Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Que Jazz É Este? | Primeiro nomes anunciados

21b746b5-2623-429d-b9aa-96b573e32b32.png

Primeiros nomes revelados do Festival de Jazz de Viseu que acontece de 24 a 28 de julho

Foram avançadas as primeiras confirmações para a 7ª edição do Que Jazz É Este? - Festival de Jazz de Viseu, que se realiza entre os dias 24 e 28 de julho Parque Aquilino Ribeiro e diversos pontos na cidade.

Munir Hossn, Centauri, Soweto Kinch Trio, Xose Miguélez / Jean-Michel Pilc Quartet e Triciclo Vivo feat. Rodolfo Embaló são os primeiros cinco nomes anunciados.


Na edição de 2019 o festival irá ter música espalhada pela cidade de Viseu e, em locais fora do habitual como varandas, assim como a 11º edição do Workshop de Jazz com o formador Pedro Neves.

Génese do Festival de Jazz de Viseu e os seus objectivos

Desde 2013 que o Festival de Jazz de Viseu tem procurado afirmar-se como um projeto de relevo e prestígio na região centro, destacando-se pelos concertos que organiza, mas também pelas diversas atividades que promove desde formação na área do jazz e música pela rua.

Organizado pela Gira Sol Azul, as mais recentes edições do Que jazz É Este? pautam-se por objetivos bem concretos: divulgar música jazz de qualidade; promover episódios de formação selecionada e perspetiva aberta; incentivar e investir em músicos e grupos da região apoiando a mostra do seu trabalho; envolver ativamente as comunidades mais e menos inusitadas; cimentar a sua dimensão internacional convidando músicos e coletivos de topo além-fronteiras e, acima de tudo, contribuir para a criatividade e troca de conhecimento.

 

FESTIVAL IMAGINÁRIO - 1º Festival de Artes para Famílias em Sintra

56760717_10156521909741715_326114109416275968_o.jp

 

Este ano a Byfurcação - Associação Cultural realiza o 1º festival de artes para famílias em Sintra - o Festival Imaginário

 

Este evento sem fins lucrativos, é realizado com o apoio da Câmara Municipal de Sintra, da Fundação Cultursintra e dos Parques Monte da Lua, tem como objetivos principais a promoção das artes para famílias, privilegiando o contacto com a Natureza. 

 

Com uma programação cultural que inclui teatro, música, circo, cinema, jogos tradicionais, artes plásticas e fotografia especificamente pensada para famílias, com oferta que vai desde os bebés aos adultos, o festival acontece nos dias 31 de Maio, 1 e 2 de Junho num local histórico e de grande beleza natural - a Quinta da Ribafria, em Sintra- e o festival pretende ainda destacar o património edificado e natural do concelho de Sintra, enquanto local único para desfrutar em família. 

 

No dia 31 de Maio o Festival propõe-se a receber grupos organizados de escolas e seniores, criando desta forma um momento único de convívio entre gerações

 

A abertura do festival ao público em geral no dia 31 de Maio pelas 22h, será memorável e aberta a todos com entrada gratuita, com o espetáculo LÚMEN, Uma História de Amor da companhia S.A. Marionetas (Alcobaça), que consiste num cortejo com marionetas gigantes iluminadas (manipuladas por voluntários) pela volta do Duche, seguida de espetáculo de teatro, luz, videomapping e música no largo do Palácio Nacional da Vila

Império romano 'invade' Marvão

AMMAIA FESTUM.jpg

Império romano ‘invade’ Marvão

 

III Ammaia Festum celebra o legado histórico do concelho

 

 

A Cidade Romana de Ammaia é o grandioso cenário do III Ammaia Festum, que nos dias 31 de maio e 1 de junho vai celebrar o legado romano do concelho de Marvão com espetáculos de recriação histórica e muita animação cultural.

 

Música, dança, espetáculos de fogo, representações teatrais, artes circenses, reproduções de batalhas, e reconstituições do quotidiano romano, será este o cenário que vai invadir Ammaia, classificada como Monumento Nacional desde 1949. O festival conta também com visitas guiadas ao Museu e ruínas da Cidade Romana, um mercado de rua e um espetáculo noturno único de teatro, dança, acrobacia e fogo.

 

Promovido pelo Município de Marvão e pela Fundação Cidade de Ammaia e aliando o Património à Cultura, o festival pretende divulgar a herança romana de Marvão, fazer crescer o setor turístico e estimular a economia local.

 

Nesta terceira edição, o Ammaia Festum associa-se às comemorações do Dia Mundial da Criança, com atividades pedagógicas especificamente dirigidas aos mais jovens, como jogos lúdicos e oficinas de experimentação, sempre no cenário de eleição que são as ruínas da cidade romana.

 

 

 

 

Programa:

 

Dia 31 de maio (sexta-feira)

 

18h00 | Abertura do III Ammaia Festum

 

  • Espetáculos de recriação histórica Romana
  • Acampamento de Legionários
  • Lutas de gladiadores
  • Figuras mitológicas
  • Mercado de rua
  • Comédia
  • Música
  • Dança
  • Visitas guiadas ao Museu e ruínas da Cidade Romana de Ammaia

 

21H30 | Espetáculo de teatro, dança, acrobacia e fogo “Ubi tu Gaius, ego Gaia”

 

 

Dia 1 de junho (sábado)

 

17h00 | Abertura do III Ammaia Festum

 

Comemoração do Dia Mundial da Criança (Crianças até aos 12 anos com entrada gratuita)

* Com atividades especificamente dirigidas aos mais jovens, jogos lúdicos e oficinas de experimentação.

 

  • Espetáculos de recriação histórica Romana
  • Acampamento de Legionários
  • Lutas de gladiadores
  • Figuras mitológicas
  • Mercado de rua
  • Comédia
  • Música
  • Dança
  • Visitas guiadas ao Museu e ruínas da Cidade Romana de Ammaia

 

21H30 | Espetáculo de teatro, dança, acrobacia e fogo “Ubi tu Gaius, ego Gaia”

Seixal recebe mega festival Nick Fest

image007.png

 

Dias 31 de maio e 1 de junho o Seixal recebe a grande festa do Nickelodeon dedicada aos mais jovens. Com entrada gratuita, no Nick Fest não vai faltar música, jogos, passatempos e muita animação.

 

Fernando Daniel, ÁTOA, Paulo Sousa e os D.A.M.A compõem o cartaz da segunda edição do festival juvenil Nick Fest. Nos dias 31 de maio e 1 de junho, o Parque Urbano da Quinta da Marialva - Corroios será palco de dois dias repletos de música e diversão, onde para além dos concertos que prometem levar ao rubro a plateia, não vão faltar passatempos, jogos, insufláveis e muitas outras atividades.

 

Com apresentação da Catarina Perez e co-apresentação da Mafalda Creative, o Nick Fest está de volta e abre as portas na sexta-feira, às 09:30. O mítico SpongeBob e o seu companheiro Patrick, a dupla canina Marshall e Chase, da Patrulha Pata, e ainda as Tartarugas mais ninja do planeta, o Miguel Ângelo, o Leonardo, o Donatelo e o Rafael, prometem fazer as delícias dos mais novos.

 

Vão ser dois dias de muita diversão, com casting Repórter Nickelodeon, piscina de slime, minigolf, jogos tradicionais, oficina de artes, cabine de fotos, e insufláveis para todos os gostos. 

 

À noite, a partir das 21:00, os protagonistas são o cantor e compositor Fernando Daniel, vencedor da 4.ª edição do The Voice Portugal, e os Átoa, banda que está prestes a lançar o seu novo álbum e que encerra o primeiro dia de festival.

 

No sábado as portas abrem às 16:00. À noite, pelas 21:00, o palco volta a receber o melhor do talento português, desta vez com a atuação de Paulo Sousa, artista que lançou em março o disco “Teu”, que ocupou de imediato o topo de vendas nacionais. Cabe aos D.A.M.A a importante missão de encerrar o Nick Fest com um grande concerto previsto para as 22:20.

 

Esta é a segunda edição do Nick Fest e resulta da parceria entre o canal Nickelodeon e a Câmara Municipal do Seixal. Pensado para toda a família, dos miúdos aos graúdos, este é um festival que reúne jovens talentos portugueses e as personagens preferidas dos mais novos num único local, com várias atividades e muita animação à mistura. Na primeira edição, o festival contou com cerca de 13.500 visitantes, número que se espera ser superado este ano.

 

 

DE 31 DE MAIO A 2 DE JUNHO EM CAMINHA - DANCE, CANTE E VIBRE COM A 6º EDIÇÃO DO ENTRE MARGENS-ENCONTRO DE TOCADORES

3M1A6202.jpg

 

O Entre Margens - Encontro de Tocadores é um evento de três dias, organizado pela PédeXumbo em parceria com aCentral Folque, Gaiteiros de Ponte Velha, a Music Trad e o apoio do Município de Caminha , que pretende juntar tocadores de instrumentos tradicionais de gerações distintas, fomentando a partilha de conhecimentos, repertórios e técnicas instrumentais. Deste modo, espera-se possibilitar a continuidade das tradições musicais de várias regiões, em particular da região do Minho. Este Encontro abrange sessões de trabalho entre músicos (oficinas de instrumentos), palestras, documentários, feira de construtores de instrumentos e bailes ao improviso abertos ao público em geral.

 

O formato do evento consiste numa série de oficinas de aprendizagem, com a presença de tocadores de vários instrumentos e a assistência das oficinas será constituída por jovens músicos que tencionam aprender técnicas e repertórios de instrumentos “tradicionais”, procurando renová-los, experimentá-los e inseri-los em novas práticas musicais, sem intenções “fossilizadoras” ou discursos imobilistas de identidade regional ou nacional.

 

Para além destas oficinas, o Encontro inclui ainda palestras com temas específicos e oradores convidados (músicos, tocadores académicos, etc.), exposições, concertos, projeção de filmes e documentários, bailes noturnos à volta de “jam sessions” dos vários músicos presentes. Tudo isto, com vista a gerar uma interação entre músicos e não-músicos de várias gerações e proveniências.

 

Através das práticas musicais, gera-se maior riqueza na descoberta de instrumentos, repertórios e, sobretudo, numa reflexão implícita sobre quem somos e para onde vamos, através da música.

 

Site do projeto: http://www.encontrodetocadores.pedexumbo.com/

 

Sétima edição do Rádio Fanecacom Diabo na Cruz, Conan Osíris e Bruno Pernadas

05e6619e-9653-4d31-88fc-6c0ed2475f0b.jpg

 

No Centro Histórico de Ílhavo, entre as dezenas de becos que se amontoam, há um que se chama “Sete Carris”. Podia ser o mote para a edição do Rádio Faneca deste ano, a sétima, de 7 a 9 de junho, sobretudo porque falamos de um festival que percorre caminhos tão estreitos com uma força cada vez maior.

Diabo na Cruz, Conan Osíris, Flak, Moonshiners, Bruno Pernadas (no palco do Jardim Henriqueta Maia), João Berhan, Lince, Pedro de Tróia, Les Saint Armand (nos becos) e Joana Espadinha (no Aquário dos Bacalhaus), asseguram a componente musical do festival, numa aposta sempre pertinente em nomes irreverentes, emergentes e festivos, na mesma linha do festival.

Mas este é sobretudo um festival de projetos especiais. Tal como o nome adianta, no centro de tudo está uma rádio real, em emissão durante os três dias do festival, que este ano volta a ser também um palco e a receber não só programas com convidados especiais, como concertos.

A Orquestra da Bida Airada, outro dos projetos indispensáveis do Festival Rádio Faneca, deixa arrumados os seus cinco anos em disco e assume uma nova cara, o projeto Bida Airada, que se reproduzirá em diversas manifestações, orientadas pela ondamarela, ao longo do ano, para além do festival, e sempre, ainda, em comunidade. É também em comunidade que se mantém o projeto Casa Aberta, orientado este ano pela artista Marina Palácio, que convida os anfitriões a pensar as suas histórias e a relacioná-las com a fauna e a flora da região.

Nas ruas do Centro Histórico de Ílhavo, a Burilar já lançou várias perguntas nas paredes, sobre mentiras e segredos, que questiona quem passa sobre coisas tão simples como o que se ouve, ou profundas como o que se sente, na antecipação do percurso Andar à Nora, que acontece no festival. As Histórias nos Becos, trabalhadas por Cláudia Gaiolas, regressam para contar estórias de Portuguesas Inesquecíveis.

Além destes projetos, nota ainda para os jogos tradicionais do Hélder, que rumam do Jardim Henriqueta Maia aos becos.

Um festival que regressa para mais uma edição de encontros e amizade, em que o convite é sempre para a criação e para a festa.

A entrada é livre.

Santa Maria da Feira transforma-se num palco gigante para receber Imaginarius'19

De 23 a 25 de maio: Imaginarius – Festival Internacional de Teatro de Rua

Santa Maria da Feira transforma-se num palco gigante para receber imaginarius’19

 

O Imaginarius – Festival Internacional de Teatro de Rua está a chegar a Santa Maria da Feira. É entre 23 e 25 de maio que a cidade se transforma num palco gigante para acolher artistas e companhias nacionais e internacionais, mas também artistas emergentes, associações e artistas locais, e projetos de intervenção criativa e social do concelho, no mais ambicioso evento de artes de rua do país, que integra já a rota dos maiores festivais de artes de rua da Europa.

 

Ambicioso não só pela qualidade do programa que apresenta, anualmente, com apresentações originais em estreia absoluta na sua programação, mas também pela aposta em criações próprias, as Criações Imaginarius, distinguindo este festival de tantos outros. A dimensão e projeção que já atingiu demonstra-se através do número de espetadores que atrai, e, essencialmente, pelo número de artistas e companhias artísticas que envolve: 247 artistas, oriundos de 12 país (Austrália, Bélgica, Eslováquia, Espanha, França, Holanda, Irlanda, Itália, Portugal, Reino Unido, Sérvia e Turquia), em representação de 46 companhias ou projetos artísticos, assegurando 229 horas de conteúdos de programação.

 

Teatro, Circo, Dança, Música e Realidade virtual são as principais vertentes artísticas transversais a toda a programação do Festival, que se divide em quatro categorias principais: Programação Principal, Imaginarius Infantil, Criações Imaginarius, Mais Imaginarius. Em comum têm o tema principal desta edição: Memória. As memórias escrita, narrada e visual serão exaltadas e os espetadores são desafiados a viajar pelas suas próprias memórias, trazendo-as para palco, numa relação de proximidade com as narrativas artísticas apresentadas.

 

O 19.º Festival Internacional de Teatro de Rua – Imaginarius é de entrada livre; tem programação para todas as faixas etárias; é para ser vivenciado por Todos; é “Imaginarius Acessível”. O programa completo está disponível em www.imaginarius.pt.

 

Entre 23 e 25 de maio, Santa Maria da Feira garante “Momentos Únicos. Memórias Inesquecíveis – Unique Moments. Unforgettable Memories”.

 

Acompanhe o Imaginarius – Festival Internacional de Teatro de Rua nas diversas plataformas:

www.imaginarius.pt

www.facebook.com/festival.imaginarius

www.instagram.com/imaginarius_istfest

Programa Principal

O programa principal apresenta grandes produções nacionais e internacionais, algumas em estreia absoluta em território nacional, transformando Santa Maria da Feira num palco privilegiado para vivenciar diferentes linguagens artísticas.

Nesta programação, a Memória, tema principal desta 19ª edição do Imaginarius é explorada nas suas várias dimensões e estados. As memórias escrita, narrada e visual, que todos arrumamos no cérebro humano, serão exaltadas, transportando o espetador para as suas próprias memórias de infância ou intergeracionais.

 

Programa

Globe

Close-Act Theatre (NL)

Multidisciplinar, Performance

M/6 | 60’

Estreia Nacional

Piscinas Municipais | [não adequado a epiléticos] | [visibilidade preferencial para Mobilidade Condicionada]

24 e 25 maio | 23h30

GLOBE é uma metáfora artística à Liberdade e ao poder de voar num mundo imaginário. O cenário do conflito é um globo gigante que envolve trapezistas, dançarinos, atores, músicos, projeções e pirotecnia, em interação com o público.

 

Hold On

Fheel Concepts (FR)

Realidade Virtual

M/10 | 15’ | [não adequado a epiléticos] | limitado a 15 pessoas por sessão / (marcação prévia obrigatória através de: cineteatro@cm-feira.pt)

Estreia Nacional

Cineteatro António Lamoso

24 e 25 maio | 16h00 | 16h30 | 17h00 | 17h30 | 20h00| 20h30 | 21h00 | 21h30

HOLD ON é uma experiência visual de realidade virtual que transporta os participantes para o interior do mundo do circo contemporâneo. Motivado pelo acidente de Corinne Linder, este projeto-experiência evoca a fragilidade do momento, no qual a queda parece inevitável…

 

Belly of the Whale,

Ockham’s Razor (UK)

Dança, Performance

DANÇA | PERFORMANCE

M/6 | 40’

Estreia Nacional

Igreja Matriz

24 e 25 maio | 17h00 | 22h00

A escultura cruza-se com o novo circo e com o teatro físico, resultando num espetáculo interdisciplinar de descoberta e intuição. Os artistas “surfam” uma estrutura gigante, semicircular, feita de aço e madeira, que se vai metamorfoseando. Catapultas, túneis, escorregas, montanhas... criam diferentes espaços imaginários.

 

La Calle es Nuestra

Always Drinking Marching Band (ADMB) (ES)

Música, Performance

M/6 | 45’ (rua) 30´ (concerto final)

Estreia Nacional

24 e 25 maio

15h50 | Praça Gaspar Moreira > Igreja Matriz | 45´

19h00 | Rua dos Descobrimentos > Moinho | 45´

00h30 | Praça Gaspar Moreira | 30´ [visibilidade preferencial para Mobilidade Condicionada]

Com o projeto La Calle es Nuestra, a companhia ADMB apodera-se de ruas e praças para ativar a Memória, em cada um, do sentimento efusivo de alegria e boa disposição. Os músicos vão contagiar o público com as suas músicas, proporcionando experiências singulares e emotivas nos espetadores.

 

La Gran Tempesta

Efimer (ES)

Instalação, Experiência Sensorial

M/3 | 540´ (máx. 30 participantes em simultâneo)

Estreia Nacional

Casa do Moinho [visibilidade preferencial para Mobilidade Condicionada]

24 e 25 maio | 15h00 > 00h00

Os que a olharem de fora, admirarão a sua beleza, mas só os que entrarem conseguirão sentir a sua magia. LA GRAN TEMPESTA é uma cúpula transparente cheia de ar, luzes, música e... confetes! Proporciona uma experiência sensorial única num mundo imaginário onde tudo é possível… mesmo enfrentando ventos e tempestades.

 

The Last One to Grab Fall First

SALTO – International Circus School (PT)

Circo 

M/6 | 30´

Estreia Absoluta | Criação Imaginarius

Rossio

23 maio | 21h00

24 e 25 maio | 22h30

Baseado na premissa de que em sociedade não há oportunidades iguais para todos, as crianças brincam ao tradicional jogo das cadeiras, aprendendo, desde tenra idade, que quem não tem cadeira sai do jogo! Uma metáfora sobre a vida contemporânea, num jogo de equilíbrio, destreza, rapidez e força.

 

William Shake(this)pear

DRA/MAT (PT)

Teatro

M/6 | 60´

Estreia Absoluta | Criação Imaginarius 

Jardins e Auditório da Biblioteca Municipal [visibilidade preferencial para Mobilidade Condicionada] [interpretação em Língua Gestual Portuguesa]

24 e 25 maio | 21h00

Na cidade instalou-se um acampamento. Os ocupantes viviam de contar histórias, andavam de cidade em cidade. Durante anos, as suas histórias captavam a atenção de quem as assistia; haviam mudado as suas almas e transformado cidades inteiras. Mas algo, entretanto, mudou… as cidades mudaram e as pessoas também... O que fazer?

 

Imaginarius Infantil

O Imaginarius Infantil abre um mundo de realidades e experiências únicas para os mais pequenos vivenciarem, passando, num ápice, de meros espetadores a atores principais. Através de um conjunto de atividades e espetáculos, que vai do circo ao teatro, da música ao multidisciplinar, até às experiências e workshops, o Imaginarius Infantil reforça o contacto das crianças com o mundo artístico, não só enquanto público, mas também enquanto agente de formação, abrindo-lhes horizontes e despertando-lhes o interesse criativo.

 

Programa

Hojas al Viento

Cia Clown Poético (ES)

Multidisciplinar

M/6 | 35´

Estreia Nacional  

Rossio

24 e 25 maio | 15h30 | 18h10

Splinky é um homem pequeno que lida com a sua tristeza, agarrando-se às memórias do passado recolhidas de um baú enorme. Vive na ilusão de que o seu antigo amor ainda existe e todos os dias está mais apaixonado por um monte de coisas velhas. Sírio é o seu anjo da guarda que o vai trazer para viver no presente, embarcando numa nova vida.

 

Heliko

El Sideral (ES)

Teatro Performance

M/3 | 55´

Estreia Nacional  

24 e 25 maio

14h45 | Rua dos Descobrimentos > Igreja Matriz

16h30 | Igreja Matriz > Rua dos Descobrimentos

Uma família sobe a colina levando a sua casa carregada pelo seu caracol Heliko. Procuram um lugar para ficar. Enquanto caminham, vão aprendendo coisas sobre os habitantes da aldeia onde estão e veem que a sua vida quotidiana é um pouco diferente da nossa. No final, terão que concordar sobre o que fazer: ficar ou continuar.

 

Caça Texturas

Miguel Horta (PT)

Workshop, Experimentação

M/5 | 300´

Estreia Absoluta  

Rossio

24 e 25 maio |14h00 > 19h00

À procura de texturas e sinais que se encontram no chão e nas paredes da cidade, um pouco por todo o lado. Munidos de grandes folhas de papel e barras de grafite, os participantes partem à procura de texturas pelas ruas, jardins e praças da cidade. Desafio para desvendar a história dos lugares numa perspetiva diferente.

 

Viagem de Memórias! Percurso Sonoro pelas Terras de Santa Maria

Daniel Padrão

Música, Storytelling

M/3 | 20´

Estreia Absoluta | Criação Imaginarius / Imaginarius Infantil

Rossio

23 maio | 14h30 [antestreia destinada à Escola de Referência Educação Bilingue de Alunos Surdos (EREBAS)]

24 e 25 maio | 14h15 | 14h50 | 15h50 | 16h50 | 17h45 | 18h30

A entrada num autocarro certamente permite um percurso. E se essa viagem fosse feita através de histórias, de sons, e percorressem espaços que mantemos junto ao nosso coração? Este espetáculo conta com um músico, uma contadora de histórias e todos os passageiros que tiverem a ousadia de embarcarem nesta narrativa sonora.

 

 

Nas Alturas | Oficina de Artes de Circo – Aéreos

SALTO – International Circus School (PT)

Circo, Workshop, Experimentação

M/5 | 300´ (workshop) | 5´(apresentação)

Estreia Absoluta

Rossio

24 e 25 maio | 14h00 > 19h00 Workshop

24 e 25 maio | 14h00 | 16h45 | 18h00 Apresentação de aéreos  

Superar desafios, ultrapassar receios, conquistar o “impossível”. A SALTO propõe um circuito de experimentação de técnicas de circo, adaptadas ao contexto contemporâneo e a uma faixa etária infantil. Cinco desafios, cinco oportunidades, num espaço comum. Um teste à capacidade de superação e à descoberta.

 

Criações Imaginarius

O Imaginarius lançou o desafio a entidades e artistas locais, nacionais e internacionais, para alargar as margens da experimentação e da inovação artística, numa maior e mais forte aposta nas Criações Imaginarius.

Neste reforço do apoio à criação artística contemporânea para o espaço público, surgem, este ano, 11 novos projetos distintos em termos dramatúrgicos, conceptuais e estruturais, com o selo “Criações Imaginarius”.

 

Programa

Curve

Cie. Du Paon (TR)

Dança, Teatro

M/6 | 30´

Estreia Absoluta | Criação Imaginarius   / Prémio Mais Imaginarius 2018

Convento dos Lóios

23 maio | 23h15

24 e 25 maio | 22h00

CURVE é uma composição de movimentos que conta uma estória sobre a maior maldição da humanidade: envelhecer. Convida-nos a confrontar alguns paradoxos que todos os homens/mulheres experimentam ao longo da vida. Jovem-velho, rápido-lento, belo-feio, existência-não-existência, maturidade-imaturidade, cérebro-coração.

 

As Baquetas Misteriosas

Fórum Ambiente e Cidadania (PT)

Performance, Multidisciplinar

M/6 | 30’

Estreia Absoluta | Criação Imaginarius   / Chamada de Apoio à Criação Local (CACL)

Praça Gaspar Moreira [visibilidade preferencial para Mobilidade Condicionada]

23 maio | 22h00

24 e 25 maio | 23h30

Num mundo sombrio dominado pela força industrial e pelo poder da manipulação de massas, surge um objeto, dito, rudimentar. Um som que apenas os crentes poderão ouvir e que nos transporta para um lugar que todos esqueceram. Duas crianças, dois tons de vida, dois caminhos cruzados que abrem portas para o reencontro.

 

À Procura do Autor

Grupo de Teatro Experimental do Centro de Cultura e Recreio do Orfeão da Feira (PT)

Performance, Teatro

M/6 | 45’ | (Limitado a 40 pessoas por sessão)

Estreia Absoluta | Criação Imaginarius  / Chamada de Apoio à Criação Local (CACL)

Rua Roberto Alves (tem início no Hostel da Praça)

23, 24 e 25 maio | 21h00

24 e 25 maio | 22h30

Personagens perdidas conduzem o público por ruas e casas do centro histórico numa busca pelo seu autor. O espectador é levado a experienciar memórias multissensoriais que resgatam a identidade local do esquecimento.

 

Cães de Rua,

Sérgio Conceição (PT)

Teatro, Dança, Circo

M/16 | 30´

Estreia Absoluta | Criação Imaginarius   / Chamada de Apoio à Criação Local (CACL)

Rossio

23 maio | 22h00

24 e 25 maio | 23h00

[espetáculos com audiodescrição]

Cães de Rua é uma criação interdisciplinar – teatro, dança e acrobacia aérea –, que nos transporta para a odisseia de um homem embriagado pela vida de rua.  Contempla uma minoria depreciada da sociedade: o desamparo ao próximo. É, fundamentalmente, uma abordagem direta àquilo que mais tememos a seguir à morte: a sobrevivência!

 

Simulacro (Podia Ser Realidade)

Pedro Henrique, Arquiteto (PT)

Instalação

M/6 | 120´ (23 maio) / 540´ (24 e 25 maio)

Estreia Absoluta | Criação Imaginarius / Chamada de Apoio à Criação Local (CACL)

Rua dos Descobrimentos

23 maio | 21h00 > 23h00

24 e 25 maio | 15h00 > 00h00

Quando observamos atentamente, permitimo-nos compreender o que nos rodeia, imaginar sobre essa realidade, formar crítica, refletir. Porque não paramos mais vezes? Pela falta de espaços que o permitam? Ou antes pela falta de espaços que o provoquem?

 

||... (Duas linhas e Três Pontos) - 2º Andamento

Francisco Oliveira (PT)

Instalação, Performance Sonora

M/6 | 30´

Estreia Absoluta | Criação Imaginarius  / 140 Mil Memórias

Eira do Orfeão

23 maio | 21h30

24 e 25 maio | 22h45

Esta performance sonora ativa uma instalação que toca a experiência de viver com a memória de algo que deambula entre a presença e o esquecimento. Entre duas linhas escrevem-se histórias e é também entre duas linhas que são esquecidas. O vazio de cada lugar vago no comboio é ocupado por uma história estranha… 

 

Reencontro II

Jeanneth Vieira (PT)

Performance, Instalação

M/8 | 30´

Estreia Absoluta | Criação Imaginarius   / 140 Mil Memórias

Claustro do Convento dos Lóios  [interpretação em Língua Gestual Portuguesa]

23, 24 e 25 maio | 21h00

Reencontro (II) é um projeto artístico comunitário, da artista Jeanneth Vieira, que partilha experiências de vida de elementos da comunidade, sob a forma teatral e de vídeo-documentário. Relatos de memórias individuais, em torno do Amor, que marcam diferentes gerações, tornando-as em memórias coletivas de Santa Maria da Feira.

 

Black Market

LUIT – Laboratoire Urbain D’Interventions Temporaires (FR)

Performance

M/3 |

Estreia Nacional | Criação Imaginarius   / Roundabout Europe

Mercado Municipal

23 e 24 maio | 21h30

Misturando os códigos dos negociantes e dos operadores, BLACK MARKET questiona a legitimidade de desejarmos o que é estabelecido pela sociedade de consumo. Aqui o discurso torna-se arriscado, mostrando o peso das palavras, onde cada cena é literalmente negociada com o público.

 

Mais Imaginarius

Inovação, irreverência e criatividade são palavras chave do Imaginarius que cria oportunidades e testa novas tendências. Neste âmbito surge o Mais Imaginarius, um concurso de criações artísticas que abre as portas do festival a artistas emergentes que pretendem mostrar o seu trabalho, testando formatos e modelos, rumo à construção de novas identidades artísticas. Para esta edição, concorreram 186 propostas de 40 nacionalidades, em sete disciplinas artísticas, das quais 20 vão ser apresentadas durante os três dias do festival.

 

Programa

Gaze

Agné Muralyté (ES)

Performance

M/6 | 25´

Estreia Nacional

Mercado Municipal  

24 e 25 maio | 18h25 | 21h15

25 maio | 16h15

GAZE retrata o desejo de ter uma coisa, mas, simultaneamente, fugir dela. É um jogo entre ser encontrado e andar perdido. Em cena, dois personagens e três objetos principais – uma rede, um bastão e uma bola –, em constante interação. Uma personagem é misteriosa e perigosa, outra é brincalhona e curiosa. Uma procura a outra.

 

The Secret Daughter of Che Guevara

Clara Cortés Soler (ES)

Teatro, Circo

M/6 | 20´

Estreia Nacional  

Rossio

23 maio | 22h30

24 e 25 maio | 20h00 | 21h30  

No meu quarto, a cama ficava aqui, o armário ali e a mesa no meio”. THE SECRET DAUGHTER OF CHE GUEVARA, é um solo de trapézio que descreve a necessidade de mudança; uma composição para a decomposição do espaço, a partir de um código absurdo e irónico, que conduz a uma pequena revolução.

 

 

 

Système D

Collectif Kaboum (FR)

Circo

M/3 | 50´

Estreia Nacional  

23 maio

22h45 | Praça Gaspar Moreira [visibilidade preferencial para Mobilidade Condicionada]

24 e 25 maio

18h45 | Rossio

22h00 | Praça Gaspar Moreira [visibilidade preferencial para Mobilidade Condicionada]

SYSTÈME D é um espetáculo de circo ao gosto de todas as idades, misturando mestria técnica e amor à vida. Baseando-se na técnica de mão a mão, as alegres personagens revisitam momentos do quotidiano. Um carrinho feito de restos, puxado por uma motocicleta remendada. Cinco pessoas que compartilham um espaço minúsculo...

 

The Pilgrim - Miniature Immersive Experience

Belloabril – Theatre of Coincidences (AU)

Performance

M/3 | 50´

Estreia Nacional  

24 e 25 maio

15h00 | Rua Roberto Alves

17h40 | Praça da República

Experiência de teatro em miniatura, onde dois espectadores (à vez) fazem parte de uma história íntima que se desenrola num minúsculo palco, pendurado no corpo do artista. Quando se sentam e a música começa, passam a fazer parte ativa da curiosa jornada de The Pilgrim. Eles nunca imaginaram que poderiam viajar tão longe em 7 minutos!

 

Atempo

Cia. Vaya (PT)

Teatro, Circo

M/6 | 45´

Museu Convento dos Lóios  

23 maio | 22h15

24 e 25 maio | 16h45 | 20h30

ATEMPO é um espetáculo de circo contemporâneo, uma obra lúdica e comovedora, de muita energia, humor e poesia. É uma mistura de impressionantes acrobacias de forças combinadas, de dança e de teatro físico, ao serviço de uma interpretação original do ser humano e da nossa humanidade.

 

Drôle D'impression

Cie. Dédale de Clown (FR)

Teatro Físico, Multidisciplinar

M/3 | 50´

Estreia Nacional

Casa do Moinho [visibilidade preferencial para Mobilidade Condicionada]

23 maio | 22h00

24 e 25 maio | 15h30 | 22h00  

Dois distribuidores de cartazes são responsáveis por colocar uma fotografia em tamanho gigante na parede. Entre o diálogo entre as imagens e os protagonistas, uma sensação engraçada percorre o público e, de repente, as imagens contam histórias. No final, esta justaposição de imagens revela um trabalho surrealista, poético e burlesco, um instantâneo da vida, um sonho...

 

Dis-Connect,

Diego Sinniger (ES)

Dança, Performance

M/3 | 15´

Estreia Nacional

Mercado Municipal

24 e 25 maio | 17h00 | 20h40  

25 maio | 15h45

Este humano está perdido e é frágil. Perdeu a noção do tempo e também o controlo do seu corpo; não sabe quem controla quem. Se é a mente que controla o corpo ou o corpo que controla a mente. Mas onde está a alma nisto tudo?

 

Room Service

Cie. O Quel Dommage (BE)

Teatro

M/6 | 30´

Estreia Nacional

Rua dos Descobrimentos

24 e 25 maio | 18h30 | 21h00

25 maio | 16h15

Espetáculo cómico que brinca com as tarefas diárias inerentes à maternidade e com estereótipos da relação mãe/bebé. Um sketch de humor negro, onde um bebé, com corpo de boneco e cabeça e mãos humanas, está entregue aos caprichos de uma mãe exausta e instável. O espetáculo vive da interação não verbal, cómica e absurda, entre as personagens.

 

 

 

Street Coffee

Claudui Mutazzi (IT)

Circo, performance

M/3 | 45´

Estreia Nacional

24 e 25 maio

18h00 | Praça Gaspar Moreira [visibilidade preferencial para Mobilidade Condicionada]

23h00 | Rua dos Descobrimentos

25 maio

15h00 | Rua dos Descobrimentos

Um homem parado no turbilhão de transeuntes que atravessam uma praça... Corta...Ação! A partir das posturas, dos movimentos, das ações e dos comportamentos dos que caminham ou esperam por alguém, surgem histórias infinitas. Piadas e improvisações que transformam aquele lugar sedentário de passagem num pequeno teatro sem cadeiras ou cortina... Corta...Ação!

 

Fuori Porta

Dolly Bomba

Teatro, Performance

M/3 | 40´

Estreia Nacional

24 e 25 maio

16h00 | Rossio

17h30 | Rua dos Descobrimentos

20h00 | Praça Gaspar Moreira [visibilidade preferencial para Mobilidade Condicionada]

FUORI-PORTA é um espetáculo de pantomima, música, improvisação e fantasia onde se reflete sobre as portas visíveis e invisíveis que abrimos e fechamos nas nossas vidas. Um espetáculo que combina, habilmente, a técnica da mímica com dramaturgia cómica.

 

Brain Music

Jean Rolland

Arte Digital, performance, Instalação

M/6 | 120´

Estreia Nacional

Claustros do Convento dos Lóios

24 e 25 maio | 22h00

Será que o futuro da humanidade se resume à atividade cerebral desprovida de qualquer componente corporal? Esta instalação usa um capacete de EEG (eletroencefalografia), processamento de software livre, um videoprojector e amplificação de som, onde as ondas cerebrais do artista são traduzidas em ondas sonoras e visuais.

 

Hands Some Feet

Hands Some Feet (BE)

Teatro, Dança, Circo

M/3 | 40´

Estreia Nacional

Casa do Moinho  

23 maio | 22h50

24 e 25 maio | 17h50 | 21h00  

HANDS SOME FEET é um espetáculo de circo contemporâneo, dinâmico e fresco, que combina, harmoniosamente, o domínio do malabarismo com o funambulismo. A estas disciplinas juntam-se acrobacias inovadoras, teatro físico, salto à corda, tudo musicado ao vivo por instrumentos únicos da Austrália e da Finlândia.

 

Tei Tei

Cia. ES (ES)

Teatro, Circo, Instalação

M/3 | 40´

Estreia Nacional

Praça da República  

24 e 25 maio | 17h00 | 19h45

25 maio | 15h00

Um caminho a percorrer. Uma maneira de viver e transformar. Espaços e universos que serão criados, em cumplicidade com o público, para viajar, através do imaginário da abstração. Cada lugar, cada esquina, cada poste de iluminação, cada semáforo, cada pessoa, formará um caminho único e irrepetível.

 

Cuatro [4´´] Segundos

Cia. IO (ES)

Circo, Multidisciplinar

M/3 | 55´

Estreia Nacional

Museu Convento dos Lóios  

23 maio | 23h45

24 e 25 maio | 17h35 | 23h40

4 Segundos foi o tempo que levou para um monte de ferros cair sobre o meu corpo. Esta peça fala sobre os acidentes, do risco, da vida e do autoconhecimento, de pessoas de verdade e de outras que não o são tanto. 4 segundos é para lembrar o animal que todos temos dentro, o animal que, por vezes, pode chegar a salvar-nos a vida.

 

 

Petén

Cia. Màs Til Y Menos Tal (ES)

Circo, Multidisciplinar

M/3 | 45´

Estreia Nacional

Praça Gaspar Moreira [visibilidade preferencial para Mobilidade Condicionada]

23 maio | 21h00

24 e 25 maio | 17h00 | 21h00  

Dois personagens constroem uma estrutura de circo, guardada num carrinho, e disfrutam do jogo proporcionado pelas peças que o compõem. Entre acrobacia, manipulação, comicidade e técnica de mastro, desenrola-se um espetáculo de rua muito divertido que joga com a fragilidade, o equilíbrio, a confiança e a inteligência coletiva.

 

Cikada

Cikada Circus (IE)

Circo

M/3 | 30´

Estreia Nacional

23 maio | Rossio | 21h30

24 e 25 maio | Casa do Moinho | 17h15 | 19h45 [visibilidade preferencial para Mobilidade Condicionada]

Espetáculo de novo circo que mistura acrobacia, teatro e movimento, tendo nascido da pergunta: onde estão os limites da natureza humana? Num mundo onde os humanos são os autoproclamados conquistadores da Natureza, porém, totalmente dependentes dela, o que significa considerarmo-nos parte integrante ou separados do meio natural?

 

Cospress

Kimani (ES)

Dança, Performance, Multidisciplinar

M/12 | 30´

Estreia Nacional

Museu Convento dos Lóios

23 maio | 21h30

24 e 25 maio | 19h50 | 22h45

Um espetáculo de teatro físico que usa objetos e dispensa palavras. Com um tom irónico, surrealista e poético distintivo, COSPRESS aborda a obsessão pelo culto do corpo. Retrata duas mulheres que são vítimas da sua própria luta para se encaixarem no molde do modelo perfeito.

 

 

 

Marlon Banda Show

Marlon Banda (IT)

Música, Teatro

M/3 | 45´

Estreia Nacional

24 e 25 maio

14h15 | 17h15 | Rossio

22h00 | Mercado Municipal  

Um hilariante e explosivo espetáculo de variedades, onde o cómico se junta à música ao vivo, misturando-se com muitas outras vertentes da comédia teatral. Uma banda sem maestro, nem direção, que luta para manter o rumo (e o ritmo), mas a loucura impera e a música não tem fim! Animado, irreverente e envolvente!

 

God Save the Tea

Cut Moose (UK)

Intervenção  

M/12 | 15´

Estreia Nacional

24 e 25 maio

17h30 | Rua Roberto Alves

19h30 | Mercado Municipal

25 maio

15h40 | Praça da República

Uma anfitriã inglesa, com a ajuda dos criados, serve chá à plateia. Estes seguem-na abanando folhas de palmeira para refrescar os bebedores de chá. A mulher tem uma fileira de bandeirinhas para conduzir os criados e que eles seguram entre os dentes, causando ocasionais sangramentos... só para completar a grotesca cena.

 

Ballade For a Place We Were

Zuska Drobna (SK)

Circo, Multidisciplinar

M/3 | 10´

Estreia Nacional

Museu Convento dos Lóios  

24 e 25 maio | 19h30 | 21h30 | 23h20

A fragilidade do malabarismo de contacto, a intensidade do movimento e a fantasmagoria da voz envolvente combinam-se para criar a atmosfera de algo tão familiar que é impossível não recordar, tal como um lugar que todos conhecemos, mas que não temos certeza onde fica exatamente; ou talvez só o conheçamos de um sonho.

 

 

 

Jazz no Parque, dias 28, 29 e 30 de junho 1º Festival no Barreiro

 

Jazz no Parque, o 1º Festival no Barreiro, vai decorrer dias 28, 29 e 30 de junho, no Parque da Cidade. Com entrada gratuita, e com o incontornável músico barreirense e referência do jazz em Portugal, Jorge Moniz, como curador, trará ao Barreiro grandes nomes do panorama internacional da música.

Jazz no Parque apresentacao-16.jpg

 

A contagem decrescente para o evento, conforme sublinhou o Presidente da Câmara Municipal do Barreiro (CMB), na Sessão de Apresentação do evento, que se realizou, ao final da tarde do dia 16, no estabelecimento de restauração, no Parque da Cidade, Coffeetaria, já começou. Frederico Rosa lembrou a história deste estilo no Concelho, com nomes como os de José António Batata que marcaram um momento muito importante do jazz. À criação de um “espaço livre”, “um espaço de convívio”, o Presidente acrescentou o objetivo de “criar novos hábitos”. Com a presença, no programa (https://www.cm-barreiro.pt/pages/694?event_id=1973), de nomes de referência internacional, Frederico Rosa disse ser este um primeiro passo para que este evento, que se pretende que seja para famílias, seja “uma referência a nível nacional”.

 

“Este Festival já está na nossa ideia há muito tempo”, referiu a Vereadora da Cultura da CMB. É, também, disse Sara Ferreira, uma homenagem aos 20 anos da Escola de Jazz do Barreiro (EJB), que se cumprem em 2019, “escola que muito nos tem dado” e cuja importância considerou “inquestionável”. Este Festival, que decorre no Parque da Cidade, um “espaço de fruição pública”, é a 1ª edição – um “ano zero que seja o primeiro de muitos”.

 

Manifestando-se satisfeito com a realização do evento na “sua” cidade, Jorge Moniz, que dispensa apresentações, sublinhou o facto de ter uma “programação relativamente eclética” visando a “criação de público”.

 

O Diretor Musical da Big Band (BB) da EJB lembrou os também 20 anos da banda. A temática do concerto da BB em Jazz no Parque terá a particularidade e atração de ser a “história do jazz no Barreiro”. Terá, segundo José Monteiro, cinco convidados especiais, “músicos que se relacionam com a Escola, de forma muito íntima”: Beatriz Nunes (voz), Rita Maria (voz), Luís Cunha (trompete), Francisco Andrade (saxofone tenor) e Iuri Gaspar (piano). Vai ter um repertório, “ diria, cem por cento barreirense”.

 

A Apresentação Pública terminou com um Apontamento Musical protagonizado pela dupla Luís Cartaxo (guitarra) e José Monteiro (contrabaixo).

 

Jazz no Parque é uma organização CMB/EJB, com apoio à divulgação da Antena 2.

Programa completo em: https://www.cm-barreiro.pt/pages/694?event_id=1973.

 

BEJA ROMANA | de 23 a 25 de maio Beja revive o período romano

image002.jpg

 

De 23 a 25 de maio, Beja revive o período romano. O VI Festival Beja Romana, este ano sob o tema da partilha de culturas, surge como  um encontro do património local, de um período específico da nossa história, com a atualidade. Este ano são apresentados aos  visitantes diversos itinerários por exposições,  conferências, visitas pedagógicas, oficinas didáticas, oficinas de cozinha, música, animação, cortejos, mercado, acepipes, museu ao vivo e outras experiências. As propostas para estes dias resultam de uma maior aposta nas atividades educativas e no envolvimento das escolas do concelho. 

 

Poderá consultar o programa da Beja Romana em: https://www.bejaromana.pt/programa

 

 

CONFERÊNCIAS

Poderá ficar a conhecer mais sobre os hábitos e a cultura do período romano nas várias conferências que acontecem por estes dias na Beja Romana

A água que a terra abraça – a exploração dos recursos naturais na época romana’, com Filomena Barata do Museu Nacional de Arqueologia,

Villa Romana de Pisões: Ontem , Hoje e Amanhã’ com André Carneiro (arqueólogo) e Bento Caldeira (Físico) da Universidade de Évora;

‘Especiarias e Ervas Aromáticas na Roma Antiga’ com Prof. Dr. Luis Carvalho e Dra. Paula Nozes do Museu Botânico – IPBeja;

 

EXPOSIÇÕES

Testemunhos da presença romana no território podem ser observados nas várias exposições que decorrem durante a Beja Romana ‘Construindo Espalharei por toda a parte… O Engenho Romano’, Adornos De Cerâmica, Arquitetura Romana e Vestígios que os Romanos nos deixaram em Beja, Exposição de Tecnologia e Inovação Romanas, Sentir Pax Julia - Exposição de Artes, Exposição de Maquetas, Mosaicos e Frescos Romanos,  O Arco Romano – reconstituição da proposta de Leonel Borrela

 

ÁREA EDUCATIVA

DOMUS DEORUM – a Casa dos Deuses será o espaço da mitologia onde as lendas da Roma Antiga ganham sons, formas e cores – no núcleo do MRB da Rua dos Infantes;

 

DOMUS

Recriação do espaço da casa romana com destaque para o Triclinium, o Peristillo, o Caldarium, a Taberna, os Ofícios, o Ludus Litterarum - escola romana, onde será abordado o Trivium com palestras e exercícios de escrita romana sobre o Tabulae Ceratae para experimentar a escrita do latim, Ludus – Jogos de mesa e outros jogos romanos

 

 

OFICINAS DE COZINHA

A Chefe Saudade Campião demonstra-nos uma receita inspirada nos registos da cozinha antiga acompanhada pelas sábias palavras de quem estudou a botânica desse período, o Professor Luis Carvalho e a Dra. Paula Nozes. ‘Ervilhas à Moda de Vitélio’ é a proposta que apresentamos para o dia 25 de maio.  Uma receita que terá sido dedicada a Aulo Vitélio, imperador nos últimos meses de 69 d.C. que se distinguiu mais pelas recreações gastronómicas do que pelas medidas tomadas na gestão do Império.

 

PROVAS DE VINHO DA TALHA

O Vinho de Talha, cujo processo de vinificação foi desenvolvido pelos romanos e que se mantém até aos dias de hoje, poderá ser provado na DOMUS.

 

ESPAÇO INFANTIL mais de 30 jogos romanos disponíveis para os miúdos poderem brincar à moda dos romanos, a Quintinha dos Animais e os Cavalos também farão as delícias dos mais pequenos.

 

PANIS E VINIS IN PAX JULIA

A Associação  Grupo Juvenil Coral e Etnográfico Rouxinóis do Alentejo apresenta “Panis et vini in  Pax Iulia”, Uma breve viagem no tempo onde, através da música e da representação, se conta a história do pão e do vinho

com o recurso a réplicas de utensílios utilizados pelos romanos.

 

BEJA MONUMENTAL - POSTO DE REALIDADE VIRTUAL – uma viagem no tempo que permite compreender a evolução da presença de diferentes povos que habitaram este território ao longo dos tempos

 

TABERNA ROMANA – ENCONTRO DE VIAJANTES – Narrativa audiovisual e multimédia pelo curso TESP de Som e Imagem do IPBeja

 

MUSEUS À NOITE – os museus de Beja abrem à noite durante a Beja Romana

 

PEDDY PAPER ‘À DESCOBERTA DE PAX JULIA’ em forma de brincadeira propomos uma descoberta dos vestígios romanos da cidade de Pax Julia

 

FORMAÇÃO – SEMANA DA PAX - A Beja Romana está nas escolas, o enquadramento histórico, os testemunhos da presença romana no território, as danças e os combates são alguns dos temas abordados nestas sessões dirigidas à comunidade educativa  e ao movimento associativo

 

CONCURSOS DE FOTOGRAFIA DIGITAL  participe e ganhe prémios!

MERCADO – Os mercados faziam parte do quotidiano dos romanos. Na Beja Romana artesãos e mercadores vendem produtos, nalguns casos confecionados no próprio local, tecelagem, couro, olaria, marcenaria, acepipes e outros produtos.

E para facilitar a chegada à Praça da República, o epicentro deste evento, temos o ESTACIONAMENTO GRATUITO no Parque de  Estacionamento subterrâneo da Av. Miguel Fernandes

 

Para mais informações consultar o programa em www.bejaromana.pt