Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Gondomarense Paulo Ferreira apresenta "Açores - Um novo desígnio" no Auditório Municipal de Gondomar

açores - um novo designio.jpg

O documentário "Açores - Um novo desígnio" - cuja estreia oficial se realizou na Ilha das Flores, no passado dia 22 de abril (Dia da Terra), será apresentado no próximo dia 14 de maio, pelas 21 horas, no Auditório Municipal de Gondomar. A entrada é livre.

 

Trata-se de um filme realizado pelo gondomarense Paulo Ferreira, com a duração de 41 minutos e que para além de mostrar a beleza das quatro ilhas (Terceira, Pico, Flores e São Miguel), aborda a mudança que está a ser feita pelos açorianos em quererem “um novo desígnio” para o arquipélago. Outrora palco de caça à baleia, é agora um paraíso para a observação de cetáceos e estudos científicos.

 

O filme tem a participação de Eduardo Rêgo na locução, André Barros na banda sonora, Gui Costa nas imagens do fundo marinho e João Sousa na sonoplastia.
Este projeto foi patrocinado pelas empresas Claranet Portugal, PTlapse, Opticália de Gondomar, LadoB Café, Delete Informática, Viagens Gondomar e PPSEC Engenharia; e contou também com o apoio da Futurismo Azores Whale Watching, do Museu do Pico e da ExperienceOC.

 

A apresentação em Portugal Continental, conta com o apoio da Câmara Municipal de Gondomar.

 

 

Paulo Ferreira, fotógrafo e produtor de vídeos como “Parque das Serras do Porto”, “Rota da Filigrana” e “O Charco” disponíveis nas redes sociais do Município de Gondomar, alcançou já dezenas de prémios ao longo da sua carreira (nomeadamente distinções internacionais, tais como: Los Angeles Independent Film Festival Awards, Vegas Movie Awards, Cannes Corporate Media & TV Awards ou Finisterra Arrábida Film Art & Tourism Festival).

Luís Represas e Paulo de Carvalho nas Comemorações dos 48 anos do 25 de Abril no Município de Gondomar

Entre os próximos dias 19 e 30 de abril, o Município de Gondomar apresenta uma programação dedicada às Comemorações dos 48 anos do 25 de Abril de 1974.

 

Destaque para a presença de Luís Represas e Paulo de Carvalho no concelho de Gondomar. Enquanto o primeiro será o protagonista de mais um “Conta-me Histórias”, no dia 23, pelas 21.30 horas, no Auditório Municipal; o segundo fará um concerto acústico, acompanhado pelo pianista cubano Victor Zamora, no dia 30, no mesmo local e à mesma hora. Os bilhetes têm um custo de 6€ e 10€, respetivamente.

 

Da programação fazem ainda parte:

No dia 19 de abril, pelas 21.00 horas, o Café Concerto com Inês Villadelprat, no Auditório Municipal de Gondomar, numa parceria entre o Porto Canal e o Município de Gondomar. Partindo do programa televisivo dedicado às artes, com destaque para a música e dança, Inês Villadelprat recebe no Auditório Municipal de Gondomar vários artistas para uma noite dedicada ao 25 de Abril de 1974.

No dia 21 de abril, pelas 17.30 horas, a inauguração da exposição “25 de Abril em cartaz”, na Biblioteca Municipal de Gondomar Camilo de Oliveira.

E, no dia 24 de abril, pelas 21.30 horas, tem lugar, na Casa Branca de Gramido, o concerto “Canções para a Liberdade”, com a soprano Ana Maria Pinto, acompanhada por Bernardo Pinhal no piano e Ana Luísa Guimarães na flauta transversal.

No feriado, dia 25 de abril, tem lugar a Sessão Solene, pelas 10 horas, nos Paços do Concelho, com a participação da Banda Musical de Gondomar no Hastear de Bandeiras, seguida por um concerto da mesma banda no Auditório Municipal de Gondomar, pelas 16 horas.

 

A restante programação é de entrada livre.

Contudo, o Café Concerto com Inês Villadelprat, o concerto “Canções para a Liberdade” e o concerto da Banda Musical de Gondomar no Auditório Municipal de Gondomar estão sujeitos à reserva de bilhetes em cm-gondomar.pt.

Luís Represas e Paulo de Carvalho nas Comemorações dos 48 anos do 25 de Abril em Gondomar

Entre os próximos dias 19 e 30 de abril, o Município de Gondomar apresenta uma programação dedicada às Comemorações dos 48 anos do 25 de Abril de 1974.

 

Destaque para a presença de Luís Represas e Paulo de Carvalho no concelho de Gondomar. Enquanto o primeiro será o protagonista de mais um “Conta-me Histórias”, no dia 23, pelas 21.30 horas, no Auditório Municipal; o segundo fará um concerto acústico, acompanhado pelo pianista cubano Victor Zamora, no dia 30, no mesmo local e à mesma hora. Os bilhetes têm um custo de 6€ e 10€, respetivamente.

 

Da programação fazem ainda parte:

No dia 21 de abril, pelas 17.30 horas, a inauguração da exposição “25 de Abril em cartaz”, na Biblioteca Municipal de Gondomar Camilo de Oliveira.

E, no dia 24 de abril, pelas 21.30 horas, tem lugar, na Casa Branca de Gramido, o concerto “Canções para a Liberdade”, com a soprano Ana Maria Pinto, acompanhada por Bernardo Pinhal no piano e Ana Luísa Guimarães na flauta transversal.

No feriado, dia 25 de abril, tem lugar a Sessão Solene, pelas 10 horas, nos Paços do Concelho, com a participação da Banda Musical de Gondomar no Hastear de Bandeiras, seguida por um concerto da mesma banda no Auditório Municipal de Gondomar, pelas 16 horas.

 

A restante programação é de entrada livre.

Contudo, o concerto “Canções para a Liberdade” e o concerto da Banda Musical de Gondomar no Auditório Municipal de Gondomar estão sujeitos à reserva de bilhetes em cm-gondomar.pt.

Conta-me Histórias c/ Bárbara Tinoco | 4 mar. (sexta), 21.30 horas | Auditório Municipal de Gondomar

image001 (1).jpg

Bárbara Tinoco regressa ao Auditório Municipal de Gondomar para um Conta-me Histórias, na próxima sexta-feira, dia 4 de março, pelas 21.30 horas.

 

Os bilhetes têm o custo de 6€ e estão já à venda no Auditório Municipal.

 

O Conta-me Histórias é um ciclo de conversas-concerto com conhecidos músicos portugueses, onde estes revelam alguns pormenores menos conhecidos das suas carreiras.

Estas histórias são acompanhadas por algumas das suas músicas mais conhecidas, em registo acústico.

 

Doze espetáculos gratuitos de 24 a 27 de fevereiro no Auditório Municipal de Gondomar

Cartaz A4_Holograma Cultura para Todos.png

“Holograma: Cultura para Todos” chega a Gondomar esta semana

 

Data: 24 fevereiro - 27 fevereiro

Local: Auditório Municipal de Gondomar

Entrada livre – reserva de bilhetes disponível aqui

 

Levar a programação da Casa da Música a diferentes públicos de Gondomar é um dos principais objetivos do “Holograma: Cultura para Todos” que apresenta, de quinta-feira a domingo, 12 espetáculos destinados não só a crianças e jovens das escolas e suas famílias, mas também ao público em geral, com a qualidade artística e os cuidados de produção que são próprios da Fundação Casa da Música.

Nos dias 24 e 25 de fevereiro, terá lugar o espetáculo “Somos poeira da mesma terra” que se destaca pela participação em palco de utentes da Associação do Porto de Paralisia Cerebral (APPC), destinado ao público em geral (um espetáculo que está a ser construído ao longo de vários ensaios sob a orientação técnica de uma equipa da Casa da Música).

O “Holograma: Cultura para Todos” trata-se de uma iniciativa de intervenção social que pretende estender a Casa da Música a cada um dos 17 municípios da Área Metropolitana do Porto. É um projeto que teve início em 2021 e que continua a ser desenvolvido em 2022 (no caso de Gondomar), pretendendo alcançar o público em geral, possibilitando-lhe experiências musicais com raiz pedagógica e educativa, mas, principalmente, ir ao encontro das pessoas que mais cuidados carecem. O projeto surge, assim, como uma forma de abrir a programação da Casa da Música a todos os tipos de público do concelho, ao promover a igualdade de oportunidades na fruição cultural, e ainda facilitar a participação de pessoas com necessidades especiais, com mobilidade reduzida e ou de grupos excluídos ou socialmente desfavorecidos.

 

Dia 24 de fevereiro (quinta-feira)

  • 9:30 - Espetáculo: Ler (M/6)
  • 11:00 - Espetáculo: Ler (M/6)
  • 21:30 - Concerto com comunidades (com APPC): “Somos poeira da mesma terra” (público em geral)

 

Dia 25 de fevereiro (sexta-feira)

  • 9:30 - Espetáculo: Carnaval dos Animais (Crianças dos 3 aos 6 anos)
  • 11:00 - Espetáculo: Carnaval dos Animais (Crianças dos 3 aos 6 anos)
  • 21:30 – Concerto com comunidades (com APPC): “Somos poeira da mesma terra” (público em geral)

 

Dia 26 de fevereiro (sábado)

  • 10:00 - Espetáculo: Ler (M/6 e Famílias)
  • 11:30 - Espetáculo: Ler (M/6 e Famílias)
  • 21:30 - Solistas da Casa (público em geral)

 

Dia 27 de fevereiro (domingo)

  • 10:00 - Espetáculo: Carnaval dos Animais (Crianças dos 3 aos 6 anos e Famílias)
  • 11:30 - Espetáculo: Carnaval dos Animais (Crianças dos 3 aos 6 anos e Famílias)
  • 18:00 - Novos Talentos -  Behind the Red Giant (público em geral)

 

 

Gondomar, 22 de fevereiro de 2022

 

"Corações Rasgados" || 8 março » [DIA INTERNACIONAL DA MULHER]

Coracoes_36_PSB7197 © Pedro Sardinha.jpg

"Corações Rasgados"

8 março » ENSAIO ABERTO À IMPRENSA [DIA INTERNACIONAL DA MULHER]

 

A mais recente criação da companhia Teatro e Marionetas de Mandrágora intitulada “Corações Rasgados”, com estreia marcada para 11 e 12 de março às 21.30 horas, na Casa Branca de Gramido, em Gondomar, terá um ensaio aberto à imprensa no próximo dia 8 de março (Dia Internacional da Mulher) às 18 horas, no Auditório Municipal de Gondomar.

 

Sob a direção artística de Clara Ribeiro, da Companhia de Teatro e Marionetas de Mandrágora, o espetáculo conta como apoio do Município de Gondomar e da Direção-Geral das Artes-Ministério da Cultura. Interpretado por Clara Ribeiro e Ana Maria Pinto, a peça tem a duração de uma hora e dirige-se a maiores de 12 anos. Os bilhetes têm um custo de 3 euros e podem ser adquiridos no Auditório Municipal de Gondomar e na Casa Branca de Gramido.

 

O projeto "Corações rasgados" arrancou em janeiro de 2019, com a realização de laboratórios de experimentação cénica para jovens e mulheres, dando agora origem a esta nova criação. Foi um projeto longo que, interrompido pela pandemia, deu a possibilidade de o trabalhar dramaturgicamente, criando densidade nos personagens, para falar sobre esta temática tão fraturante na nossa sociedade, a violência contra a mulher. Mas porque é que ainda hoje precisamos de falar da violência sobre as mulheres?

 

***

 

Sinopse:

 

O espetáculo "Corações rasgados" coloca o espetador numa relação íntima com a criação. Diversas personagens femininas vão, no bairro da "boa esperança" desfilando e partilhando as suas angústias, as suas perdas e os seus medos. Viajamos por este bairro como espetadores de muitas vidas que teimam em ser confrontadas com um mal comum, os maus tratos.

 

Mas o espetáculo é também musical, poético e repleto de imagens que nos conduzem ao questionamento sereno e participativo. São estes os momentos em que todos devemos refletir em coletivo, enquanto sociedade. A marioneta é nada mais que a ferramenta artística que nos transporta.

 

***

 

“CORAÇÕES RASGADOS” || ESTREIA

M.12

Duração: 1 hora

11 e 12 março 2022 » 21.30 » Casa Branca de Gramido

 

PortoCartoon apresenta Martin Luther King em Gondomar

XXIIIPC_MLK_1oPrem_India_ShankarPamarthy.jpg


Mais de uma de centena de caricaturassobre o Nobel da Paz Martin Luther King estará em exposição na Biblioteca Municipal de Gondomar Camilo de Oliveira, a partir desta sexta-feira, dia 4 de fevereiro, com inauguração marcada para as 16.30 horas.

 

Trata-se do Prémio Especial de Caricatura do 23º PortoCartoon World Festival, que também contemplou a pianista Maria João Pires. 

 

Organizada pelo Museu Nacional da Imprensa, a mostra reúne trabalhos de caricaturistas de trinta e três países, entre os quais a Argentina, Brasil, China, Colômbia, Cuba, Egito, Estónia, Filipinas, Finlândia, Índia, Indonésia, Iraque, Líbano, Nova Zelândia e Portugal.

 

Mártir pelos direitos humanos, Luther King foi uma das primeiras figuras políticas dos EUA a expressar-se, de forma frontal, contra a discriminação racial. Inspirado em Mahatma Gandhi, defendia a luta pacífica, sem armas. Em 1964, recebeu o prémio Nobel da Paz, tornando-se, na altura, o mais jovem vencedor de tal galardão.

 

A situação atual do mundo, a frequente violação dos Direitos Humanos e a necessidade de transformação social para um mundo melhor e livre, para todas as raças - sobretudo as mais segregadas - dão pertinência a esta mostra do PortoCartoon. 

 

Destaque especial é dado aos desenhos premiados e às menções honrosas. O vencedor do 1º prémio foi Shankar Parmathy, da Índia.  O  2º Prémio  saiu do lápis de Pedro Silva  e, entre as Menções Honrosas, há também uma do artista português, João Pedro Lima.

 

A exposição, comissariada pelo diretor do Museu, Luiz Humberto Marcos, integra-se numa parceria entre o Museu Nacional da Imprensa e a Câmara Municipal de Gondomar, e ficará patente até 18 de abril.

Está aí a 5ª Corrida São Silvestre de Gondomar

 

O Município de Gondomar e a EventSport organizam a 5ª edição da corrida São Silvestre de Gondomar, no próximo dia 11 de dezembro (sábado), pelas 21 horas.

 

Com mais de 90 anos de história e inspirada numa corrida noturna, onde os atletas corriam pela cidade com tochas acesas nas mãos, a São Silvestre é considerada uma das mais míticas corridas do mundo e Gondomar pretende que se torne num símbolo desportivo do Município.

Com um percurso citadino que passa por alguns dos pontos de interesse mais conhecidos do concelho, com partida e chegada junto da Câmara Municipal, a prova é ideal para os amantes da corrida, mas também para todos os entusiastas de desporto em geral.

A prova será composta por uma corrida de 10 km com carácter competitivo e por uma caminhada de 4 km.

 

Depois do grande sucesso das quatro edições anteriores, o Município de Gondomar prepara-se para ser contagiado de energia e boa disposição, nesta época natalícia.

Diversão, satisfação e companheirismo são os adjetivos que caracterizam a 5ª São Silvestre de Gondomar.

 

As inscrições podem ser efetuadas online (aqui) ou em numerário na sede da Eventsport, na Rua da Bélgica nº 2340, 4400-053, em Canidelo – Vila Nova de Gaia.

Todos os participantes têm direito a Medalha de Participação, T-Shirt Técnica, Dorsal, Água, Fruta, Seguro Desportivo Tranquilidade, Saco e Diploma de Participação.

 

Mais Informação em: 5saosilvestregondomar.eventsport.net

 

MUSICAL “PANDA E OS CARICAS” LEVA CRIANÇAS À MAGIA DO CINEMA

image010.jpg

“Panda e os Caricas no Cinema” é o novo musical de um dos maiores fenómenos infantojuvenis da atualidade que está de regresso aos palcos nacionais para oito dias de espetáculos de norte a sul de Portugal, com arranque agendado para dia 2 de dezembro no Pavilhão Desportivo Municipal de Loulé.

 

O espetáculo baseia-se no mais recente CD/DVD “Panda e os Caricas 4”, com a interpretação garantida de temas como “Sexta-Feira (Estudei A Semana Inteira)”, “O Autocarro do Panda” ou “Eu Gosto de Dançar”, cujos vídeos já ultrapassaram, individualmente, 1 milhão de visualizações no YouTube/VEVO.

 

Depois de receber mais de 50 mil pessoas no ano passado, o Canal Panda regressa, pelo sexto ano consecutivo, com a digressão nacional do musical “Panda e os Caricas”, embarcando numa aventura pela história de Hollywood, onde terão oportunidade de viajar pelo mundo do cinema mudo, a preto e branco, mas sempre com muita cor e animação.

MUSICAL “PANDA E OS CARICAS” LEVA CRIANÇAS À MAGIA DO CINEMA

Digressão nacional arranca dia 2 de dezembro em Loulé

image010.jpg

 

“Panda e os Caricas no Cinema” é o novo musical de um dos maiores fenómenos infantojuvenis da atualidade que está de regresso aos palcos nacionais para oito dias de espetáculos de norte a sul de Portugal, com arranque agendado para dia 2 de dezembro no Pavilhão Desportivo Municipal de Loulé.

 

O espetáculo baseia-se no mais recente CD/DVD “Panda e os Caricas 4”, com a interpretação garantida de temas como “Sexta-Feira(Estudei A Semana Inteira)”, “O Autocarro do Panda” ou “Eu Gosto de Dançar”, cujos vídeos já ultrapassaram, individualmente, 1 milhão de visualizações no YouTube/VEVO.

 

Depois de receber mais de 50 mil pessoas no ano passado, o Canal Panda regressa, pelo sexto ano consecutivo, com a digressão nacional do musical “Panda e os Caricas”, embarcando numa aventura pela história de Hollywood, onde terão oportunidade de viajar pelo mundo do cinema mudo, a preto e branco, mas sempre com muita cor e animação.