Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Mostra Gastronómica Literária de Palmela "à mesa" de 17 a 19 de setembro

Cartaz.jpg

 

Pela Boca entra a Literatura. É o que sugere a 1.ª edição da Mostra Gastronómica Literária de Palmela que, de 17 a 19 de setembro, decorrerá na vila de Palmela, em sete estabelecimentos aderentes, aliando gastronomia e literatura. 

 

A 3.ª Geração, Bobo da Corte, Café Duque, Culto Café, Mestre Food: Take Away e Churrasqueira, Pizzas da Vila e Taverna da Ladeira são os estabelecimentos participantes desta iniciativa, inserida no programa de promoção gastronómica “Palmela – Experiências com Sabor!”.

 

Entre entradas, pratos principais e sobremesas, o objetivo é degustar alguns pratos que também encontramos em referências literárias, cujos livros e autores estarão identificados na Mostra.

 

De uma forma criativa e saborosa, a iniciativa “Pela boca entra a literatura – Mostra Gastronómica Literária de Palmela” trará todo um imaginário literário para cima da mesa. 

 

Para mais informações sobre os cardápios e títulos em destaque nesta 1.ª edição, as/os interessadas/os podem consultar o site do Município de Palmela (www.cm-palmela.pt).

 

 

 

21-26 JUN | Semana da Cultura e da Gastronomia do Médio Oriente e Norte de África

A JUNTA DE FREGUESIA DE ARROIOS PROMOVE SEMANA DA CULTURA E DA GASTRONOMIA DO MÉDIO ORIENTE E NORTE DE ÁFRICA

2.png

1.png

 

Entre os dias 21 e 26 de junho, e a propósito da nova secção da Biblioteca de São Lázaro, a Junta de Freguesia de Arroios vai promover uma semana onde alia a Cultura à Gastronomia do Médio Oriente e Norte de África.

 

Vários são os restaurantes que aderiram a esta iniciativa, onde os visitantes vão ter acesso a menus a preços especiais, podendo saborear a cultura gastronómica destes países, tão presentes na freguesia de Arroios.

 

Também no âmbito da iniciativa, vai realizar-se, no dia 24 de junho, um ciclo de conferências que terá como intuito dar a conhecer tanto a cultura destes países como as ligações que existem com a cultura portuguesa.

 

Assim, a Junta de Freguesia de Arroios pretende, com esta iniciativa, promover a interculturalidade já existente no seu território, potencializando as inevitáveis trocas e experiências interculturais entre a sua comunidade.

 

Grândola - 3.º "Natal à Mesa" - Edição Virtual - Dos brunhóis às rabanadas, a iniciativa regressa para mostrar a confeção dos tradicionais doces de natal

3.º “Natal à Mesa” – Edição Virtual

Dos brunhóis às rabanadas, a iniciativa regressa para mostrar a confeção dos tradicionais doces de natal

PostsPub_Prancheta 1.png

 

Arranca hoje online a iniciativa “Natal à Mesa” promovida pelo município de Grândola desde 2018 com o objetivo de promover e valorizar a partilha das tradições gastronómicas. De forma a contornar a atual situação pandémica, e não sendo possível realizar a 3.ª edição do Natal à Mesa, nos moldes habituais, o município desafiou as Associações Culturais e Recreativas do concelho a partilhar uma receita típica de Natal. A Associação 1000 Lides, a Associação “Os Amigos de Azinheira dos Barros”, a Associação de Moradores e Amigos da Aldeia do Pico e a Associação de Moradores e Amigos da Água Derramada aceitaram filmar todo o processo de confeção das mais doces iguarias de natal partilhando saberes e sabores locais.

Como forma de potenciar as vendas neste ano atípico, a terceira edição dá também a conhecer as doceiras que aceitaram o convite para integrar esta iniciativa, bem como alguns produtos do concelho utilizados nestas iguarias.

Todo o conteúdo irá ficar disponível no site do Município, Facebook e Instagram.

Votos de um Doce Natal! Compre em Grândola! Compre Local!

Mais informação: https://www.cm-grandola.pt/viver/emraiz-artes/natal-a-mesa-edicao-virtual

 

Masterclass "Sabores do Pacífico colombiano" || 10 DE DEZEMBRO

pastedImagebase640.png

 

A Embaixadora da Colômbia, Maria Elvira Pombo, convida V. Exa. a assistir à projeção da masterclass “Sabores do Pacífico colombiano”, que terá lugar no próximo dia 10 de dezembro pelas 16h00.
 
Esta aula será dirigida pelo Chef Rey Guerrero, que fará uma maravilhosa “cazuela de mariscos”, que poderá encontrar na receita em anexo, com os melhores ingredientes da costa ocidental da Colômbia. Participará também S.E. a Embaixadora da Colômbia, Maria Elvira Pombo Holguín.

Sopas tradicionais, cante e produtos da época em Vendas Novas

Mostra Sopas.jpg

 

Chega o outono, o tempo frio e começam a apetecer receitas que nos aquecem a alma. E a sopa, claro que é uma delas!

É este o mote da terceira edição da "Mostra de Sopas", que decorre já no próximo dia 16 de novembro, a partir das 17h00, no Mercado Municipal de Vendas Novas.

Dos purés às típicas sopas de entulho alentejanas, como feijão com hortaliça, caldo verde, sopa da panela, grão com espinafres ou sopa do galo, não faltarão variedades de caldos caseiros prontos a deliciar o paladar de quem as procure. Os salgadinhos, pão, licores, compotas, queijos e doces completam o restante cardápio. Até as castanhas assadas têm presença assegurada.

A animação está a cargo do grupo “Violas Campaniças da Alma Alentejana” e de “Paulo Colaço, um dos fundadores do grupo “Adiafa” que agora interpreta modas alentejanas, acompanhado pela viola campaniça.

A iniciativa tem entrada livre mas cada tigela alusiva à iniciativa tem o preço de 1,5 euros.

A organização é do Município de Vendas Novas em parceira com as Associações de Moradores da Afeiteira, Bombel, Polígono e Campos da Rainha; com o Grupo de Danças e Cantares Pioneiros de Vendas Novas e com o Rancho Folclórico de Landeira, contando com o apoio da Herdade da Ajuda e da Rubis Gás.

 

Showcooking de pescado em São Brás de Alportel

MERCADO MUNICIPAL DE SÃO BRÁS DE ALPORTEL RECEBE SHOWCOOKING DE CARAPAU

1000 maneiras de fazer carapau.JPG

 

A Docapesca e o Município de São Brás de Alportel promovem no próximo sábado, 31 de agosto, um showcooking de carapau no mercado municipal que será conduzido pelo ‘chef’ José Moura, do Tivoli Hotels &Resorts.

A participação é gratuita e constitui uma oportunidade para os participantes descobrirem diferentes formas de cozinhar uma das espécies mais abundantes e sustentáveis da costa portuguesa e com elevado valor nutricional.

Esta ação ocorre no âmbito da Campanha de Promoção do Consumo do Carapau – “Carapau é Boa Onda” – uma iniciativa do Ministério do Mar concretizada pela Docapesca, no âmbito de um plano alargado de valorização desta espécie.

Dão a cara pela campanha conhecidos desportistas de desportos náuticos: Fernando Pimenta, campeão mundial canoagem (2018); Teresa Almeida, campeã do mundo de Bodyboard (2014); Joana Pratas, velejadora olímpica; Hugo Vau, surfista de ondas gigantes, e Francisco Lufinha, recordista mundial de Kitesurf.

A Docapesca – Portos e Lotas, S.A. é uma empresa do Setor Empresarial do Estado tutelada pela Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, tendo a seu cargo, no continente, o serviço da primeira venda de pescado e o apoio ao setor da pesca e respetivos portos, dispondo de 22 lotas e 37 postos.

“Noites na fonte” em Águas de Moura: Fonte centenária é pretexto para noites de animação

NoitesFonte.jpg

 

Nos dias 19 e 20 de julho, há “Noites na fonte” na aldeia de Águas de Moura, freguesia de Marateca. Animação musical, espetáculos de teatro, marchas populares e gastronomia são algumas das sugestões desta iniciativa que promete animar estas duas noites de verão junto à fonte centenária.

 

No dia 19, às 21h30, as honras de abertura da programação estarão a cargo da Marcha Infantil dos Cenourinhas, da União Social Sol Crescente da Marateca, seguindo-se às, 22h00, “Histórias de En Calhar: os verdadeiros contos” pelo Teatro Estranhamente Louco e Absurdo (TELA) e, às 22h30, o espetáculo com Marco Alonso Group e animação de dança oriental com Tânia Lopes.

 

Já no dia 20 de julho, a Associação de Festas de São Pedro da Marateca abre a noite de animação com a Marcha de São Pedro para, às 22h00, os ValdevinosTeatro de Marionetas entrarem em cena com um teatro tradicional português Dom Roberto. Às 22h30, é a vez de Ângela Ribeiro apresentar “Deixa Falar a Fonte: a água que corre, a fonte que fala” e, às 23h00, o grupo Raiz Lusa encerra o programa com um espetáculo musical.

 

Durante os dois dias, o público poderá ainda percorrer as tasquinhas com petiscos que serão asseguradas em permanência pelo Grupo Desportivo de Águas de Moura, conviver num espaço decorado pela Cáritas Diocesana de Setúbal e também visitar os comerciantes da Baixa Comercial de Águas de Moura que, no dia 20 de julho, das 09h00 às 14h00, dão vida a mais um Mercadinho d’A Moura, este mês dedicado ao verão.

 

Com o intuito de dinamizar a oferta cultural na freguesia, as “Noites na fonte” são uma organização da Câmara Municipal de Palmela, da União das Freguesias de Poceirão e Marateca, do Teatro Estranhamente Louco e Absurdo, da Associação de Festas de São Pedro da Marateca, da União Social Sol Crescente da Marateca (Os Cenourinhas), da Cáritas Diocesana de Setúbal (Centro Comunitário de São Pedro) e do Grupo Desportivo e Recreativo de Águas de Moura.

Feira Internacional do Artesanato abre portas este sábado, dia 29 | 29 de Junho a 7 de Julho | FIL

Feira Internacional do Artesanato abre portas este sábado, dia 29

A maior feira de artesanato da Península Ibérica promove o artesanato nacional e de várias partes do Mundo

fia.png

 

 Inicia-se este sábado, dia 29, e prolonga-se até dia 7 de Julho, a 32ª edição da FIA – Feira Internacional do Artesanato, a maior feira de artesanato da Península Ibérica e a segunda maior da Europa, na FIL. Durante nove dias, a feira abre portas às 15h00 e encerra às 24h00, com três pavilhões ocupados e mais de 600 expositores.

 

O convidado especial desta edição é o Município de Caldas da Rainha, cidade com história e famosa pelo seu artesanato único no país, que foi uma escolha óbvia da organização da FIA: “enquanto centro de produção artesanal, o Concelho das Caldas da Rainha apresenta o melhor do artesanato popular, possuindo no seu património diferentes tipos de peças que são reconhecidamente do agrado dos portugueses, seja pela sua conotação humorística ou pela simbologia de reacção ao sistema”.

 

Caldas da Rainha estará assim destacada no pavilhão do artesanato português, que reúne 235 entidades, empresas e artesãos a título individual, com o objectivo de promover e divulgar o que de melhor se faz no artesanato português e servindo de montra para os artesãos portugueses mostrarem o seu trabalho. As entidades regionais do Norte, Centro, Lisboa e Vale do Tejo, Alentejo e Algarve estarão igualmente representadas, assim como a Região Autónoma da Madeira e dos Açores.

 

A FIA, enquanto feira promotora do encontro entre culturas, apresenta também artesanato de todo o Mundo. No pavilhão internacional estão reunidos cerca de 40 países da América do Sul, África, Ásia e Europa, num total de mais de 300 expositores.

 

Promover o artesanato é também possibilitar ao visitante a hipótese de comprar peças únicas a preços exclusivos, sejam echarpes, biquínis, tapeçaria, tecidos, bijuteria, marroquinaria, peças de vestuário e de artesanato, entre outras. O factor distinto e personalizado destaca-se, uma vez que na FIA é possível adquirir peças feitas ao gosto pessoal do visitante.

 

Complementariamente à oferta de artesanato, a FIA é também gastronomia. No terceiro pavilhão da FIL encontra toda uma variedade de produtos gastronómicos das diferentes regiões do país e os visitantes podem ainda almoçar e jantar em restaurantes regionais dentro da feira! Ao todo, são mais de 40 expositores que se dedicam às delícias gastronómicas, desde as alheiras de Mirandela, às cerejas do Fundão, ao presunto e queijo da Serra, aos ovos moles de Aveiro passando pelo pão de Mafra, os enchidos do Alentejo e terminando com alguma doçaria algarvia, entre outros.

 

A grande novidade é a introdução de uma área intitulada “Peixe na FIA”, que segue a linha de promoção, não só do Património Artesanal, mas também do Gastronómico Regional, cada vez mais um importante atractivo turístico-cultural e um factor impulsionador do desenvolvimento e da riqueza local e nacional.

 

 

Pavilhão da Gastronomia com entrada livre entre as 12h30 e as 14h30

 

A FIA está aberta todos os dias e 29 de Junho a 7 de Julho das 15h00 às 24h00 – o pavilhão 3, da gastronomia, está aberto a partir das 12h30, com entrada livre entre essa hora e as 14h30.

Os bilhetes podem ser adquiridos online, a 7€, com desconto em relação aos bilhetes adquiridos nas bilheteiras da FIL. Existe também desconto para jovens e seniores (apenas se comprados nas bilheteiras físicas, por ser necessário comprovativo de condição) e packs familiares de 3 e 4 pessoas (se comprados online).

 

O REGRESSO DO STREET FEST E DESTA VEZ, NA ALAMEDA

um evento para disfrutar de bons sons, boa comida e muita animação

 

6 e 7 de julho | Alameda D. Afonso Henriques | junto à Fonte Luminosa

 

image001.png

 

 

O que pode ter em comum Caracóis, Petingas fritas, Tacos, Bifanas, Tártaros, Crepes, Cocktails, Açaí e Smoothies de Abacaxi? O Street Fest da Alameda!

 

Em parceira com a Junta de Freguesia de Penha de França, o Street Fest volta a dar vida à cidade. Desta vez na Alameda D. Afonso Henriques, Junto à Fonte Luminosa, nos dias 6 e 7 de Julho. Traga a família e os amigos, uma toalha para estender no relvado e venha provar os diferentes sabores ao som de Mr Mute e Mr Bird, Ketzal, RyKardo e Nuno di Rosso.  Acompanhe com uma imperial bem geladinha e divirta-se no ambiente perfeito entre comida, música e uma pequena mostra de projetos de artesanato de jovens empreendedores.

 

Entrada gratuita | Sábado e Domingo | 6 e 7 de julho | Das 12H e as 22H

 

 

 

 

 

PROGRAMA

 

Sábado

12H às 17H – Mr. Mute & Mr. Bird

17H às 21H – Ketzal

 

 

 

Domingo

12H às 17H - Rycardo

17H Às 21H – Nuno di Rosso

 

 

 

PARTICIPAÇÕES

Menko Origami

Coisas da Vi

Wood Bug

Âmbar

Luma

Polex

 

Caipijoca’s

Nutri Lovers

Legend Hot Dog

Mexe Cocktail Bar

Cá te Espero

Smashy Abacaxi

El Taco Chigon

Fritaria

Tijuca

 

Pavilhão de gastronomia da FIA com entrada livre todos os dias do evento | 29 de Junho a 7 de Julho na FIL

fia.png

 

 

De 29 de Junho a 7 de Julho é possível almoçar na FIA sem pagar entrada, das 12h30 às 14h30

Boas notícias para os amantes da gastronomia da FIA – Feira Internacional do Artesanato! Durante os nove dias do evento, é possível almoçar com entrada gratuita no pavilhão da gastronomia da FIA (pavilhão 3), entre as 12h30 e as 14h30.

 

Com uma oferta gastronómica variada, são cerca de 45 tasquinhas típicas e gourmet com produtos de norte a sul do país, desde a alheira de Mirandela, os queijos e presuntos da Serra da Estrela até à cereja do Fundão e os enchidos do Alentejo, não esquecendo a doçaria regional, com os ovos moles de Aveiro, Dom Rodrigo do Algarve, entre muitos outros. Para além das tasquinhas, a FIA também terá dois restaurantes – o Lampião do Alentejo e o Temudus de Coimbra.

 

A grande novidade no pavilhão de gastronomia nesta 32ª edição da FIA é a introdução do Peixe na FIA com dois restaurantes a servir pratos e aperitivos, só com refeições de peixe. A Adega 33 e o 100 Peneiras, ambos do Seixal, são os responsáveis por trazer o peixe fresco à FIA.

 

A Região Autónoma da Madeira, que regressa à FIA após alguns anos de ausência, dará a provar poncha, rum e bolo do caco.

Mas a FIA tem muito mais. Esta é uma oportunidade única de, sem sair de Lisboa, degustar e provar a gastronomia e doçaria típica de todas as regiões do país, ilhas incluídas, e, para muitos, reviver os produtos gastronómicos da sua terra natal.