Os espanhóis Izaskun Fernández e Julián Saenz-López escrevem, constroem, iluminam e brincam numa bonita peça onde questionam os seus avós sobre as suas vidas passadas com uma delicadeza e uma beleza que é comovente. 

O “Manobras” conta, este ano, com 23 espetáculos, 5 oficinas para crianças e uma instalação, num total de 72 apresentações ao público em 15 municípios.

Mais informações/reservas: 212 336 630 | cultura@cm-palmela.pt.

 

 

 

Programa | Palmela:

 

8 outubro | 16h00 | Coreto dos Portais da Arrábida, Quinta do Anjo

QUBIM

Pela Trupe Fandanga

Teatro de Marionetas

Duração: 40 min.

Destinatários: M/6

Entrada gratuita

Lotação máxima: 30 pessoas

 

8 outubro | 21h30 | Cine-Teatro S. João, Palmela

BOM ANFITRIÃO

Por Filipa Francisco, em cocriação com artistas locais: Luís Coelho (Santarém), Nuno Reis (Sesimbra), Iza da Costa (Palmela) e Ana Vaz (Montemor-o-Novo)

Bilhete: 4€

 

15 outubro | 21h00 | Centro Cultural de Poceirão

APROMETIDO

PédeXumbo

Dança Tradicional, Dança Contemporânea e Música Tradicional

Duração: 50 min.

Destinatários: M/6

Entrada gratuita

Lotação máxima: 200 pessoas

 

 

16 outubro | 16h00 e 17h00 | Auditório Municipal de Pinhal Novo - Rui Guerreiro

SAPATOS NOVOS (“NEW SHOES”)

Criação: Tian Gombau - L´Home Dibuixat (ES) 

Teatro de Objetos

Duração: 30 min.

Destinatários: M/3

Bilhete: 1€

Lotação máxima: 110 pessoas (sessão famílias)

 

30 outubro | 17h00 | Centro Cultural de Poceirão

CONSERVANDO MEMÓRIA

Criação: El Patio Teatro (ES)

Teatro de Objetos

Duração: 45 min.

Destinatários: M/12

Bilhete: 1€

Lotação máxima: 80 pessoas          

 

"Festival Manobras apresentado em Palmela: conheça o programa aqui"

Festival Manobras.png

 

 

A 5.ª edição do Manobras – Festival Internacional de Marionetas e Formas Animadas, foi apresentada dia 12 de setembro, na Biblioteca Municipal de Palmela. A sessão contou com as presenças da Vereadora da Cultura do Município de Palmela, Maria João Camolas, da Diretora Executiva da Artemrede, Marta Martins e com a artista Iza da Costa, que integra o projeto “Bom Anfitrião”.

           Maria João Camolas sublinhou, na ocasião, a «nobre missão do Manobras de criar novos públicos, destacando-se, também, na sua essência, conceitos tão importantes como as parcerias e cooperação».

O Festival - promovido pela Artemrede e municípios associados - decorrerá entre 17 de setembro e 30 de outubro, a maior edição de sempre, com 23 espetáculos, 5 oficinas para crianças e uma instalação, num total de 72 apresentações ao público em 15 municípios. Reafirmando a sua natureza internacional, o evento aposta também em estreias absolutas em Portugal.

Do programa, destaca-se a estreia nacional do projeto "Bom Anfitrião". Com apresentação no Cine-Teatro S. João, em Palmela, a 8 de outubro, o espetáculo é uma coreografia de Filipa Francisco em cocriação com quatro artistas locais (Santarém, Sesimbra, Palmela e Montemor-o-Novo), na exploração da emergência climática e do papel que as artes podem desempenhar no seu questionamento.

A participação internacional vai passar, também, por Palmela com "Conservando Memória" (30 de outubro). Os espanhóis Izaskun Fernández e Julián Saenz-López escrevem, constroem, iluminam e brincam numa bonita peça onde questionam os seus avós sobre as suas vidas passadas com uma delicadeza e uma beleza que é comovente.  Por outro lado, os catalães L'Home Dibuixat revelam os "Sapatos Novos" (16 de outubro) de uma criança que descobre o mundo e acumula experiências ao crescer. Destaque, ainda, para espetáculos da Trupe Fandanga, “Qubim” (8 de outubro) e dos PédeXumbo, “Aprometido” programados para o Concelho de Palmela.

Consulte o programa completo do Festival Manobras em https://www.artemrede.pt/pt_pt/festivalmanobras-outono-2022/?fbclid=IwAR0xENaf-Q8QXdHb96-d0wgZ-LbT_E2yYDGdPwSnBnGxA2HNRDC0IVYu9gE

Mais informações/reservas: 212 336 630 | cultura@cm-palmela.pt.

 

 

 

Programa | Palmela:

 

8 outubro | 16h00 | Coreto dos Portais da Arrábida, Quinta do Anjo

QUBIM

Pela Trupe Fandanga

Teatro de Marionetas

Duração: 40 min.

Destinatários: M/6

Entrada gratuita

Lotação máxima: 30 pessoas

 

8 outubro | 21h30 | Cine-Teatro S. João, Palmela

BOM ANFITRIÃO

Por Filipa Francisco, em cocriação com artistas locais: Luís Coelho (Santarém), Nuno Reis (Sesimbra), Iza da Costa (Palmela) e Ana Vaz (Montemor-o-Novo)

Bilhete: 4€

 

15 outubro | 21h00 | Centro Cultural de Poceirão

APROMETIDO

PédeXumbo

Dança Tradicional, Dança Contemporânea e Música Tradicional

Duração: 50 min.

Destinatários: M/6

Entrada gratuita

Lotação máxima: 200 pessoas

 

 

16 outubro | 16h00 e 17h00 | Auditório Municipal de Pinhal Novo - Rui Guerreiro

SAPATOS NOVOS (“NEW SHOES”)

Criação: Tian Gombau - L´Home Dibuixat (ES) 

Teatro de Objetos

Duração: 30 min.

Destinatários: M/3

Bilhete: 1€

Lotação máxima: 110 pessoas (sessão famílias)

 

30 outubro | 17h00 | Centro Cultural de Poceirão

CONSERVANDO MEMÓRIA

Criação: El Patio Teatro (ES)

Teatro de Objetos

Duração: 45 min.

Destinatários: M/12

Bilhete: 1€

Lotação máxima: 80 pessoas