Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Festival ExpressArte da APPACDM - Festa da arte e da inclusão passa por Palmela

Festival ExpressArte da APPACDM

Festa da arte e da inclusão passa por Palmela

           

Cartaz - Festival ExpressArte.jpg

 

O concelho de Palmela recebe, nos dias 16, 17, 20 e 21 de novembro, um conjunto de espetáculos inseridos no programa do Festival ExpressArte – XIX Encontro de Expressões Artísticas, que está a decorrer até 9 de dezembro, em Setúbal, Palmela, Moita e Montijo. O Festival é organizado pelo CAJ - Clube Animação Jovem da APPACDM de Setúbal – Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental e o Município de Palmela é, uma vez mais, parceiro da iniciativa, reconhecendo o seu elevado interesse cultural e social.

            Em Palmela, vão realizar-se três apresentações de grupos da APPACDM e associações congéneres à comunidade escolar e IPSS do concelho, com momentos de dança, teatro e música, e o programa integra também o 4.º Encontro de Folclore Solidário entre Associações. Os espetáculos são abertos à população em geral e a entrada é gratuita.

O Festival ExpressArte junta, anualmente, em palco, grupos de teatro, dança e música de várias associações congéneres, mas também de outros grupos profissionais e/ou amadores da região, que utilizam as artes como fins terapêuticos, de diversão e de inclusão social, privilegiando também a troca de experiências. Este evento pretende levar cada vez mais longe o trabalho das associações que apoiam as pessoas portadoras de deficiência. No concelho de Palmela, este evento constitui já uma iniciativa anual, proposta, este ano, pela décima quarta vez consecutiva.

Mais informações: caj.appacdm@gmail.com ou 910 784 385.

 

Programa de Palmela

 

16 de novembro | 10h30-12h00 | Cineteatro S. João, Palmela

Apresentações de grupos da APPACDM e associações congéneres à comunidade escolar e IPSS do concelho de Palmela

 

17 de novembro | 15h00 | Grupo Desportivo da Lagoa da Palha

4.º Encontro de Folclore Solidário entre Associações

 

20 de novembro | 10h30-12h00 | Biblioteca Municipal de Pinhal Novo

Apresentações de grupos da APPACDM e associações congéneres à comunidade escolar e IPSS do concelho de Palmela

 

21 de novembro | 10h30-12h00 e 14h30-15h30 | Centro Cultural de Poceirão

Apresentações de grupos da APPACDM e associações congéneres à comunidade escolar e IPSS do concelho de Palmela

 

BONS SONS 2019 de 8 a 11 de agosto

c9e4aafd-31b7-4653-a93b-a8e5f5f5fe4b.jpg

 

"Dez edições, treze anos"

São estes os números do BONS SONS 2019, que acontece de 8 a 11 de agosto, na aldeia de Cem Soldos, concelho de Tomar.

 

 

Se por um lado, o número 10 é visto como o número da perfeição, da totalidade, da completude, que para Pitágoras representava o sagrado e a criação do universo, o número 13 é visto como o número do azar, de negatividade, mas também da mudança, o que nem sempre implica algo mau ou negativo. É nesta dualidade entre mudanças, superstições, plenitude, partilha, otimismo e sentimentos de amor e partilha que serão vividos os melhores quatro dias do verão do próximo ano.

Faltam nove meses para serem vividas verdadeiras emoções e são lançadas agora as primeiras novidades.

Uma das mudanças está relacionada com a lotação do festival e com o bem-estar de todos aqueles que o visitam. O BONS SONS 2018 foi a edição de todos os records. Isto é motivo de grande satisfação e a organização não pode estar mais contente e mais grata por Cem Soldos ter sido o destino de 38.500 visitantes durante o festival, em que um dos dias chegou mesmo a esgotar (sábado, 11 de agosto). No entanto, e porque um dos objetivos é proporcionar ao público do festival a melhor experiência possível, em 2019, a lotação do BONS SONS será de 35.000 pessoas, uma diferença que é uma garantia para que a aldeia seja vivida de uma forma perfeita, seja durante os concertos, durante os passeios, as pausas ou na utilização de serviços e atividades do festival.

A segunda novidade é que os bilhetes já estão à venda para que possam garantir a presença nesta 13ª edição. E porque também há menos bilhetes, há que garantir mais cedo o lugar. É melhor não acreditar na sorte e aproveitar para comprar por um valor mais baixo. E é sempre importante ter em conta que os bilhetes de cada fase têm um número de unidades limitado e podem esgotar antes de terminar cada uma das fases. Esgotado o número de bilhetes da fase em curso, passam a vigorar os valores da fase seguinte.

 

 

FASES E PREÇOS

PASSE 4 DIAS
30€   ATÉ 31 DEZEMBRO
35€   JANEIRO — MARÇO
45€   ABRIL — JULHO
50€   AGOSTO (também disponível nas bilheteiras do recinto)

BILHETE DIÁRIO
22€   ABRIL — JULHO
25€   AGOSTO (também disponível nas bilheteiras do recinto)

Bilhetes à venda nos locais habituais.

 

 

Festival “Um só Mundo pela Tolerância” no concelho da Moita

festival (1).jpg

 

 

 

No âmbito do PMIM – Plano Municipal para a Integração dos Migrantes, vários locais do concelho da Moita vão acolher, de 14 a 17 de novembro, o Festival “Um só Mundo pela Tolerância”.

A Moita assume-se como um concelho no qual os movimentos migratórios contribuem para a criação de um tecido populacional de diversidade, em que diferentes culturas, costumes e tradições têm vindo a contribuir para moldar a história e configuração deste território.

O Plano Municipal para a Integração de Migrantes “Um Só Mundo” (cofinanciado pelo FAMI) baseia-se na convicção de que todos, independentemente da sua origem, podem contribuir para a construção de um lugar de partilha, convívio e respeito, perspetivando o fenómeno migratório como um valor para o concelho da Moita. E é por este motivo que a Tolerância se assume como o mote deste Festival, destacando o dia 16 de novembro (Dia Internacional da Tolerância) como a data para celebrar o diálogo, a cooperação e o respeito entre todos como o caminho para quebrar barreiras.

Promover uma reflexão alargada que incentiva a “olhar para dentro” e compreender o modo como acolhemos e integramos quem vem de fora; dar voz às diferentes experiências e permitir a compreensão dos diferentes pontos de vista; combater a discriminação e promover o diálogo, respeito e cooperação são objetivos deste Festival, promovido pela Câmara Municipal da Moita, em parceria com Associação Cultural dos Imigrantes Moldavos - MIORITA, Associação de Solidariedade Cabo-Verdiana dos Amigos da Margem Sul do Tejo – ACVA, Centro Social O Bom Samaritano, CLDS 3G Moita “Moita Intervir para Incluir”, Fundação Santa Rafaela Maria e Protocolo RSI – RUMO.

O programa do Festival é dirigido, consoante as iniciativas, a técnicos de diferentes áreas, à comunidade migrante, à comunidade escolar, às associações juvenis e à população em geral.

 

Programa - Festival “Um só Mundo pela Tolerância”

 

14 novembro | Café Concerto, Fórum Cultural José Manuel Figueiredo, Baixa da Banheira

14:00h - Receção

14:15h – Abertura do Festival “Um só Mundo pela Tolerância”

Presidente da Câmara Municipal da Moita – Rui Garcia

Alto-comissário para as Migrações – Pedro Calado

14:30h - Apresentação “Olhares sobre a Diversidade”

Projeto Escolhas VA 2835-E6G - CRIVA

Projeto Capaz - Fundação Santa Rafaela Maria

14:45h – Ação de Sensibilização “Discriminação Racial - A Realidade em Portugal”

Comissão para a Igualdade e Contra a Discriminação Racial (CICDR)

16:15h – Momento Cultural “Encontro Improvável”

CLDS 3G Moita “Moita Intervir para Incluir”

16:45h – Apontamento Gastronómico

Associação Intercultural da Fonte da Prata

Inscrições pmim@mail.cm-moita.pt | 210 891 000

 

15 novembro | Intervenções em escolas do concelho

 

16 novembro | Auditório – Biblioteca Municipal Bento de Jesus Caraça, Moita

21:00h - Peça de Teatro “Aquilo que Somos”

Grupo de Teatro Ntopé

Inscrições e Transportes pmim@mail.cm-moita.pt | 210 891 000

 

17 novembro | Centro de Experimentação Artística, Vale da Amoreira

Mu(n)danças

Atuações musicais | oficinas de dança | mostra de artesanato | gastronomia Daqui e Dali | jogos com tradição

Programa

14:00h - Abertura de portas

14:15h - Boas vindas

14:30h - Atuação da Turma de Danças e Cantares Tradicionais Portugueses da UNISEM – Universidade Sénior da Moita

14:50h - Atuação Toca a Rufar

15:10h - Peça de Teatro “Watoo”

15:30h - Atuação MIORITA – Associação Cultural dos Imigrantes Moldavos

15:50h - Atuação Batucadeiras, Kola San Jon e Funaná

16:10h - Atuação Bateria de Samba e Passistas da S.F.R.U.A. “A Velhinha”

16:45h - Oficina de Dança 1 - Danças africanas “Os Pacificadores” e Oficina de Dança 2 - Batuque

17:15h - Oficina de Dança 1 - Funaná e Oficina de Dança 2 - Kola San Jon

18:00h - Encerramento

 

Mosaico cultural – intervenção artística

 

Jya – o Festival da Índia regressa ao Museu do Oriente

Espectáculo de danças clássicas indianas a 10 de Novembro

 

Jya.jpg

 

 

 

Jya – o Festival da Índia regressa ao Museu do Oriente, na sua segunda edição, para mostrar as artes performativas indianas, com enfoque na dança clássica, num espectáculo que se realiza a 10 de Novembro, às 21h00.

 

A performance conta com a participação das artistas residentes em Portugal, Chantelle Gomez (dança Odissi) e Catarina Guerra ((Bharatanatyam), e um leque de artistas convidados como Ranjitha Chowalloor, para uma interpretação de Mohini Attam, dança clássica do Kerala (Sul Oeste da Índia); Manasa Mohan com uma demonstração de Kuchipudi, dança clássica de Andhra Pradesh (Sul Este da Índia); e Quincy Kendell Charles, com a dança clássica do Rajastão (Norte da Índia), Kathak Jaipur Gharana.

 

O evento tem o apoio da Embaixada da Índia e da India-Portugal Friendship Association.

 

Jya – Festival da Índia

10 de Novembro

21.00

Preço: 12,5 €

M/ 6 anos

Duração: 90’ sem intervalo

 

 

www.museudooriente.pt

 

Está fechada a programação para o Porto/Post/Doc 2018

7f4fc112-ead3-45c0-9637-3f5901036a9d.jpg

dc96f28e-fdf1-46f0-8fb3-1c6c24cff067.jpg

 

São quatorze os filmes em estreia nacional que integram a Competição Internacional do Porto/Post/Doc, a decorrer entre 24 de Novembro a 2 de Dezembro na Invicta. A selecção oficial do festival inclui filmes de realizadores já conhecidos como Sergei Loznitsa, com Donbass, um retrato de tempos sombrios naquela região entre a Rússia e a Ucrânia, mas também muitos regressos. Depois de Under The Sun, Vitaly Mansky chega ao Porto/Post/Doc com Putin's Witnesses, um documentário sobre o líder russo filmado a partir de dentro; os ventos asiáticos trazem-nos de volta Nicole Vogele com Closing Time; os ventos de África trazem Hamada, do galego Eloy Dominguez Serén, e os ventos transatlânticos trazem Obscuro Barroco, da também repetente Evangelia Kranioti. Sobre Tudo Sobre Nada, de Dídio Pestana, e Hálito Azul, de Rodrigo Areias, são os representantes em português na competição internacional. A selecção integra ainda A Family Tour, de Ying Liang, Becoming Animal, de Emma Davie e Peter Mettler, Bisbee '17, de Robert Greene,Central Airport, de Karim Aïnouz, Fausto, de Andrea Bussmann, Kamagasaki Cauldron War, de Leo Sato, e Tremor, de Annik Leroy.

O festival dedica ainda uma secção não-competitiva ao cinema falado em português que inclui Terra Franca, de Leonor Teles, Extinction, de Salomé Lamas, Sombra Luminosa, de Mariana Caló e Francisco Queimadela, Deux, Trois Fois Branco, de Boris Nicot, e ainda On Remote Places, de Rui Manuel Vieira, e O Laboratório, do mesmo realizador em parceria com Fernando José Pereira. Na mesma secção, destaque para as estreias de Judenrein Levantados do Chão, Daniel Blaufuks, Portugal Tem Lata, de Rui Pregal da Cunha, e ainda Geni, de Luís Vieira Campos. Ainda no plano da cinematografia nacional, o Porto/Post/Doc 2018 integrará uma competição de Cinema Novo, com primeiras obras de jovens realizadores, e dois showcases de trabalhos de alunos do ESMAD e Soares dos Reis. 

A cerimónia de abertura está marcada para 24 de Novembro com a exibição única de Kaiser: The Greatest Footballer Never to Play Football, de Louis Myles, no Cinema Trindade. Uma história inacreditável de um jogador de futebol de topo que nunca chutou uma bola. A cerimónia de entrega de prémios fica entregue a Prince com Sign O' The Times e a de encerramento a Matangi/MAYA/M.I.A., de Steve Loveridge. Dentro das sessões especiais, destaque ainda para Sarapanta, documentário sobre auroras boreais rodado no Alasca e realizado pelo português Cristiano Saturno, que será exibido no Planetário do Porto e às exibições únicas de Graves Without a Name, de Rithy Pan, Welcome to Sodom, de Christian Krönes, Florian Weigensamer, A Volta ao Mundo Quando Tinhas 30 Anos, de Aya Koretzky, e Riddles of Sphinx, de Laura Mulvey e Peter Wollen.

No total são cerca de 130 filmes que vão ocupar o Teatro Municipal do Porto - Rivoli, o Cinema Passos Manuel, o Cinema Trindade e o Planetário do Porto - Centro Ciência Viva. A programação do Porto/Post/Doc integrará ainda três focos centrados na obra da dupla Reis/CordeiroMatías Piñeiro Chris Petit, um ciclo especial realizado em parceria com o DokuFest que olha a produção cinematográfica recente do Kosovo, um painel de conversas que, ao longo de três dias, explorará o tema Ficções do Real (Fórum do Real), sessões de cinema para famílias, concertos e festas especiais que prometem levar o cinema também à pista de dança. 

A edição de 2018 do Porto/Post/Doc conta com o apoio da Câmara Municipal do Porto, do ICA - Instituto do Cinema e Audiovisual – Ministério da Cultura, da CVRVV - Vinho Verde, da Fundação Calouste Gulbenkian, da Acción Cultural Española - AC/E, da Cinemateca Portuguesa - Museu do Cinema e da ArtWorks.

Festival do Moscatel em Palmela - Terra Mãe de Vinhos

Cartaz - Festival do Moscatel.jpg

 

Com organização conjunta da Câmara Municipal de Palmela e da Associação da Rota de Vinhos da Península de Setúbal, decorre, nos dias 10 e 11 de novembro, na Vila de Palmela, mais uma edição do Festival do Moscatel.

O evento, de entrada livre, conta com um Mercado, no dia 10, das 15h00 às 23h00, e no dia 11, das 15h00 às 20h00, no qual o visitante encontrará uma Mostra permanente de vinhos Moscatel e poderá provar e comprar Moscatel de Setúbal, Moscatel Roxo e brancos e espumantes produzidos com esta casta.

Esta é também uma oportunidade única para contactar diretamente com os produtores. Vão estar presentes a Adega Camolas, a Adega de Palmela, a Casa Agrícola Assis Lobo, a Casa Agrícola Horácio Simões, a Casa Ermelinda Freitas, a Cooperativa Agrícola de Santo Isidro de Pegões, a Damasceno, a Malo Wines, a Quinta do Monte Alegre, a Sivipa, a Venâncio da Costa Lima e a Adega Xaxier Santana.

O Festival terá a presença de fabricantes de produtos regionais confecionados com Moscatel e várias atividades paralelas, como provas de vinhos comentadas, harmonizações vínicas, workshops, showcooking, animações musicais e um debate, no dia 11, organizado com a Associação Portuguesa de Enologia, sobre “O Papel do Enólogo na Atualidade”. O copo de prova oficial do Festival tem o valor de 1,50 euros (oferta de uma prova de Moscatel de Setúbal), sendo necessária a sua aquisição para participar em algumas atividades.

Estas atividades decorrem entre o Cineteatro S. João, a Casa Mãe da Rota de Vinhos e a Biblioteca Municipal.

O Festival do Moscatel em Palmela é um evento bienal na área do Enoturismo, que objetiva contribuir para a valorização da produção de Moscatel de Setúbal e da sua aplicação a produtos inovadores de gastronomia e doçaria, divulgando o conhecimento e a apreciação desta casta de caraterísticas únicas. Para mais informações, consulte o programa detalhado em turismo.cm-palmela.pt.

 

Programa

 

10 de novembro

 

15h00 às 23h00 | Cineteatro S. João

Mercado do Moscatel

Mostra, prova e venda de Moscatel de Setúbal e Moscatel Roxo, brancos e espumantes produzidos com a casta Moscatel de Setúbal. Cocktails de Moscatel, doçaria regional, compotas, queijos, chocolate, sushi, ostras, castanhas e pão com chouriço. Provas comentadas e harmonizações vínicas. Atividades Especial KIDS e pista de karts no Largo de S. João (condicionado às condições meteorológicas). Concertos e animação musical.

 

15h00 | Cineteatro S. João

Doçaria com Moscatel: Workshop

Workshop de confeção de “Binários de Laranja com Moscatel”, pela mão da Doce da Bina, com degustação de bolinhos a sair do forno. Harmonização com Moscatel de Setúbal Adega de Palmela.

Duração: 45 min.

Entrada livre (necessária aquisição prévia do copo de prova oficial do Festival)

 

15h30 | Casa Mãe da Rota de Vinhos

Masterclass Real Gin Moscatel

Apresentação do Real Gin Moscatel, produzido a partir da casta Moscatel, o primeiro Gin da Península de Setúbal com Real Gin.

Duração: 45 min.

Entrada livre (lotação limitada)*

 

16h00 | Sala de Espetáculos do Cineteatro S. João

Especial KIDS - 1, 2, 3… Fantasia

Concerto didáctico, onde o saxofone é o ponto de encontro entre a música e a animação, com exploração dos sentidos.

Duração: 60 min.

Valor por criança: 4€ (aconselhado para crianças dos 3 aos 10 anos)

Lotação limitada*

Org.: Saxofone4All

 

16h00 | Sala dos Periódicos da Biblioteca Municipal de Palmela

“110 Anos de Moscatel de Setúbal”

O Moscatel de Setúbal e as suas edições comemorativas em prova: as últimas garrafas da Edição Especial Centenário. A génese, a história e a evolução da produção do Moscatel de Setúbal, conduzido por Luís Mendes, confrade da Confraria do Moscatel de Setúbal. Harmonização de Moscatel de Setúbal com Fogaças de Palmela, um ex-líbris da doçaria de Palmela.

Duração: 60 min.

Entrada livre (lotação limitada)*

 

16h30 | Cineteatro S. João

Moscatel Fusion: Queijo de Azeitão

Uniões perfeitas entre Queijo de Azeitão e Moscatel de Setúbal: Denominações de Origem, técnicas de análise sensorial e degustação, com Arcolsa - Associação Regional dos Criadores de Ovinos da Serra da Arrábida. Harmonização vínica com Malo Wines.

Duração: 60 min.

Entrada Livre (necessária aquisição prévia do copo de prova oficial do Festival)

 

17h00 | Casa Mãe da Rota de Vinhos

Concurso de Doçaria de Palmela

Concurso integrado no programa gastronómico Palmela – Experiências com Sabor, que apresenta um painel de prova seleccionado, que atribui menções honrosas à doçaria confecionada com Moscatel de Setúbal.

Org.: Câmara Municipal de Palmela

 

17h30 | Bar do Cineteatro S. João

Doçaria com Moscatel em Prova

Prova de Pastel de Moscatel Puro Rock, harmonizado com Moscatel de Setúbal.

Duração: 30 min.

Entrada Livre (necessária aquisição prévia do copo de prova oficial do Festival)

Org.: Confeitaria S. Julião e Puro Rock

Apoio: Casa Agrícola Assis Lobo e Casa Agrícola Horácio Simões

 

17h30 | Sala dos Periódicos da Biblioteca Municipal de Palmela

Conversa com o Enólogo na Hora: “Mesma Casta, Diferentes Estilos”

Os Moscatéis Roxos de Setúbal Quinta do Monte Alegre e Xavier Santana, pela mão do seu enólogo.

Duração: 60 min.

Valor por pessoa: 5€ (oferta de voucher de desconto na aquisição de vinhos nos produtores presentes no Festival do Moscatel, válido apenas no dia da prova)

Lotação limitada*

 

17h30 | Cineteatro S. João

Sons do Moscatel

Animação musical

 

18h00 | Cineteatro S. João

Sessão Evocativa da Eleição de Palmela, Cidade Europeia do Vinho 2012

Brinde comemorativo com Moscatel de Setúbal

Necessária aquisição prévia do copo de prova oficial do Festival

Org.: Câmara Municipal de Palmela

 

18h30 | Bar do Cineteatro S. João

Ostras no Bar

Masterclass com degustação de ostras, abertas ao momento, pela Ostradomus. Harmonização vínica com Adega Camolas.

Duração: 60 min.

Venda de ostras ao natural (valor por ostra: 1€)

Necessária aquisição prévia do copo de prova oficial do Festival

Lotação limitada*

 

19h00 | Cineteatro S. João

Sons do Moscatel

A Magia do Moscatel

 

20h00 | Auditório da Biblioteca Municipal de Palmela

Jantar do Moscatel

Jantar do Festival do Moscatel de Setúbal, com um menu confecionado com este vinho generoso, acompanhado com esta mesma casta, numa prova orientada por Manuel Malfeito Ferreira (Professor no Instituto Superior de Agronomia da Universidade de Lisboa).

Duração: 150 min.

Valor por pessoa: 47,50€ (condições especiais para empresas)

Lotação limitada (reserva prévia em info@nature-affairs.com | 917 158 168)

Org.: Nature Affairs e Grupo SKEP

 

20h30 | Bar do Cineteatro S. João

Sushi Factory

Workshop conduzido pelo Chef Miguel Bértolo

Duração: 45 min.

Valor por 5 peças: 7€ 

Lotação limitada*

 

21h30 | Bar do Cineteatro S. João

Sushi Hour

Venda de sushi

Valor por 5 peças: 7€ (limitado ao stock existente)

 

21h30 | Cineteatro S. João

Sons do Moscatel

Animação musical, com degustação de vinho branco produzido com casta Moscatel Casa Agrícola Assis Lobo.

Necessária aquisição prévia do copo de prova oficial do Festival

 

11 de novembro (Dia Nacional do Enólogo)

 

15h00 às 20h00 | Cineteatro S. João

Mercado do Moscatel

Oportunidade única para contactar diretamente com os produtores e conhecer grandes Moscatéis.

 

15h00 | Torre do Cineteatro S. João

Conversa com o Enólogo na Hora: “Blind Taste Moscatel VS Roxo”

As diferenças e divergências do Moscatel de Setúbal e Moscatel Roxo de Setúbal, numa prova cega conduzida pela Venâncio da Costa Lima.

Duração: 60 min.

Valor por pessoa: 5€ (oferta de voucher de desconto na aquisição de vinhos nos produtores presentes no Festival do Moscatel, válido apenas no dia da prova)

Lotação limitada*

 

15h30 | Cineteatro S. João

Doçaria com Moscatel: Workshop

A arte de confecionar compota com fruta da época, numa receita harmonizada com Moscatel de Setúbal, pela Nobre Terra. Harmonização com Moscatel de Setúbal Cooperativa Agrícola Santo Isidro de Pegões.

Duração: 45 min.

Entrada livre (necessária aquisição prévia do copo de prova oficial do Festival)

 

16h00 | Cineteatro S. João

Especial KIDS - Laboratório “Pequenos Einsteins E=mc2”

“Moscatel com Sentido yeah!” é uma animação científica com base no ensino experimental, em torno de conceitos básicos associados à vinha e à uva.

Duração: 60 min.

Valor por criança: 6€ (oferta de marcador com temática desenvolvida e de uma experiência)

Aconselhado para crianças dos 4 aos 12 anos

Lotação limitada*

Org.: yeah!

 

16h00 | Auditório da Biblioteca Municipal de Palmela

Moscatel de Setúbal “O Despertar dos Sentidos”

Despertar os novos e variados momentos de consumo do Moscatel de Setúbal, pela plenitude dos sentidos, com provas de Moscatéis harmonizadas, por Manuel Moreira (Sommelier, Consultor, Formador e Wine Education).

Duração: 60 min.

Valor por pessoa: 10€

Lotação limitada*

 

17h00 | Cineteatro S. João

Sons do Moscatel

Concerto com prova comentada pela Casa Ermelinda Freitas.

Necessária aquisição prévia do copo de prova oficial do Festival

 

17h30 | Torre do Cineteatro S. João

Moscatel Fusion: Chocolate

Os Moscatéis de Setúbal harmonizados com diferentes chocolates, numa prova orientada pela Confeitaria S. Julião. Harmonização vínica com Sivipa.

Duração: 60 min.

Entrada livre (lotação limitada)*

 

18h00 | Auditório da Biblioteca Municipal de Palmela

Debate “O Papel do Enólogo na Atualidade”

Por António Ventura (Presidente da Associação Portuguesa de Enologia) eBento de Carvalho (Fundador)

Duração: 60 min.

Entrada livre

Org.: Associação Portuguesa de Enologia

 

18h30 | Cineteatro S. João

Sons do Moscatel

Animação musical, com degustação de vinho branco produzido com casta Moscatel Damasceno Wines.

Necessária aquisição prévia do copo de prova oficial do Festival

 

19h00 | Casa Mãe da Rota de Vinhos

Show Cooking “Inversão de Papéis”

O chef e o enólogo juntos, com criações gastronómicas em torno do Moscatel de Setúbal. O chef Tiago Martins e a Casa Agrícola Horário Simões, num jogo de inversão de papéis...

Duração: 90 min.

Entrada livre

Valor por pessoa para degustação: 5€ (necessária aquisição prévia do copo de prova oficial do Festival)

Lotação limitada*

 

Atividades Paralelas

 

9 a 11 e 16 a 18 de novembro

Fins de Semana Gastronómicos do Moscatel de Setúbal

Menus confecionados com Moscatel de Setúbal, nos restaurantes aderentes do Concelho de Palmela.

Propostas gastronómicas em http://turismo.cm-palmela.pt

 

Dia Europeu do Enoturismo

 

10 de novembro

10h30 e 15h00 | Dia de S. Martinho na Filipe Palhoça Vinhos, Poceirão

15h00 | Adega de Portas Abertas na Casa Ermelinda Freitas, Fernando Pó

15h00 | São Martinho na Adega Venâncio da Costa Lima, Quinta do Anjo

19h00 | São Martinho na ASL Tomé, Pinhal Novo

11 de novembro

10h00 | Visita exclusiva Dia Europeu do Enoturismo Fernão Pó Adega, Fernando Pó

11h00 e 15h30 | Dia do Moscatel de Setúbal na Quinta do Piloto, Palmela

13h00 às 19h00 | Set de prova de Moscatéis na Casa Mãe da Rota de Vinhos, Palmela

15h00 | Visita à adega Dia Europeu do Enoturismo José Maria da Fonseca, Vila Nogueira de Azeitão

16h00 | São Martinho na Fernão Pó Adega, Fernando Pó

 

Lotação limitada*

Programa detalhado em www.rotavinhospsetubal.com

 

Exposições

“Palmela é Música”, Largo de S. João, Palmela

“Finalmente, a Luz”, 80 Anos de Iluminação Pública Elétrica, Biblioteca Municipal de Palmela

 

*Atividades sujeitas a reserva prévia

Informações e reservas:

Casa Mãe da Rota de Vinhos

info@rotavinhospsetubal.com | 212 334 398

Horário de gestão de reservas: segunda a sexta-feira, das 10h00 às 16h30

Comédia encenada por José Carlos Garcia encerra ORIENTE-SE – Festival de Teatro Amador | 3 novembro

ORIENTE-SE – Festival de Teatro | 6 de Outubro a 3 de Novembro | Lisboa

 

Comédia encenada por José Carlos Garcia

encerra ORIENTE-SE – Festival de Teatro Amador

 

A segunda edição do ORIENTE-SE – Festival de Teatro Amador termina no dia 3 de novembro. O último grupo a pisar o palco deste Festival é a Ajidanha, com a peça “OPUS”, encenada por José Carlos Garcia, co-fundador e co-diretor artístico da Companhia do Chapitô.

As gargalhadas e os aplausos têm sido uma constante nas apresentações desta peça, centrada na figura de um Criador que, encontrando-se aborrecido num determinado momento da Sua eternidade, dá início à criação de todo o Universo. O espectáculo da Ajidanha, de Idanha-a-Nova, estará em cena no sábado, 3 de novembro, às 21h30, no Auditório Fernando Pessa, em Lisboa, sendo esta a apresentação que encerra a segunda edição do ORIENTE-SE.

O ORIENTE-SE prolonga-se até 3 de Novembro, acolhendo cinco grupos oriundos de várias zonas do País. O anfitrião deste Festival é o Teatro Contra-Senso, grupo de teatro amador, sediado em Marvila.

O actor Marcantonio del Carlo é o Padrinho da segunda edição do ORIENTE-SE.

OPUS

 

Aborrecido, num determinado momento da Minha eternidade, comecei a criação de todo o universo. A Minha obra era uma sublime representação do espaço, com o domínio marcado dos conceitos básicos da natureza. Com um traço delicado e inteligente, explora a efemeridade da vida. Mas, como em todas as obras, há sempre um elemento imperfeito. Tudo o que sucedeu foi por minha culpa ou por vossa néscia culpa? Esta peça fala Dele, das suas dúvidas e angústias, na companhia de quem fez Dele, quem Ele é. “OPUS” (em latim, “obra”) é um espectáculo caracterizado pelo humor que promete surpreender.

 

60 min. | M/12

 

Historial da Ajidanha – Associação de Juventude de Idanha-a-Nova

 

A Ajidanha - Associação de Juventude de Idanha-a-Nova, fundada em 1998, dinamiza diversas actividades culturais e workshops, no âmbito do teatro, da dança e  das artes plásticas. A associação possibilita a participação alargada da população nas manifestações culturais e promove uma abertura entre várias gerações, cujos benefícios são muitos, para os mais e menos jovens. A face da Ajidanha tem sido o grupo de teatro, com cerca de duas dezenas de produções realizadas e apresentadas em vários festivais em Portugal, Espanha e Brasil.

  

Ficha técnica e artística

Dramaturgia:  criação a dez mãos | Encenação:  José Carlos Garcia | Assistência de encenação:  Ana Peres, Ramón de los Santos | Interpretação: Bruno Esteves, Rui Pinheiro | Desenho de luz: colectivo | Cenografia: António Nunes, Maria Helena Batista, Rui Varão | Pirotecnia: Paulo Almeida | Costureira: Fátima Antunes | Calçado: foot zero | Design gráfico: Paula Varandas | Fotografia: Ramón de los Santos | Produção executiva: Rui Pinheiro

 

ORIENTE-SE – Festival de Teatro Amador

Sábados | 6 de Outubro a 3 de Novembro

Auditório Fernando Pessa

Rua Ferreira de Castro

1900-697 Lisboa

 

Metro: Bela Vista

Autocarros: 755, 794

Coordenadas GPS: N 38.7504466 W -9.1202096

 

Bilhetes: 3€ | Grátis até aos 3 anos

Não é permitida a entrada após o início do espectáculo.

 

Reservas

E-mail: reservas@contrasenso.com

SMS: 96 245 11 19 - 91 521 80 02

 

 

Rubis Gás Up leva 20 balões de ar quente ao Algarve

primage_24705.png

 

 

O Rubis Gás UP, festival de balonismo organizado pela Windpassenger, realiza-se em Portimão, Albufeira, Faro, Lagos e Alvor entre 24 e 28 de Outubro. O evento propõe revelar uma nova perspetiva destas cidades algarvias vistas do céu e proporcionar experiências de voo inesquecíveis aos seus visitantes.

A edição de 2018 leva ao sul 20 balões de ar quente de todo o mundo, cinco deles com formato especial. Os bilhetes para os voos têm o custo individual de 189€ e deverão ser adquiridos junto da Windpassenger.

O programa prevê duas sessões do espetáculo de luz e música Night Glow com participação especial do DJ Paulino Coelho da Rádio Renascença, nos dias 26 e 27 em Faro e Lagos respetivamente. E ainda a possibilidade de subir e descer num balão estático, sem qualquer custo para quem quiser descobrir a sensação única de voar mais alto, disponível nos últimos três dias do festival.

A Rubis Gás criou, em 2017, a marca Rubis Gás Up para os eventos em que se apresenta como patrocinador principal apoiando esta modalidade de grande potencial a nível nacional e internacional. Para a empresa esta é uma presença natural enquanto distribuidores de GPL
(os balões de ar quente funcionam a gás propano), que permite consolidar a presença da marca neste segmento, reforçar a ligação emocional aos consumidores através de uma experiência única de lazer e, sendo este um evento itinerante, contribuir para o estímulo das economias locais.

Entre os restantes apoios encontram-se o Morgado Golf & Country Club, unidade  do grupo NAU Hotels & Resorts situada entre as praias de Portimão e a serra de Monchique, com dois campos de golfe e 98 frações de alojamento. A Caetano Auto Algarve, com o apoio de vários modelos da gama Toyota, marca fortemente comprometida com a inovação e sustentabilidade no setor automóvel. E a Europcar cuja participação “acompanha o apoio da marca em iniciativas ligadas ao desporto e várias outras formas de mobilidade alternativa onde se enquadra agora o balonismo, antecipando e acompanhando muitas tendências, na área da mobilidade, enquanto líderes neste setor”, segundo Nuno Barjona, Head of Marketing e New Mobility da empresa.

Como apoio à organização destacam-se a Algarve Balloons, empresa parceira da Windpassenger responsável pelos voos de balão na zona do Algarve, e ainda a AviationAudits.nl, Tap Portugal,  CM de Lagos, CM de Portimão, CM de Faro, CM de Albufeira, Junta de Freguesia de Alvor, o aeródromo de Lagos e o aeródromo de Portimão.


*****
De destacar que todos os voos e espetáculos estão sujeitos às condições meteorológicas podendo ser cancelados à última hora por alteração das condições de meteorologia. Os locais de saída dos voos serão anunciados na véspera na página de Facebook do evento”.

II FESTIVAL INTERNACIONAL DE BALONISMO DE VOLTA A CORUCHE

31 de outubro a 4 de novembro de 2018

primage_24738.png.jpg

 

O Festival Internacional de Balonismo de Coruche, que teve a sua primeira edição em 2017, volta a aterrar nesta vila ribatejana. De 31 de Outubro a 4 de Novembro o evento promete um programa repleto de novidades e entretenimento com mais de 30 balões oriundos de todo o mundo com 7 balões de forma especial, a apenas 45 minutos de distância de Lisboa.

A organização e direção técnica ficou, mais uma vez, a cargo da Windpassenger. “A primeira edição do festival superou todas as nossas expectativas. Este ano quisemos voar ainda mais alto e dar a conhecer a sensação única de sobrevoar as paisagens desta vila lindíssima a mais pessoas. Para além disso, trazemos mais atividades para toda a família, da gastronomia aos espetáculos de música, feiras do livro, de artesanato e de produtos locais”, comentou Guido Santos, da Windpassenger.

O II Festival Internacional de Balonismo de Coruche traz experiências de voos para todos. Os voos livres serão, obviamente, os mais procurados. O bilhete para estes voos de balão, que se realizam de manhã, e durante sexta, sábado e domingo, também à tarde, deverá ser adquirido através do gift card Pack Portugal, disponível no website da Windpassenger ou nas lojas FNAC Portugal. Para todos aqueles que não tenham a possibilidade de fazer um voo livre, poderão fazer um “test drive” com uma subida num balão estático. E se ficar com vontade de viver mais esta experiência, a Windpassenger sugere, como presente de Natal, um dos seus gift card FNAClojas sugere um Gift Card, áGift Card, am s se as manhesa. voar ainda mais alto e dar a conhecer a mais pessoas a sensaçà venda nas lojas FNAC, que poderá usar em qualquer altura do ano.

Em volta da Praça de Touros e um pouco por toda a vila, os menos aventureiros poderão explorar o que de melhor as terras ribatejanas têm para oferecer nas Jornadas de Gastronomia Tradicional de Coruche, na Feira de Artesanato e Produtos Regionais ou no Street Food Fest. Entre outras ações agendadas destacam-se o original espetáculo noturno Nightglow, um jogo de luz e música orquestrada entre o DJ Paulino Coelho de Rádio Renascença e os balões cheios e alinhados no solo; espetáculos artísticos e de música electrónica, uma caminhada do Balonismo e muitas atividades de entretenimento gratuitas para todas as idades.

Durante o dia de sábado, 2 de Novembro, o programa de televisão da RTP “Aqui Portugal”, volta a marcar presença no festival, através de uma transmissão direta a partir do evento com entrevistas, animação e concertos de música e ainda poderá também ter um Workshop dado por Gert Janse da AviationAudits.nl e pelo Presidente Francisco Nunes de Aero Club de Portugal no Observatório do Sobreiro e da Cortiça.

Com o apoio institucional do Município de Coruche e patrocínios da Windpassenger e da JNR - Rubis Gás Coruche, o evento conta ainda com os apoios da Rádio Renascença, Tap Portugal, Caetano-Auto Centro Litoral, Europcar, AviationAudits.nl, Allianz Coruche, Cavok, Entidade Gestora da Praça de Touros de Coruche, Aero Club de Portugal e Quinta da Arriça

*****
Todas as atividades aéreas - voos de balão de ar quente, balões de ar quente estáticos, Nightglow - só se realizam se todas as condições meteorológicas e de segurança estiverem garantidas, cabendo à direção técnica do festival a decisão de realizar as atividades ou proceder ao seu cancelamento. Consulte o programa completo na página de Facebook do evento”.

*****

2ª edição MANOBRAS encerra em Pombal com marionetas gigantes e espetáculo “Disco-Gore”

MANOBRAS2_ENCERRAMENTO_E-CARD_18_3.jpg

 

A 2ª edição do Manobras - Festival Internacional de Marionetas e Formas Animadas termina na Noite das Bruxas (de 31 de outubro para 1 de novembro) com um programa que contempla um espetáculo de rua e um espetáculo-festa de encerramento. Ambos acontecem em Pombal e são de entrada livre.

 

Às 21h30, as marionetas gigantes da companhia PIA invadem o Jardim do Cardal com o espetáculo EntreMundos, que já tinha inaugurado esta edição do Manobras, a 14 de setembro, em Tomar. 

 

EntreMundos é, em seguida, encadeado com Festopia, que se inicia às 22h30 no café-concerto do Teatro-Cine de Pombal. A companhia Radar 360º encerra, assim, esta edição com um cabaret de variedades insólito, onde não vai faltar um DJ ressuscitado e uma playlist capaz de agradar a anjos e demónios. Festopia conta com a participação da Fabrikarts - Escola de Dança e Artes Integradas de Pombal e do TAP - Teatro Amador de Pombal em várias performances interativas de cariz burlesco e circense.

 

Segundo António Franco Oliveira, codiretor artístico da Companhia Radar 360º, “a Noite das Bruxas é um pretexto para desconstruir a noção convencional do belo e para celebrar a exuberância grotesca. Queremos surpreender o público com uma atmosfera inspirada num universo insólito e absurdo e, simultaneamente, fazer uma festa Disco-Gore repleta de performances freaks!”

 

EntreMundos e Festopia marcam o fim de um mês e meio dedicado às marionetas e às formas animadas em que mais de 20 propostas (espetáculos, oficinas, instalações e filmes) se apresentaram em 11 municípios. Oito dessas propostas foram selecionadas pelos grupos de Visionários (espectadores-programadores) dos municípios de Alcanena, Alcobaça, Pombal, Sobral de Monte Agraço e Tomar.

 

O Manobras - Festival Internacional de Marionetas e Formas Animadas é uma organização da Artemrede apoiada pelo Programa Operacional Centro 2020. A terceira edição terá lugar nos meses de setembro e outubro de 2019.