Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Sopas tradicionais, cante e produtos da época em Vendas Novas

Mostra Sopas.jpg

 

Chega o outono, o tempo frio e começam a apetecer receitas que nos aquecem a alma. E a sopa, claro que é uma delas!

É este o mote da terceira edição da "Mostra de Sopas", que decorre já no próximo dia 16 de novembro, a partir das 17h00, no Mercado Municipal de Vendas Novas.

Dos purés às típicas sopas de entulho alentejanas, como feijão com hortaliça, caldo verde, sopa da panela, grão com espinafres ou sopa do galo, não faltarão variedades de caldos caseiros prontos a deliciar o paladar de quem as procure. Os salgadinhos, pão, licores, compotas, queijos e doces completam o restante cardápio. Até as castanhas assadas têm presença assegurada.

A animação está a cargo do grupo “Violas Campaniças da Alma Alentejana” e de “Paulo Colaço, um dos fundadores do grupo “Adiafa” que agora interpreta modas alentejanas, acompanhado pela viola campaniça.

A iniciativa tem entrada livre mas cada tigela alusiva à iniciativa tem o preço de 1,5 euros.

A organização é do Município de Vendas Novas em parceira com as Associações de Moradores da Afeiteira, Bombel, Polígono e Campos da Rainha; com o Grupo de Danças e Cantares Pioneiros de Vendas Novas e com o Rancho Folclórico de Landeira, contando com o apoio da Herdade da Ajuda e da Rubis Gás.

 

Showcooking de pescado em São Brás de Alportel

MERCADO MUNICIPAL DE SÃO BRÁS DE ALPORTEL RECEBE SHOWCOOKING DE CARAPAU

1000 maneiras de fazer carapau.JPG

 

A Docapesca e o Município de São Brás de Alportel promovem no próximo sábado, 31 de agosto, um showcooking de carapau no mercado municipal que será conduzido pelo ‘chef’ José Moura, do Tivoli Hotels &Resorts.

A participação é gratuita e constitui uma oportunidade para os participantes descobrirem diferentes formas de cozinhar uma das espécies mais abundantes e sustentáveis da costa portuguesa e com elevado valor nutricional.

Esta ação ocorre no âmbito da Campanha de Promoção do Consumo do Carapau – “Carapau é Boa Onda” – uma iniciativa do Ministério do Mar concretizada pela Docapesca, no âmbito de um plano alargado de valorização desta espécie.

Dão a cara pela campanha conhecidos desportistas de desportos náuticos: Fernando Pimenta, campeão mundial canoagem (2018); Teresa Almeida, campeã do mundo de Bodyboard (2014); Joana Pratas, velejadora olímpica; Hugo Vau, surfista de ondas gigantes, e Francisco Lufinha, recordista mundial de Kitesurf.

A Docapesca – Portos e Lotas, S.A. é uma empresa do Setor Empresarial do Estado tutelada pela Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, tendo a seu cargo, no continente, o serviço da primeira venda de pescado e o apoio ao setor da pesca e respetivos portos, dispondo de 22 lotas e 37 postos.

“Noites na fonte” em Águas de Moura: Fonte centenária é pretexto para noites de animação

NoitesFonte.jpg

 

Nos dias 19 e 20 de julho, há “Noites na fonte” na aldeia de Águas de Moura, freguesia de Marateca. Animação musical, espetáculos de teatro, marchas populares e gastronomia são algumas das sugestões desta iniciativa que promete animar estas duas noites de verão junto à fonte centenária.

 

No dia 19, às 21h30, as honras de abertura da programação estarão a cargo da Marcha Infantil dos Cenourinhas, da União Social Sol Crescente da Marateca, seguindo-se às, 22h00, “Histórias de En Calhar: os verdadeiros contos” pelo Teatro Estranhamente Louco e Absurdo (TELA) e, às 22h30, o espetáculo com Marco Alonso Group e animação de dança oriental com Tânia Lopes.

 

Já no dia 20 de julho, a Associação de Festas de São Pedro da Marateca abre a noite de animação com a Marcha de São Pedro para, às 22h00, os ValdevinosTeatro de Marionetas entrarem em cena com um teatro tradicional português Dom Roberto. Às 22h30, é a vez de Ângela Ribeiro apresentar “Deixa Falar a Fonte: a água que corre, a fonte que fala” e, às 23h00, o grupo Raiz Lusa encerra o programa com um espetáculo musical.

 

Durante os dois dias, o público poderá ainda percorrer as tasquinhas com petiscos que serão asseguradas em permanência pelo Grupo Desportivo de Águas de Moura, conviver num espaço decorado pela Cáritas Diocesana de Setúbal e também visitar os comerciantes da Baixa Comercial de Águas de Moura que, no dia 20 de julho, das 09h00 às 14h00, dão vida a mais um Mercadinho d’A Moura, este mês dedicado ao verão.

 

Com o intuito de dinamizar a oferta cultural na freguesia, as “Noites na fonte” são uma organização da Câmara Municipal de Palmela, da União das Freguesias de Poceirão e Marateca, do Teatro Estranhamente Louco e Absurdo, da Associação de Festas de São Pedro da Marateca, da União Social Sol Crescente da Marateca (Os Cenourinhas), da Cáritas Diocesana de Setúbal (Centro Comunitário de São Pedro) e do Grupo Desportivo e Recreativo de Águas de Moura.

Feira Internacional do Artesanato abre portas este sábado, dia 29 | 29 de Junho a 7 de Julho | FIL

Feira Internacional do Artesanato abre portas este sábado, dia 29

A maior feira de artesanato da Península Ibérica promove o artesanato nacional e de várias partes do Mundo

fia.png

 

 Inicia-se este sábado, dia 29, e prolonga-se até dia 7 de Julho, a 32ª edição da FIA – Feira Internacional do Artesanato, a maior feira de artesanato da Península Ibérica e a segunda maior da Europa, na FIL. Durante nove dias, a feira abre portas às 15h00 e encerra às 24h00, com três pavilhões ocupados e mais de 600 expositores.

 

O convidado especial desta edição é o Município de Caldas da Rainha, cidade com história e famosa pelo seu artesanato único no país, que foi uma escolha óbvia da organização da FIA: “enquanto centro de produção artesanal, o Concelho das Caldas da Rainha apresenta o melhor do artesanato popular, possuindo no seu património diferentes tipos de peças que são reconhecidamente do agrado dos portugueses, seja pela sua conotação humorística ou pela simbologia de reacção ao sistema”.

 

Caldas da Rainha estará assim destacada no pavilhão do artesanato português, que reúne 235 entidades, empresas e artesãos a título individual, com o objectivo de promover e divulgar o que de melhor se faz no artesanato português e servindo de montra para os artesãos portugueses mostrarem o seu trabalho. As entidades regionais do Norte, Centro, Lisboa e Vale do Tejo, Alentejo e Algarve estarão igualmente representadas, assim como a Região Autónoma da Madeira e dos Açores.

 

A FIA, enquanto feira promotora do encontro entre culturas, apresenta também artesanato de todo o Mundo. No pavilhão internacional estão reunidos cerca de 40 países da América do Sul, África, Ásia e Europa, num total de mais de 300 expositores.

 

Promover o artesanato é também possibilitar ao visitante a hipótese de comprar peças únicas a preços exclusivos, sejam echarpes, biquínis, tapeçaria, tecidos, bijuteria, marroquinaria, peças de vestuário e de artesanato, entre outras. O factor distinto e personalizado destaca-se, uma vez que na FIA é possível adquirir peças feitas ao gosto pessoal do visitante.

 

Complementariamente à oferta de artesanato, a FIA é também gastronomia. No terceiro pavilhão da FIL encontra toda uma variedade de produtos gastronómicos das diferentes regiões do país e os visitantes podem ainda almoçar e jantar em restaurantes regionais dentro da feira! Ao todo, são mais de 40 expositores que se dedicam às delícias gastronómicas, desde as alheiras de Mirandela, às cerejas do Fundão, ao presunto e queijo da Serra, aos ovos moles de Aveiro passando pelo pão de Mafra, os enchidos do Alentejo e terminando com alguma doçaria algarvia, entre outros.

 

A grande novidade é a introdução de uma área intitulada “Peixe na FIA”, que segue a linha de promoção, não só do Património Artesanal, mas também do Gastronómico Regional, cada vez mais um importante atractivo turístico-cultural e um factor impulsionador do desenvolvimento e da riqueza local e nacional.

 

 

Pavilhão da Gastronomia com entrada livre entre as 12h30 e as 14h30

 

A FIA está aberta todos os dias e 29 de Junho a 7 de Julho das 15h00 às 24h00 – o pavilhão 3, da gastronomia, está aberto a partir das 12h30, com entrada livre entre essa hora e as 14h30.

Os bilhetes podem ser adquiridos online, a 7€, com desconto em relação aos bilhetes adquiridos nas bilheteiras da FIL. Existe também desconto para jovens e seniores (apenas se comprados nas bilheteiras físicas, por ser necessário comprovativo de condição) e packs familiares de 3 e 4 pessoas (se comprados online).

 

O REGRESSO DO STREET FEST E DESTA VEZ, NA ALAMEDA

um evento para disfrutar de bons sons, boa comida e muita animação

 

6 e 7 de julho | Alameda D. Afonso Henriques | junto à Fonte Luminosa

 

image001.png

 

 

O que pode ter em comum Caracóis, Petingas fritas, Tacos, Bifanas, Tártaros, Crepes, Cocktails, Açaí e Smoothies de Abacaxi? O Street Fest da Alameda!

 

Em parceira com a Junta de Freguesia de Penha de França, o Street Fest volta a dar vida à cidade. Desta vez na Alameda D. Afonso Henriques, Junto à Fonte Luminosa, nos dias 6 e 7 de Julho. Traga a família e os amigos, uma toalha para estender no relvado e venha provar os diferentes sabores ao som de Mr Mute e Mr Bird, Ketzal, RyKardo e Nuno di Rosso.  Acompanhe com uma imperial bem geladinha e divirta-se no ambiente perfeito entre comida, música e uma pequena mostra de projetos de artesanato de jovens empreendedores.

 

Entrada gratuita | Sábado e Domingo | 6 e 7 de julho | Das 12H e as 22H

 

 

 

 

 

PROGRAMA

 

Sábado

12H às 17H – Mr. Mute & Mr. Bird

17H às 21H – Ketzal

 

 

 

Domingo

12H às 17H - Rycardo

17H Às 21H – Nuno di Rosso

 

 

 

PARTICIPAÇÕES

Menko Origami

Coisas da Vi

Wood Bug

Âmbar

Luma

Polex

 

Caipijoca’s

Nutri Lovers

Legend Hot Dog

Mexe Cocktail Bar

Cá te Espero

Smashy Abacaxi

El Taco Chigon

Fritaria

Tijuca

 

Pavilhão de gastronomia da FIA com entrada livre todos os dias do evento | 29 de Junho a 7 de Julho na FIL

fia.png

 

 

De 29 de Junho a 7 de Julho é possível almoçar na FIA sem pagar entrada, das 12h30 às 14h30

Boas notícias para os amantes da gastronomia da FIA – Feira Internacional do Artesanato! Durante os nove dias do evento, é possível almoçar com entrada gratuita no pavilhão da gastronomia da FIA (pavilhão 3), entre as 12h30 e as 14h30.

 

Com uma oferta gastronómica variada, são cerca de 45 tasquinhas típicas e gourmet com produtos de norte a sul do país, desde a alheira de Mirandela, os queijos e presuntos da Serra da Estrela até à cereja do Fundão e os enchidos do Alentejo, não esquecendo a doçaria regional, com os ovos moles de Aveiro, Dom Rodrigo do Algarve, entre muitos outros. Para além das tasquinhas, a FIA também terá dois restaurantes – o Lampião do Alentejo e o Temudus de Coimbra.

 

A grande novidade no pavilhão de gastronomia nesta 32ª edição da FIA é a introdução do Peixe na FIA com dois restaurantes a servir pratos e aperitivos, só com refeições de peixe. A Adega 33 e o 100 Peneiras, ambos do Seixal, são os responsáveis por trazer o peixe fresco à FIA.

 

A Região Autónoma da Madeira, que regressa à FIA após alguns anos de ausência, dará a provar poncha, rum e bolo do caco.

Mas a FIA tem muito mais. Esta é uma oportunidade única de, sem sair de Lisboa, degustar e provar a gastronomia e doçaria típica de todas as regiões do país, ilhas incluídas, e, para muitos, reviver os produtos gastronómicos da sua terra natal.

 

World Food Fest vai encher o Jardim Botânico em Lisboa | 5 de maio | 10h-19h | Entrada Gratuita

image004.png

 

O Jardim Botânico do Príncipe Real, em Lisboa, é o palco da segunda edição do festival World Food Fest, que acontece no dia 5 de maio, das 10h00 às 19h00, com entrada gratuita. Além da gastronomia, haverá também música e workshops para toda a família.

Patrocinado pela Teleperformance, este festival tem como objetivo celebrar a diversidade de experiências e a multiculturalidade que é parte integral da empresa, juntando 11 projetos de street food oriundos de países como Itália, México, Portugal, Tailândia, Argentina e Bélgica.

La Boca, Madame Graufre, Piadina's, Santini, Fiesta Mexicana, Tasca Itinerante, Veggie Food Truck, Taste a story, Frua, Bolas da Praia e Dee Thai Food são as propostas gastronómicas que prometem trazer o melhor da comida e das tradições mundiais para o coração de Lisboa, numa mistura perfeita entre culturas.

A programação inclui workshops abertos a todas as idades, nomeadamente: “Cozinha ao vivo” para fazer perguntas e provar os melhores pratos marroquinos, às 11h30; “Máscaras de Madeira” para construir e brincar, às 15h30; e às 17h00, realiza-se os “Carimbos japoneses”, onde se faz e depois leva-se para casa como recordação de um dia bem passado.

Haverá ainda espaço para a música e dança com os melhores ritmos funk com a Atuação Farra Fanfarra, às 12h30 e às 17h45. O evento conta ainda com uma mostra das Danças Tradicionais Brasileiras acompanhadas por um DJ set ao vivo e bailarinos profissionais, às 14h, e a fechar o dia estará o DJ D'johnz que promete surpreender tudo e todos com os melhores ritmos africanos e latinos, às 18h15.

Fever apresenta Jantar Secreto da J&B com menu criado pelo Chef Chakall

Evento Fever ORIGINAL pretende surpreender o paladar dos participantes numa experiência de food pairing com cocktails refrescantes de whisky J&B.

A localização é secreta e será anunciada um dia antes do evento

Jantar Secreto J&B.jpg

 

A Fever junta-se à J&B e apresenta o primeiro ‘Jantar Secreto da J&B: Menu by Chef Chakall’, uma experiência que tem como objetivo surpreender os participantes não só através da experiência de food pairing, em que o menu criado pelo reconhecido Chef Chakall se junta aos refrescantes cocktails feitos com whisky J&B, mas também através das várias surpresas preparadas para essa noite.

 

O Jantar Secreto decorre no próximo dia 11 de abril, entre as 20h00 e as 23h00, numa localização secreta e inesperada, no centro de Lisboa, que foge ao tradicional conceito de restaurante. Carpaccio de pera, gorgonzola e pinhões com J&B com Hortelã, ou Lombo de vitela fumado, puré de salsify e couve frita acompanhado por um cocktail J&B com Tónica Rosa são apenas algumas das possibilidades que esta experiência possibilita.

 

O evento é único e exclusivo, com capacidade máxima para 70 pessoas e um menu de autor criado pelo argentino Chef Chakall, que inclui aperitivos, entradas, prato principal e sobremesa, acompanhados por alguns cocktails feitos com whisky J&B. Durante o jantar vão decorrer algumas surpresas que irão tornar esta experiência ainda mais memorável.

Os bilhetes já estão disponíveis na aplicação e no site da Fever, e podem ser adquiridos pelo valor de 25 euros, com direito a uma entrada para o jantar, que inclui a degustação do menu de autor e dois cocktails.

 

O ‘Jantar Secreto da J&B: Menu by Chef Chakall’ é mais um Fever ORIGINAL, os eventos próprios da Fever, uma das maiores aplicações de entretenimento que chegou recentemente a Lisboa e já é um sucesso em cidades como Londres, Nova Iorque, Madrid ou Paris.

 

Menu criado pelo Chef Chakall:

Aperitivos

- Bolinhas de rabo de Boi

- Chamuça verde

Entradas

- Carpaccio de pera, gorgonzola e pinhões

- Pato confit cigars

Prato Principal

- Lombo de vitela fumado, puré de salsify e couve frita

Sobremesa

- Crème brûlée de Citronella com caramelo de whisky (opcional)

Dois cocktails J&B à escolha entre

- J&B com Hortelã, J&B com Ginger Ale ou J&B com Tónica Rosa

Bebidas

- Águas incluídas

 

Festival Queijo, Pão e Vinho celebra 25 anos

Cartaz Festival Queijo, Pão e Vinho.jpg

 

Festival Queijo, Pão e Vinho celebra 25 anos O Festival Queijo, Pão e Vinho está de regresso a S. Gonçalo, Quinta do Anjo, nos dias 5, 6 e 7 de abril, numa edição que comemora os 25 anos do certame. A edição que assinala as bodas de prata do evento foi apresentada no dia 21 de março, nas instalações da ARCOLSA – Associação Regional de Criadores de Ovinos Leiteiros da Serra da Arrábida, que organiza o Festival, em conjunto com o Município de Palmela. Ao longo dos três dias, as/os 14 a 16 mil visitantes esperadas/os vão poder contactar com os 55 expositores presentes e encontrar os melhores vinhos, queijos (com destaque para o Queijo de Azeitão), pão, fruta, mel e doçaria produzidos na região. As tasquinhas de gastronomia e a exposição de animais são outros atrativos. Paralelamente, decorre um programa composto por 36 atividades, que vão da gastronomia à música, dança e desporto, contando com uma forte dinamização por parte do movimento associativo da freguesia e do concelho. Do programa central, Francisco Macheta, da ARCOLSA, destaca a famosa Corrida de Ovelhas, «um dos pontos altos do Festival e algo único no nosso país», as tosquias de ovelhas e também o Concurso de Queijo de Azeitão/DOP que, este ano, vai também premiar a melhor Manteiga de Ovelha e Queijo Seco. Haverá também o habitual programa equestre, dinamizado pela Escola de Equitação “Quinta dos Barreiros”, e um programa “Especial Gastronomia”, do qual se destacam os workshops dinamizados por alunas/os da Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril, demonstrando que é possível inovar, utilizando os produtos endógenos. As entradas mantêm o valor simbólico de 1 euro. Esta edição volta a ser um Eco Evento Amarsul, certificação atribuída pela empresa multimunicipal a iniciativas que apostam na separação de resíduos valorizáveis. O Município atribui um apoio financeiro ao Festival no valor de 4 mil euros, a par de apoios técnicos e logísticos estimados em 15 mil euros. Para o Presidente da Câmara Municipal, Álvaro Balseiro Amaro, esta edição marca «um quarto de século de consolidação e valorização desta iniciativa». «Criámos uma marca, um evento de referência, que temos todas/os a responsabilidade de ir estimando, ampliando e qualificando», realçou. O Festival conta também com o apoio da Junta de Freguesia de Quinta do Anjo. O Presidente, António Mestre, destacou o contributo da Junta para a criação de novas infraestruturas, para melhorar o espaço do Festival. “Adote uma Saloia” ajuda a preservar raça em extinção Francisco Macheta apresentou, na ocasião, o projeto “Adote uma Saloia” que a ARCOLSA vai lançar. Junto ao Museu do Ovelheiro, está a ser construído um ovil, que vai acolher uma dezena de Ovelhas Saloias, uma raça autóctone que está praticamente extinta e que a Associação quer ajudar a preservar. O objetivo é criar uma reserva genética e fornecer animais desta raça aos produtores interessados. Assim, a ARCOLSA vai desafiar as empresas a adotarem uma Ovelha Saloia, contribuindo com uma pequena jóia e um valor mensal destinado a comparticipar a sua alimentação e os cuidados necessários. Em contrapartida, vão receber, periodicamente, informação sobre o animal adotado e podem, sempre que quiserem, visitá-lo e ajudar no seu tratamento. Este projeto será também uma mais-valia para as centenas de crianças que, todos os anos, visitam e realizam atividades no Museu e que vão também poder contactar com estes animais. Programa 5 de abril 15h00 - Abertura 18h00 - Inauguração 22h00 - Orquestra de Guitarras da Sociedade de Instrução Musical de Quinta do Anjo Tenda da Gastronomia 24h00 - Encerramento 6 de abril 10h00 - Passeio “Terras Queijo, Pão e Vinho” Org.: SAL 14h00 - “A Magia do Circo” Museu do Ovelheiro Org.: Centro Social de Quinta do Anjo 16h30 - Tosquia de ovelhas mecânica e manual Junto ao Picadeiro 17h00 - Demonstração de Dança Clássica – Ballet, classes de infantis Tenda da Gastronomia Org.: Palmela Desporto, E.M. 17h00 - “Ponho as mãos a mexer para aprender” Museu do Ovelheiro Org.: Centro Social de Quinta do Anjo 17h30 - Demonstração de Dança, atividade do “50+ Programa de Exercício” Tenda da Gastronomia Org.: Palmela Desporto, E.M. 17h30 - Corrida de Ovelhas Ovinódromo 18h00 - Grupo Coral 1.º de Maio do Bairro Alentejano Tenda da Gastronomia 20h00 - Sevilhanas Garnacha, classe infantil Tenda da Gastronomia 21h00 - Sevilhanas Garnacha Tenda da Gastronomia 22h00 - Patrícia Duarte e João Eiró Tenda da Gastronomia 24h00 - Encerramento 7 de abril 9h00 - Passeio de Bicicleta Estrada Bike Nutricion Passeio de BTT 14h00 - “A Magia do Circo” Museu do Ovelheiro Org.: Centro Social de Quinta do Anjo 16h30 - Tosquia de ovelhas mecânica e manual Junto ao Picadeiro 17h00 - “Ponho as mãos a mexer para aprender” Museu do Ovelheiro Org.: Centro Social de Quinta do Anjo 17h00 - Grupos Corais Alentejanos: Ausentes do Alentejo e Modalentejo Tenda da Gastronomia 17h30 - Corrida de Ovelhas Ovinódromo 18h00 - Entrega de Prémios do Concurso de Queijo de Azeitão/DOP, Manteiga de Ovelha e Queijo Seco Tenda da Gastronomia 21h00 - Encerramento Especial Gastronomia Informações e reservas: Rota de Vinhos da Península de Setúbal Tel.: 212 334 398 info@rotavinhospsetubal.com 6 e 7 de abril 10h00 “Aprender a fazer queijo e pão no Museu...” Uma experiência única… Local: Museu do Ovelheiro Duração: 2h00 Programa: Sessão de conhecimento do processo de fabrico do Queijo de Azeitão e também de produção de pão. Prova de queijos e vinhos da Península de Setúbal Valor por pessoa: 10€, com oferta do queijo e do pão produzido Crianças 6-12 anos: 5€ Org.: Rota de Vinhos da Península de Setúbal e ARCOLSA 16h00 Workshop “Aprender a fazer o pão” pelos Moinhos Vivos de Palmela Local: Museu do Ovelheiro Duração: 1h00 Valor por pessoa: 2,5€ Org.: ARCOLSA 6 de abril 11h30 Workshop de panificação pelos alunos do curso de Produção Alimentar em Restauração da ESHTE Pão de Queijo de Azeitão, pão com sultanas maceradas com vinho Moscatel, massas elaboradas com massa Madre feita com sumo de uva Local: Auditório Duração: 1h00 Entrada livre, mediante reserva prévia Org.: Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril, ARCOLSA e Rota de Vinhos da Península de Setúbal 12h30 Workshop de Cozinha pelos alunos do curso de Produção Alimentar em Restauração da ESHTE Saberes e Sabores do Prado ao Prato Local: Auditório Duração: 1h00 Entrada livre, mediante reserva prévia Org.: Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril, ARCOLSA e Rota de Vinhos da Península de Setúbal 13h30 Workshop de Pastelaria pelos alunos do curso de Produção Alimentar em Restauração da ESHTE Tarte de Maçã Riscadinha com crumble de maçã desidratada e canela. Queijadas de requeijão com vinho Moscatel Roxo. Local: Auditório Duração: 1h00 Entrada livre, mediante reserva prévia Org.: Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril, ARCOLSA e Rota de Vinhos da Península de Setúbal 17h00 Laboratório do Gosto Uniões perfeitas entre queijo e vinho: as Denominações de Origem Local: Auditório Duração: 1h30 Programa: Sessão com prova de vinhos da Península de Setúbal, acompanhada por degustação de Queijo de Azeitão, pela AVIPE e Confraria do Queijo de Azeitão Valor por pessoa: 5€ Org.: AVIPE, Confraria do Queijo de Azeitão e Rota de Vinhos da Península de Setúbal 7 de abril 15h00 Show Cooking com produtos regionais Makro e ACPP, representadas pelo Chef Celso Padeiro da Equipa Sénior de Competição Culinária ACPP Local: Auditório Entrada livre Org.: Makro e ARCOLSA 17h00 As Ostras e o Espumante! O casamento perfeito... Local: Auditório Duração: 1h30 Programa: Workshop de esclarecimento sobre a Ostra Portuguesa, modo de produção, benefícios, formas de apresentação e degustação com harmonização vínica Valor por pessoa: 5€ Org.: Rota de Vinhos da Península de Setúbal Programa Equestre Escola de Equitação “Quinta dos Barreiros” 5 de abril 21h30 Equitação de Trabalho Prova de Maneio em Velocidade 6 de abril 10h00 Equitação para todos Gincana 15h30 Apresentação de Coudelarias Coudelaria Carlos Ameixa - Moura Coudelaria Carlos Silva - Sobral de Monte Agraço Quinta dos Pinheiros – Azeitão 17h30 Batismos Equestres 21h30 Gala Equestre Alma Ibérica 7 de abril 10h00 Competição Poule de Dressage 16h00 Batismos Equestres Cortejo a Cavalo Festival Queijo, Pão e Vinho 2019 Pelas ruas da Freguesia 18h00 Chegada do Cortejo ao Recinto do Festival

Uma Quinzena de Comidas d'Azeite para saborear em Marvão

image002.jpg

 

Com o objetivo de homenagear os produtores de azeite locais e, sobretudo, dinamizar a economia local, aliando o turismo à gastronomia, o Município de Marvão promove, de 2 a 17 de março, em 15 restaurantes do concelho, a Quinzena Gastronómica do Azeite.

 

Numa altura em que os lagares da região terminam a sua campanha, os restaurantes marvanenses dão o papel principal a um dos produtos endógenos da região, apresentando uma ementa à base do azeite. Nesta edição, pela primeira vez, todos os restaurantes vão apresentar um prato único e original, especialmente concebido para as Comidas d’Azeite.

 

Nas ementas dos restaurantes aderentes poderá encontrar pratos tão diversos como açorda de ovas feita com azeite de azeitona galega e sável frito, lombo de bacalhau em azeite de Marvão e alho, miolo de camarão e espargos selvagens, couvada de polvo com azeite cru à portuguesa, arroz de línguas de bacalhau com azeite de azeitona galega, entre muitos outros.

 

Ao longo desta quinzena há ainda tempo para celebrar dois momentos especiais, na aldeia de Porto da Espada. A Rota do Contrabando do Azeite, a 10 de março, e o tradicional almoço convívio, no dia 17 de março, marcam também a 14ª edição das Comidas d’Azeite.

 

Servido no recinto das festas, pela Associação Cultural, Desportiva e Recreativa “Portus Gladii”, e com animação do grupo de música popular portuguesa “Quintarolas”, este almoço encerra uma Quinzena Gastronómica inteiramente dedicada aos comeres do Lagar.

 

Da ementa fazem parte, a tradicional prova dos azeites produzidos no concelho, a azeitona galega temperada com azeite, o queijo fresco com azeite e orégãos, as couves com bacalhau do Lagar, as migas de pão com carne de porco frita em azeite, a laranja com mel, azeite e canela, ou a tiborna.